Quantcast
PplWare Mobile

Tesla não encontra trabalhadores para a Gigafactory de Berlim

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Hidelberto says:

    tivessem vindo para Portugal que aqui ja tinham os 7000 trabalhadores preparadissimos para ganhar os 2500 euros que pagam na de berlim

    • Gomes says:

      E quanto custaria à empresa pagar esses 2500 euros a um trabalhador cá? Garanto lhe que na Alemanha é muito menos.

      • Antonio says:

        Em Portugal, um salário bruto de 2500 euros gostaria á empresa uns 4000 euros na boa.

      • Louro says:

        Para um salário de 2500 limpos/mes em Portugal o taxberg é de 38.1%, na Alemanha 14.7%.

        Fazendo os custos de empregar os seguintes.
        Portugal – 3452.2Euros.
        Alemanha – 2867.5Euros.

        Para este salário, na Europa, Portugal figura na 20 lugar, dos países mais baratos para empregar.

        Se uma empresa Portuguesa se mudasse para a Alemanha, para ter o mesmo custo com os funcionários que em Portugal (para os tais 2500Euros limpos/mes em Portugal), na Alemanha o funcionário iria ter na conta bancária cerca de 3800Euros limpos todos os meses e pagaria 20.2% de impostos.

        Viva o custo de vida baixo, os impostos baixos e as politicas de empregabilidade fantástica dos sucessivos governos portugueses (só que nao).

        • adbu says:

          Esqueceu que na Alemanha há outros impostos que têm de acrescentar:
          *Lohnsteuer = imposto de renda (usado para escolas, estradas, universidades, obras públicas, etc.): varia de 0-~40% ou mais.
          *Solidaritätszuschlag = imposto para ajudar o leste alemão (ex Alemanha Oriental/Socialista controlada pela ex União Soviética): até ~5,5%.
          *Kirchensteuer = imposto para a igreja: ~8-9%, mas reduz de acordo com a quantidade já paga com Sonderausgabe e Kappungsschwelle.
          *Sozialabgaben (~20%) = contribuição social (dividida em: Rentenversicherung = aposentadoria (~10%), Arbeitslosenversicherung = seguro desemprego (~1,5%), Pflegeversicherung = seguro invalidez (cuidados especiais) (~1%) e Krankenversicherung = seguro-saúde (~8%)).

        • Louro says:

          Sao impostos directos aos rendimentos?

          Em Portugal nao paga impostos das casas e por aí fora?

          • FB says:

            Na alemanha para o funcionário receber 2500€ limpos teria de receber bruto cerca de 4000€. Para os 4000€ os impostos pagos pelo empregado são quase 40% (daí 2500 limpos).
            O patrão ainda teria de pagar vários impostos sobre os 4000€, cerca de 20%.
            Para o funcionário receber 2500€ limpos o patrão teria de desembolsar pelo menos 4800€.
            Não esquecer que também existem outras diferenças na Alemanha relativamente a Portugal. Apenas existe um subsídio por ano mas por outro lado o normal são 30 dias úteis de férias.

    • Paulo Baptista says:

      Sem dúvida. E por esse dinheiro, trabalhariam 12 horas diárias, com 24 dias de férias. E ao fim de alguns anos, diriam que a culpa das suas condições de trabalho precárias e dolorosas, era dos funcionários públicos, que ganham muito e fazem pouco. É Portugal, um país de oportunistas. Perdão, de oportunidades … para os espertos.

    • jorgeg says:

      2500 na Alemanha nao e o mesmo que 2500 em Portugal para quem nao sabe!
      Mais 250 desses impostos e para “äjudar” os turistas que fecham o paises como Portugal.
      Que resolvem fechar o pais (economia) a torto e a direito, pois o dinheirinho cai do ceu, segundo os mar.xistas do PS e companhia.

    • Vitolas says:

      O problema é que aqui não te pagavam 2500€,e os alemães podem ser muita coisa mas não são parvos,para “ninguém” querer ir para lá trabalhar não é porque gostam de estar encostados,deve é haver muito melhores opções.

