PT é a responsável pelo colapso do SIRESP nos incêndios?


Destaques PPLWARE

76 Respostas

  1. CaptianObvious says:

    Curioso como esta afimarção saiu a correr depois da noticia do DN que diz que o estudo encomendado pela ministra foi feito por um instituto participado pela PT (Altice). O facto é este, no contrato de prestação de serviços, o fornecedor tem de responder ao cliente directamente. Isto é, o siresp é o fornecedor e o estado o cliente. O resto é areia para os olhos. Eu qd compro um carro, n vou bater a porta da bosh se a centralina avariar. Politica e as suas tretas.. Se falhou da parte da Pt então é culpa do siresp pk nao contratualizou com a PT serviços avançados de redundancia para pouparem uns trocos. Se o fez, então o estado deve sancionar o Siresp e a Siresp a PT..mais nada. Boas férias malta.

    • Ricardo M. says:

      Absolutamente absurdo e sensacionalista. O Instituto de Telecomunicações obtem financiamento para projectos tanto de fundos públicos, como privados, como qualquer instituto universitário. Para projectos em colaboração com a Altice Labs (antiga PT Inovação), o financiamento é patrocinado por eles. Quer dizer, os institutos em Portugal são acusados de tudo: se fazem investigação em cooperação industrial, já não são imparciais, mas se não fazem cooperação industrial é porque são ineficientes e dependem só de dinheiro público sem contribuir para as empresas. ENFIM! Qualquer pessoa que vá visitar o Instituto Superior Técnico sabe perfeitamente que o Instituto de Telecomunicações é constituído por pessoal académico, cujo escritórios estão no topo da Torre Norte, onde se faz investigação, teses de mestrado e doutoramento. (Disclaimer: eu sou estudante do IST)

      • Ricardo M. says:

        P.S.: Ainda mais ironicamente, é difícil de encontrar um projecto da Altice/PT na listagem de projectos (que discrimina o financiamento) disponível em https://www.it.pt/AboutIT/KeyITIndicatorsInternationalProjects

        • CaptianObvious says:

          Meu caro amigo, não me interprete mal. O que levantei foi a coincidencia política que não foi por acaso!. O costa, que de burro não tem nada, conseguiu duas coisas. Abafar este potencial sensacionalismo e desvia as facas para a PT, pois o contrato do Siresp tem as mãos dele. Não tenho nada contra o IT (seja o de aveiro ou porto) que conheço muito bem.

          • Ricardo M. says:

            Eu conheço bem a rede da PT/MEO. Todas as estações-base da SIRESP são colocadas em infraestrutura existente da rede móvel MEO, e o backhaul é feito na mesma rede de transporte. Ao contrário da discussão abaixo, TODAS as estações móveis da MEO (e o SIRESP) tem backhaul em fibra óptica, não em cobre, colocadas em infraestrutura existente da PT para poupar dinheiro (postes aéreos, essencialmente). Todas as outras operadoras usam ou fibra ou ligações microondas ponto-a-ponto, que são alternativas boas e mais baratas que satélite. O Costa pode ter assinado o contrato com o consorcio da SIRESP, mas acho que seria dificil questionar dar o contrato à PT na altura em que era a empresa de referência em Portugal de telecomunicações. Hoje em dia, sabemos melhor, e resultou como resultou.

        • Eduardo Filipe dos Santos Ribeiro says:

          O IT é um organismo criado pela PT (agora denominada Altice Labs), IST, Nokia (ex Nokia Siemens Networks e anteriormente Siemens Telecommunications), IPL, ISCTE, UAv, UC, UBI e UP… logo todos os projectos listados com indicação IT são financiados pelos organismos envolvidos em percetagens previamente acordadas… Antes de dizer o que não sabe convem primeiro informar-se

          • CaptianObvious says:

