PplWare Mobile

Imagem de Cristiano Ronaldo foi retirada da página da EA Sports


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Andre R. says:

    Mas ele já foi a julgamento? Já foi lida a sentença? Não é inocente até prova em contrário? Se for provado que é inocente, a EA deve um pedido de desculpas ao CR7…

    • António Marques says:

      Eu acho q assim q ele for dado como inocente…o Cristiano devia era manda-los ir para o….bilhar grande.

    • ivan says:

      E caso seja provado como culpado a EA apenas fez bem isto são negócios completamente normal não é por ser o CR7 que uma empresa reage diferente

    • Alves says:

      Politica americana funciona ao contrario…
      És culpado até provares que nao o és.

      • Rui says:

        Pode crer que lá são as pessoas que devem provar que não cometeram um crime e não vejo qualquer problema. Mas aqui trata-se da reputação das empresas. Uma grande empresa dispensa publicidade negativa e ainda pagar por isso.
        De certo que o contrato milionário que o Ronaldo assinou com a EA e já agora com a Nike, tem estes percalços previstos!
        Mas pior que a EA, são os mil milhões de euros do contrato com a Nike!

    • Darth says:

      Isso de ele ser inocente ou culpado pouco interessa em patrocínios. O marketing interessa-se pela opinião pública, e se a opinião pública o acho minimamente culpado, isso pode refletir-se mas empresas.

      É injusto? Sim… O mundo é injusto

    • AqueleGajo says:

      Se for provado que o Ronaldo é inocente ela terá de pagar pelos prejuízos causados ao jogador espero…

  2. PGomes says:

    Vivemos numa era muito triste, onde o simples conceito de inocência até prova de contrário é ignorado pela nossa sociedade. Voltamos a uma era de caça de bruxas, sem julgamento, sem processo devido, sem provas.

    Verdade seja dita, a EA e a Nike têm pior reputação do que o Cristiano. Por isso acaba por ser um acto de total hipocrisia.

    • Mateus says:

      Não é era de caça às bruxas, é era do capitalismo: cada vez está pior e cada vez mais os amigos, trabalhadores, moral etc são regidos única e exclusivamente pelo dinheiro.

      As maiores empresas (mesmo em Portugal, já foi tempo de compreensão e recompensar o bom trabalho) pensam assim: Tem contrato ou trabalha conosco há 1 década e sempre foi muito correto e impecável? Vamos manter e apoiar até sinal do contrário? Não, azar, se há hipótese de perdermos dinheiro há que correr com ele antes. Se depois ficar desgraçado e até ser considerado inocente? Problema dele.

      Este é o pensamento capitalista (ou pseudo comunista que há realidade é capitalista) e na Europa está a ser regra. A Europa via Alemanha, Holanda, Bélgica, França e UK deixou-se governar pelo pensamento capitalista e hoje em dia não tens outra coisa. Pior é que nem sequer tens o benefício de salários mais altos dos EUA (tal e qual como na Rússia ou China, pseudo comunistas)….

      É assim meu amigo, Portugal ainda está algo à margem (felizmente!) mas o resto da Europa Central já está na linha.

      • Rui says:

        Mateus, não te desgraces!
        A Europa tem um pensamento capitalista e os americanos? Como é que os classificas? A esquerda ainda vive no tempos idos do fim do século XIX de Marx. Já agora, por acaso sabes onde nasceu a luta pelos direitos dos trabalhadores de Karl Marx? Olha que não era nem nunca foi um país comunista nem socialista!
        Para quem não sabe, a Europa rege-se por um sistema económico Ordoliberalismo Alemão, que é um meio-termo de capitalismo e social-democracia (economia com política), em que o consumidor está acima do trabalhador e da empresa! Basta ver as multas milionárias da DGCOM europeia a empresas como a Apple, Microsoft………
        Aqui trata-se de uma decisão de protecção da marca, seja ele o CR7 ou outro qualquer. Ninguém gosta de pagar a um atleta e ele ser envolvido em escãndalos.

