PplWare Mobile

Rússia tem “armas modernas únicas” capazes de destruir qualquer inimigo

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. cK says:

    Acredito. Mas há um inimigo que nunca vai conseguir combater: Karma

  2. João Silva says:

    Ainda gostava de saber o que ganhamos em andar em guerra.
    Apesar de servir apenas, a minha pilinha é maior que a tua, a minha pilinha é mais radioactiva que a tua… Enfim
    Mas ainda há quem apoie

    • Antonio says:

      Há muitos que apoiam e fazem claque, quando todos devíamos era estar a exigir esforços serio pela paz, a guerra não é só um problema de russos e ucranianos está a afetarnos a todose ninguém faz o mrnor esforço em prol da paz.na Ruddia alguém quer ficar na historia pelos motivos errados, no ocidente aposta sena derrota da Russia por exaustão, aonda que o qparece estar perto da derrota por exaustão é o nodso maravilhoso planeta,siga o CIRCO

    • Naodouonome says:

      Esta guerra nada tem a ver com isso, neste momento não é nada mais que levamos na pá e não podemos desistir tanto aos olhos da comunidade mundial como aos olhos do poder interno russo!

      • B@rão Vermelho says:

        Então a solução era deixar os Russos ficar com a Ucrânia, depois a Polonia, Roménia e por ai fora, já agora se poderes partilhar a tua morada se a casa for alguma coisa de jeito eu retiro-te dai e alugo a casa a alguém com mais papel que tu, como és pela paz não vez mal nenhum nisto, certo?
        O problema é como é que lidamos com o bullying , é o deixa andar até ele se cansar ou tentas contrariar?

        • Mário Alves Martins says:

          Onde foi buscar a ideia de que a Rússia quer a Polónia, a Roménia, etc.? A Rússia só quer impedir que a Ucrânia seja um pau mandado dos EUA, a Rússia só quer a sua própria segurança.

          • Armando Cardoso says:

            O Xor Mário não está a par do discurso dos capangas do putin. Um fala na conquista e domínio de VladivostoK a Lisboa. Isto diz-lhe alguma coisa? Procure saber.

          • Francisco says:

            A Rússia pegou a Crimeia , todos aceitaram, então vamos pra região mais próxima , e depois seguimos . Reclama da NATO , na sua fronteira, imagina como se sentem esses pequenos Países na fronteira com a Rússia- uma potência militar fenomenal. A Guerra é uma infelicidade, muitas mortes, e destruição. Mas não podemos considerar a Rússia como vítima O poste não faz xixi no cachorro.

          • Zé Tuga says:

            Curso superior de partido…. quem é que se mete com a Rússia e a tenta invadir, como a China ou como até a porcaria da Coreia do Norte??? É como dizer que que os USA se deixavam invardir! Deixa- de ideologias e pensa mas é quanto a Russia perde se ficar sem acesso aos mares e depois fala, ok?

    • ifm says:

      Mas ainda ha quem pense que uma guerra é criada, so porque sim??

      Desde sempre a cada vez mais as guerras são criadas por €€€€€, sempre o foi e sempre o vai ser.

      Quem acredita na libertação do mundo, de religioso,etc.
      Isso é tudo propaganda para justificar uma guerra, para por um ideal ao povinho, para sentir que estão a combater por alguma causa maior.(afinal temos de tar uma causa aos soldados para lutar, são chega so ser porque sim)

      Mas no conforto dos seus lares quem cria as condiçoes para se desencadear uma guerra, é quem tem vista os €€€€.

      Se não fosse por motivos financeiros não existiam guerra como acontece.

    • Sergio says:

      E isto é uma guerrita de birra..
      O que me preocupa mesmo é a américa com a sua divida e a sua moeda.
      A china que convença a Russia e mais meia duzia de países tendencialmente comunistas a usar Yuan como maior moeda de trade.. e aí sim apertem os cintos.

      Os estados unidos estão se a meter a jeito.

