Quantcast
PplWare Mobile

Regulamentação da Internet: Estados Unidos e Rússia em disputa

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Sc says:

    Qual é o país democrata nós tempos que corre. É tudo uma questão de perspectiva.

    • irritadiço says:

      Aqui a Sportv contrata assinantes particulares para andarem atrás de elemtnos da família que vêm Sportv pirata e depois comunicam à Sportv, autoridade da treta. Isso na Rússia ou China não existe. Vês os jogos como quiseres, aliás até ensinam a desbloquear isso, especialmente agora na Rússia com os bloqueios ocidentais.

      Por isso, para mim acho que 1um russo lá não fazia muitos estragos para o comum dos mortais…

  2. Samuel MGor says:

    Um russo como secretário-geral da UIT seria o fim da Internet livre.

    • irritadiço says:

      Não acho, olha que eles agora andam atrás das agências Anti-Pirataria lá na Rússia. Aliás, os russos nunca tiveram tanta liberdade na internet como agora, basta uma vpn e pimba. Isto claro que pode mudar de um momento para o outro. Não compares a China com a Rússia. Na China controlam a internet por motivos políticos. O resto da internet é livre. O que é proibido é incentivares e fazeres comentários contra o regime pela internet.

      Quem anda a tentar limitar e controlar a internet são as ditas democracias.

      O problema da Rússia e da China é que a internet é menos livre para as empresas (algumas) e especialmente para o jornalismo. De resto, se não andares a postar coisas no twitter de conexão política e nem deias opiniões estás safo. Não vejo qual o problema para o comum mortal. Eu passo bem sem fazer comentários a mandar abaixo o Costa ou outro líder qualquer…

  3. Juvenal says:

    Admirado ficava eu se os governantes europeus não estivessem de joelhos para os EUA… Que tristes.

    • irritadiço says:

      Acho que está na altura de começarem a meter-se de joelhos à Rússia porque quem lhes aquece o corpinho no Inverno não vai ser os americanos.

      Se aqui com os ditos 18º em casa já rapamos frio a valer, imagino nas Alemanhas, polónias e Reino unido. Estou para ver o que o frio lhes vai fazer ao cérebro e para que lado se vão ajoelhar, porque é para esse lado que o tuga se vai virar…

      • pinguim says:

        ninguém rapa frio a valer com 18 graus. basta ter roupa a condizer.
        acho as medidas para redução do consumo perfeitamente aceitáveis.
        e a Russia nao pode invadir estados soberanos.
        Por isso deixem-se de conversa pro russia.

        • irritadiço says:

          Sempre quero ver se os jogos de futebol vão deixar de ser à noite para poupar luz ou afinal é tudo CONVERSA DA TRETA!!!

        • Joao Ptt says:

          Sim a Rússia não pode invadir estados soberanos, como por exemplo a Ucrânia, ups… afinal podem.
          E se lhes apetecer invadir o resto da Europa toda não só podem como o farão.
          Se vão ganhar a guerra no final? Não. Mas que vão provocar a destruição da Europa toda lá disso não há dúvidas.

  4. LA says:

    A Rússia à frente da Regulamentação da Internet. Era o fim da internet, como a conhecemos.

  5. Alphie says:

    Era só o que faltava os EUA a controlar a internet, e Portugal que não achasse que isso era bom. Agora e que se vai acabar a liberdade na internet se os EUA ganharem. Basta ver as políticas de bloquear tudo que eles e a Europa tem. Internet livre é coisa que não existe nos países ditos democráticos.

  6. sei lá says:

    Não é por nada. Mas fico com a ideia, que existe muito pessoal a confundir liberdade com libertinagem, entre outras coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.