PplWare Mobile

Polícia de Nova Iorque recebe iPhone 7 e deixa Windows Phone


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

54 Respostas

  1. Hefesto,o Grande says:

    Dão iPhones aos polícias e os roubos vão aumentar mais de 1000% !! Querem ver ?? Distracções à parte,vai ser lindo… 😀 😀 😀

  2. Helder says:

    Finalmente a polícia da capital do mundo tem um telemóvel decente!

  3. Henrique says:

    Enfim grande banhada com o Windows phone…..

    É caso para dizer no comments

  4. Carlos Silva says:

    Utilizando eu o Windows Phone considero que é mais um passo em direcção ao fim.
    Curiosidade: 160M para 36K telemóveis dá mais de $4K por telefone… Afinal não é só em PT.

  5. pedro says:

    por cá passa-se a mesma coisa!!!! lol

    • Vítor M. says:

      Por acaso não, mas mais dia menos dia, porque irá tirar ao Estado muita despesa em pessoal de secretaria, os agentes vão receber smartphones para usarem os serviços automatizados para executarem toda a parte processual, evitando ter de haver “funcionários” administrativos 😉

      Com tantos milhões mal gastos que de deita fora no país, não era nada de especial que um equipamento de comunicação destes fosse disponibilizado às forças de segura. Provavelmente gastava-se menos que um SIRESP….

      • Blackbit says:

        Concordo, o custo do hw é normalmente uma pequena fração do custo total gasto em TI. A manutenção e gestão das aplicacoes e servicos usados numa empresa sao de longe maiores que o custo do “ferro”, sao custos escondidos e muitas vezes indirectos e infelizmente conseguem passar mais despercebidos.

      • Pedro Pinto says:

        Sim sim. Cá existem esquadras que estão a reduzir as patrulhas porque não tem dinheiro para a gasolina e para a manutenção dos automóveis!!!

      • António Fagundes says:

        Vitor, os pastores receberam telemóveis para avisar dos fogos.. Ficaram sem bateria.. lol

      • José Dias says:

        Vítor todos sabemos o tipo de solução tecnológica, o problema são os lobbys.. Podemos discutir milhentos softwares a tendência vai sempre pender…trabalhei numa entidade onde um dia apareceu um senhor de um gigante mundial com um ERP excelente etc… Gastou-se quase 1M€ a empresa entretanto a empresa faliu, teve-se de mudar de software… Gastou-se mais um tanto… Fico com a impressão enquanto as entidades publicas continuarem a comprar software proprietário e se associarem a desenvolvimento com privados vamos ter sempre dinheiro publico no lixo e mudanças e mais mudancas…

      • bola says:

        Vitor, pelo menos vai investigar para saberes o que é o SIRESP e como funciona, que analogia sem nexo.

      • pedro says:

        Vítor, estava a ser irónico …. era um escândalo se em PT dessem iPhones à PSP ou à GNR!!! por cá nem o SIRESP não funciona como deve ser!!!!

      • Emanuel Peixoto says:

        Primeiro deviam conhecer os sistemas e depois opinar.
        Mais que um sistema operativo os smartphones distribuídos a NYPD funcionam com base num serviço com funções semelhantes ao SIRESP. Tem uma aplicação que com base no serviço de emergência emite alertas para incidentes de acordo com a triangulação do sinal. Ora a eficácia para a polícia mede-se no tempo de resposta ao incidente e aos meios que consegue alocar a um incidente de acordo com a gravidade. O SIRESP tão diabolizado só funciona mal porque é mal gerido e o estado deixa na mão de um consórcio o controle do serviço de emergência. Façam este exercício simples, e usem para exemplo um iPhone, já que é só Applefans por aqui, compram um iPhone X 1350€… Mas não têm contratado um serviço de dados voz etc com nenhuma operadora…. Aquele iPhone espetacular serve para quê…
        A Motorola tem em vários países europeus software tal e qual o do SIRESP e parece que até funciona nos telemóveis antigos com a função PTT… Em muitas situações um telemóvel básico substitui um rádio de algumas centenas de euros

        • Vítor M. says:

          Caro Emanuel, obrigado pela tua opinião. Para esclarecer: o exemplo do SIRESP não é descabido, tu mesmo o dizes, apenas o sistema GSM tem muito mais antenas/infraestrutura por trás, logo, potencialmente é menos permissivo a problemas (por isso dei como exemplo). Não é que o SIRESP não seja bom, porque deve ser, ao preço que ficou e fica, deve ser mesmo muito bom… mas quando falhou… viste o que se passou verdade?

          Sobre os iPhones… não digas essas coisas 😉 Tu sabes certamente o que faz um smartphone, certo? É que cada vez fazes mais… muito mais sem necessidade de rede GSM, por exemplo, podes ter um smartphone sem plano de dados e ter internet, teres fotografia, música, jogos, comunicações com dispositivos terceiros e até ser “acesso” a zonas restritas via outras tecnologias (uma das empresas com quem trabalho tem um sistema que os funcionários autenticam-se nas zonas através do seu smartphone e de uma app lá instalada… tudo sem qualquer plano de dados. Mas repara 😉 não precisa de ser um smartphone de 1350 euros 😉 esta observação “Aquele iPhone espetacular serve para quê…” não tem cabimento nos dias de hoje.

          Depois falas na tecnologia press-to-transmit… há várias apps atualmente que tiram proveito dessa tecnologia… tipo a Voxer, falei nela em 2014 http://bit.ly/2nQco7O

          Cump.

