PplWare Mobile

Lançamento do iPhone “4G” a 7 de Junho?


Autor: Vítor M.


  1. fran says:

    já vem tarde esta “noticia”… já nem se pode considerar uma noticia isto 😛

    O proprio Sjobs já respondeu a um mail duma pessoa a dizer que ng vai ficar desiludido com a WWDC.

    http://blogdoiphone.com/wp-content/uploads/2010/05/153228-jobsdis.jpg

  2. Pedro Gaspar says:

    Venha ele, viva a concorrencia 😀

  3. Rui Oliveira says:

    Finalmente os utilizadores do iphone vão ter uma funcionalidade de topo e apresentada como revolucionária pelo Steve Jobs.

    Multi-tasking 😀

    (sem jailbreak)

    :D:D:D

    P.S.
    (Não me batam estou a brincar)

    Agora fora de sério esperemos que sejam apresentadas funcionalidades interessantes para avançar ainda mais o mercado de smartphones.

    • a Friend® says:

      Por acaso multi-tasking ele já apresentou na preview, em que safou-se bem na sua apresentação, dizendo algo como:

      “On Multitasking, we are not the first. but we want to be the best”

      E que realmente, sendo processador por diferentes API’s em invés de correr a 100% como no Jailbreak ou outros aparelhos, vai acabar por ser uma vantagem em termos de desempenho e poupança energetica. 😛

      Mas aparte disto outras boas novidades virão, não em termos do iPhone e hardware (Camera Frontal, Maior resolução de ecrã, etc..) mas sim em nova tecnologias que serão implementadas no iPhoneOS 4, assim como conteúdos Web.

      Ou seja, o principal objectivo deste evento não é propriamente o iPhone mas sim tecnologias que irão enriquecer bastante as Apps e funcionalidades do mesmo, que basicamente foi o que ele fez quando apresentou o primeiro iPhone. Não inventou um smartphone, mas fez este ter sentido lógico e práctico.

      Vamos ter boas novidades, isso é certo. 😉

      • RCS says:

        Este “multitasking” no iphone estará sempre limitado às regras da appstore.

        Será que eles irão deixar correr timers à vontade do programador para efectuar determinadas tarefas, lançar aplicações, mudar estado do telemóvel, etc.

        A ideia de limitar o consumo da bateria é boa, mas é importante não limitar as aplicações.
        Veremos até que ponto é aberto este multitasking.

        • a Friend® says:

          Em termos de limitação os programadores não irão ter alguma. Terão é que separar os diferentes APIs para tirar proveito do multitasking. Claro que deverá ter regras, mas não em termos de limitações, mas sim estruturais apenas.

          Breve exemplo, um programa que estilo Pandora, em background não há necessidade de ele estar a correr a App toda, quando pode apenas usar o API de som, mantendo todas as outras funções (como imagens, efeitos,etc ) paradas. Porque se estas estão em background e não estão a ser visualizadas pelo utilizador, não há necessidade de estar a consumir esses recursos, fazendo com que apenas o “visivel” esteja em funcionamento, que neste caso será o Som.

          Em termos de multi-tasking é uma mais valia. A Apple desde inicio que nunca quis multi-tasking pelos factores de performance e bateria compormetidos, usando assim os Push notifications. Mas como é obvio as Apps levaram a outro tipo de requerimentos, então o que eles andaram este tempo todo foi a estudar a melhor forma de adaptar multi-tasking ao iPhone, mantendo sempre a sua fiabilidade e performance.

      • fran says:

        @a Friend

        Nem mais!

        Tudo dito.

      • Ryan says:

        Não sou apple fan boy e confesso-me um pouco critico ao novo multi tasking. Na concorrência isso já tem barbas. Vi algumas alguns developers a usarem esse tal multi tasking… mas enfim…. se aquilo é multi tasking então o windows mobile, apesar de toda a podridão que possa ter, não é assim tão mau… enfim. Há virtudes em certas coisas na Apple mas não exageremos

        • a Friend® says:

          O WindowsMobile era o unico que tinha 100% multitasking. Porque achas que ele foi retirado no Windows Phone 7? …

          A Microsoft está a fazer precisamente o mesmo que a Apple fez agora com o iPhone. Só lhes dá vantagens em termos de desempenho e eficacia na gestão do sistema.

