PplWare Mobile

Internet Explorer 9 Beta – Mais perto da perfeição


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Luis Balsinhas says:

    Quem sabe? por aquilo que vejo no IE 9 é o reescrever do “Browser”. É uma abordagem totalmente nova e muito mais avançada daquilo que temos tido até agora.

    • Vítor M. says:

      Completamente. Penso que a Microsoft depois de ter controlado a área da segurança, depois de ter um sistema operativo estável e que dá garantias de crescimento sustentado no futuro, parte agora para o desenvolvimento dos seus produtos que em tempos foram preponderantes.

      Não só falo no Internet Explorer como do próprio Hotmail que tem de evoluir na mesma toada forte e inovadora.

      Com o Opera, a Internet via browser tem recebido inovação, se esperarmos isso do Chrome ou do Firefox bem que podemos esperar sentados, estes andam ambos em volta de outras propostas para a Internet que é tudo menos evolução. Sente-se um cheio no ar de estagnação.

      Basta ver que ambos estão a limar conceitos já desenvolvidos em tempos no Opera.

      Venham conceitos novos, venham novas formas de inovar na Internet, está estagnada e isso corroí as pessoas, elas vestem as camisolas e deixam-se levar pela “conversa fiada” das grandes empresas. A Google faz-me lembrar aquela Microsoft do Tempo do IE6.

      • wyldkat says:

        Gostei de ler.

        No entanto aqui no blogue não se fala muito do Opera, porque? 😛

      • djx says:

        Que conceitos novos queres tu? Não estou a entender.

        • Sketi says:

          Conceitos novos é um termo muito subjectivo, ele provavelmente está a referir-se a novas opções e ferramentas no browser, de modo a que fique mais intuitivo e original.
          Eu concordo com isso mas a internet explorer vai dar-nos isso? Confesso que nunca fui adepto da Internet Explorer, mas a verdade é que só experimentei a 6ª versão..

      • EacHTimE says:

        A única inovação que o IE parece ter é a renderização por GPU (que os outros também estão a tratar disso) de resto também está atrás dos conceitos do Opera e tal com o layout e tal..

        Não vejo mal nenhum em ir atrás mas acho estranho dizerem que o IE está a inovar à frente dos outros..

        Ele melhorou muito em relação às versões anteriores isso sim..

  2. João Carvalho says:

    Eu pessoalmente,(e isto é a minha opinião) gostava de ter um browser que fosse decente.
    Não quero saber se ele é bonito, se se encontra embelezado ou embeleza aquilo que mostra, eu gostava de um ie que não vive-se no seu mundo a parte, e que “fala-se” tão bem como os outros. O problema é que só causa dores de cabeça a quem tenciona desenvolver websites, e provavelmente não só, mas está é a minha aréa, e a qual que me faz dizer %&$&=*`## dele. Coisa que até aqui ele tem vindo a chatear, e então se o faz bem.

    Esse detalhes é que eu gostava de ver orientados a cada versão que vai saindo, e que teimam em nunca serem resolvidos.

    • Ricardo Elias says:

      Sobre o IE, ou qualquer outro software ou SO, seria bom que quando teem alguma critica pelo menos inidicasem o problema que nao foi resolvido. Sejam mais especificos e pouco generalistas. Dessa forma saberiamos do que estao a falar e que nao estao a basear-se em problemas que provavelmente ja’ foram corrigidas, ou apenas a dizer mal por dizer.

      O IE tem vindo a melhorar desde a versao 7. Tem sido aos poucos, mas vai andando. Nesta nova versao, houve um esforco de corrigir muito dos erros, e de tornar o IE o mais standard possivel. Pode nao estar perfeito em relacao aos outros browsers, mas nao se justificam as criticas generalizadas.

      Fiquem Bem!

    • Rui "ALL" Sousa says:

      Não podemos considerar os 95/100 no Acid3 uma demonstração da MS para tentar cada vez mais comunicar da mesma forma?

      • Vítor M. says:

        E não só! A Microsoft além de se aproximar dos standards está ela mesmo a a poiar a entrada de outras tecnologias que têm politicas completamente adversas às politicas de outrora da Microsoft.

        Este apoio inequívoco ao HTML5 é sem margem para dúvida um abrir de portas a novas politicas para este seu browser.

        Venha a versão final…

        • naoliveira says:

          Mas Vitor, não te esqueças que esta mudança deve-se também ao crescimento da quota dos outros browsers (principalmente do firefox), pois quando o IE era rei e senhor com quotas de 90%, eles não ligaram muito aos standards, daí as dores de cabeça com o IE5 e IE6 que os programadores tinham/têm.
          Não fosse a quota que o Firefox já têm e possivelmente a MS borrifava-se para HTML5. Quem quisesse que seguisse os “standards” da MS ;).

          • Vítor M. says:

            Sem dúvida e ainda bem que é assim, ou ainda estávamos com o IE6…. Venha a concorrência.

            E que seja cada vez mais feroz.

            Alias eu usava em tempos o IE como todos nós, depois abandonei e passei a usar as primeiras versões do Firefox e abandonei o Firefox para usar o Chrome (pelo meio usei algum tempo o Opera).

            Hoje estou a pensar seriamente em usar o Safari em Mac e o Chrome em Windows.

            No iPad Safari, no iPhone Safari e no Omnia o Opera.

            É impossível um browser ser o melhor em todas as plataformas. Estou é a construir uma estrutura que sincronize tudo o que necessito num browser.

          • Ricardo Elias says:

            Da mesma forma que a Netscape so’ comecou a interessar-se pelos standards quando o browser da Microsoft passou-lhe em termos de quota.

            Infelizmente essa e’ a realidade. Mas isso nao invalida o que Microsoft tem feito no IE nos ultimos anos, e principalmente nesta ultima versao.

            Fiquem Bem!

          • João Morgado says:

            Amigo, isso é o normal da competição! Para quê investir muito num browser que tem cerca de 90% de um mercado pouco competitivo. Qualquer outra empresa teria tendência a fazer o que a microsoft fez.

            Acredito que com o que exprimentei do novo browser a microsoft está num bom caminho!

            Cumps

          • Carlos says:

            Falar do IE5 e de standards é complicado, nessa altura tanto a Microsoft como a Netscape a cada versão nova introduziam funcionalidades novas atráves de extensões privadas do HTML e do JavaScript. Aliás foi por essa altura que a Microsoft introduziu a função XMLHttpRequest no JavaScript. Ainda não vi ninguém reclamar dessa função — na altura — exclusiva do IE.

            E o IE6 era *de longe* o browser mais cumpridor dos padrões da época mesmo tendo em conta que na altura os padrões eram muito mais vagos que agora. E infinitamente mais estável que o Netscape Communicator 4.