    • mamba says:

      A resposta é muito simples: a guerra é o melhor negócio que existe. Sempre foi e sempre será. Muitos milhar de milhões de Euros, Dollars ou lix.. desculpem. Rublos. É só isso.
      Por que acham que o país que sempre esteve em guerra desde a sua criação é o mais rico do mundo??

    • Paulo Silva says:

      É uma questão de tempo…existem demasiadas armas no Mundo, na mão de entidades com percepções distintas e o Homem é o ser mais estúpido que existe no planeta, ao ponto de poder vir a rebentar com ele e com o futuro da humanidade!!! Uns porque são invasores colonialistas e outros porque a sua economia depende e muito do comércio de armas! Venha o diabo e escolha!

  3. aaa says:

    qualquer inimigo menos a Ucrânia…

  4. PoPeY says:

    Armas modernas únicas como aquelas que estão a utilizar na UK. Sejamos sinceros, ao embaraço que esta guerra está a ser para a Rússia, se as tivessem, já as teriam usado.

  5. Joao Torres says:

    Se a Ucrânia com ajuda externa é capaz de fazer frente a esta “poderosa” Rússia, que continua a deixar os seus filhos morrerem em troco de uma Guerra nojenta, miserável que não leva a lado nenhum, então julgo que nem com o todo poderio militar que apregoa, esta Rússia faz frente a alguém. O Mundo inteiro terá a perder se algum dia, alguém se lembrar de carregar ‘no botão’, mas não acredito que a Rússia tivesse qualquer hipótese contra Todo o Mundo! Se os outros Lunáticos deste Planeta (Coreia do Norte e China) se juntarem ao “Filho da Putin”……aí, somos todos varridos da face da Terra, sobrará pra todos. 🙁 🙁 🙁 🙁

    • Paulo Silva says:

      A Rússia não terá qualquer hipótese contra todo o Mundo como todo o Mundo não terá qualquer hipóteses contra a Rússia…a realidade é essa. Um bloco tem mais poderio convencional, outro mais poderio nuclear….que adianta? Ambos se podem destruir uns aos outros e a todos. Ou acha que este cantinho tranquilo à beira mar plantado fica de fora? Com a base das Lages, tendo comando local e fazendo parte da Nato?

    • informado says:

      todo o mundo? Que eu saiba os únicos que estão em guerra contra RÚSSIA são os EUA, CANADA, UE e AUSTRALIA. O resto não quer saber da guerra pra nada

  6. B@rão Vermelho says:

    O pensamento livre da democracia é a arma mais poderosa que temos, e vejam como todos os países que apoiam a Rússia são só por si os países com maior índice de corrupção e com ditadores no poder e a democracia assusta e de que maneira.
    Relembro que os EUA, foram os únicos que já utilizaram as bombas nucleares, não uma mas sim 2 vezes, mas não os vejo constantemente a ameaçar que as voltam a usar, ao contrário dos desesperados Russos que todos os dias ameaçam.

    • Sempre Primeiro says:

      EUA sempre esteve na vanguarda tecnologica. A Russia DEVERIA aceitar a derrota de que nao foram os primeiros a desenvolver semicondutores, a desenvolver a bomba atomica, a desenvolver o primeiro aviao, p primeiro a ir na lua etc… Mesmo que a Russia ganhe a guerra, ela sempre sera perdedora historicamente

    • Test User says:

      Não foram únicos, estas excluir os testes. Também existiram vitimas dos testes.

      Alguns exemplos: União Soviética num teste em Torskoye que usou os próprios soldados e habitantes como cobaias. Ingleses num atol em Kiribati. Franceses que fizeram teste deserto saara. Americanos no Nevada, Etc.

  7. Security says:

    “a Rússia tem “armas modernas únicas” capazes de destruir qualquer inimigo, incluindo os EUA, se a sua própria existência estiver ameaçada”
    Esquecem-se que se tiverem de usar, vamos o mundo acaba. Portanto, se a sua existência estiver ameaçada e usarem armas nucleares todo o mundo termina. Portanto, é uma pescadinha de rabo na boca. As armas nucleares ameaçam a existência mundial, não só um país. São elas que ameaçam o mundo, não quem as vai usar ou acham que vão sobreviver ao usarem-nas? Os outros países irão usar e guess what?