          • Emanuel Peixoto says:

            Vítor, não falo mal de IOS, Android e não falo mal de MS, todos têm defeitos e virtudes. Usei Microsoft desde que apareceram os primeiros Hp a correr sistemas windows e posso dizer que a abordagem da Microsoft foi errada desde o inicio, IOS a bater recordes de vendas pela estabilidade dos sistemas e do android já maduro… já se adivinhava. No entanto na minha experiência pessoal foi dos sistemas moveis que melhor satisfez as minhas necessidades enquanto utilizador do universo windows a facilidade com que trabalhava num pc, continuava no surface e terminava no Lumia era espectacular, acedia a todos os meu ficheiros sem gastar dados que armazenava no onedrive, era para mim optimo. tal como eu, um utilizador de IOS ou android faz exactamente o mesmo nas plataformas que melhor lhe servir. Quando falei do Iphone foi apenas um exemplo, não disse que são maus equipamentos, porque não são. Relativamente à MS, a fragilidade foi sempre a ausência de aplicações ou de quem as quisesse produzir. relativamente ao control parental acho que são muito melhores que IOS ou Android.
            Do tema que aqui me trouxe, NYPD acho que a troca era inevitável. Primeiro à operadora com quem têm contrato é mais fácil e seguro fornecer um equipamento que sabem de antemão vir ter uma linha de sucessão e a certeza de actualizações do SO, e foi aqui a MS falhou em todos os níveis.
            E por fim para os ceticos, uso um bom android como smartphone principal, não costumo é criticar só porque sim.

            O SIRESP – Suportado numa rede TETRA trunking digital, o SIRESP permite, através da definição de grupos de conversação, que cada entidade o utilize como a sua rede privativa, independente das restantes, mas também, em caso de necessidade de coordenação, que todos os grupos que concorram para a resolução de uma determinada situação de emergência sejam facilmente colocados em conversação, de acordo com regras pré-definidas ou a serem estabelecidas em cenários não previstos.
            Mas falha, falha porque tal como os outros conluios no nosso pais, servem para alimentar determinados grupos, enquanto sistema integrado de emergência, será fantástico se se investir metade daquilo que se tem investido em hardware e infraestruturas… http://www.siresp.com/accionistas.html, e faltam aqui outros tantos…
            genéricamente acho que concordamos em muitos apetos…

            abraço

          • Emanuel Peixoto says:

            PTT Push To Talk, numa Rede Rádio como o SIRESP, um smartphone funciona como um terminal Rádio. Os utilizadores dentro do mesmo talk group, falam em tempo real com o centro comando e controle, seja ele PSP GNR BOMBEIROS INEM ou Protecção Civil a quem cabe coordenar todos os serviços de segurança e emergência em situações de catástrofe ou outras!!!
            E para os que criticam, por cá muito do trabalho das forças de segurança é feito com recurso ao equipamentos pessoais, PC’s e smartphones….

  6. Maike says:

    Então e o pessoal que ajudaram a pagar para eles ganharem um iphone não receberam nada?

  7. carlos p says:

    mas será que esses iphone 7 que eles receberam vão com o problema da bateria e desempenho? 😀

  8. Paulo Madureire says:

    só faltou referir que a partir das 3 da tarde já ninguém tem bateria e portanto volta tudo à estaca zero :DD eheheh

  9. Ricardo Teixeira says:

    Tanta treta. Estamos a falar de substituição de equipamentos com mais de 3 anos. Para o ano que vem vão ter de trocar os ip7 pelo ip8 ou superior porque com as atualizações o 7 já nao bomba e está para sair o ip xi ou xii.

  10. Joao Ptt says:

    Espero para ver as forças policiais com smartphones, preferencialmente montados e flashados em Portugal.
    Com um 3G/ 4G virtual (acessível através de qualquer dos 3 operadores) para máxima cobertura nacional.
    Com VPN integrada no sistema operativo para garantir a segurança das comunicações.

  11. V.T. says:

    Sendo assim, às 11h00 já não terão bateria, ou então esta dura mais uma hora mas o iPhone fica mais lento do que um Android de 60€… Eheheh.

  12. jose Carvalho says:

    Esta matéria, como a maioria das que trata do assunto não está falando a verdade. Estão, como o resto da midia “especializada”, deturpando o belo trabalho da MS e do NYPD.
    Os telefones NÃO CUSTARAM 160M. Isso é o valor da solução de software desenvolvida em conjunto pelo NYPD e uma série de empresas (não só a MS). Os telefones foram CEDIDOS pela Microsoft para que a ferramenta fosse testada e implementada, reduzindo o tempo de resposta a chamadas para o 911, aumentando a segurança dos agentes de polícia e mais: Criando um produto novo!
    A Microsoft está a VENDER a solução criada para e com o NYPD para outros departamentos de polícia, e o NYPD vai receber uma porcentagem.
    A troca dos smartphones estava prevista em CONTRATO, e os Iphones foram comprados pela Microsoft como o previsto em contrato, visto que a ferramenta criada é multiplataforma.
    Esse tipo de desinformação da mídia dita especializada é tenebrosa… beira a mentira: Sobre a notícia ou sobre a “especialização”.

  13. Joel Reis says:

    A cara de felicidade deles 😀

  14. Zinco says:

    Os bofias lá do sitio ficavam contentes é se o NYPD aumentasse o orçamento para aquisição de donuts e coca-cola, agora dar-lhes brinquedos tecnológicos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia