PplWare Mobile

Microsoft termina hoje o suporte ao Windows XP


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. António Coutinho says:

    A Microsoft agradece a publicidade ao Windows 8.

  2. eu mesmo says:

    mas vá… agora a sério… alguém actualiza o pc(windows update)???

  3. panhonhas says:

    Acabou-se, vou deixar de usar o pc a partir de hoje.

  4. Vítor Moreira says:

    Abram alas para o novo Cobol! 🙂

  5. João Marques says:

    A meu ver para já esta situação não é critica, talvez daqui a 1 ano e meio a conversa seja outra pois já não se vai programar para XP, desde o mais simples programa ou até mesmo qualquer plugin.
    Aí vai tudo mudar à pressa pois o programa não tem a tal funcionalidade que vem na nova versão ou um bug corrigido por exemplo.
    No meio empresarial isso vai acontecer mais tarde ou mais cedo, e depois os informática vão ser os maus da fita porque “não avisaram mais cedo”…

  6. Manel says:

    Eu que tenho um pc da epoca da pedra, devo instalar um W8? que nem deve correr em condições.

    É fim da era do Pentium 4 2600 Mhz ou amd 2600 mhz.

    • André says:

      Boa altura para começares a pensar em usar UBUNTU. Estes processadores que descreves ai, com 1 ou 2 Gb de ram, corre ubuntu que nem uma “LUVA”. 😉

    • João Reis says:

      Windows 7 Basic, experimenta.

      Ou migra para o Linux uma versão porreira, se queres aproveitar.

      Estás a usar um PC que gasta mais energia do que produz algo de util para ti.
      Acabas por estar preso ao passado, não desenvolves os teus conhecimentos do que é mais recente, andas inseguro, podes ter problemas com fraudes de cartao de credito ou de sequestro de email ou algo importante que uses.

      Mais vale comprar um tablet para ver mails etc, do que vale gastar a electricidade que essa torradeira te consome.
      Eu sei que parece que te obrigam a gastar dinheiro, mas gastas dinheiro em electrcidade a mais todos os meses para alimentar essa chocolateira ! E podes ter outros problemas piores como expliquei acima.

      Confia na tecnologia.

    • Ricardo says:

      Se tiveres pelo menos 2 ou 3 GB de memória aconselho-te o Win7 e tira todos os extras que puderes.

      Se não fica como estás.

    • R!cardo says:

      Linux resolve o teu problema

      • Dumitru says:

        Mais um motive para comprares um pc novo ou um tablet/portatil ou qualquer coisa! muitos andam a chorar mas o windows xp ja teve demasiado update!, olhem os smartphones de hoje em dia tem updates 1 ano ou 18 meses no maximo e ja ‘e muito! sei que pc ‘e diferente de smartphones mas como o sr.Joao Reis disse acima, gastas mais energia e nao aproveitas nada, pois mesmo o mais simples sites de hoje em dia sao todos pesados! so mesmo instalares um Linux, que muitos dizem e teu problema esta resolvido, estas no mesmo problema! lentidao, energia e problemas com drivers e nao penses que no Linux vais ter updates diarios lol!

  7. Paulo Correia says:

    A M$ que aproveite e faça enterro ao Vista também, este sim não deixa saudade nenhuma.

    • Pedro Azevedo says:

      Por acaso, tenho um portátil partilhado em família, com funcionamente quase continuo 16 horas por dia, com Windows Vista desde 2008 e até hoje 0 problemas ou problemas residuais, que não tem comparação com os que tive com o Windows XP noutro PC, mas se há tanta gente a dizer mal é porque alguma coisa deve ter…eu é que ainda não descobri…estou a teclar dele…:-)

      • says:

        Também tenho o Vista Home no meu portátil com 6 anos de idade, juntamente com o Ubuntu, e até agora 0 problemas com o Vista. Mas o Vista arrasta-se, aliás sempre se arrastou. Gostava de fazer o upgrade para o 7 mas prefiro esperar para comprar um portátil novo.

  8. Tonik says:

    Agora vão uns quantos para Linux….

  9. Ftg002 says:

    O suporte acaba hoje e o que e que me aconteceu? Problema de CPU

  10. Filipe Viola says:

    🙁 vou ter de mandar fora o meu Pentium 3 a 800mhz 🙁

    • Pedro Azevedo says:

      Tenho um Pentium 3 a 1Ghz e 512SRAM e coloquei um Lubuntu e acho que ainda há distros mais leves e se soubesse o que sei hoje já tinha colocado há anos, mas é evidente que não é para ver videos youtube nem coisas muito pesadas, mas para o básico, umas navegações aqui e acolá…serve perfeitamente. Já se sabe que o maior problema é a habituação a certos programas Windows mas há todo um novo mundo para descobrir…:-)

    • Gonçalves says:

      Eram grandes máquinas na altura! 😀

    • lipex says:

      Micro XP Pro 2.0 é uma boa alternativa vitalícia..