  8. Art says:

    Há uma coisa em que Rússia bate todos os países do mundo : a idiotice dos seus dirigentes……..esta gente ainda pensa como na idade média…..para se imporem , usam a força e o medo …..não tenho duvidas que se sentissem encurralados até a o ponto de perderem o poder e provavelmente serem presos ou perderem a vida , iriam recorrer a armas de destruição maciça….Os países impõem-se , não pela força , mas sim pelo seu desenvolvimento económico..mas como são uns medíocres , que só pensam em roubar ..vão pelocaminho que lhes parece mais fácil

  9. pedro says:

    Mas isto nao é uma guerra mundial?? a Ucrania esta a fazer tudo menos a lutar sozinha….
    Claro que nao estou de acordo com a guerra (nes esta nem nenhuma) mas os “jornaleiros” que temos podiam dar os nomes correctos as coisas…. ou sera que nao convem dizer que é uma guerra mundial??

  10. Pedro says:

    Se este tipo de declarações fosse proveniente do outro lado do Atlântico, os comunas e amantes do Putin já estavam todos aqui a espumar com tamanha provocação..
    Como é a Rússia, calam-se como cobardes que são.

  11. freakonaleash says:

    E…?

    Os EUA também tem.
    A China Também tem.
    A Índia também tem.
    A França também tem.
    A Coreia do Norte também tem.
    Israel também tem.
    A Grã Bretanha também tem.
    …and so on.

    Mas apenas a Moscóvia e a Coreia do Norte é que fazem sempre caso de dizer que estão prontas a destruir o mundo pelos seus objetivos! Isto diz mais dessas agremiações de pessoas do que das armas em si!

  12. Joao says:

    Ontem li um artigo que dizia que o maior inimigo da Rússia é a China. Em tempos houve uma região da China que foi anexada pela Rússia. Se a Rússia se acha no direito de invadir a Ucrânia para desnazificar (leia-se recuperar parte dos territórios da antiga União Soviética), nada impede que China de querer reclamar os antigos territórios de volta.

    • Naodouonome says:

      Nada impede qualquer país de atacar qualquer país, dê a justificação que quiserem.
      A diferença é que ninguém ataca a Rússia, China e países da NATO devido ao seu poderio. A Rússia atacou o Afeganistão teve lá 10 anos e só perdeu devido a ajuda indirecta dos EUA

      • B@rão Vermelho says:

        O problema do Putin é só um, chama.se democracia, que bom deve de ser reinar a belo prazer e não prestar contas a ninguém, mandar homens para a picadora da Ucrânia e dormir bem no final do dia, não à contas a dar a ninguém, desde que ele e os amigos estevam bem o resto é paisagem

    • Grunho says:

      Nenhuma região da Rússia pertenceu à China. Ao Japão sim, Sacalina e ilhas Curilhas, foram anexadas na 2.a Guerra Mundial.

  13. André says:

    Não sei de que estão à espera para acabar com isto. Quase parece que nenhum dos dois lados tem interessem em acabar com esta palhaçada.

    O mundo inteiro está a afundar-se economicamente por causa dos dois espantalhos a mandar farpas um ao outro constantemente. Mas vendo que o Biden conquistou o lugar com uma campanha que foi 90% do tempo a falar da Rússia, já nada admira.

    • Repara says:

      Pelo menos 200 mil mortos só de militares e milhões de ucranianos desalojados é uma palhaçada?
      Bombardeamentos massivos de alvos civis são farpas?
      Onde é que foste buscar essa de que o mundo inteiro se está a afundar economicamente? E que Biden passou 90% do tempo da campanha a falar da Rússia?
      Vê-se cada uma.

  14. JR56 says:

    Deu-me gozo ver por aqui gente que ainda acredita na existêmcia da “democracia” 🙂 🙂 🙂
    Até parece que as filosofias políticas existem na realidade 🙂 🙂 🙂

    • Repara says:

      “A democracia é o pior dos regimes, à excepção de todos os outros” (Winston Churchill)

    • Nhecos says:

      Pode sempre ir viver para a Coreia do Norte se acha que Democracia não existe.