            É impressionante como o mais importante é ser hater nestes foruns. Caro, o que eu fiz foi uma leitura POLÍTICA, em nenhum sítio falo mal do IT que conheço MUITO bem. Espero ter enterrado este assunto de vez. E como já deve ter lido, a minha maior critica é que o Sr Costa não devia ter vindo a público atacar o fornecedor do SIRESP. Devia sim criticar a incompetência dos mesmos por não garantirem o serviço para o qual foram contratados (o IT trouxe isto a público com a sua análise detalhada). Eu quero lá saber se a culpa é da PT ou da empresa chinesa que fez as fibras ou da senhora que vendeu os frangos estragados a quando da obra, a culpa é do SIRESP. Agora que se desenrasquem. Cheers

    • João says:

      O problema é que o Costa concordou com todas as clausulas do contrato com a SIRESP pois foi ele que o assinou. Nada melhor para desviar as atenções de por as culpas em terceiros.
      O contrato não é entre o Estado e o SIRESP ? Porque quer o Costa atirar as culpas para a PT ? Alguma coisa foi negociada entre o Estado e a PT (neste caso) ? Que se saiba não.
      Já na altura se dizia que o que estava a ser contratado não se adequava á realidade Portuguesa e havia equipamentos superiores, sendo assim porque assinou o Costa um contrato com equipamento a caminho do obsoleto ?
      O sistema SIRESP foi concebido para acabar com os meios de comunicação anteriores, simplesmente deixavam de ser utilizados, como esse equipamento estaria bom, algumas corporações de Bombeiros mantiveram esse equipamento, qual não é o meu espanto quando o Governo começa a falar da redundância de sistemas de comunicação quando oficialmente esses sistemas antigos deixaram de existir.
      Estes políticos em Portugal continuam a tratar o POVO como tontos.
      E mais uma vez o Costa a fugir ás responsabilidades, ao não assumir que quando assinou o contrato com o SIRESP não defendeu a posição do Estado (todos nós).

      • Nelson N says:

        O João tem de compreender que ninguém vive do ar, inclusivamente os políticos. Em caso de guerra as forças armadas também iriam utilizar o SIRESP? Tirem as conclusões que quiserem.

        • João says:

          Então se começarmos pelo Exercito+SIRESP…
          Se o Exercito não é capaz de guardar uns paióis, acham que consegue defender um País ? A explicação do assalto aos paióis deve estar relacionado com o SIRESP, houve falhas de comunicação entre as rondas dos paióis, a culpa deve ser da PT, de certeza.
          Junte-se a isso as mortes dos recrutas nos Comandos…
          O Povo Português terá que começar a interrogar-se se vale a pena gastar MILHÕES de EUROS que nos saem dos bolsos todos os dias para manter estruturas que de nada servem quando necessitamos delas.
          Uma das pérolas do Exercito foi a chamada “EXONERAÇÃO TEMPORÁRIA”… com estes exemplos vê-se a qualidade dos nossos dirigentes (TODOS). Palavras para que ? Eles próprios se encarregam de nos dizer os incompetentes que são, o POVO não quer é ver.
          Quando os mais competentes são sistematicamente afastados por não terem o cartão do partido no poder, e os incompetentes promovidos, isto não vai acabar bem. Veja-se Pedrogão Grande com o grande numero de vitimas, isto nem num País do chamado 3º Mundo.

    • David Ramos says:

      O estado tb é cliente da PT… É mais complexo o caso do que tu pensas

    • xxx says:

      Tens meia razão. Ainda que não te possa mostrar aqui uma dessas antenas, mas posso- te garantir, que mesmo ardendo os cabos, as antenas tinham pelo menos 3 horas de energia. Devido a falta de manutenção pela PT essas antenas ficaram sem baterias. A responsabilidade é da PT, e eu gostava que houvesse alguém a ir para a cadeia por negligencia.

