Quantcast
PplWare Mobile

Samsung deu um grande presente à Apple

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Hugo Santos says:

    Não percebo porque é que a Apple tirou a entrada normal para os fones… Vai obrigar as pessoas a comprarem adaptadores para usarem os fones que têm…

    • Lucas Mota says:

      Pelo que ouvi dizer, vai vir um adaptador dentro da caixa de Lightning para a entrada normal dos fones

    • Katia Teresa says:

      O iPhone vem com os EarPods, é sempre uma alternativa. Sei que não falo por todos, mas eu tenho uns headphones wireless que não troco por nenhum “wired”.

        • Miguel says:

          Já uso auscultadores sem fios quase à uma década pois comecei com os Motorola S9 em conjunto com o meu Motorola Q9h com Windows 6 Mobile, e funcionou sempre bem. Aliás, ainda os tenho!

          Mas o principal problema deste tipo de dispositivo é:

          1) Bateria: Não ter bateria quando preciso deles!
          2) Bateria: Tempo de carregamento, demora a carregar quando preciso deles!
          3) Bateria: Não tem o mesmo tempo de uso que os fios
          4) Utilidade: Não terem opção para fios quando não tem bateria.
          5) Utilidade: Não tem tanto tempo de uso como se tem com fios
          6) Esta é para a Apple: O vosso Bluetooth não dá para mandar fotos mas dá para uma ligação A2DP?!?!?!?!?!

          • Trend says:

            Repetir a mesma ideia de 3 formas diferentes é arte de hipérbole.
            Para que saibas há auscultadores bluetooth que se podem ligar por cabo ao dispositivo para ouvir música, resolvendo muito do que estás a dizer por causa da bateria.
            É preciso enviar fotos para ter audio por bluetooth?

          • Ricardo says:

            Para quê se o airdrop (claro entre iphones) é tão ou mais funcional que um simples bluetooth para enviar fotos?

      • joao magalhaes says:

        Estou contigo, uso uns sony e para o dia a dia é uma maravilha

    • Lourenço says:

      não percebo como é que não percebes!

    • Trend says:

      Ou então usar o adaptador que muitos rumores dizem que vem na caixa do iPhone

    • RenatoNismo says:

      eu aposto um milhão de euros de que não vai vir adaptador incluído na caixa, vai obrigar muitas pessoas a comprar adaptadores conversão 3rd party que vai f**** iphones ou input ou até pegar fogo (pois vai usar no mesmo sítio onde carrega bateria), tal e qual aos que usaram carregadores incompatíveis. vai dar muito que falar.

      • RenatoNismo says:

        ou até o adaptador 3rd party em que o iphone diz: acessório não compatível

        e eu tenho vários acessórios 3rd party que eram suposto funcionar no meu 3GS (continua a servir apenas como alarme), mas não funcionam nenhum, conecto e diz sempre acessório não compatível.

        tenho de comprar os originais de 20€ ? o c*****

        um dos acessórios que consigo por funcionar é dar um jeitinho no cabo, 40 cêntimos do aliexpress, que entra metade no input para conseguir carregar bateria e não me chatear com a mensagem que é incompatível………. como a apple tem cada ideia brilhante de limitar em tudo o que era fácil fazer tudo no android 2.3 de 2011.

        • T says:

          O que são 20 € para quem dá 700€ por um iphone? Há cada uma. Experimentar uns e não gostar, não achar pratico ou funcional, até percebo. Agora chorar 20 € quando se dá 700. Ganda lol

          • Marco says:

            o 3gs n custou 700 euros.

          • RenatoNismo says:

            eu não dei nem 1 cêntimo por 3GS, foi-me oferecido. para custar 700€ é suposto vir acessórios completos e o telemóvel ter features completas. mas é o dispositivo mais limitado do que um symbian de 2008. um dumbphone de 20€ traz o que é preciso que nunca falta nada.

          • Pedro says:

            Eheheh isto agora parece a mesma coisa que os jogos, quem quer ter o jogo “completo” toca a comprar as dlc’s e não bufa, aqui vai ser igual querem comprar o telemóvel “completo” toca a comprar os acessórios há parte xD

        • Trend says:

          A culpa é da Apple que haja lojas e empresas a vender gato por lebre?

          • !(iSheep) says:

            A Apple apenas tem culpa por tentar tornar algo standard em algo limitado e sem sentido, isso é apenas abuso. Não abram os olhos, quem perde são vocês.

          • Trend says:

            Tornar algo standard em algo limitado? És capaz de substanciar essa frase oca?
            Deves achar que não há pessoas a comprar gato por lebre com standards.