      • Grunho says:

        O negócio dos imperialistas não é e nunca foi exportar a democracia. É exportar o capitalismo. Basta lembrar as ditaduras militares que instalaram na América do Sul nos anos 70 (Brasil, Argentina Chile) e o apadrinhamento ao salazar e ao franco depois da 2.a guerra mundial.

        • Test User says:

          Até a China Comunista adoptou Capitalismo.
          Continuaram com a tradição comunista dos campos concentração.

          Ate agora países capitalistas e democratas não tem campos de concentração.

          • Grunho says:

            Campos de concentração houve nos USA durante a 2.a guerra, incluindo para americanos de origem japonesa, e na Alemanha do hitler, que era capitalista, com todos os capitalistas da indústria pesada alemã por trás. Nos países socialistas houve campos de reeducação, segundo a máxima revolucionária de “eliminar capitalistas violentos, reeducar capitalistas não violentos”.

          • Test User says:

            Chamar campos de reeducação quando morreram pessoas, esta tudo dito. Ainda escreves na segundo a máxima revolucionária de “eliminar capitalistas violentos, reeducar capitalistas não violentos”.

            Nem sequer definição de Socialismo acertas. No Socialismo pode coexistir com diferentes sistemas políticos, mas a maioria dos socialistas defende a democracia participativa.

            A serio faz uma seria introspecção e procura ajuda.

          • Grunho says:

            Assim como morreram e morrem milhares e milhares de trabalhadores nas fábricas e estaleiros de obras dos capitalistas. O que garantidamente nunca aconteceu foi um capitalista morrer de acidente de capital.

      • PorcoDoPunjab says:

        Nhecos, olhe, vou-lhe dar uma triste informação.
        Lamento ser eu a fazer este serviço, mas alguém terá que ser…

        Se o seu voto pudesse mudar realmente alguma coisa, atenção que eu escrevi ” realmente”, pode sua Excelência ter a certeza que deixaria imediatamente de o poder fazer.

        No máximo o que muda são coisas pontuais, o essencial continuará na mesma…

        Lamento ter estragado o seu dia, cumprimentos

  15. A rever says:

    Conversa não lhes falta. Mas a verdade é que numa guerra que era para durar 10 dias, estão lá há mais de 1 ano e pouco foram além da fronteira, atendendo à dimensão da Ucrânia. E estão à rasca com as notícias que falam cada vez mais na contra-ofensiva que a Ucrânia está a preparar… Será que é desta vamos ver essas “armas modernas únicas” em ação? Ou tudo não passa dum “bluff” como o mito do “exército invencível russo”?

  16. says:

    Claro que tem, mas se usar essas armas só vai conseguir saborear a “vitória” durante 5 minutos.

  17. Jorge Ferraz says:

    Sei-lá, mas você pagaria pra ver? Nós como cidadãos acredito que nunca saberemos o que acontece no alto escalão de um governo, seja no âmbito civil ou militar.

    Prefiro a paz, porque na guerra até cobra morta mata com o veneno.

  18. Louie says:

    Este também anda a ver vídeos no Youtube e a fumar qq coisa p’ra rir.

  19. alguem says:

    O bom, o mau e a Rússia.
    A rã (mundo moderno/ocidentais progressistas) enfiada numa panela com água fria que se deixa ao lume.

  20. gav says:

    Tenho muito gás GNL para vender á europa, muito mais caro. Como faço?
    Provoco uma guerra na europa com o antigo vendedor. E para garantir o objetivo estoiro com um gasoduto

  21. PorcoDoPunjab says:

    gav, touché.
    Só não vê quem não quer.

    É como o outro ai e tal eles estão a expandir-se militarmente, estão numa postura de afronta e arrogância porque fizeram uma base militar fora do seu país.
    Dizem isto os EUA de outros países quando eles têm umas 70 bases no estrangeiro…

  22. PTO says:

    Mas estes imbecis na rússia não percebem que os outros países também têm armas que destroem completamente o país deles?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.