    • Neolinda says:

      Mas em compensação tenta fazer trafulhices que consegues fazer nos outros.
      Quase nenhuma será aceite, ou codificas bem (em alguns casos um grande enorme exagero naq qualidade) o não codificas.

    • undersubway says:

      Carrega nesse link e ai tens um browser decente -> http://windows.microsoft.com/pt-PT/internet-explorer/download/ie-9/worldwide

      Impressionante pela positiva esta versao beta

  3. Bruno Silva says:

    Ontem estive em conversa com uma pessoa que trabalha na MS!

    Falamos do IE9, e o que essa pessoa acha é que a MS deveria apostar nos WebKits, que em Resumo é do que se queixa o João Carvalho.

    Pode ser que a Microsoft abra a pestana e mais tarde ou mais cedo lançe um WebKit, já tem a faca e o queijo na mão, e que tal começar a servir à mesa!

    Adorei, abre páginas como o Facebook ou Youtube em metade do tempo que o Chrome ou mesmo Safari!

    • a Friend@ says:

      Mas aí está o segredo da MS não ter adoptado..

      Para agora gritar o browser mais rápido de sempre… mas se tivesse o “sumo” que os outros têm, e conseguem espremer… o IE passava de bestial a besta… porque a MS não tem “estaleca” para aguentar tantos recrusos num browser, como os outros conseguem…ou seja, quanto menos recursos lhes adaptarem, para a MS melhor… porque só assim têm control no código do bicho de forma a o deixar rápido.

      That’s the BIG point….

      • Bruno Silva says:

        Boas,
        Já agora experimentas-te o IE9?

        Sei que és um amante Apple, como eu MS, mas nada custa de experimentar para mudar a nossa maneira de pensar.

        Por isso uso hoje em dia um iPhone que tanto critiquei e continuarei a criticar, porque simplesmente falta-lhe algo! E isso em breve irei escrever, mas que é um grande Gadget é!

      • a Friend® says:

        @Bruno Silva

        Já testei desde que saiu… embora “amante” da Apple não vivo na ignorância e continuo a ter um Deskop com Windows 7. (Tal como referi no meu comentário abaixo dos testes que tenho feito).

        Alias, por motivos profissionais nem poderia fazer isso, de me dedicar apenas a uma plataforma…

        Este IE está leve porque não tem muitos “extras” e vamos lá ver a médio prazo como se comportará, dado que a sua integração com o sistema aparenta estar mesmo muito elevada, tal e qual os seus antecessores, e isso pode trazer beneficios e algumas consequências graves com o uso…

  4. Rui "ALL" Sousa says:

    Qt ao browser em si, já fiz o download e tive a testa-lo dês de ontem à noite, e realmente a MS surpreendeu.
    Um ponto de referencia é o mm ser mt rápido a abrir mas para os utilizadores do FF, a não existência de extensões e uma barra de instant search deixa-nos de pé a tras qt a uma transição.

    • Yamato says:

      Essa do instant search não percebi, desde da idade da pedra que se usares a barra de endereços como usas a instant search que funciona tal e qual, desde a altura do Internet explorer versus Netscape Navigator que assim é nos dois.

      • sérgio says:

        pior é ver muita gente a usar a barra de instant search quando tudo tá tão bem guardado no historico do FF.. é só digitar uma letra do site pretendido mas a teimosia é sempre a mesma

        • Rui "ALL" Sousa says:

          O q é q as pesquisas em motores de busca por a instant search tem haver com o histórico?! Não percebi…

          • sérgio says:

            acho desnecessário essas barras de instant search e induzem as pessoas a percorrer sempre o caminho mais longo

          • Rui "ALL" Sousa says:

            N discordo com essa afirmação se a barra de endereço for optimizada para isso (coisa que no Chrome n esta), felizmente q no IE9 esta melhor.

            Mas isso não responde a não compreensão da afirmação “usar a barra de instant search quando tudo tá tão bem guardado no historico do FF”

      • Rui "ALL" Sousa says:

        A utilização da barra de endereço para fins de pesquisa já foi por mim utilizada a qd da instalação do chrome e a verdade é que me pareceu pouco pratico, para não falar da não possibilidade de a adicionar ao browser.

        Se eu quero fazer digamos que 5 pesquisas no mm sistema de pesquisa no FF, abro 5 abas e coloco as key words, no caso do chrome tenho q estar a escrever as key words mais as letras para o motor de pesquisa o que não me parece pratico.
        No caso do IE9 isso foi mudado e ao fazer-mos uma pesquisa c um motor, por defeito a proxima aba sabe qual foi o ultimo motor a ser usado, contudo ainda 2 aspectos cont a falhar, 1 é o facto de apenas ter os icons e não o nome do motor, o que por um lado é uma mais valia, mas por outro em alguns aspectos pode ser tricky como qd temos a Wiki em PT e em EN e ambas tem o mm icon. O segundo ponto é o limitada escolha de pesquisas bem como a impossibilidade de criar-mos as nossas próprias pesquisas em varios websites.

    • Carlos says:

      Bom, quanto às extensões concordo, pricipalmente a AdBlock Plus mas quanto ao instant search, se reparares bem quando escreves qualquer coisa na barra do URL diz lá Turn On Search Sugestions (Keystrokes will be sent to etc. e tal), além de que conforme vais escrevendo vão aparecendo endereços do histórico e dos favoritos…

  5. kcir says:

    Realmente é bastante rápido em relação aos outros browsers, tenho estado a testar e estou a gostar de ver até agora, vamos ver o produto final.

  6. Freitas says:

    bah, sai este, um tempinho depois a opera faz uma nova versao 5x melhor.

  7. CMatomic says:

    @oftopic

    Flash Player 32bits, 64bits Windows,Mac,Linux “Square” Preview Release

    depois terem lançado uma versão de 64 bits para linux e cancelado a mesma, eis de novo uma nova versão do Flash Player mas desta fizeram a versão 64 bits também para windows e Mac

    http://labs.adobe.com/downloads/flashplayer10.html

  8. Rui "ALL" Sousa says:

    No site de Search Providers da MS n sei se o pior é a pouca oferta ou eu adicionar o “Busca Visual da Wikipedia (inglês)” e ele adicionar a Wiki em PT (sim PT-BR)

    Contudo e felizmente que no Mycroft Project consigo adicionar os motores de pesquisa tal como faço com o FF (excelente) e de frisar a facilidade em que temos de gerir os motores de pesquisa e organiza-los com a ordem desejada 😀

    Era agora um corrector ortografico, um mouse gestor e um sincronizador de favoritos/passwords e ficava como o aço! (estão a faltar as extensões)

  9. Tiago Dias says:

    Ainda sem testar, não gostei muito da localização dos separadores. Aquela localização permite ver um pouco mais da página, mas reduz em demasia o espaço destinado aos separadores, e para quem usa muito e muitos de cada vez, pode tornar-se um inconveniente.