      • APereira says:

        Se tivesses 1 milhao de Euros já nao eras assim tao frustrado, porque já tinhas tido dinheiro para fazer upgrade desde o 3GS.

        é com cada iluminado.

      • Trend says:

        OMG! Mas tu tentaste pensar sequer um pouco antes de escrever? Se o iPhone funciona como fonte de energia para o adaptador como é que o adaptador “pega” fogo ao iPhone, como os carregadores “incompatíveis” (defeituosos)?
        Quem te ouvir até pensa que a porta lightning só tem sido usada para carregar os aparelhos e que é a primeira vez que vai ser criado um adaptador destes.

    • Alpha says:

      Também não percebes nada…tirou a entrada para o telemovel ficar mais fino e assim já caber no bolso junto com o adaptador 😀

    • JV says:

      também me custa a entender porque é que os computadores hoje vêm sem leitor de disquetes ou cds. como é possível!

    • Joao Raposo says:

      A Apple tirou a drive de diskettes em 98: Ia acabar o mundo
      A Apple tirou a drive de CD’s em 2008: Ia acabar o mundo
      A Apple vai tirar o pedaço mais antigo de tecnologia (com 32 anos) existente ainda nos nossos dias: Vai acabar o mundo… #soquenao

    • !(iSheep) says:

      Um dos objectivos da Apple é a monopolização do mercado, é vender o mais possível com o maior lucro possível sem olhar a meios, já todos deveriam saber isso.

      • Trend says:

        Monopolização do mercado? Ou tens noção errada do que é monopolização ou do que é o histórico da Apple.
        A Apple nem sequer seria a primeira a retirar esta entrada dum smartphone

      • Portimão says:

        O objetivo da Apple é obter mais lucro possível. Mas… Não é o objetivo de qualquer empresa? Ou a Apple é uma empresa solidária e eu não sei?

    • NaCl says:

      É facil, nao comprem o novo iphone e ficam sem esse problema. 🙂

  2. Ricardo says:

    Pelo contrário, acho que a samsung devia lançar sempre em outubro os seus smartphones.
    Depois da desilusão do iphone as atenções voltavam se para a samsung.
    Quem ia comprar o note não vai mudar agora. Até porque normalmente é a escolha do sistema operativo que define a escolha.

    • David Guerreiro says:

      Não me parece que alguém vá comprar um iPhone só porque o Note 7 está com problemas… Os clientes da Apple não são os mesmos da Samsung. Quem quer iPhone é também pelo iOS que não tem na Samsung.

      • Brasão SS says:

        Correto @David Guerreiro!
        O mercado para Note é um mercado específico, nicho, diria mesmo. Quem compra o Note compra – o pelo diferencial da concorrência, a S pen e a “novidade” do leitor de íris. E claro algumas apps exclusivas da Samsung relativamente a essas features, que não existem noutras plataformas nem mesmo nas marcas com Android.
        O pessoal só compraria um iPhone se ele viesse com a Apple pencil, ao estilo do iPad Pro. Aí sim seria bem provável isso.
        Quanto aqueles que dizem que o iPhone é mais do mesmo, coloco uma questão.
        Então e o Note? Basicamente continua igual aos anteriores, o desbloqueio pela íris, é a única novidade, e melhoramentos no encaixe da S pen, entre outras coisas mínimas. De resto é mais um Android igual a tantos outros, só que muito caro. E como já foi noticiado aqui no Pplware parece mais lento que o iPhone 6S plus lançado há um ano,e com desempenho similar ao Note 5. Além de ser mais susceptível a riscos. Esperem até ao lançamento do iPhone, e depois falem.
        E como alguém já postou abaixo, no próximo ano aí vai haver algo de interessante da parte da Apple. A única coisa que concordo que será mais do mesmo provavelmente será a nível de design. Mas outras novidades aparecerão.
        Aguardem e depois “discute-se”.
        Abraço!
        🙂

        • Bernardo says:

          Desculpa discordar na ultima parte mas e óbvio que a Apple para o ano vai ter um produto novo com novas características intersantes visto que para o ano é o aniversário da Apple.
          E acredita que nao vai ser mais do mesmo pois o 7 e uma jogada de marketing para preparação do iPhone 8.

          • Portimão says:

            Aniversário da Apple? WTF??
            Para o ano que vem faz 10 anos que o iPhone saiu no mundo, não é o aniversário da Apple, mas sim do iPhone.

    • Joao Raposo says:

      Qual desilusão? Até agora os iPhones bateram todos os recordes de venda, e todos os anos se anuncia que “o iPhone não vai trazer nada de novo….”