        • Rui says:

          Estas marcas preocupam-se se o Cristiano é culpado, mas nunca se preocuparam com trabalho infantil e exploração de pessoas.

          Hoje basta acusar alguem conhecido para o destruir, não interessa a verdade basta a suspeição.

          • blablabla says:

            Não é bem assim.

            Imagine a publicidade negativa e as ameaças de morte que a mulher que o acusou deve estar a receber.

            Acha que isso é fácil de ultrapassar?

  3. Lily says:

    Uma marca não pode arriscar manchar a imagem por causa do CR7 seja ele culpado ou não!

  4. eu says:

    E assim se passa de bestial a besta.
    Se é inocente, é lixado.
    Se é culpado, que seja preso mas isso só acontece aos pobres.

    • Koso says:

      Preso? A situação remonta a 2009. Era um miúdo de 24/25 anos. Acho que o que fez depois disso ( a carreira no Real e Seleção, os títulos e reconhecimentos, a vida estabilizada com mulher e filhos) acho que chegam para provar que não é o que pintam dele. E pintam muito…

  5. Aj says:

    Não vou comprar mais Nike nem Nada da EA sports.
    E acho que Portugal devia fazer o mesmo até se saber se é culpado ou não.
    O Real Madrid tem muita força .

    • chefe says:

      Claro que vais. Deixa de dizer esssas coisas para te armares em mauzão da internet.

    • Cortano says:

      “O Real Madrid tem muita força.”
      Essa é que é essa.
      Seja ou não verdade, mas a questão é mesmo: porque é que só aparece agora a queixa?!
      Porque é que um jogador que marcou mais golos na CL, que foi muito importante na conquista da CL (mesmo que o jogo da final tenha sido fraco), de repente deixa de ser o melhor do mundo?
      Como é que o Messi nem sequer está no top 3 deste ano?!? Se o RM não queria que o CR7 ganhasse o ouro, obviamente que o Messi não podia estar no top 3 ou seria entregar o ouro ao adversário.

      Real Madrid tem muito mais peso na sociedade global do que se pensa.

      Acredito que o CR7 esteja inocente, mas também não meto a mão no fogo por ele (isso só o faço pelos meus filhos)

  6. Pedro R. says:

    Eu vou fazer uma greve: Nunca mais terei sexo com americanas!

  7. Joao says:

    Palhaçada a querer aproveitar da fama dele. Eu acho que ela qdo foi para o quarto do hotel com ele pensava que ia beber café…

  8. Tone says:

    Tecnologia ao mais alto nível

  9. Nuno Rafael Monteiro says:

    “era só para tirar uma fotografia” xD pqp pobre ou rico, se se convida uma moça para vir para um quarto de hotel ela automaticamente vai saber para o que é… E afinal ela não quer que ele va preso… quer sim uma indemnização, SE REALMENTE QUER JUSTIÇA ERA CADEIA NÃO DINHEIRO… A verdade e que a gaja nem fode nem sai de cima.

  10. David Guerreiro says:

    As coisas estão de tal forma que basta qualquer mulher acusar qualquer um de violação, nem que seja há 36 anos atrás, e passa-se a ser automaticamente culpado. Hoje é este, amanhã pode ser um de nós. E só não somos, porque somos uns tesos, porque curiosamente só são acusados os ricos.

  11. Ruy Acquaviva says:

    Admiro muito o Cristiano Ronaldo que sem dúvidas é o melhor jogador do mundo na atualidade. Da sua vida pessoal no entanto não sei nada e nada quero saber, apenas faço a ressalva de que tenho grande simpatia pelo jogador e absolutamente nada contra o homem. A opinião que coloco abaixo nada tem contra ele nem nenhum jogador em particular.
    Para mim todos os campeonatos oficiais de futebol tem resultados manipulados e a enorme concentração de dinheiro que se formou ao redor do futebol está prejudicando o esporte e transformando-o em um “show business” desprovido de valor esportivo e cultural.
    O futebol é um excelente esporte mas todo esse dinheiro concentrado em torno do futebol profissional só prejudica o extraordinário papel social e cultural que ele já representou e está perdendo na atualidade.
    Podem me atacar se quiserem, mas é essa minha opinião.