      Europa não é a China nem as américas e felizmente isto pelo menos em direitos laborais.

    • Maria says:

      Os romanos e egípcios eram fantásticos construtores… mas a mão de obra executante escrava permitia isso.
      Já passaram uns milénios…

  2. Sílvio Pinto says:

    Isto é a Europa meu caro, aqui há regras, lutas de muitos anos por direitos. Não é a republica das bananas

    • sergio says:

      desculpe? tem que separa a republica das bananas que é portugal do resto da europa. Na europa sim existe republica das bananas e nos somos bom exemplo disso.

  3. Rui says:

    Quem nao gosta de trabalhar sob pressao não pode trabalhar numa empresa destas

  4. Marco says:

    Eles que montassem a fábrica em Portugal.

    • Crow says:

      Era a mesma coisa. Basta ver o que tem sido com a AutoEuropa.

      • Luis says:

        O que tem sido com a Autoeuropa? Ordenado acima da média nacional? Benefícios que outro trabalhador comum não tem?

        • Ora ora says:

          Aumentaram os salários dos trabalhadores em plena crise económica. Quantas empresas em Portugal fizeram isso?

        • José Fonseca Amadeu says:

          O que tem sido? Greves atrás de greves, intromissao do governo e de partidos, se fosse agora a Autoeuropa nunca teria posto cá os pés, antes ir para a Europa de leste que aturar os Portugueses com a sua mentalidade pós estado novo de funcionalismo publico.

      • Maria says:

        A auto Europa é um exemplo de liderança e da sua relação com as organizações representativas dos trabalhadores, no ultrapassar de dificuldades.
        Não percebo bocas que se enquadram praticamente em mensagens subliminares de Fakenews

        • José Fonseca Amadeu says:

          Autoeuropa é exemplo do sindicalismo comunista que afunda este país desde o pós estado novo.
          Uma vergonha de trabalhadores, associações e de sindicatos, felizmente os poucos amigos que tenho lá nunca fizeram uma unica greve.
          Qualquer dia acaba-se a mama e passam a autoeuropa para a europa de leste.

          • Miller says:

            Nem mais. Portugal a necessitar de trabalhar e de investimentos internacionais e os nossos trabalhadores acham-se com poder económico para recusar. Das duas uma, ou nos submetemos a trabalhar para daqui a uns tempos termos um país rico (como a Alemanha) ou continuamos neste vaivém de sindicatos e comunismo que deixa os países na miséria e afasta os empregadores e a classe rica.

        • Pedro V says:

          Tomara Portugal ter mais 20 como a Autoeuropa.

          • José Fonseca Amadeu says:

            E pelo exemplo da autoeuropa que está mais que queimada com os governos, sindicatos e mesmo os trabalhadores que não temos mais 20.
            A autoeuropa já nem mete ninguém para os quadros para não ficar ainda pior, agora é tudo outsourcing ou trabalho temporário.
            Se tivessem aproveitado a oportunidade para demonstrar como o país pode ser trabalhador e competitivo em vez de caírem no sindicalismo do BE e do PC já teríamos mais 40 autoeuropas vindas de empresas de todo o mundo.

          • Pedro V says:

            @Fonseca Amadeu 100% de acordo.

    • Ora ora says:

      Tu ias já a correr para trabalhar o dobro do que é legal e ganhares um salário que dá para comer e pouco mais. Mais vale os 600 euros de Portugal, só dá para comer mas tens mais tempo para viver.

  5. jrgaugusto says:

    Importa os carros da china … onde já se viu construir uma fábrica na europa !!!

    • Crow says:

      E é o que tem acontecido ultimamente. Até há pouco tempos os Tesla em Portugal vinham todos dos EUA, mas os Model 3 recentemente já estão a vir da China. A questão é que a Tesla quer uma fábrica dedicada ao mercado europeu que ajude a responder ao crescendo do mercado mais rapidamente e evite os custos de importação.