    • Vera says:

      Pois, mas se calhar não há desilusão nenhuma.
      Tu chamas desilusão ao pessoal que tem inveja porque não pode ter um iphone, mas isso é outra coisa.
      O iphone é uma máquina que evolui dentro, não fora. Se pensas que um BMW é sempre a mesma coisa porque por fora é tudo igual estás enganado. Existem várias mudancas e apenas quem usa percebe. Dantes julgava que era sempre a mesma coisa e andavam a aldrabar o pessoal, mas depois de ter um e usar e comparar com outros mais modernos vejo que existem consideraveis diferencas dum modelo para o outro.

      E sim, tenho um iphone 4 e está a bombar perfeitamente!

      • Miguel Rodrigues says:

        Sempre achei tanta piada ao argumento “porque não podem ter um iPhone”. Se podem ter um S7 Edge ou um Note 7 porque é que não podem antes ter um iPhone explica lá… argumentos baseados na ignorância

  3. rui says:

    iphone 7 será mais do mesmo… infelizmente.

  4. MiguelDias says:

    Ao menos a Samsung tem a coragem de pedir desculpas e retomar todos os equipamentos e substituir por novos.

    Ja a apple não esta a fazer isso no caso do Iphone 6 e 6plus, que estão todos a deixar de funcionar.

    • JV says:

      devo estar cheio de sorte, quase 2 anos depois o meu 6 continua a funcionar tão bem como no dia em que o comprei

    • Vitor Hugo Palma Rosa says:

      Não sabes do que falas meu amigo. Tenho um ipod classic de 2010, em 2013 a Apple detetou um problema na bateria do dispositivo (foi a própria marca que o descobriu, não foi a impressa ou utilizadores) e contactou todos os seus usuários para poderem dirigirem-se a um representante oficial e assim poder ser trocada a bateria. Estamos a falar de um produto que já estava há 3 anos do mercado. Que outra marca faz isto num produto já sem garantia? Por isso é que apple há-de ser sempre fiel a si mesma e principalmente aos seus utilizadores, não é de admirar que largar produtos da apple para ir para outra marca se depara sempre com o problemas de falta de comunicação entre utilizadores e fabricante, por isso não é de admirar que existam fanboys (se isto for fanboy então eu sou declaradamente um deles.). Posto isto a Samsung não faz mais do que a sua obrigação num produto lançado há duas semanas, isto para os iphone fans não é nada de especial, tendo em conta o apoio sempre presente da apple em qualquer problema que exista com o equipamento.

    • Zukuinho says:

      A Apple diz que estas a usar o telefone mal… Mas de uma forma geral parece-me que o USB Type C nao esta a ter implementacao facil. Acho que se esqueceram de testar ate a exaustao. Ate agora qualquer carregador servia para carregar qualquer telefone com USB. Com esta nova implementacao boa sorte. Ja vimos demasiados casos em diversos aparelhos.

    • Portimão says:

      LOL era o que mais faltava não aceitar. Não tens a noção do que é um aparelho que pode explodir a qualquer momento?
      Estás a comparar isso, que pode até pôr em causa vidas, casas, etc, com um problema no touch que pode eventualmente aparecer em smartphones com mais de 2 anos?

      Fazem parecer que é um orgulho a Samsung assumir o erro de ter lançado para o mercado smartphones que podem explodir na mão ou rebentar com os miolos. Realmente tenho de parabenizar a Samsung e erguer-lhe um altar por tirar do mercado smartphones altamente perigosos para a vida das pessoas.

  5. Alex says:

    A vantagem do Android é também a existência de centenas de fabricantes, se um falha existem mais 299 à espera.
    As baterias explosivas terão um impacto muito pequeno nas vendas de iPhones 7… que esperemos não sofra de “touch disease”.

  6. Pedro Cunha says:

    Neste momento ainda não existem certezas se retirou ou não jack de audio. Muito irão perder com isso, tanto users como fabricantes de periféricos que usavam essa entrada não só para saida/entrada de audio. A Square, que tem o famoso leitor de cartões magnéticos através do jack de audio é uma dela. A iRig iria perder acesso ao seu periférico mais vendido de se poder cobetar uma guitarra ou viola acústica ao iphone. O utilizador perderia o mais importante de tudo, a qualidade de audio. Por mais que se gaste 100 ou 500€ nuns headphones por bluetoth, não existe nenhum que consiga igualar a qualidade do audio que consegue por wired. Está prvado que nenhuma até hoje conseguiu manter a mesma qualidsde, ponto final. Por isso duvido que todoa esses rumores sejam verdade. Não passam simesmentw de rumores. Mas os media hoje em dia só vivem de rumores por isso nada como aguardar pelo poduto final e não perderem tempo como titulos sobre rumores. A Samsung não tem que se preocupar porque a Apple vai lançar um iPhone que será mais do mesmo. Isso sim, é uma certeza.