          O Multi-Tasking presente no Windows Mobile era também a causa de muitos dos seus problemas, com programas atrás de programas a correr em background que comprometiam bastante a fiabilidade do Windows Mobile.

          • Rui Oliveira says:

            O que a Apple está a fazer e o Android já tem há muito tempo. O exemplo da multitarefa como é usado no Android é o que a Apple pretende seguir.

            De qualquer forma é bom ver que não é alegadamente só o Android que alegadamente copiou algumas coisas da Apple 😉

          • bigkax says:

            @Rui Oliveira

            Há coisa que não se pode considerar copiar, há coisa que é a única coisa racional a fazer no momento, repara por exemplo nos browsers os separadores, um browser sem eles é uma estupidez e merece um funeral, o minimalismo também esta a acontecer.

  4. tagus says:

    Estou curioso para ver o que aí vem!

  5. mmick says:

    Já tinha visto a noticia mas acho que por esta altura o marketing da Apple (“nao vao ficar desapontados”, “bombástico”, “irá ser de outro nível”, “produto sem igual”) já nao impressiona ninguém. Uns powerpoints a dizer que faz copy & paste, multitasking inovador, etc.

    Estou a brincar. Parece que este novo iPhone 4G (sou um “freak” dos telemóveis logo ando sempre me foruns nacionais/internacionais e tenho uns “amigos” porreiros dos países nórdicos e EUA que vao libertando alguma info :P) vai ser mesmo “O” iPhone.

    De momento parece que o iPhone 4G (é quase certo) vai ter:
    – SoC A4 + resolução de ecrã + RAM + Wifi igual é do iPAD
    – iPhone OS 4.0
    – microSIM
    – 32, 64Gb (o iPhone 3GS 16Gb deverá ser o base a partir daqui)
    – câmara 5MP e gravação 720p 30fps
    – bateria com 50% mais capacidade

    Os ainda 50% certos:
    – ecra AMOLED
    – algum tipo de “touch” na capa traseira
    – ecra mais pequeno

    Em todo o caso nao é nenhuma revolução no mundo dos telemóveis mas uma grande revolução no mundo Apple. Abordo também o Samsung Galaxy S (1GHz, 512Mb RAM, 5MP + 720p 30fps, Android 2.1 com upgrade para v2.2, ecra 800×480 SUPER Amoled, bateria para uso medio-intensivo de 2 dias, WIFI N, 8/16Gb + microSD) que irá estar á venda em breve e o Samsung Wave (SO-UI Bada, e o resto é +- identico ao Galaxy S). O NOKIA N8 (12MP + 720p com xenon, saída HDMI, SF^3, ARM11 680MHz + GPU super rápido, Wifi N) deverá estar entre nós entre Julho/Agosto.

  6. alain says:

    97 USD se pegar um contrato de dois anos…

  7. mmick says:

    Quem estiver interessado em ter um iPhone e nunca teve por ser demasiado caro, Junho/Julho sao os meses “chave” porque muita gente vai vender os 3G para comprar o iPhone “4G”. Parece-me uma boa aposta porque a grande maioria das apps SD serao para 2G/3G/3GS (ou seja, ainda haverá muita coisa nova) e as SD+HD para 4G/iPAD (em principio…). A vantagem de ter um iPhone é que apesar de já terem uns anos quase tudo que é desenvolvido para um novo funciona no antigo ou haverá versoes para os dois.
    A NOKIA/SAMSUNG/SE deviam aprender (neste aspecto) com a Apple e criar plataformas (que usam o HW e nao como o NGAGE que é só para jogos e tudo desenhado praticamente para ARM11 269MHz 320×240…) que durem 4-5 anos. Se a Nokia tivesse aproveitado o poder gráfico do N95/N82 e seguisse com a fórmula nos S60v5 teriamos altos gráficos em jogos/apps.

    • a Friend® says:

      Cá em Portugal com as nossas operadoras (que só me apetece lhes chamar nomes) não sei se temos a mesma sorte.

      O que irá acontecer é o 3GS continuar ao mesmo preço ou baixar ligeiramente e este 4G SUPER OVERPRICED!…

      O mesmo aconteceu quando saiu o 3GS, que era suposto tomar lugar do 3G em termos de preço, e o 3G descer bem mais. O que aconteceu? 3G manteve quase o mesmo preço, e elevaram o 3GS a 800 euros… é de loucos.

      A única luz ao fundo do tunel é que este 4G deverá ter menos acordos de exclusividade, ao contrario do 3G/s que ainda mantêm um contracto por exemplo com a AT&T que dita e muito os preços deles, vendidos na operadora ou até mesmo livres, levando os livres a preços proibitivos para obrigar os clientes a comprar bloqueados à operadora para assegurarem contractos de 2 anos e sustentar esses chulos…

      • bigkax says:

        Nunca vi ninguém a falar bem da AT&T, pelo menos nestes últimos anos, é críticos, clientes, series televisivas, etc.

        A UE é que devia de regular estas coisas, se os dentistas tem limite de preços, porque é que as operadoras não tem limite também, os tarifários são uma vergonha, e se comparar-mos com os outro países ainda são mais.

      • dark says:

        mesmo assim ira vender que nem pao quente e ira estar esgotado.. mesmo que custe 1000,00 €…

  8. iluminatti says:

    A apple um standard de qualidade e inovação, as restantes empresas deveriam era seguir o exemplo desta grande marca em tudo!

    PS: 1 não sou apple fan!!
    2 O pplware devia postar mais notícias sobre a apple, visto que são poucas… comecem já a especular a vinda do ipad2

    Cumprimentos

    • bigkax says:

      Qualidade, sim, inovação, normalmente melhora coisas já existentes.

      1- És um bocadinho
      2- Estas a falar de quê? se calhar queres transformar isto num Apple site, todas as semanas há noticias(a não ser que não aja noticias par divulgar, mas ai o a friend faz um post sobre qualquer coisa flash killer(tou a gozar)). Há micro noticias que não vale a pena postar, por exemplo, a partir do 3º iphone “perdido” já não é noticia, é habito. Também existe o forum que acrescenta mais conteúdo.

  9. aver says:

    Para os que ainda não viram o iPhone OS, o Android e o Windows Mobile a tocar juntos http://bit.ly/94unju

  10. Andrius says:

    Tb deve sair oficialmente OS4. =D

  11. Chavinhas says:

    Ui.. preparem-se para a desilusão.

    Com um HTC Evo, Desire, Nexus, etc com o preço que estão e com todas as specs impecaveis que têm, a Apple precisa MESMO de batalhar.

    Precisa PELO MENOS, de atingir o mesmo nível da concorrência, que é:
    – Processador ARM 1Ghz
    – AMOLED
    – 480 x 800 px
    – 512MB de RAM
    – Filmar em 720p
    – Output HDMI
    – Câmera >= 5MP

    Precisa ainda de: mostrar ser claramente superior ao Android 2.2 Froyo, que está mesmo mesmo mesmo aí à portinha (só faz sentido comparar o IphoneOS 4 ao Android 2.2 Froyo)

    Do que conheço da Apple e pelo que vi dos últimos Macbook Pro (que versus a concorrência não foram nada, mas nada de especial), não vai ser facil não.

    • Vítor M. says:

      Realmente tens a tua razão: os Macbook Pro de tão mau que foram que estão esgotados há mais de 15 dias em Portugal, estou a falar nos i7 claro.

      Estou há espera de um há pelo menos 15 dias e não há previsões dele aparecer esta semana. Segundo informações, esta máquina é poderosíssima e está a ter uma aceitação fantástica nos mercados.

      Por isso… vamos esperar para ver o que aí vem. Pessoalmente e pelas imagens que vi, do modelo do novo iPhone, não me seduziu, no entanto a tecnologia envolvente assim como a estrutura desenhada a rigor, só por isso, já é um entrave grande às restantes marcas concorrentes.

      O que eu sugiro é que não se façam comparações absurdas, principalmente porque cada um dos segmentos tem o seu público alvo. 😉

      Fazer uma comparação como estás a fazer, permite dizer que os novos HP WebOS vão aniquilar o Android. Enfim já para não falar da plataforma BADA.

      • Chavinhas says:

        “Realmente tens a tua razão: os Macbook Pro de tão mau que foram que estão esgotados há mais de 15 dias em Portugal, estou a falar nos i7 claro.”

        Isso é tão cientificamente incorrecto de afirmar que até doi. Estamos a falar não corresponder a um mercado já pequeno. Se a Toshiba (exemplo) fabricasse tantos Macbooks andavam esgotados o ano inteiro.

        “Segundo informações, esta máquina é poderosíssima”

        Tão poderosa quanto qualquer outro computador com i3, i5, ou i7 correspondentes.

        E não, né comparação absurda. Há requisitos minimos actuais de hardware a satisfazer, que são os que os mercados já oferecem e pensar de outra forma não faz qualquer sentido.

        Principalmente porque falamos de valores absolutos. ARM 1Ghz é mais rapido que ARM 600mhz. AMOLED tem mais ângulo de visão e mais contraste. Resolução de ecrã (desde que tenha os mesmos DPIs) é maior tanto quanto os seus valores absolutos.

        Não podes afirmar que tens a mesma experiência video se um telemovel gravar 800×600 e outro os 720p.

        Isto do que é cientifico e absoluto. Quanto ao coração das máquinas, respectivamente ao IphoneOS, WebOS, Android, BADA, RIM 6, etc sim, é cedo para falar.

        • Vítor M. says:

          Não fujas à questão: tu e o cientificamente onde viram que “Do que conheço da Apple e pelo que vi dos últimos Macbook Pro (que versus a concorrência não foram nada, mas nada de especial), não vai ser facil não.”?

          É que na verdade não me parece nada que conheças esta máquina… e nem necessitamos de recorrer ao patamar cientifico… isso sim doí falar em futurismos versus a realidade presente.

          Em relação ao iPhone, bom, ele não é nem será melhor em tudo, mas o que importa é o conjunto em si. Não compramos um smartphone às peças. 😉

          Deixa-o chegar para poderes falar, para já é apenas táctica de bancada.

          • Chavinhas says:

            Conheco tanto quanto tu, que são as specs. Não é por ser hardware montado pela apple que há mais MB/sec ou mais MFlops.

            Permite-me afirmar sim, que comparando com o mercado actual, não oferece mais specs nem melhores.

            A não ser que a tua afirmação de poderosíssima se aplique a tantos quanto outras ofertas equipadas com o mesmo hardware.

            Resumindo, só quis dizer que há um criterio minímo esperado, ou não?

            Mas concordo, estou a deixar-me levar uma projecção e não a dicutir algo de verdade. Esperemos por dia 7.

          • Misterious says:

            muita gente critica…
            Mas toda a gente sabe conscientemente ou sub-conscientemente que o conjunto software + hardware, funciona na perfeição… e que dá muitas dores de cabeça ás outras marcas.

    • Misterious says:

      Nem sempre é preciso hardware todo xpto para se atingir um certo nivel. é tambem necessário bons programadores!
      Até agora viu-se que a apple consegue atingir um nivel de eficiencia relativamente superior com menos hardware do que a sua concorrência.

      E outra coisa, nao sei em que mundo é que vives… mas os preços dos pda’s para mim são similares aos do iphone’s.

  12. Pedro Torres says:

    Estou tão ansioso…mas tão ansioso pelas novidades deste novo iPhone, que acabei de comprar o 3GS! 😛

    Podem chamar-me burro….asno…marreta….careca (bem careca até sou :-)LOL)…porque pode ser que que pelo preço actual do 3GS já se possa comprar o novo (dúvido muitoooooo) mas o iPhone e para aquilo que eu pretendo do mesmo serve perfeitamente!

  13. jpng81 says:

    Rebentem dinheiro nessa m….. que o stevie agradece….
    Os iphones haviam de custar 2000 aereos e mesmo assim gente parva os comprava, nem tenho pena nenhuma dos fans, aliás os fans haviam de pagar mais ainda por serem mais parvos que o normal.

    • a Friend® says:

      A 8 de Abril de 2010 contabilizou-se 50 milhões de unidades vendidas. Qualquer coisa como 5 vezes a população portuguesa, ou seja, dava para dar 5 iPhones a cada Portugal…

      E nem tem tido descidas nas vendas, está estável.

      Caso para dizer, a Apple tem muito fanboy.. possas!

    • Pedro Torres says:

      É pá, quem quer/pode compra, quem não quer/pode (como tu), tá quieto!

      Agora, até podes chamar parvo é a ti próprio, porque se calhar até estouraste mais €€€€€€ num outro SmartPhone que não o iPhone.

      Vê lá se respeitas quem por aqui anda e escreve e metes a arrogância para trás das costas.

  14. BrunoG says:

    Está meio mundo à espera disto para comprar o seu smartphone, à espera de ver se vale a pena esperar pelo próximo Iphone ou se não chega para os Androids

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.