      • Miller says:

        Isso é simples. Os chineses querem trabalhar. Desde os anos 80 que o Ocidente os escraviza mas eles não se importam pois sabem que mais vale passarem duas décadas a trabalhar no duro para as próximas gerações serem das mais ricas do mundo. Agora, em 2020, vemos como a China está a ficar muito melhor que a América ou que a Europa comunista. Se aparecer alguém aí a pedir para 100 europeus irem trabalhar para uma fábrica de bonecos, começam todos a chorar e a fazer greves e a tentar golpes de estado só porque sim.

  6. Ora ora says:

    Que vá para o Bangladesh, lá nunca ouviram falar de direitos.

  7. Luis Oliveira says:

    Venham para Portugal, que os governos até convenciam os trabalhadores a pagar para lá trabalhar.

  8. sujeito says:

    Quando me apresentaram a proposta sai da porta a rirás gargalhadas…
    Escravo? Nã… Trabalhe o Elon que tem bom cabedal

    • Manuel says:

      fizeste tu bem, onde já se viu pagar 2500€ por mês parece que é a gozar com uma pessoa

      • José Fonseca Amadeu says:

        A mim contactaram-me via linkedin para integrar os quadros da Tesla, não seria para ficar directamente na fábrica mas sim nos escritórios em Tilburg ou Amsterdão se preferisse, ofereceram-me algo como 5.000€ liquidos + medical. Actualmente ganho 4.000€ liquidos, ia mesmo mudar-me pagar cerca de 1.000€ de diferença com alimentação e casa e ficar na mesma, e com isso perder benecificos como PPR, seguro capitalizaçao, 27 dias de férias + aniversário, carro e possibilidade de teletrabalho.
        Estão habituados ao mercado US que nunca ficam mais de 1 ano em cada empresa, não tem férias pagas e até são opcionais.

        • Miller says:

          E tu estás habituado à boa vida de classe média europeia. Não estejas atento não que qualquer dia deixas de ter opções de trabalho.

          • José Fonseca Amadeu says:

            Quando se é o melhor naquilo que se faz dificilmente se fica sem opção de trabalho.
            Não fico parado no mesmo poiso muito tempo, a cada 2 anos mudo de empresa para projectos mais aliciantes e uso essa mudança para melhorar os meus beneficios.

  9. Nick says:

    As próximas fábricas vão para a Asia, não só a China. Aqui não se trabalha, vive-se dos rendimentos.

  10. art says:

    Carros a desfazerem-se , foguetões a explodirem….fábricas sem telhado a fabricarem carros…hehehe….este gajo é uma paródia , mas faz bom marketing…..Este gajo podia ir longe se soubesse o que anda a fazer…..o que lhe vale é que é financiado pelo governo Americano na indústria espacial, nos carros só engana os tolos , mas estes são a maioria, por isso fica a ganhar….

    • Diogo says:

      foguetoes a explodirem ahahahah se nao estas dentro do assunto nao faças figura de parvo pah os foguetoes da spacex são só dos mais fiaveis da industria ou achas que a nasa paga para meter la pessoas só porque sim aahahah é engracado quando estas pessoas nao prcebem patavina do assuno mas mandam postas de pescada para o ar

    • Figueiras says:

      Quando se tenta ser engracado mas nao se percebe nada do assunto

  11. Vasco says:

    80 horas por semana dá perto de 11h e meia de Domingo a Domingo. Dormindo 8h por dia sobram apenas 3h e meia por dia para poder fazer algo sem ser trabalhar para o E. Musk. Mas porque haveria alguém de querer ser enganado de tal maneira, a menos que tivesse de fugir à fome? Para trabalhar tantas horas semanais é muito mais lucrativo a longo prazo abrir a sua própria empresa.

    • Pedro V says:

      Já fiz 72h de trabalho em uma semana. Mas levei para casa 1300 eur nessa semana. De vez em quando compensa.