  12. Marco Filipe says:

    Só por causa disto vou já fazer um download ilegal do jogo Fifa19 para PC. Jogar completamente de borla 😀

  13. FernandoRJ says:

    O mais engraçado dessa mobilização, #metoo, é que são, em sua maioria, denúncias de ocorridos passados, já com enorme dificuldade de se provar algo e então basta a condenação através da mídia que tenta, por sua vez influenciar a sociedade. Esse tipo de acusação é sempre muito grave e deve ser investigado e punido se comprovado, mas percebo nesta mobilização um movimento político. Só lembrando que Luka Modric é o atual melhor do mundo.

  14. Informático Amador says:

    Culpado, até prova em contrário. A era do #MeToo no seu melhor. O pior desta e doutras “denuncias” como esta, é que quando se verifica depois que não passaram ou de vinganças, ou de ajustes de contas, ou ainda de esquemas feitos por aldrabonas para ganhar dinheiro, o pior é que elas safam-se quase sempre: processá-las por difamação e exigir indemnização é inútil. Nada têm em seu nome para pagarem indemnizações, e não vão para a cadeia, por mais que tenham aldrabado. Ficarem apontada a dedo? Pfff! Bem querem elas lá saber disso… Mantêm a “estória”, dizem-se vitimas de erro judicial numa sociedade machista e enquanto houver quem compre … Ah, se a pena para estas aldrabices fosse igual à pena que elas querem para o pretenso violador, em vez duma multa que não pagam ou de uma prisão que não acontece …

    • Rui says:

      Não aprecio o #MeToo, mas parece-me que as histórias vindas a público não deixam de ser verdadeiras!

      • Informático Amador says:

        Se fossem verdadeiras, era nos Tribunais que deviam estar e não em linchamentos através das redes sociais, de organizações de feministas radicais, e da imprensa, sempre ansiosa por escândalos que vendam papel

      • Cortano says:

        Mais ou menos.
        Os media só falam dos casos provados e comprovados… e os outros que não passaram de aproveitamento?

        O CR7 quando estava no ManU já tinha sido acusado do mesmo, ele e mais metade da equipa do Manchester United.

        Atenção: Não estou a defender a situação em si que no caso de ser verdade, o CR7 deve ser punido.
        Mas acho muito curioso que a coisa só rebente quando ele sai do Real Madrid… coincidências?!?! Nã… neste nível nada acontece por acaso.

      • Cortano says:

        AH!!! E a outra gaja que defendia o metoo e afinal abusou de um menor?! Isso apareceu um dia…. esteve na berra 2 ou 3 e desapareceu dos jornais… hum….

  15. B@rão Vermelho says:

    Não meto a mão no lume por ninguém, mas aos 25 anos ir para o quarto de um hotel de um desconhecido é burrice ou então premeditação.
    Acho dos piores crimes que alguém possa cometer contra alguém, pior só mesmo os pedófilos
    Somos sempre os primeiros a atirar as primeiras pedras, mas quando é alguém que nos é crido tentamos justificar e culpar os outros.
    Alguma coisa aconteceu e só os dois saberão.

    • Koso says:

      “Não meto a mão no lume por ninguém, mas aos 25 anos ir para o quarto de um hotel de um desconhecido é burrice ou então premeditação.”

      Então deve haver muitos “burros” por aí.

      Se eram os dois descomprometidos e alinharam, só fizeram bem.

  16. stevie blowjob says:

    quem o mandou meter com essas badalhocas americanas todo mundo sabe da reputacao delas agora aguenta cr7 o pior ainda esta para vir

    • Koso says:

      ela não tem hipóteses. também o seduziu no bar.

      • B@rão Vermelho says:

        Desculpas mas não posso estar de acordo consigo, qualquer mulher pode seduzir e só por isso ninguém tem o direito de a violar.
        Pense assim, a sua, mãe ou irmã ou esposa, está no bar conheceu o CR7, sorriu para ele e até dança com ele, isso quer dizer que está pronta para ser violada a pedido.
        Mesmo eu achando estranho que alguém com 25 anos vai para um quarto de hotel de um desconhecido é no mínimo irresponsável depois do comportamento que teve no bar do hotel, mas ela como outra qualquer tem o direito de dizer não e o CR7 tem o dever de respeitar, agora que ele até tem uma filha certamente não irá gostar que um outro palerma endinheirado pense primeiro com a cabeça errada.

  17. JM says:

    o mais engraçado das marcas que utilizam a imagem de Cristiano Ronaldo, é que dão mais importância a um suposto caso de violação que mais tarde foi acordado, do que às crianças que trabalham nas fábricas deles quase de borla…

  18. Koso says:

    Então a culpa não foi do álcool??

  19. Falcão Azul says:

    Uma coisa é certa,o Cristiano Ronaldo é um tarado.Se for verdade o que ele fez àquela mulher é uma vergonha,uma humilhação para ele,enquanto homem. É preciso forçar alguém a um tipo de sexo que é aberrante,como o sexo anal ?? Por amor de Deus.Eu tinha vergonha na cara.Que nojo.

  20. Rodrigo says:

    O povo português é tão ingénuo que ainda continua a acreditar que este tipo é um santinho. Julga que só porque tem dinheiro, pode fazer toda a m$&rda que quer e que o dinheiro vai-lhe sempre safar. Ele é tão ingénuo como aqueles que acreditam na sua inocência.

  21. RS says:

    O site da EA SPORTS já voltou a colocar a imagem do CR7 no menu dos jogos.

  22. Miguel says:

    O que parece que aconteceu é que no calor do momento, ambos com alguma carga de álcool (até aqui consentido e com vontade de ambos).
    Numa determinada altura ele quis o anal. Ela não se mostrou disponível para isso, mas com a insistência dele lá conseguiu durante uns minutos, ela contrariada.

    Depois ele percebeu que se excedeu, pediu desculpa, ela não aceitou, mas ele mostrou-se disponível para “reparar os danos”. Ela ameaçou-o de queixa e ele perguntou “então que posso fazer, ou quanto queres?”. E ela aceitou não apresentar queixa por uma quantia considerável.

    Se os acontecimentos foram estes, normalmente é o que duas pessoas adultas de bom senso fazem: falam, pedem perdão, o outro aceita e também aceita a compensação pelos danos causados e fica por aqui.

    Passado 9 anos… ela “lembra-se” que ele a violou? Aqui há gato: ou vontade de vingança de alguém, ou necessidade de dinheiro…

    Isto tudo não invalida o alegadamente acto errado dele. Contudo, se reconheceu e quis compensar, só fez o que dita o bom senso.

    Ou agora vão dizer que todos vós nunca cometeram algum excesso na vida e depois se arrependeram e pediram desculpa ao outro?

    • Koso says:

      Pois Miguel, mas estes camaradas aqui são uma cambada de teóricos. Nem devem sair do computador para ir beber uns copos à discoteca. Falemos melhor daqui a uns (bons) anos.

      • Hugo says:

        O Miguel acaba de formular uma hipótese (até ver) e tu tiras automaticamente a conclusão que a malta daqui nem sai do computador.
        Se isto não é “teoria” não sei o que será.

        Btw, não. Nunca cometi excessos com namoradas, mulher, amigas, fosse quem fosse.
        Claro que ás vezes tens de esticar a corda para perceber qual o próximo passo, mas quando há um NÃO e partes para o acto ninguém garante que um simples pedido de desculpas seja suficiente para reparar a situação.

  23. says:

    A EA já recolocou e vocês continuam a publicar este artigo desatualizado no facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.