    • Joao Raposo says:

      A iRig hoje em dia tem tudo via lightning…

    • Helena says:

      Sim, mas quando mudaram a entrada de energia do modelo 4S para o 5 também causaram muita indignacão e agora todos usam sem problemas.

      A entrada dos phones é realmente mais chata, mas se o iphone ficar mais fino e mais leve valerá a pena. No futuro devem Inventar uma entrada de audio wireless, e isso deixa de ser preciso.
      Eu como uso ipod continuo a usar sempre a entrada normal, mas para os trouxas que usam phones dr.dre não vão ter muita sorte, compram uns novos ou usam um adaptador.

      No meu tempo era fixe eram os phones pequenos. Era cool. Hoje em dia isso continua, mas há cada vez mais chungas que pensam que andar com phones de DJ na rua dá estilo…. Estilo chunga mas enfim.

    • Trend says:

      Não há tecnicamente nada que torne impossível que muitos desses periféricos possam funcionar com os novos iPhones. A norma audio por lightning tem também definido input de audio/microfone por isso é possível ter um adaptador de 3.5mm que suporte a mesma funcionalidade que esses periféricos usavam, só as aplicações é que poderiam necessitar de um update.

  7. Serato says:

    Post a glorificar a Apple…
    Nada de novo, e se o iPhone 7 é mais do mesmo, nada como ter aqui o Appleware a fazer publicidade…

    • Rui says:

      O “Appleware” , se leres mais acima, diz que o iPhone 7 é aborrecido…

      É óbvio que a Apple n quer lançar grande coisa… para que ?

      Em 2017 a Apple faz 10 anos de iPhone. Com certeza terão algo na manga

    • Ricardo Craveiro says:

      Troll alert! Este artigo não deveria ser lido por ti. Tem uma idade a partir da qual é possível perceber. Estas ainda longe dessa idade.

      Este é um artigo que espelha a realidade, este sábado um responsável da empresa, por outras palavras referiu o mesmo.

  8. Tiago says:

    Não há surpresas porque estão o verão todo e os meses anteriores ao lançamento sobre tudo o que pode ou não vir com o novo iPhone, chega a uma altura que só se vê a keynote para ter a certeza se é ou não o que disseram… Mas que a situação do Note 7 certamente que ajuda a Apple mas também todas as outras marcas que estão a competir com a Samsung como a Huawei por exemplo

  9. Filipe Teixeira says:

    Talvez uma pequena parte vá para o iphone, mas os que ja queriam o note vão manter a decisão, cada vez mais os consumidores são fieis, foi assim que a Apple conseguiu o império que tem, muitas vezes estando atrás da concorrência em certos pontos.

  10. Nuno says:

    Não creio que samsumg perca ou apple ganhe, aliás pelo contrário. A Samsung reconheceu problema, vai corrigir e isso dá confiança às pessoas. E se iphone é mais do mesmo, dar 800€ por tlm só para dizer que tem ultimo modelo… eu não serei certeza, mesmo que pudesse dar esse lixo.. Opps Luxo 🙂

  11. João Rey says:

    Tenho apple e não percebi bem a afirmação:
    1 a Samsung teve uma decisão rápida e assumiu a responsabilidade.
    2 a Apple tem um problema grave com o display do iPhone 6 e até agora ouvi 0 da marca.
    Dai não perceber o que é melhor tentar passar pelos intervalos da chuva, ou ter a capacidade de assumir um defeito.
    Mas pode ser uma impossibilidade minha…

    • Joao Raposo says:

      Tem um problema tão grave com o ecrã que até agora não vi ninguém a queixar-se desse problema, que de qualquer maneira está coberto pela garantia. 48hrs e tem-se um telefone novo.

  12. vitor says:

    nem um nem outro. Venha é o pixel phone

    • Nitroglycérine says:

      Sim! Sim! E vai-te bater-te direta e fortemente na testa!
      Porque a empresa do Zuc decidiu-se pela necessidade premente em fazer também um up-grade ao preço. Deixaram de contentar-se com preços justos! Inspirados na Apple, quem sabe…

  13. Forever says:

    Acho que já ficou aqui claro nos comentários,a samsung podia muito bem se marimbar que iria vender bem ah mesma,mas no entanto veio a público assumir responsabilidades,enquanto a apple quando é assuntos que envolvem custos avultados são os primeiros a se desmarcar. Quanto ao iphone 7 eu cá penso que o Tim Cook trabalha para a samsung ,neste momento está a deixar a samsung atropelar por completo a apple,se for como os rumores apontam a apple neste momento anda 2 anos atrasada e o Tim Cook parece estar a gostar

  14. Alpha says:

    “explosão de más notícias” 😀
    Por outro lado o touch disease que na verdade registou mais que os 35 casos e que a Apple (ainda) não assumiu não abonam nada a seu favor nesta altura.