  2. Sergio Dias says:

    Bom… e novidades? Já toda a gente sabe que a rede de cobre nacional devia pertencer a uma empresa independente. A PT fez durante anos o que quis e continua a fazer, devem ser responsabilizados.
    Os restantes operadores, que recorrem a trampa de rede de cobra que a PT fornece, sabe, o quão bom essa rede é e sabem também os problemas inerentes e as dificuldades em resolver avarias provenientes destas. A PT/MEO, para ajudar, não é isenta de responsabilidade, porque demonstra um enorme desprezo pela celeridade em resolver os problemas dos outros, dando sempre prioridade aos seus problemas.

    • CaptianObvious says:

      A rede de cobre já não é da PT, é da NOS. Mas reafirmo o que disse, é preciso analisar correctamentr o que foi que o Siresp contratualizou com a PT. Tenho sérias dúvidas que a PT tenha assinado um contrato que garanta serviço em ocasiões de catástrofe. O Siresp na minha opinião poupou ou não devia.

      • Paulo Martins says:

        Onde é que tiraste a informação que a rede de cobre, diga-se telefónico, passou para as mãos da NOS?

        Se tás a referir ao facto de neste momento ser a NOS que tem o serviço universal de telefone fixo, uma coisa não tem nada a ver com a outra, a NOS garante o serviço através da rede GSM na maioria dos locais e não rede de cobre.

        • JJ says:

          O problema é esse!!! E Anacom não faz nada!

          “Assim, o serviço universal de ligação a uma rede de comunicações pública em local fixo e de serviços telefónicos acessíveis ao público foi adjudicado à Optimus Comunicações, nas zonas do norte e do centro do país, e à ZON TV Cabo Portugal, na zona sul e ilhas, pelo prazo de 5 anos. Em resultado do processo de fusão por incorporação da ZON TV Cabo Portugal na Optimus Comunicações, a prestação destes serviços, que terá início a 1 de junho de 2014, será assegurada, na totalidade do país, pela NOS Comunicações.”
          https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1231792

          Ou seja, se presta o serviço via GSM, não o esta a fazer um ligação a uma comunicação a rede fixa.

        • zé povinho says:

          essa informação está correcta, a rede de cobre está entregue á NOS á já algum tempo e não á PT, a NOS ficou com a concessão da rede telefónica de cobre, por mais incrível que pareça, tenho conhecimento disto de alguém que trabalha nas infraestruturas da PT, que parte de cobre já não lhes pertence… logo juntou-se a fome á vontade de comer…

          quanto ao Siresp é uma anedota, pois nunca funcionou correctamente e agora com estes grandes desastres a coisa veio ao de cima, e como é claro alguém tem de levar com as culpas, e mais que lógico não é a PT como querem fazer crer, simplesmente o Siresp nunca se actualizou estes anos todos, e devia-se ter modernizado ao ponto de não depender só das redes terrestres(fibra e cobre), mas sim de outras redes (rádio e satélite) de modo a ter alternativas quando a principal falhasse…

          mas é o Pais que temos, enquanto a PT era a galinha dos ovos de ouro ninguém falava mal, agora graças as maravilhosas gestões foi parar as mão de outros já não presta…

      • Tilelo says:

        Jovem, ao menos, lê um pouco, está tudo na net. Cada baboseira…

      • poiou says:

        Há que perceber que a SIRESP SA “vende” um serviço que é uma rede de comunicações de emergência
        Por isso a SIRESP SA para prestar o serviço recorreu o fornecedores “externos” (entre eles a PT).
        Agora resta saber o que a SIRESP SA pediu à PT:
        – Pediu uma rede de fibra óptica para fazer a interligação entre postos-base
        – Pediu uma rede de fibra óptica para fazer a interligação entre postos-base de um sistema de emergência
        – Pediu um meio de ligar as estações base
        – Pediu um meio de ligar as estações base de um sistema de emergência
        A partir daqui tem de se averiguar, qual a opção aconteceu, e a partir daí averiguar a culpa. Se foi a PT que não forneceu o que a SIRESP pediu ou se foi a SIRESP SA que pediu à PT o meio de transmissão que não seria o mais indicado para aquela aplicação.

