PplWare Mobile

Portugal: Número de incidentes com drones tem aumentado bastante


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. UM TUGA says:

    Esta questão de Drones nos aeroportos iriam ter solução imediata se o governo(s) autorizasse a colocação de dois atiradores especiais em 1 em cada ponta das pistas e os deitassem a baixo cada vez que surgissem nos ares. O estilo desta forma de segurança depressa desmotivava a ideia dos que se divertem com o possível acidente dum avião cheio de gente que pensa que as suas vidas estão seguras porque este está quase a aterrar. É só uma questão de ser pensada e regulada nos lugares certos e de direito. Os tempos assim o exigem.

  2. MFlight says:

    Por todo o mundo têm surgido muitas notícias de avistamento de drones perto de aeroportos. Tenham em conta que grande parte são mesmo notícias sensacionalistas e sem confirmação do que alegam. No entanto, existem sim casos verdadeiros de pessoas que continuam a operar drones sem qualquer bom senso nem conhecimento das leis e regras de utilização. Essas pessoas devem ser responsabilizadas pelos actos! Em relação ao registo creio que não terá utilidade nestes casos. O registo só vai ser feito por quem já cumpre as regras e não representa nenhum perigo.

  3. Tiro aos patos says:

    Começo a pensar que isto será o inicio duma nova modalidade em detrimento de outras quase extintas para gládio de tantos caçadores de pombos, coelhos and so on… Tiros aos drones; ano inteiro e grátis; de certeza que depois se extinguirá de novo e começa os tiros aos aviões, enfim….

  4. Francisco Ferreira says:

    O que a ANAC não diz é dos 53 incidentes quantos é que foram investigados e desses quantos foram identificados como falsos, verdadeiros e inconclusivos. E não diz porque não investigam. Se investigassem ficaríamos a saber que, tal como no resto do mundo, a larga maioria dos reports dos pilotos são falsos.

    Antes eram aliens, agora são drones o que serve para justificar qualquer coisa que acham que viram no céu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.