    Quanto à velocidade, assim que possa vou testar para ver como se comporta, mas parece que promete!

  10. Parece um grande IE. Só falta testar.

  11. Emannxx says:

    Adorei!

    Em relação ao Firefox 4, este Internet Explorer Beta está muito, mas mesmo muito melhor.

    A acelaração pela placa gráfica faz um trabalho divinal e funciona muito bem.

    O browser abre bastante rápido (ainda não se pode comprar ao Google Chrome mas comparado com o IE8 ou com o Firefox (mesmo a versão 4), o IE9b está muito rápido!)

    Ainda não consegui ver diferenças “Muito” notórias na rederização de páginas.. talvez por não conhecer nenhuma verdadeiramente complexa…

    De qualquer das formas, a Microsoft surpreendeu-me. Foi um salto gigantesco!

    • lmx says:

      e de que maneira limitou-se a adaptar o browser para bombar via gpu,huhuhu foi um trabalho doido para uma empresa do tamanho da MS, meu deus…!!
      E o resto que é tudo copiado de outros browsers,…ninguém fala?
      Não se esqueçam que se trata de um produto de uma empresa com forte vertente comercial, e que quase todos os seus produtos são pagos…!
      wtf.. pior que cego só mesmo..!

      cmps

      • Alex says:

        O único cego que realmente aqui esta és tu. Ainda não tive oportunidade de experimentar este beta, é certo, mas ter aceleração gráfica é um grande marco sem duvida. Quanto ao copiar e não copiar, no mundo dos browser…e principalmente neste mercado todos copiam uns aos outros. O único que vejo realmente a inovar é o opera (que por curiosidade é o que tem menos utilizadores entre os 4 “grandes”). Vamos deixar de ter palas nos olhos e dar valor ao que tem de ser dado ok?

        • lmx says:

          boas..
          Epa isso para mim não é feature entendes, para mim feature são outras coisas, não aceleração via gpu, isso ja existe, e o que eles fizeram foi adaptar, para mim nada de especial.
          Comentei em relação ao facto de se estar a fazer disso uma coisa brutal, de desenvolvimento complicadissimo, tipo uma cena do outro mundo, quando na verdade é uma adaptação das ideias que já existem e que já existe essa adaptação através do html5, eu não vejo nada de especial nisto.
          E se dizes que o opera é que é bom e é o que inova, então porquê tanto protagonismo ao IE consegues explicar?melhor nem sequer tentes porque é incoerente.
          Mas estas contente?!Ainda bem, continua os meus parabéns.

          cmps

          • Alex says:

            Não vejo protagonismo nenhum, vejo informação! informação essa que deve ser disponibilizada a todos independentemente de não agradar á pessoa x ou y. O que aqui é de louvar é a grande evolução que o ie teve com este beta, nada se compara ao meu opera esta certo…mas mesmo assim é de louvar esta “nova” politica da microsoft.
            Em relação ao opera, este só não tem mais adesão por parte de todos porque simplesmente não tem um “grande” empresa por trás…ou achas que o chrome tinha tantos utilizadores se não fosse a google estar por trás?
            E, sinceramente, dispensava esse teu tom de ironia…só perdes com isso.

          • Jose says:

            Dá-me o nome de um browser que tenha o suporte do GPU igual ao IE.

            Suporte entre aspas, o mesmo desempenho e aproveitamento.

            E vai ver de quem foi a ideia do GPU no primeiro lugar.

            É mau falar sem se saber.

          • lmx says:

            boas..
            concordo que se fizerem tanto alarido devido as melhorias no ie comparado com o anterior acho correcto, mas em relação aos browsers em geral, nesse caso penso que seria uma injustiça, pois tudo o que tem sido feito de bom tem sido inventado pelos outros e mais tarde adaptado pelo ie.
            O ie anda sempre na cauda dos browsers e sempre assim foi, pelo que dar-lhe protagonismo de ideias adaptadas dos outros,não me parece bem.
            Tens razão, o meu tom era evitavel, mas repara,
            quando eu disse que “pior que cego só mesmo…” , não apontei o dedo a ninguém falei genericamente, expressei aquilo que eu acho.Quando te expressas-te apontas-te logo o dedo a mim, repara que eu não apontei o dedo a ninguém e apesar da minha declaração estar inserida num comentário, facilmente percebes que existe uma discrepância imensa para que aquilo que eu disse se reflicta na pessoa acima(no comentário do colega acima).
            Por isso mesmo usei esse comentário no final, mas repara que o teu também não foi melhor que o meu.
            Peço desculpa pelo incomodo causado, o objectivo não era “gozar”, mas sim dizer indirectamente que cada um usa o que quer.

            Um grande Abraço 😉

          • lmx says:

            boas..
            querem o nome de um browser, nem me preocupei muito há já quase 1 ano, ou mais que oiço falar disto, mas esta presente de certeza em vários browsers.
            Eu houvi falar no firefox, aqui deixo um link que data de 28 de Fevereiro, mas eu acho que ja ouvi falar disto muito antes, mas… pesquisem e vao ver.
            É que antes de falarem as vezes convém saber do que estão a falar, isto ja é mais antigo que o…
            por isso é que eu digo que são tecnologias adaptadas, porque não foram inventadas por eles, acusam o opensource de ser como um cancro, mas depois vão-lhe sugar o sangue todo, enfim..
            aqui vai:
            http://www.downloadsquad.com/2010/02/28/gpu-accelerated-rendering-lands-in-firefox-nightly-build/

            cmps a todos

  12. Manuel Costa says:

    Pode ser uma pergunta idiota e do mais fácil que há de responder mas: como faço para alterar a localização dos ficheiros transferidos? E já agora, não existe nenhum corrector ortográfico tal como acontece no Opera?

    • Manuel Costa says:

      EDIT: já encontrei resposta para a primeira pergunta: abrir a janela das tranferências (novidade neste IE9) através do menu ou “CTRL+J” e clicar em opções…

      Em relação há 2ª pergunta ainda não tenho resposta…

  13. Ppietra says:

    A Microsoft está sem dúvida de parabéns! De certeza que isto levará a mais concorrência e mais esforços no desenvolvimento dos browsers.
    No entanto estes desenvolvimentos levantam algumas preocupações, que não se limitam ao novo Explorer! Quando passa a haver uma diferença tão grande na capacidade dos browsers (basta pensar que noutras plataformas pode vir a demorar a existir algo semelhante), será que vamos passar a ter sites algo inacessíveis para algumas pessoas? Não é que acredite muito nisto, mas há sempre algum perigo de fracturação.