        Eu sou da opinião de que tem de se avaliar o estado do SISTEMA SIRESP e respectivo contracto.
        – Se exigir as melhorias à SIRESP SA
        – Se nacionalizar o sistema e depois pedir a um qualquer “regimento de comunicações” das forças armadas para avaliar o sistema e concluir que alterações são necessárias
        – Se não for viável nenhuma das anteriores, nacionalizar o Sistema SIRESP e vende-lo por um preço justo, e pedir a um qualquer “regimento de comunicações” das forças armadas que encontre uma alternativa para o mesmo fim

        Acho que um sistema destes, opere em TETRA ou sinais de fumo deve ser sempre nacional, até mesmo por ser um sistema crítico

    • Luís M says:

      Que operadores usam a rede de cobre da PT?
      O cobre está obsoleto. Já não interessa e por isso ninguém vai gastar um cêntimo a enterrar linhas de cobre, o A. Costa sabe para quem fala, o cidadão comum nada sabe e aceita este tipo de justificação.

      • AV says:

        Cobre muito pouco, mas as outras operadoras em alguns locais ainda usam alguma da fibra da PT.
        Ainda há alguns locais em que a PT tem o monopólio da rede de fibra, e vai por postes…

  3. Daniel says:

    Muitos irão apontar o dedo a Costa (é realmente foi ele que teve oportunidade de reverter a decisão do adjudicação do governo de Santana Lopes e não o fez), mas verdade também é que o ponto por ele apontado, de não haver justificação para continuarmos a existir cabos aéreos em zonas que já tem calha técnica, precisa de ser muito bem explicado pela PT/Altice… Não faz sentido algum uma rede de importância que o SIRESP tem estar a fazer uso de um infraestrutura com pontos de falha enormes e sem a mínima tolerância quando infraestrutura melhor já está montada…

    • JBC says:

      Então está justificado o apagão do SIRESP quando da visita do Papa: foi o calor das velas!

      • joaq. says:

        vocês estão a preocupar-se com coisas insignificantes.
        o governo quer é coisa grossa, criam uma empresa fantasma ou não, só para os compadres,
        fazem contratos astronómicos para ter contrapartidas, isso é que interessa, se funciona, é secundário.
        quanto menos forem as despesas maior o lucro, isso é que é importante.
        a culpa é nossa porque votamos nesses canalhas.

      • Daniel says:

        Estou-me pouco a borrifar com a causa do apagão durante a visita do Papa, essa que se investigue e se dê uma explicação… tal como se sabe que não funciona no Colombo também. O que não tem desculpa é em zonas que JÁ tem possibilidade de ser subterrâneo e não estar tão exposta ao problema normal de incêndios, continua a estar exposta. Só isso. Os outros problemas que arranjem justificação para eles, para este já se conhece uma forma de mitigar riscos há anos e a PT nada faz.

    • João says:

      Caro Daniel, estás enganado.
      O Costa reverteu a decisão do Governo anterior ao anular a decisão de Daniel Sanches.
      Ao anular a decisão teve a oportunidade de fazer novo concurso publico, a questão é: porque o Costa manteve a decisão de renegociar o contrato com o SIRESP no qual estava metida a SLN/BPN ?
      https://www.publico.pt/2017/06/22/politica/noticia/siresp-a-historia-de-uma-parceria-publica-privada-de-transparencia-1776439
      Também estiveram metidos na negociação do SIRESP o Fernando Rocha Andrade e o amigo do Costa, Diogo Lacerda Machado que mais uma coincidência esteve metido no negócio da VEM (Brasil) á TAP, a qual só dá prejuízo.
      https://www.publico.pt/2016/04/17/politica/noticia/meu-nome-e-lacerda-diogo-de-lacerda-1729264

  4. Jaquim says:

    A lavar as mãos é que tu és bom ò Costa. Antes a culpa fosse tua ou dos da tua laia.

  5. Luís M says:

    O Costa não quer que a Altice compre a TVI, porque será, do que tem medo?