      • Dumitru says:

        Exacto como o Pedro Azevedo disse o Linux/ubunto server para umas coisas basicas, mas como hoje em dia todos ou quase todos os websites sao pesados nao aproveitas em nada esse computador de idade da pedra! portanto nao percebo tantas pessoas a chorarem, o xp ja teve demasiado tempo com updates! ja chega!

  11. Benchmark do iPhone 5 says:

    “Varios gobiernos y empresas multinacionales han solicitado a Microsoft que les siga manteniendo la ayuda técnica. En el caso del Reino Unido, el Gobierno pagará 7 millones de euros para que mantenga la asistencia a todo el sector público durante un año. Un contrato similar ha sido firmado por Holanda.”

    A assistência, paga, mantém-se, pelo menos até 2015.
    http://tecnologia.elpais.com/tecnologia/2014/04/08/actualidad/1396949556_576586.html

  12. José Rodrigues says:

    Se não houvessem excelentes alternativas…

  13. André Ferreira says:

    Ok! Bom saber… mas hoje também não seria a data de lançamento do Windows 8.1 Update 1???
    Ainda nao vi atualizações no meu pc nem na web. O que se passa? Ha noticias mais importantes do que o Windows XP

  14. Paulo Pires says:

    Alguem sabe quando sai o Update 1 para o Windows 8.1 cá em Portugal?

  15. JJ says:

    Pequenas coisas, podem tornar-se grandes por tanto se falar nelas. Este é um caso disso. Isto não tem mal nenhum e faz todo o sentido acontecer.

    Quando o Win98 SE deixou de ter actualizações, também muitos ficaram incomodados. Mas meses depois já ninguém se preocupava com isso e arranjou a solução para essa situação.

    Por isso, sinceramente… isto é mais “barulho” que outra coisa.

    • Carlos Bonaparte says:

      Já ninguém se lembrava disso; mas hoje muita gente ainda recorda quão bom era o Windows 98, segunda versão claro.
      No mais note-se que o que antes a Microsoft fazia era atualizar; agora o que a microsoft e praticamente todas as empresas fazem, é inventar qualquer coisa para, mais do que atualizar, obrigar o cliente a mudar de computador.

      Tenho a certeza que os dados que estão aí, publicados originalmente pela microsoft, são campanha falaciosa; onde é que um Windows XP custa quase 3 vezes mais com problemas, do que o Windows 8?
      E mesmo que assim fôsse, esqueçam. Daqui a um ano ou nem isso, sai o Windows 9 e quando começarem a pagar as centenas de euros que vos custou o computador para o Windows 8 já o Windows 9 vos exige outra máquina e os defensores do “atualiza quanto puderes” vão gastar mais outras tantas centenas de euros para um outro computador que só vai servir, no máximo, para mais 24 meses.
      Para quem passa a vida a brincar, atualizar de ano e meio em ano e meio é altamente; para quem leva a vida a sério pelo menos uns 4 ou 5 anos a máquina tem de durar, e o sistema operativo também.
      Já para não falar nas questões de acessibilidade, com o Windows 8 e a mariquisse do tátil, onde está a navegação para pessoas que não podem ver?
      … os mesmos que se deviam servir do Window Eyes que a mesma Microsoft comprou…?
      É contraditório.
      Portanto; dizer que manutenção do Windows XP fica quase 3 vezes mais cara que o Windows 8, quando o Windows 8 exige mais do triplo de requisitos mínimos do que o Windows XP, dizer que o equilíbrio entre procura e oferta sai mais caro que quando um dos fatores se desiqilibra, dizer que ficamos mais vulneráveis a falhas de sistema quando a prioridade é criar novos dispositivos mais vulneráveis a erros e menos duradouros… é falácia e à microsoft vai acontecer o mesmo que à Nokya, que julgando-se a dona do mundo, e em tempos foi, fez demais, brincou demais, … e hoje é uma empresa pequena, comparando com o que foi em outros tempos.
      O mesmo vai acontecer à Microsoft, repare-se que, no seu auge, o Windows XP era utilizado em 85% dos computadores a nível mundial; o Windows 7 fica-se apenas pelos 54, e os novos Windows nem a 40% haverão de chegar.

      Carlos Bonaparte

  16. José Simões says:

    “o custo anual hoje de manutenção de um PC com Windows XP é de 548 euros, valor que desce para os 150 euros no caso de ser um computador com Windows 8 (menos de um terço)”

    Isto é um perfeito disparate. Quando um XT se avaria e tem um orçamento de reparação elevada, simplesmente deita-se fora, não se paga.

    E enquanto vai funcionando não tem esses custos elevados.

    Tudo o resto é propaganda Microsoft ou uso de exel por que não sabe matemática.

  17. Gerardo says:

    Paz à sua alma….

  18. Filipe YaBa Polido says:

    Para quem ainda precisar, há um SP4 não oficial com os updates:

    http://www.msfn.org/board/topic/171171-introducing-unofficial-windows-xp-sp4/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.