  14. Nelson Rocha says:

    Hummm…

    Há uma coisa que não muda em qualquer empresa e em qualquer modelo: o discurso sensacionalista da apresentação de um produto.
    E quem já assiste a esta “dança do meu browser é melhor do que o teu” desde o início (ou seja: antes de sequer haver www) conhece o ciclo

    – Fabuloso, melhor, mais rápido, mais features, etc.
    – Ah… afinal ainda há uns problemas…
    – Olha, aquele da outra marca é que está a dar!
    – O quê?!? foi um desastre, cheio de bugs, lento, não dava para fazer a cena x e y que os outros davam, etc.

    Conclusão (e o meu ponto de vista pessoal): Vamos aguardar pelo amadurecimento IE e ver como este se comporta no panorama actual das exigências da web. Não adianta andar a pensar que “é desta!” porque daqui a meses aparece a próxima onda e volta tudo ao mesmo. Temos é de esperar que seja, de facto, um excelente produto e que proporcione quer aos programadores, quer aos utilizadores uma melhor experiência. E se não for alcançado esse objectivo, ao menos que se continue a evoluir nesse sentido.

    Todos podemos ver que a MS está a fazer um esforço meritório para melhorar a sua política de abertura, mas não podemos ser ingénuos 😉

  15. Pako says:

    Lá se vão as baterias dos portáteis…

  16. Silva says:

    Gosto do Visual, gosto mesmo muito, limpo, transparente, organizado, e bem dinamizado 😀

    Ainda não testei, mas Espero é que tenham transferido a status bar para dentro da adress bar, porque é completamente possivel faze-lo e permite uma boa organização sem perder componentes à vista.

    É bom que a Microsoft se esforce e bastante, neste momento já perderam tanta credibilidade no IE para outros browsers que nem é bom falar… 🙁

  17. lmx says:

    desde que a UE apertou os t*mates aos tipos que eles agora já adaptam coisas mais rápido que alguns dos outros, de espantar tal atitude.
    a aceleração via gpu existe a anos, a funcionar num browser, basta adaptar.

    cmps

  18. Trambulhao says:

    Nada muda!

    O que adianta ter um novo navegador, com todos os recursos necessários, um browser “primeira” e não pode ser usado em 60% dos computadores.

    E o Windows XP onde fica nessa história?

    Não vejo os utilizadores do XP mudarem de sistema por causa do IE9 e do novo Live Messenger.

    Isso significa que vai ser preciso ainda alguns anos para podermos usufruir dos novos recursos (HTML5, CSS3,..)

    A Microsoft, como sempre, atrasando a vida dos programadores para web.

    • Vítor M. says:

      Não penso assim. Olhar para trás não é caminhar para o futuro.

      O Windows XP estão na recta final e a Microsoft não pode alimentar tantos “dependentes” na sua estrutura. Inclusive o Vista está a “atrapalhar” pois tudo tem de ser pensado para várias estruturas e iso impede um desenvolvimento rápido, leve e sustentável (em termos financeiros).

      Outro pormenor é a franca actualização do Windows Vista. Mais uns tempos e para homogeneizar as plataformas, o Windows Vista estará tal e qual como o Windows 7, apenas será e morrerá Windows Vista. Têm sido corrigidos muitas rotinas e têm sido incrementados pontos importantes, assim como o fizeram no Windows 7. Acrescentando algumas das novas funções do Windows 7, o Vista estará “mascarado de Vista, quando na verdade será um Windows 7.

      O mesmo vemos no R2 e o futuro dos sistemas operativo da Microsoft assim será: acrescentar módulos.

      • Trambulhao says:

        – “..Não penso assim. Olhar para trás não é caminhar para o futuro..”

        Nesse caso não é bem assim. Para caminhar pro futuro tem que olhar sim para trás. A maioria das pessoas usam o Windows XP e vão continuar usando por muito tempo. Se essas pessoas não tem acesso a essas novas tecnologias (CSS3, HTML5..), então é um atraso.

        Mas tudo bem.. o que não falta e plugins feito por empresas e terceiros e artimanhas para implementar no IE8. Vamos passar a vida toda tapando as falhas da Microsoft.

        Isso é vergonhoso.

    • lmx says:

      isso é meia verdade tendo em conta que eu nem sei quase o que é o IE.
      Uso firefox, ou opera, e sim vamos ter html5 no xp.
      claro que não ia trocar o xp por qq outro producto ms, so mesmo linux, mas este xp para mim é o mais competitivo e parecido, por isso…
      obviamente que não o ia trocar para ter IE, e pior ainda por isso do live messenger que nem sei o que é mas deve ser um programa de mensagens instantâneas, tal como outros milhares que abundam pela net.

      cmps

    • LM says:

      100% de acordo.
      A Microsoft ‘e uma empresa estritamente comercial e sabe que a componente visual ‘e mais importante, para o consumidor Americano, que a qualidade do produto.

      O uso das css3 ‘e fundamental! O ie tem atrasado imenso a evolucao da www!
      E se querem “sensacao” experimentem o Gnome3.

      Estou com um problema no fantastico WOW, win7 a 64 bits, que nao liga a um SQL por “Named Pipes” (so liga por TCP/IP)(ODBC).

      WOW, como a Microsoft se impressiona a ela propria… e depois… WOW… que nao funciona como ‘e suposto.

      Temos que ser criticos e olhar “under the hood”. O softwares tem que ser testados intensivamente ate podermos tirar conclusoes. Ao fim de 1 ou 2 horas dizer “WOW”, isto ‘e “altamente”, ‘e proprio de um “rookie” ou “wanna be” (ou do publico alvo da Microsoft).

      Peco desculpa a todos os fans do “Closed Source” & Microsoft.

      Cumps,

      ps. sejamos criticos atentos e nao entusiastas aka consumidores.

      • lmx says:

        boas…

        LM:
        Tem que ser mesmo via named pipes?
        Não podes ligar-te via IP(usando um Driver tipo 4), ou ip/odbc(salvo erro tipo 2)?
        Eu penso que deves ter as opções Named pipes activas, cuidado com existências de maquinas virtuais e suas placas de rede se usares a bosta de SQL Server vais sofrer com isso.
        Por essas e por outras é que eu, em Windows, ficarei pelo XP, quando acabar,concluo a migração para linux.

        cmps

        • LM says:

          Eu resolvi o problema instalando o ultimo SP do SQLServer, ja que ao nivel do OS do posto nao havia mais nada a fazer.

          Desta forma, e tipicamente Microsoft, o SQL2000 nao ficou com SP4, embora tenha sido instalado, (manteve o SP2) mas comecou a ouvir na porta 1433 TCP, como era suposto.

          O engracado, muito Microsoft, ‘e que embora tudo tenha sido feito no SQL para ouvir na 1433 nunca foi possivel (excepto com o truque de instalar o SP4 – a alternativa seria desinstalar e voltar a instalar o SQL -> tipico das aplicacoes com codigo fechado)

          E quando digo tudo, digo mesmo tudo. Inclusive verificar o registry…

          Enfim… WOW.