  6. Daniel says:

    Ainda não percebi o que tem a ver a incapacidade da rede com os cabos…

    • Daniel says:

      Os postes arderam, o circuito “morreu” ali e as antenas móveis não davam conta do recado. Se for por calha técnica subterrânea a temperatura sobe mas não tanto como onde os postes estavam e há maior probabilidade de sobreviver, e garantidamente que sobrevive por um período de tempo maior que um poste a arder.

      Se fosse uma questão de cobertura, como acontece no Colombo (que simplesmente não há) era uma coisa, a questão aqui é que o circuito “morreu” naquela zona pelos cabos aereos (e os postes) terem ardido…

      • Daniel says:

        O Problema não é a cablagem! Como alguém já referiu as falhas são imensas e não só na época de fogos. O problema é que a rede ou foi mal dimensionada (Algo correu mal na gestão do projecto… alguém calculou mal o número de utilizadores) ou quem vendeu o serviço garantia o número de users solicitados e isso agora não se verifica.

  7. Duarte says:

    Alguém trabalha de graça ? Não
    Em muitas zonas as infraestruturas terrestres (digo calhas para ser mais simples de entender) já existem e em alguns casos há muito tempo, mas como há um custo associado a esses trabalhos que são feitos pelas operadoras, as autarquias, municípios, preferem continuar como estão e o “estado” a ver de onde pode sacar algum para o bolso de políticos corruptos. Agora a PT é saco de Boxe para tudo. Interessante. As noticias vão ao sabor do “vento” para quem convém… Até aqui a PT era a melhor para o governo, acabou a mama, acabou a golden share, já não interessa. Deve ser um convite para a NOS ou para a VODAFONE entrarem com algum para os bolsos. Quando há dinheiro todos são bons gestores…

  8. R says:

    Em bom Português: tretas!
    É só falarem com quem pertença a forças de segurança e/ou bombeiros: o SIRESP nunca funcionou bem!
    Um destes dias, um ex-comandante dizia-me que se estivessem dependentes do SIRESP, as viaturas nem saíam do quartel (não tinham cobertura).
    É um dos motivos porque vejo poucas notícias: são mentiras a mais!

    Nota: e as linhas de comunicação no interior deveriam ser todas subterrâneas??? Coitados dos habitantes: assim é que nunca mais tinham fibra. O SIRESP tem de escolher o tipo de comunicações que assegure o seu funcionamento. Ponto. E já existe há alguns anos – já não é um “bebé”.

  9. JBC says:

    A Morte tem sempre uma desculpa…

  10. jAugusto says:

    Uma rede de emergencia que vive de infraestruturas no terreno, qdo o terreno é “atacado” por fogos, terramotos, tsunamis, godzillas, guerras… não se esperam milagres… TVI é o grande problema do costa a pt é apenas um exemplo fácil de populismo puro.
    Pessoas que vivem dos problemas que ajudaram a criar, parecem aqueles besouros/escaravelhos “rola-bosta” …

  11. PowerVerde says:

    E onde está a autorização para empresas privadas poderem usar infraestruturas de outras empresas privadas? É que no meu entender deve ser mais barato usar as tubagens já feitas do que andar a por postes novos e andar a subir aos mesmos para passar os vabos, e se a PT não o faz é porque não pode.

  12. Gomes says:

    A culpa foi da empregada que desligou a ficha do SIRESP para ligar o aspirador! Ainda não tem dos novos, sem cabo.

    Infelizmente, para o ano cá estamos nós a discutir outra vez o mesmo.

    Nota: Querem apostar que não vai haver culpados!

    • João says:

      Em Portugal nunca há culpados de nada.
      Levaram Portugal á falência, quem é o culpado ? A economia mundial !
      Quem assinou o contrato do SIRESP ? Dizem que foi o António Costa, ouvi dizer…

      • int3 says:

        Portugal está falido? se tivesse estaríamos numa anarquia.