  15. Liberal da Cerca says:

    A mim parece-me curto e uma palhaçada dizer que o iPhone 7 (segundo os rumores) é mais do mesmo. Quem conhece sabe o que eu quero dizer. Quais as diferenças do Galaxy S6 para o S7? E os pixotes que estão presos ao android 4.4 que falam, de boca cheia, dos iPhones de 2013 (sim! 2013) que ficam lentos com o iOS 10?

    • Alpha says:

      “Curto e palhaçada”, mas contra-argumentos, nenhum, essa é a verdadeira palhaçada.
      “Quem conhece”, i.e., os fãs que não vêm mais nada à frente podem adorar, como os fãs do Galaxy também adoram, mas a verdade é que novidades de jeito, nem num nem noutro. E os neófitos que só vêm updates à frente?

    • Portimão says:

      E o mais engraçado é que não ficam (e são smartphones de 2012, pois eles acusam o iPhone 5 de ficar lento). Já pedi vídeos às personagens de plantão do iPhone 5 a arrastar-se com o iOS10 e nenhum manda. É irónico.
      Não sei onde é que foram buscar essa pseudo crítica do iPhone 5 lento com o iOS10.

  16. irlm says:

    e os 13 mil milhões que deves à Irlanda, onde estão?

    • Joao Raposo says:

      A Apple pagou 400 milhões de euros de impostos no ultimo ano na Irlanda. Essa história está muito mal contada. Quando a UE vem exigir coisas a Portugal, deves ser daqueles que dizem “esses gajos não mandam cá! Somos um país soberano!”… .Mas quando a própria Irlanda diz que a Apple não lhes deve nada, já vais seguindo a correr a favor da UE…

      • Alpha says:

        A “própria Irlanda” compactua com a Apple e outras que tal na aldrabice. Mas fazes bem defender a Apple, que ela é pobre…

        • Trend says:

          Se a Irlanda criou leis de impostos para atrair investimento e segue essas mesmas leis, não compactua com a empresa A, B ou C, por muito que por cá não se concorde com as ditas leis. É aqui que a UE esbarra e muito provavelmente irá perder, pois torna-se uma interpretação jurídica de leis irlandesas, mesmo que moralmente ninguém concorde que seja possível pagar tão pouco de impostos.

        • APereira says:

          Se a UE viesse dizer que o salario minimo tinha de ser igual em todo o espaco Euro é que era… agora vir dizer que a Irlanda esteve a beneficiar este ou aquele?Eles simplesmente pretenderam atrair investimento para criar mais emprego no país, qual a duvida e o problema?

    • Trend says:

      E a Irlanda a dizer que não deve!?

  17. Vitor Hugo Palma Rosa says:

    Bem o pplware cada vez sabe mais coisas, calculo que seja algum insider dentro da apple.

  18. luis says:

    *aquele momento quando tens um nokia 3310 cuja bateria ainda dura*

  19. João says:

    já lá vão os tempos em que a Nokia e a série N eram responsáveis por uma grande evolução. Recordo o N95 music edition… Hoje em dia é tudo do mesmo. Muitas marcas a lançar e pouca qualidade. É preciso uma “Nokia”, com equipamentos que se distinguem dos demais pelo design, qualidade de construção e software.

    Cada lançamento do Symbian era uma loucura. Agora com SO mobile que fazem quase o mesmo que um SO desktop já não há muito que inovar.

  20. RF says:

    Bem.. por um lado talvez possamos tirar algo de positivo para nós consumidores… com esta má fama inicial do Note 7, pode ser que o seu preço venha a descer muito mais rapidamente…

  21. iSad says:

    Mais tretas. Quem compra S Note é porque gosta da maquina e usar pen. Mesmo se aplica a quem compra iphone.

  22. Ricardo says:

    Exacto. Aliás, querem comparar, comparem o s7 a iphone7.
    Esse sim, é o modelo correcto a ser comparado.
    Até porque a apple, não tem um produto como o note.
    Fala se a “caneta” do ipad pode ser usada no iPhone 7, mas não sei se irá ter um local para a guardar ou se terá que se andar com ela atrás na mala. Vamos ver amanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.