      • Vasco says:

        Também eu, com directas incluídas. Mas claro que compensou. Mesmo assim não gostaria de ter de repetir essas experiências, a menos que o projecto fosse absolutamente vital. Aqui também temos de contar com a cultura de trabalho alemã, que é completamente diferente da americana em termos de exactidão. Os empregados alemães têm mau feitio e quando os projectos são mal planeados atiram tudo â cara dos superiores hierárquicos – são muito fontais.

        • Filipe says:

          Projectos mal planeados é o “prato do dia” por cá. E da maneira que os patrões por cá, com a “quarta classe tirada à noite” têm a mania que são mais entendidos em tudo, se algum colaborador lhes dá a mais ínfima dica, despedem-no imediatamente.

          • Rui says:

            É provável que tenha razão, mas e porque é que não arrisca você mesmo criar o seu próprio emprego? Ou melhor ainda, criar a sua própria empresa?!?!?!!!!
            Aí vai perceber que as contas a pagar ao estado, fornecedores e colaboradores têem prazos para pagar e os recebimentos……..

        • Pedro V says:

          Repito algumas vezes por ano. Cerca de metade do ano faço descarregamento e carregamento de catalisadores em reatores. O descarregamento é feito em ambiente inerte, nitrogénio.

      • José Fonseca Amadeu says:

        Já fiz mais de 100 e levei o mesmo.. lol

  12. Pedro V says:

    Para quem não sabe, na indústria pesada, seja na Alemanha ou aqui onde estou, na Holanda, só se pode começar a trabalhar depois da ordem de serviço assinada por todos os responsáveis, toolbox feita com todos os intervenientes e análise final de riscos feita no local de trabalho. Chega-se a entrar ao serviço às 7h e só se poder começar a trabalhar às 9 ou às 10. Só assim se evitam acidentes que tanto podem ceifar um dedo como uma vida. A Europa não é a China. Por isso é que os grandes grupos económicos gostam muito da China, mas ninguém nos bate na qualidade. Metemos os chinocas a um canto.

  13. Antonio says:

    Não conseguem porque não querem.
    Todos os dias chega barcos carregados ás praias do mediterrâneo.

  14. Rui says:

    2 500€ não atrai nenhum alemão a trabalhar numa empresa desorganizada! Ganham bem mais nas fábricas alemãs (Bosch, Mercedes, BMW, Audi, VW………

    Além de que na Alemanha os sindicatos têem efectivo poder na empresa e responsabilidades!!!!

    O Musk não contou com todos esses pormenores quando se instalou na Alemanha?
    Não sabia quanto ganham na Alemanha?

    • José Fonseca Amadeu says:

      Não quer saber, queria ter a gigafactory na alemanha para tentar demonstrar que é concorrência e aprender alguma coisa sobre fazer carros no processo 😀
      Até agora saiu tudo furado.

  15. Abreu says:

    Esse musk ainda vai levar a uma crise mundial devido a especulação da Tesla em bolsa.

    Tic TAC TIC TAC TIC tac

    • José Fonseca Amadeu says:

      As crises mundiais não se dão por especulação de empresas de fortune500 (blue chips) mas sim por investimentos em CDOs e small caps.

    • Miller says:

      Estuda primeiro… Só perde dinheiro com a Tesla quem não sabe ler. Dito isto, é evidente que a correção está iminente. Agora volta para o Facebook para conspirares contra a Amazon ou Apple.

  16. Miguel says:

    Ai o Musk pensa que na Alemanha os trabalhadores era tudo a arroz como na china?
    Que viesse para Potugal aqui não falta escravidão por 600€, faziam fila para entrar na tesla por esse valor e licenciados!

  17. Filipe says:

    Nao percebo o Musk… Se calhar queria a qualidade alemã a qq custo, lixou-se. O provável é pessoal fora da Alemanha da UE aceitar os cargos. Quer qualidade tem de pagar.
    Mas se queria vir para a Europa pq não os países mais a Este da UE como uma Hungria ou Eslováquia não seria boa ideia para ele?