        • João says:

          Deves andar MUITO DISTRAÍDO.
          Também não deves pagar impostos, nem usar os serviços do Estado.
          O ano de 2011 e posteriores passou-te ao lado, só pode.
          Diz-se:
          Falência técnica – uma empresa ou entidade encontra-se em falência técnica sempre que o seu passivo for superior ao activo.
          Vai ver as contas do Estado sff.
          Lógico que uma situação de falência nunca se pode aplicar a uma Nação ou Estado, mas a realidade é esta.
          Por outras palavras, é quando o Devedor se põem nas mãos do(s) Credor(es), melhor, quando o Devedor é “obrigado” a implementar politicas impostas pelos Credores.
          Sabes do que estou a falar ?

  13. ANA says:

    há ratos pior que ratazanas e o costa é um deles

  14. rxpxxx says:

    Então a base do sistema de comunicação de emergência do país está baseado num sistema “comercial”? em caso de um cataclismo a sério (um sismo de grande magnitude) será que o sistema sobrevirá?? De que interessa ter um sistema com cobertura nacional se falha quando precisamos de comunicar algumas centenas de de metros…

  15. João Terra says:

    É cada inutil que mais deveria estar caladinho e pensar 2 vezes. Porque não funcionou? a resposta é logica, mas não tem de existir algum culpado no meio disto tudo. Já agora, porque não culpão o fogo que destruiu aldeia e os cabos.

  16. Hugo Gomes says:

    Sim isto agora a culpa tem de ser de alguém. Agora é o atira bolas, pt, governo, bombeiros, policia, o sao pedro que nao mandou chuva este ano como deve ser. E mo fim como se diz todos mos temos de assumir essa culpa isso não vem de agora vê de ja muitos anos atraz. Os indios é que tinham razao sinais de fumo nunca falha

  17. Joao ptt says:

    Claro que a culpa é da Portugal Telecom (Altice), porque os cabos de fibra-óptica deveriam estar enterrados desde o início! É que incêndios florestais não é aceitável como desculpa porque existem há décadas!
    E a culpa é da Portugal Telecom, porque as antenas deveriam estar inter-ligadas por feixes de micro-ondas! Que é o método mais fiável. Mas claro que com a fibra-óptica a Portugal Telecom já pode ganhar uns bons milhões todos os anos com o aluguer das linhas!

    A empresa Siresp é responsável porque deveriam ter pelo menos umas 2000 frequências rádio (não é canais, mas mesmo FREQUÊNCIAS rádio) para conseguirem funcionar correctamente e não ficar rapidamente bloqueado em caso de muita utilização. Portanto umas 1000 frequências para emissão e umas 1000 frequências para recepção em cada local. E ainda colocar o sistema de salto de frequência para caber ainda mais gente na mesma área, evitar interferências e intercepções fáceis.

    Naturalmente que todos os locais onde existem antenas, deveriam ainda ter como alternativa de transmissão além das antenas de micro-ondas, ligação via satélite e ligação por via fibra-óptica enterrada. E ainda ter sistemas de gerador automático especial que está sempre a trabalhar e pronto a entrar em acção mal existe uma falha mais prolongada de energia. E claro estar bem limpo, vedado e vigiado no raio de no mínimo 25 metros.

    • JBC says:

      SIRESP, PT e outros apenas cumprem o caderno de encargos da adjudicação do serviço.
      Se esse caderno foi mal elaborado, de quem é a responsabilidade?
      Claro que agora todos sacodem a água do capote, esquecendo que o mais importante é tomar medidas urgentes, e já passaram dois anos, para evitar a calamidade que se está a assistir neste mesmo momento.
      Deixem de andar à caça de bruxas! Ajam!

    • CaptianObvious says:

      Desculpe, você não sabe o que diz. O unico compromisso que o operador tem é com os seus clientes, tu eu o siresp. No “meu” contrato com ele tem la algures qual a garantia minima de serviço. Se não cumprir posso cobrar desde que causas naturais n estejam envolvidas. Voce nao tem nocao de quanto custa enterrar as ditas fibras..é tanto que o costa ja vai propor descer 50% o uso das calhas tecnicas(onde existem) Mais, você acha que onde derreteu ALUMINIO automóvel, as fibras enterradas tb n iam derreter? Feixes hertzianos, claro que sim, onde houver linha de vista! E o custo por link, sabe qt a anacom cobra?Finalizando, o SIRESP que tivesse contratualizado com a PT o serviço necessario para cumprir o proprio contrato com o estado. Quando vais ao restaurante e a comida está estragada, reclamas com o dono ou com o fornecedor dele?bom domingo

      • JBC says:

        Também parece não saber o que diz e em cada comentário com que nos brinda, conntradiz-se.

        O contrato do Estado com o SIRESP teria obrigatoriamente de estabelecer as condições necessárias para assegurar que o serviço funcionasse em casos de emergência, nomeadamente nos fogos. É um contrato que custou 600 milhões, não é um contrato de 70€ com o seu operador. Para funcionar bem apenas quando não há emergências, convenha que é bastante caro.

        Se o SIRESP se associou à PT, a decisão foi dele (ou não). Se a PT não tem condições para assegurar o serviço, de quem é a responsabilidade?

        Nunca falei em enterrar ninguém, muito menos cabos.

        Apenas sei que paguei (porque todos os que pagam impostos pagaram) um serviço ineficiente.

        Porque é que os “SIRESP’s” estrangeiros funcionam sem falhas, veja o caso de Espanha, e o nosso é o que se sabe? Não tenho conhecimentos para propor soluções concretas, pero que las hay, hay.

        Antes de insultar os outros comentadores, deveria tentar entender o que eles estão a tentar dizer, porque quem tem telhados de vidro…

      • JBC says:

        Peço desculpa pelo minha resposta, pois erroneamente assumi que este seu comentário me era dirigido.
        De qualquer maneira, acho que devia evitar insultar os outros comentadores apenas por discordar das suas opiniões.

  18. Manel says:

    A culpa é do Trump

  19. Kabindas says:

    Isto é tudo uma grande c###da pegada. Os espanhois quando chegaram ao pedrogão tinham as comunicações todas cobertas e sem falhas : Tem um sistema de comunicação via satelite (que ja ta pago). Agora uma porcaria destas … do Siresp … que não funciona dentro do CENTRO COMERCIAL COLOMBO ou dentro do MEO ARENA, por isso não venham cá com conversas do tipo : áh e tal no meio da montanha não tem sinal.
    Quando uma porcaria não funciona bota-se fora e procura-se uma melhor alternativa, que não é dificil

    • João says:

      O problema é que o POVO já investiu milhões no SIRESP, e o Sr Costa não pode deixar cair o SIRESP, porque foi ele que assinou o contracto com o SIRESP.
      E por aquilo que está no contrato do SIRESP, foi o Sr. Costa que meteu a PT na equação, ou seja, obrigou o SIRESP a contratar serviços á PT, com que motivos ?
      O Sr. Costa tem muitas explicações a dar ao povo.
      Todos nós temos um passado, o Sr. Costa também.

  20. coiso says:

    mas estes gajos ainda vivem na idade do cobre??
    ao tempo que existe meo por satelite (dados, tv, telefone) e este costa vem dizer que a culpa e dos cabos??
    quer dizer então que uma pessoa que tenha meo em casa por satelite está séculos a frente da siresp é isso??
    falhou o costa em dizer disparates, e falhou a siresp por não utilizar satélites em vez de fios!!!

  21. Pedro says:

    A rede subterrânea que se refere, deve ser a que foi construída com a concessão do pinhal intetior à ascendi – IC8. A ocupação dessas condutas tem custos de aluguer. Quem os assumia? Mas neste caso de Pedrógão, não seria solução, porque as estações não estão à face da estrada e os cabos acabariam por arder na mesma. Para mim o grande problema das falhas do SIRESP não é do operador escolhido, mas primeiro do projeto desenhado que não previu estas calamidades e depois do contrato com o operador (PT).