          Portanto, win7 a 64 bits nao tem WOW nenhum. ‘E a 64 bits e pronto.

          Mas obrigado por tentares ajudar. E peco desculpa por nao gostar da Microsoft mas depois de ter acompanhado a sua evolucao vs. unix para linux… Nao consigo suportar esses srs. 🙂

          • Carlos says:

            Se mal pergunto, porque carga de água é que alguém instala o SQL Server 2000 x86 no Windows 7 64?

            Ou melhor ainda, porque é que alguém espera que o SQL Server 2000 x86 sequer funcione num sistema 64 bits? Não é por isso que há o SQL Serve 2000 64 bits, e o SQL Server 2005 64 bits e o SQL Server 2008 64 bits?

            ::confuso::

          • LM says:

            O SQLServer esta instalado no Win2003.

            Um novo posto, nessa LAN, vem com o win7 64 bits.

            Estamos a falar de solucoes empresarias.

          • lmx says:

            boas também já tive um stress por causa do win7, quer dizer na altura foi com o vista, precisamente por causa do sql server.Com o sql server, corrupção da base de dados, era um festim a quando de um projecto em que era preciso fazer desenvolvimento, e as vezes tinha que reenciciar o sql(não o servidor).Mas eu usei um conector tipo 4 ou seja é independente do odbc.

            cmps

          • lmx says:

            boas, concordo, que estes artistas levam-nos ao limite as vezes, posso-te dizer que ja estive muitas vezes seriamente com maquinas do cliente na mão e em vez de resolver o problema ja pensava em “Será que daqui de cima la para baixo pela janela isto fica desfeito…” lol.
            Em relação aos portos, isso é outra, falas-te no porto default, e agora imagina eu a tentar-me ligar nesse porto e o fd*p no porto 1655, esquece, foram dias, e quando estas a fazer desenvolvimento desconfias mais da aplicação(que estas a fazer) que do sw que ja existe e é comercial, esse foi o problema.
            Bom…ainda bem que resolves-te esse problema :).

            cmps

    • Jose says:

      Não concordo em nada.

      Todos sabem que o Windows XP está a morrer, e acho muito bem o que a Microsoft está a fazer.

      E é uma questão de tempo até o Windows Vista ir no mesmo caminho.

      O Futuro (por enquanto) é o Windows 7, o sistema mais estável e rápido lançado pela a Microsoft até hoje.

      Windows XP (-10%) e continua a descer a cada dia que passa.

      Windows Vista (-5%) o mesmo que o XP.

      Windows 7 (+15%) a subir a cada dia que passa.

      Está mais que visto que o XP morreu, mesmo ainda tendo 60% do mercado não quer dizer nada, é uma questão de tempo até o Windows 7 o apanhar.

      • Trambulhao says:

        -“..é uma questão de tempo até o Windows 7 o apanhar…”

        Isso quer dizer o que? 1 ou 2 anos?

        Essa percentagem que vc mostra aí está relacionada com usuários “caseiros”, portanto, a maioria que instalam o sistema sem pagar por ele, chave pirata. Por isso essa adesão tão rápida.

        • Jose says:

          Se achas que sim, na minha zona e escola inteira, já não conheço ninguém que use o Windows XP.

          • lmx says:

            boas..
            de três uma:
            1-ou os vossos pais trabalham que se farta só para vos manter.
            2- ou então, são cheios de papel e gostam de gasta-lo a maluca.
            3-ou então vocês são uns criminosos de primeira pirateando o drm dos outros.

            Alguém conhece uma alternativa?

            cmps

    • Marcelo Nunes says:

      Acho que é uma grande oportunidade para o FF, Opera e Chrome abraçarem os usuários do XP, afinal são 60% de market share. É uma jogada arriscada da Microsoft para tentar acelerar o crescimento do W7. Pessoalmente espero que possamos ser agraciados com bons navegadores, assim quem sabe a Microsoft para de tentar enfiar goela abaixo o W7.

  19. a Friend@ says:

    Tenho andado a testar no Win 7 (64-bit) e de facto o motor está mesmo muito rápido.

    Ainda é cedo para fazer algumas afirmações quando a isso mas arrisco a dizer que está num bom caminho mesmo. Deveriam é pensar seriamente em extensões.. nesta altura do campeonato é arriscado não aprofundarem essa questão e isso poderá deixar o IE a perder e muito, tornando-se um browser apenas para os menos exigentes, como tem sido sempre, e estando com este motor assim é uma pena que a Microsoft não pense nesse pequeno GRANDE detalhe…

    Pontos negativos, é são mesmo a disposição das tabs… não ficam muito “à mão”.
    Os recursos de GPU, como já foi referido, até que ponto isso poderá afectar alguns portáteis (Bateria). Instalação… “500” anos… ou seja, nota-se que está, mais uma vez, demasiado integrado com o Windows…o que num uso mais longo veremos se ele continuará tão rápido quanto é agora, ao inicio…

    Mas de certa forma, gostei dos resultados que obtive até agora.

  20. luminoso says:

    Está espetacular.

    Ja testaram a cena dos sites suportados e depois na barra fica tipo uma aplicação?

  21. cool-man says:

    Ainda não suporta Webm, mesmo com os codecs instalados á parte

  22. The STK says:

    Parece-me bem, a MS a tentar fazer as coisas bem (na linha do win7).
    Só não gosto da posição das tabs ao lado da barra de endereço. Prefiro a arrumação do FF4 ou do Chrome.

  23. Esquisito é o facto de ter que utilizar o modo de compatibilidade para navegar aqui no pplware, porque senão não vejo o menu onde estão os links para o fórum,contacto,loja on-line,etc.

  24. zp says:

    Venha mas é o firefox 4 com a compatibilização de todos os extras, que o resto é publicidade! 🙂

  25. muleta says:

    estou a testar e francamente surpreendido com a velocidade e com as novas facilidades.
    muito bom mesmo. em termos de rapidez bate ff e chrome, sem dúvida

  26. Willian Vieira Soares says:

    ainda acho o Opera muito superior aos concorrentes do momento, além de funcional ele é muito bonito… recurso por aqui é o que não falta, acho que estão tentando reiventá-lo (como foi dito por alguém aqui no início)

    espero que os nossos amigos do pplware possam dar mais crédito ao opera

    grato

    • lmx says:

      Eu acho que não deve ser uma questão de crédito, o Opera não precisa disso, ele” fala por ele mesmo” é o browser que vai mais a frente, e só devido ao facto de ha uns anos se terem desviado do caminho é que o firefox tem a cota de mercado que tem.

      cmps

    • Olly says:

      Não me levem a mal, por favor, mas ainda não conseguir entender muito bem essa do Opera não ter o reconhecimento que lhe é devido… principalmente quando tento navegar com ele e vários são os sites em que ele não consegue visualizar/carregar correctamente.