    • O bastardo says:

      1) países de leste não são tão fiáveis (política e economicamente)

      2) países de leste (ou qualquer outro na Europa) não são competição em qualidade, fiabilidade e rigor como a Alemanha.

      3) a está central na Europa e tem um excelente porto, além de comunicações.

      4) clientela abundante para os automóveis

      5) fontes de energia abundantes

      Só estas 5 questões excluem a maioria dos países da Europa.

      • Filipe says:

        Então ele agora tem de perceber que não está nos EUA ou China. Há leis e é para cumprir.

        • Miller says:

          Há leis a mais*. Corrigi isto. Os americanos estão todos contentes com a indústria capitalizada que eles têm. A Europa só têm muitas leis porque tem um sistema de Segurança Social muito complexo. Temos de taxar muito para arranjar dinheiro para refugiados, ONU, NATO, subsidio-dependentes, WHO, para não falar dos salários dos eurodeputados, o BCE e todas as outras comitivas que existem para dar salários milionários.

  18. rui says:

    Curioso, pelos vistos o Elon Musk está longe de ser um chefe exemplar, mas continuo a ver gente a defendê-lo.
    Gostava de saber se os que o defendem gostavam de ter um patrão como ele.

    • Abreu says:

      Pessoa muito estúpida e sem humildade.

      Mas o karma vai resolver

    • José Fonseca Amadeu says:

      Lol.. Queres pensar melhor nisso, ninguém se lembra do Steve Jobs? Despedia as pessoas porque lhe diziam “bom dia” no elevador..

    • Filipe says:

      O Bill Gates é que parecia ser o melhorzito

    • Miller says:

      Porque não deixa de ser um patrão a criar riqueza. Ninguém pode dizer não a alguém que investe o seu dinheiro no mundo. É mais que sabido que o Musk injeta dinheiro do seu próprio bolso para salvar os seus negócios. Ele tem uma visão, um sonho, e vai estourar o dinheiro todo que ele tem para dar resultado. Ou preferes aquele tipo de patrão que fica 3 meses sem pagar salários, abre falência para não ter de pagar, compra um Mercedes antes de fechar e abre outra empresa a seguir (à la portuguese style) para repetir sempre o mesmo? Lê um livro. Vive a sério. O mundo empresarial é fodido. Quem está bem empregue tem sorte ou ainda não lhe chegou à cabeça o pensamento comunista do “o meu patrão é um fdp”.

      • rui says:

        E só há esses dois tipos de patrão? O sonhador que injeta o seu próprio dinheiro e o que não paga salários?

        Dizer que o patrão é um fdp é um pensamento comunista?! AH! AH! AH!
        Eu não sou comunista e conheço muitos patrões e empresários. Alguns são umas bestas do pior e outros são excelentes pessoas e profissionais.

      • rui says:

        “Ninguém pode dizer não a quem investe o seu dinheiro no mundo.”
        És o empregado de sonho de qualquer patrão sem escrúpulos.

  19. TT says:

    Ups! Parece que na Alemanha não aceitam ser explorados e tratados como lixo! Volta para a Califórnia

  20. Joao Ptt says:

    Felizmente a TESLA pode fazer o mesmo que faz em todo o lado, ou se muda, ou pode contratar estrangeiros sejam da UE ou mesmo vindos da Índia, Paquistão, China, entre outros. Acho que pelo menos é o que andam os chineses a fazer na Itália, abrem lá empresas, e é tudo ou quase tudo chineses a produzir localmente só para poderem meter a etiqueta a dizer que é feito na UE, e suponho que assim reduzir os impostos de importação e talvez viverem em clima de ligeira mais liberdade que lá na China.

  21. Cortano says:

    “Isto, aliado à desorganização e confusão da empresa.”
    Só nesta frase explica o porquê de não arranjar trabalhadores.
    Desorganização e confusão na mesma frase que Alemanha não faz sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.