Noruega introduz veículos autónomos para entregar as compras

Veículo autónomo

Veículos autónomos, também conhecidos como carros robóticos ou carros sem motorista, são veículos que andam sozinhos. Este termo designa qualquer veículo terrestre com capacidade de transporte de pessoas ou bens sem a utilização de um condutor humano.
Os veículos autónomos têm integrados sensores de sistemas de controlo e atuadores para inspecionar o ambiente, determinar as melhores opções de acção e executar estas funções de forma mais segura e confiável, do que poderiam ser obtidas por um condutor humano comum.


Destaques PPLWARE

10 Respostas

  1. Dumitru says:

    E daqui a pouco vem os haters a falar que ira fazer menos empregos etc etc, bem pelo menos estes nao vao fazer como os gajos das entregas em que eu estou em casa e eles deixam notifocaçao para ir buscar ao correio pois nao estive em casa loool wtfff. O trabalhador normal pede muito mas depois trabalha como m*rda depois queixam.se

  2. Joac says:

    Em vez de dizer que são “haters”, que tal dizer que são pessoas com preocupações reais, do mundo real? A história do fulano que passou à porta de casa e não parou para deixar a encomenda, é sobejamente conhecida, e em vez de isso justificar o fim de uma profissão, poderia justificar o preenchimento de uma reclamação junto da entidade patronal desse fulano. Mas provavelmente não foi isso que aconteceu (a reclamação ser preenchida), então a melhor forma de sanar esse problema pontual é apelar-se à indústria que desenvolva em tempo recorde, soluções para eliminar da equação a profissão e todos os seres humanos que nela trabalham.
    Por favor, resolva as suas questões com a transportadora sem que para isso seja necessário acabar com o meio de sustento de milhares de pessoas.
    Mas se o faz mais feliz, espero que o seu emprego não seja um dos visados e que algum a sua vida familiar não venha a sofrer um revés, pela simples razão de que você foi substituído por uma máquina. Ou pensa que depois a comida lhe aparece no prato, porque estas grandes tecnológicas têm compaixão de si e lhe vão dar todos os produtos essenciais para a sua sobrevivência? Pense um pouco nisso.

    • Filipe Teixeira says:

      Não discordo de si, mas é o caminho da evolução.

      • Joac says:

        Sim, tem razão ao dizer que é o caminho da evolução. Mas seria de esperar uma evolução sustentada e inclusiva, do que uma evolução desmesurada e exclusiva (excluir). A revolução industrial foi há ± 200 anos, o ser humano começou a aprender a voar há ± 100 anos, ainda não se completaram 50 anos de que fomos à Lua, já estamos a preparar-nos para ir colonizar Marte. Mas estamos a destruir sociedades inteiras com as desigualdades que se vão criando pelo caminho, sem antes desenvolvermos capacidades de inclusão de todo o ser humano à face da Terra. Tudo isto movido por uma única razão, a Elite tem que se distanciar da plebe.

        • Filipe Teixeira says:

          A evolução é exponencial, se nos ultimos 200 fizemos isto tudo, nos próximos 200 vamos fazer muito mais.
          Concordo com a evolução sustentada, concordo com resolver os problemas das desigualdades, mas não foram criados pela evolução, é a nossa maneira de ser, sempre fizemos porcaria desde que nos pusemos de pé na savana.

          Além disso toda esta evolução, gera indiretamente conhecimento que é/devia ser aplicado a resolver esses problemas que falou. Hoje temos conhecimento e ferramentas ao nosso dispor para resolver todos os grandes problemas, isso só não acontece por características humanas que não adquirimos nos ultimos 200 anos, são bem mais antigas.

          A minha visão para a raça humana, será um mundo sem desigualdade, onde o trabalho é feito por maquinas, e os humanos dedicam se ao conhecimento e à inspiração. E para isto é preciso evolução, não só tecnológica mas a todos níveis, principalmente social.

  3. Carlos says:

    E’ muito lento. O que fazem la’ passageiros se sao entregas online, nao percebi.

  4. Silva says:

    Os “adeptos” do carjacking vao gostar deste brinquedo novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.