      Já tentei por diversas vezes fazer do Opera o meu browser predefinido mas são esses pequenos “mas” que me fazem tê-lo instalado apenas para pré-visualizar as alterações que faço ao layout dos sites. 🙁

      • Willian Vieira says:

        sinceramente nunca tive problema com nenhum site até hoje… uso o opera não somente por suas funcionalidades, mas também pelo desempenho do sistema que não fica comprometido, fato que é muito comum com o mozilla e internet explorer, ainda estou testando a versão 9 no ie

        vamos ver o que dá…

  27. Isto não tem aceleração gráfica nenhuma… Acabei de o instalar e o Google maps continua a “lagar” a meros 10fps com renderização por CPU, que atinge o máximo quando faço padding no mapa…

    É preciso meter algum hack pra activar o GPU rendering?

    Primeiras impressões:
    Desilusão.

    • Shikai says:

      Filipe o GPU esta automaticamente activo sem ser preciso hack

      Acho que a melhor forma de se ver o poder deste browser é carregar um video do youtube, e enquanto o video esta a rodar, pegar na tab e arrastar.
      Experimentem fazer isso no chrome e experimentem fazer isso no ie9

      Com a chegada do html5 o rendering por GPU era inevitavel :p

      • Pois nalguns PCs tá, mas no meu portátil a opção está a cinzento. Parece que a minha Radeon X1600 que corre o CS Source na boa a 60 fps é fraca demais para abrir sites em 2D… LAME!

        • lmx says:

          boas..
          isto so funciona em placas que suportem dx11 directwrite e direct2d são as duas tecnologias que suportam isso, pelo que a tua x1600 esta de fora lol.
          Para ja não vai haver muita gente a tirar partido disto, pois a maioria das placas não suportam dx11 e pior win7.
          O firefox tras uma versão opengl para linux a muito tempo ja, mas o resultado era muito fraco, mas 1 ano depois pode ser que tenha melhorado.

          cmps

    • Okapi says:

      Tens que ativar essa sena . Faz assim:

      (O meu está en EN )

      ALT > abre-te a Janela

      Advanced > Abre nova janela

      Aqui assinala o quadrado correspondente logo o 1º depois é só fechar o Browser e reenicia-lo para que fique ativo.

      Para quem quisar desinstalar o IE 9 é só ir a:

      CONTROL PANEL > PROGRAMS > VIEW INSTALLED UPDATES e procurar por WINDOWS INTERNET EXPLORER 9 E desinstalar com o botão direito do rato.

  28. André Moreira says:

    IE9, a maneira mais avançada de baixar o firefox!
    ;]

  29. crixalves says:

    Boas,

    Pelo que testei no IE9 tou a gostar. Só tive um problema, a escrever um post no WordPress.com (blog) tive problemas nas caixas de texto e a carregar imagens…
    A conteceu isso a mais algem?

  30. Paulo Balinha says:

    Ia jurar que vi o chrome !

  31. Marco Albuquerque says:

    Fiquei bastante espantado com o desempenho do Browser. O arranque é estupidamente rápido. Achei um pouco lento a abrir uma página favorita. De resto está excelente. Estava a fazer o download de um ficheiro com quase 1GB no Internet Explorer e ele bloqueou de uma tal forma que me baixou as expectativas. No entanto ainda está BETA. Como muito pessoal daqui usei IE6, FIREFOX, OPERA e por último CHROME. Adoro o Chrome. Mas ultimamente tem andado a falhar muito, pois quando carrego vários separadores simultaneamente as páginas que já estão em Cache não carregam, dando erro. Se fizer REFRESH à página ela aparece normalmente. Alguém tem o mesmo erro?

  32. Marcos Santos says:

    Uso bastante o IE8 e o Opera, vamos ver se deixo de vez o Opera para o IE9 😉

  33. Alexandre says:

    Acho que o desempenho do IE9 tá ótimo, mas também as versões anteriores deixou a desejar. O IE8 demora muito pra abrir só nisso já perco a paciência.

    Gostaria de saber como fica para os desenvolvedores. Desenvolvedor odeia ie, o problema é que não há um padrão. Tem que ter um css para cada Browse.

    Pelo post.
    Abraços

  34. Fernando Mauricio says:

    Francamente gostei, mas noto a falta do menu bar, se tal existisse seria ainda mais rápido, pois tendo de ir à procura dos favoritos demora mais.

  35. Ramos says:

    Nunca pensei dizer isto mas estou a gostar muito deste Explorer 9.

  36. Joe says:

    Bem há 1a vista parece ser boa ideia, muitas paginas com htlm5 e videos/graficos de alta qualidade deixam mt a desejar nos navegadores actuais.

  37. Yuy says:

    Testado, usado e NÃO aprovado.

    A maioria das páginas deste o sapo.pt ao aeiou.pt a outras não é apresentada correctamente, no caso do aeiou.pt nem apareciam as imagens.

    Espero que a versão final seja melhor que a beta…

  38. Yuy says:

    Em relação à velocidade, no IE9 PT Beta, além dos problemas referidos atrás, não achei particularmente rápido… e ainda que fosse, para não mostrar nada (ou mal) mais valia demorar mais um pouco.

    Uma dica para quem tem o Mozilla Firefox como eu (e alguns queixam-se da lentidão):
    Adicionar as extensões (Ferramentas > Extras > Extensões):
    – Adblock Plus
    – NoScript
    E remover/ desactivar as outras extensões que para lá tiverem, a menos que as tenham instalado e saibam porque precisam delas.

    E desactivar o Adobe Flash, Microsoft Silverlight, Windows Media Player, Google Earth, Microsoft DRM, Adobe Acrobat Reader, etc. que estão nas Ferramentas > Extras > Plugins.

    Reinicie o firefox e navegue pelos web sites. E veja a diferença sem plug-ins e publicidade… muito mais rápido!

    Pode ainda tentar acelerar mais um pouco escrevendo na barra de endereços: about:config
    (aceite o aviso de perigo)

    e coloque como “true” (clicando duas vezes de seguida com o rato sobre o item:
    -> network.http.keep-alive
    -> network.http.pipelining
    -> network.http.proxy.pipelining

    verifique que: network.http.version é “1.1”

    altere: network.http.pipelining.maxrequests de 4 para 8

    crie uma entrada chamada “nglayout.initialpaint.delay” e como valor “0”. Para criar a entrada, clique em qualquer área e com o botão direito do rato escolher a opção “Novo” > “Inteiro”, chame de nglayout.initialpaint.delay e coloque como valor “0”. (Tudo sem as aspas).

    Dica: use o “filtro” na parte de cima para encontrar as opções mais rapidamente.

    Se algo correr mal é reverter os valores para os anteriores.

    • Martins says:

      Sem comentários…

      Olha, já agora abre páginas sem nada, em branco, que assim depressa abrem…

      Parvoice, parece uma enciclopédia essa explicação…

      Desce à terra, compra um computador melhorzinho, uma net rápida, e não precisam de ler esta explicação em jeito de enciclopédia…

      • Yuy says:

        Ah! Quem queira acelerar as páginas no firefox ao máximo… aí está a dica.
        Quer, quer… não quer, paciência.

      • Cruz says:

        Eh, eh, percebo mas já agora juntava uma pequena extensão Flashblock e não é preciso chegar ao ponto de ver as páginas em branco.

        A propósito mal espero para me ver livre do flash, quanto mais cedo for substituido, melhor.

  39. Cruz says:

    Blá, blá… blá, blá… O IE9 isto e mais aquilo e etc.

    Infelizmente a MS limita-o ao Vista e ao W7. Mas o que é isto ? É para forçar a migração ? Felizmente temos o Opera, o Chrome e o Firefox mais os outros. Sinceramente não dá para entender esta MS.

    Graças aos SO Linux já me desenrasquei muitas vezes e isto dos browsers é a mesma história.

    • Ricardo Elias says:

      Tendo em conta que no Ubuntu, muitos programas sao feitos para funcionar nas ultimas versoes e quando se pretende instalar uma nova aplicacao de terceiros ‘as vezes e’ preciso fazer o upgrade de todo o Sistema Operativo, como e’ que esperam que a Microsoft continue a suportar um Sistema Operativo que foi lancado em 2001?

      Um exemplo foi quando a Mozilla lancou o Firefox 3.0. Um utilizador da versao TLS quis instalar esta nova versao e o upgrade correspondeu a 700 Megas. Apenas era possivel se ele fizesse o upgrade para a ultima versao do Ubuntu. O Firefox 3.0 nao funciona no kernel 2.4, lancado em 2001.

      E ja’ tive aplicacoes que tive que esperar pela nova versao do Ubuntu para poder usar porque precisavam de libs que nao estavam disponiveis nas versoes anteriores.

      Seria bom se a Microsoft podesse suportar o XP, mas muitas das novidades significaria alteracoes a partes do sistema que a Microsoft de certeza nao tem nenhum interesse em manter.

      A posicao da Microsoft no suporte do XP e’ igual a qualquer *nix: suportar versao antigas com apenas “security fix” e corrigir erros graves. Tirando isso, (quase) nunca se adicionam funcionalidades ou corrigem-se erros pouco importantes.

      Fiquem Bem!

      • Carlos says:

        Pronto, lá tinha que vir um chato trazer para aqui factos…

        Francamente, quem é que precisa disso?

        Toda a gente sabe que a Micro$oft é o mal personificado e o resto é conversa.

        Além disso o meu SO é maior que o teu! Ahhhh… Quer dizer, melhor…

      • Cruz says:

        Mas qual suporte qual quê.

        O Xp tenha os anos que tiver ainda é usado por muita gente e há computadores em que não dá para fazer o upgrade ou pelo custo ou pelo hardware, não compensa.

        MAs nem sequer se trata disso, mas sim de obrigar indirectamente as pessoas a gastarem e fazerem upgrades do sistema sem necessidade limitando os novos produtos aos novos sistemas.

        São limitações artificiais, que por exemplo não exitem com o Firefox e com o Chrome, o resto é conversa e por cada razão que me deres eu posso dar-te duas em sentido diferente.

        • Cruz says:

          Queres me dizer que o IE9 não pode funcionar no Xp, é isso ? Que não dá para funcionar lá, que é complicado compatibilizar, é isso ? E esperavas que eu acreditasse nisso ? Que é por razões de Segurança ? O Xp é do mais seguro que já se fez e como os carros quando em fim de linha é que está melhor e mais apurado.

          • Carlos says:

            Sim, isso mesmo. O IE 9 foi desenvolvido de raiz para utilizar aceleração gráfica que só existe no DirectX 11.

            Não há suporte para o DirectX 11 no Windows XP, entre outras razões porque o XP não tem as APIs necessárias para isso.

            Agora se achas que o facto dum SO concebido há mais de 10 anos não explorar todos os recursos de hardware que só surgiu muitos anos depois é “artificial”…

          • a Friend@ says:

            “Sim, isso mesmo. O IE 9 foi desenvolvido de raiz para utilizar aceleração gráfica que só existe no DirectX 11.”

            …??!!

            O sistema de aceleração é precisamente o mesmo usado pelo Firefox, é através da API “Direct2D”.

            A razão do IE9 não estar presente no Windows XP é porque este browser está demasiado integrado com o sistema operativo, ao contrário dos outros browsers, o que suportar o XP iria implicar grande alterações e muitos updates constantes, e isso, como é obvio, não é nada benéfico para a Microsoft. Agora DX11.. nada a ver mesmo. Nem faz sentido porque a aceleração gráfica é através daquele API que referi.. nem nunca li tal coisa.

          • Carlos says:

            Sim, e depois?

            A aceleração por hardware no Firefox também só funciona no Vista, no 7 e no 2008 R2.

            A diferença é que enquanto que o IE9 foi concebido de raiz para tirar partido do Direct2D, o Firefox não e por isso o Firefox pode funcionar *sem* utilizar o Direct2D. O IE 9 não.

            Não é assim tão dificil perceber…

          • a Friend@ says:

            faltou referir que essa API se não tiver suporte, simplesmente não corria aceleração gráfica, mas iss não impede que o browser funcione.

            Basta ver o exemplo do Firefox ou Chrome, que não tem aceleração gráfica em todos os sistemas operativos ainda, mas isso não impede o seu funcionamento.

            O problema do IE9 é mesmo a integração GRANDE que tem com o SO.. basta só ver a instalação… e desinstalação. O Windows deve ser o único sistema operativo que conheço que tem um browser demasiado embutido no sistema…

          • a Friend@ says:

            @Carlos

            Posso deixar um exemplo muito breve. Tenho um amigo que tem um PC que nem tem placa com DX9, ou seja, nem consegue activar o AERO.

            E isso não impediu que ele tivesse o IE9 … ou seja, sem aceleração gráfica alguma. O que, mais uma vez prova que o problema do IE é mesmo a forma como a Microsoft o faz para se integrar no sistema. Alias, o IE na prática nem dá para desinstalar.. ou faz-se o downgrade e o IE8 nem saí.. pode é ser “desactivado” .. mas os seus API’s ficam lá a controlar todo o sistema de redes do Windows…

            Este é que é o grande problema do IE9 não funcionar no XP. Se o IE fosse “Standalone” como os outros browsers… dava sem grandes problemas em qualquer sistema.

          • Carlos says:

            Qual parte de “O Windows XP” não suporta as APIs do Direct2D que o IE9 (e o Firefox se se ligar o modo Direct2D)” É difícil perceber?

            Mesmo no Vista SP2 e no Windows 2008 SP2 é preciso instalar o Platform Update para ter essas APIs. Experimenta instalar o IE9 num Vista sem isso a ver se consegues…

            Isso porque uma das coisas que o Platform Update acrescenta ao Windows é precisamente e passo a citar “Updates to DirectX to support hardware acceleration for 2D, 3D, and text-based scenarios”. Que são precisamente as APIs que o IE9 usa.

            Mas numa coisa tens razão, e falar em “aceleração por hardware” pode ser enganador. Outra coisa que o Platform Update inclui é uma implementação dessas APIs exclusivamente por software, por isso mesmo sem se ter suporte para o Aero é possível usar as novas APIs do Direct2D. Sem aceleração por hardware.

            Agora se me disseres que a Microsoft podia ter optado por ter uma versão do IE9 que não utilizasse as APIs novas do Direct2D, que é o que o Firefox 4 faz quando é instalado no XP, isso já é outra conversa.

            A resposta a isso parece-me que passa por como o IE9 foi basicamente feito de raiz mandando fora o velhinho Trident junto com o velhinho interpretador de JavaScript, foi tomada a decisão de, já que é para ser novo, vai-se utilizar as tecnologias mais novas que houver. Repara que mesmo quem tem o Vista, tem de ter o SP2 e o Platform Update. Sem acrescentos nenhums o IE9 só funciona no 7 e no 2008 R2.

          • Carlos says:

            Ah, e eu também acho a decisão pelo menos arriscada. Eu não queria estar no lugar de quem a tomou.

          • Ricardo Elias says:

            “O Windows deve ser o único sistema operativo que conheço que tem um browser demasiado embutido no sistema…”

            http://robertnyman.com/2009/06/11/impossible-to-uninstall-safari-4-in-mac-os-x-apple-pretty-much-follows-suit-with-microsoft/

            “Compatibility Grid”
            http://michelf.com/projects/multi-safari/

            Mac OSX suportados pelo Safari 4.0.3: Snow Leopard, Leopard, Tiger. O Tiger foi lancado em 2005.
            http://support.apple.com/downloads/Safari_4_0_3

            Safari 5 no Mac OSX: Mac OS X 10.6 (Snow Leopard), Mac OS X 10.5 (Leopard). Existe suporte para o Tiger? Parece que nao! Se quiserem podem continuar com uma “nova” actualizacao do Safari 4.

            E como e’ a integracao do browser no Chrome OS? KDE?

            Fiquem Bem!

        • Carlos says:

          E já agora, se são limitações artificiais, porque é que o Firefox não funciona no Linux com o kernel 2.4?

          • Cruz says:

            Quanto à acelaração gráfica podia-se dar a volta,que dê trabalho tudo bem, mas que só por isso deixe de funcionar ?

            Olha a nova versão do chromium, funciona ás mil maravilhas. A MS faz das suas, de qualquer forma o IE já pouco uso, só em sites que o web designer só se deu ao trabalho de preparar para o IE.

            De qualquer forma boa troca de ideias.

        • Ricardo Elias says:

          Actualmente apenas tenho o XP e nao ser que tenha um problema neste computador, nao estou a pensar em fazer o upgrade. O uso que dou do IE e’ apenas para instalar o Firefox/Chrome, e para testes.

          Uma boa dose do motivo de nao suportar o IE9 no XP e’ porque querem fazer com que o pessoal faca o upgrade para a ultima versao do Windows. Isso e’ verdade. No entanto, e’ tambem por causa das razoes que foram explicadas por outros.

          Da mesma forma que eu nao posso dizer que e’ mais uma ou outra, tu tambem nao. Nao temos acesso ao codigo do IE9, que componenentes este usa do SO, se sao suportados pelo XP ou nao, etc.

          Quantas aplicacoes precisam do Firefox ou Chrome para funcionarem? Ou esperam que estes estejam instalados? Nao da’ para comparar estes dois com o Internet Explorer, que tem componenentes que o SO usa para a Ajuda, que outros programas usam para acederem a um site ou mostrar uma pagina, as empresas usam o browser para “aplicacoes” dentro da empresa, etc…

          Alem de que estes dois nao teem interesse em nao dar suporte a 60% dos utilizadores do XP. O suporte que dao a cada versao que lancam ja’ e’ pequena (a Mozilla nao suporta o Firefox anterior ao 3.5), portanto ainda mais interesse teem em pelo menos suportar o XP. Claro que quando a situacao mudar e o XP tiver menos de 30% ou 20%, a conversa vai ser outra.

          Fiquem Bem!

  40. Trambulhao says:

    O mais estranho foi o anuncio de um novo navegador por parte da MS, o “Gazelle”.

    Seria um software construído do zero, com um novo motor (webkit, possivelmente). Depois não se ouviu falar mais do projecto.

    Agora lança a nova versão do IE. Como o trident, ultrapassado que não é capaz nem de realizar interactividade do CSS (animação, transformação, etc). Suporte para WebSockets (futuro Ajax), nem se falou nisso.

    Bom, enquanto houver empresas como o Google e programadores disponíveis a resolver as falhas e as ausências dos recursos necessários no IE, não há que se preocupar..

    • Ricardo Elias says:

      “O mais estranho foi o anuncio de um novo navegador por parte da MS, o “Gazelle”.”

      Quem fez o anuncio foi a “Microsoft Research” (uma sub-divisao da Microsoft e ate’ certo ponto, independente da companhia-mae), e mesmo assim, ligeiramente. Imediatamente, muitos na blogosfera comecaram a tirar ilasoes erradas de que seria um novo browser desenvolvido pela Microsoft para substituir o IE. Talvez seja por isso que nunca mais ouviste falar dele: foi apenas um projecto. Tem boas ideias, segundo o PDF, mas passar disso a um browser leva muito mais tempo e cria outros problemas.

      Os projectos desenvolvidos pela Microsoft Research nao sao para substituir produtos actuais (ou no futuro) da Microsoft. O objectivo e’ estudar novos conceitos, e se tiverem bons resultados, talvez sao passados para os departamentos responsaveis pelos produtos para incluir algumas das ideias.

      Mesmo assim, nada impede que o IE tenha incorporado alguns dos conceitos do projecto “Gazelle” no novo browser.

      Fiquem Bem!

  41. Okapi says:

    Para quem gosta de estatisticas e diverte-se com elas para comaparativos, deixo aqui a informação para quem ainda não sabe, que o IE9 teve 2 milhões de downloads nas primeiras 48 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.