  22. Lisbon lover says:

    A PT está tal e qual como outras operadoras, pelo degredo… Ainda hei de meter Internet da Nowo e manter o resto dos serviços com a NOS. É possível?

  23. Zé pagante says:

    Cabos aéreos que arderam, PT, falta de cobertura, ….. ??????

    Depois de ler os 60 comentários que me antecedem, só me resta dar os meus parabéns ao Sr António Costa pela sua aparentemente bem sucedida campanha de lavagem de imagem.
    A questão que tem que ser colocada é:
    O sistema de comunicações que o estado tem corresponde aquilo que comprou e pagou (ou vai pagando de acordo com o contrato)?
    Como observador, diria que sim caso contrário já houve tempo de sobra para interromper o contrato e colocar o fornecedor em tribunal (coisa que o estado é bom a fazer … quando lhe interessa).

    A causa de o sistema não funcionar é simplesmente porque foi mal concebido para as situações a que se destina … o fornecedor forneceu aquilo que estava no caderno de encargos!
    Alem da incompetência na compra do sistema, existe também a incompetência na sua manutenção, veja-se por exemplo o caso das viaturas com função de posto móvel que se destinam a manter as comunicações no caso de as torres terrestres deixarem de emitir ou não serem suficientes que pelo menos até há pouco tempo se encontravam quase todas inoperacionais!

    Inquéritos …. apuramento de responsabilidades … LOOOOOOOOOOOOOOOOL !
    Tendo em conta que foi o Sr. Costa foi quem comprou este sistema de comunicações admito que exista uma qualquer mudança cosmética, mas apenas isso.
    Más decisões ou seja, decisões políticas, vão continuar a ser tomadas por políticos (seja qual for o partido) que não têm conhecimentos técnicos suficientes e cujo objetivo é manterem uma boa imagem para conseguir mais uns mandatos no cargo.

    Enfim …
    Bom domingo!

  24. Carlos says:

    1 – Todos os governos(e todos os partidos que os formaram tem culpas na gestão do SIRESP
    2 – As infraestruturas subterrâneas existentes nalgumas estradas (muitíssimo poucas) são da responsabilidade de entidades estatais que cobram fortunas pela sua utilização e fazem exigências absurdas para intervenção nas mesmas.
    3 – seria economicamente inviável enterrar todas as infraestruturas de Telecomunicações, sendo possível no entanto enterrar apenas as que servem as antenas SIRESP.
    4 – A própria solução tecnológica da rede SIRESP é completamente inadequada para situações de emergência já que o número máximo de comunicações simultâneas na mesma antena é extremamente limitado devido à largura de banda disponível e à capacidade máxima do próprio equipamento instalado.
    5 – Antenas interligadas por feixes Hertzianos e comunicação via satélite são as duas únicas alternativas mais fiáveis para situações de emergência, além dos cabos enterrados (solução que em princípio apresenta o mesmo nível de risco ou semelhante, em relação às duas alternativas referidas).
    6 – A PT e o SIRESP estão a servir de Bode expiatório para o que se passou no Pedrógão para disfarçar a incompetência dos sucessivos governos, incluindo o atual, sendo que no caso da PT As afirmações sucessivas e violentas do A. Costa contra ela podem também ser interpretadas como forma de favorecer algum operador da concorrência.
    7 – A culpa de tudo isto é sem dúvida das politicas governamentais dos sucessivos governos desde o Bloco Central que gerem o país de forma a entregar a privados (aos quais eles próprios estão ligados de forma direta ou indireta)toda a riqueza gerada no país (e as decisões mais recentes seguem no sentido de entregar o que já está nas mãos deles a empresas e países estrangeiros para ganharem ainda mais dinheiro com a venda daquilo que roubaram ao estado).
    8 – E finalmente quem não sabe do que fala evite meter o bedelho no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.