PplWare Mobile

HTC Radar – Primeiras Impressões


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Bruno Silva says:

    Eu prefiro esperar pelos Dual Core, estava tentado por um Titan, mas vou esperar mais um pouco!

  2. Sim@o says:

    Boas, será possivel arranjarem por e-mail (penso que tenham acesso ao e-mail que coloco aqui que diz que não será publicado mas que os administradores tenham acesso) um .apk da aplicação MEO Remote para android pois no market é incompativel, mas penso que se tivesse o apk conseguiria funcionar bem com ela. Será que conseguem dar um link/QR CODE que não direcione para o market mas para um serviço de alojamento? ou coloquem o link aqui ou por e-mail? Obrigado

  3. amarelo says:

    boas estou indeciso entre radar e htc DESIRE S com Android, gosta que dessem uma opinião pq vou ter de decidir rapidamente.
    tks

    • Vasco says:

      Eu sou utilizador fanático e recomendo vivamente o Windows Phone (também tenho um android e por experiencia pessoal prefiro o windows, largamente)

    • Sérgio says:

      Queres a minha opinião, fruto da minha experiencia: não ligues à opinião dos outros.Então de Fanboy é fugir a sete pés.É preferível veres uns vídeos de reviews.
      Mas a primeira parte do meu post é válida para segunda

      • Vasco says:

        O comentário é justo, eu realmente acho que e falo do Windows Phone como a melhor invenção desde a maionese xD

        Mas mesmo assim gosto de tentar manter um espírito aberto. Um pouco mais abaixo num comentário com algumas das principais limitações deste SO para um utilizador mais avançado.

        De resto, o melhor mesmo é experimentar e ver para crer!

        (Mas a sério, Windows Phone > Android > IPhone!!!!) xD

        • Sérgio says:

          Atenção Vasco. Não era um ataque a ti ou qualquer fanboy. E não entendas como perjurativo se te chamar fanboy. Fanboy siginfica que se é adepto de alguma coisa de uma forma intensa. É um gosto pessoal. Por ser pessoal é que digo devemos ter cuidado com as opiniões dos outros. Porque a mulher mais bonita do mundo para mim, não o será para os outros.
          Um abraço

          • Vasco says:

            Não entendi como um ataque, só revelei o óbvio xD Até axo negativo ser um “fanboy”, se não for capaz de se admitir que existem, efectivamente, pontos fracos. Convém ter os pés na terra.

        • Carlos says:

          Desde quando é que a maionese é a maior invenção de todos os tempos???

          Toda a gente sabe que a maior invenção de todos os tempos é o pão de forma às fatias sem côdea!

        • @lmx says:

          Hummm…
          nas comparações que tenho visto na net, o N9 dá 10 a zero a este Radar com windows…

          cmps

  4. Helder says:

    Sera que o Windows Phone ainda terá “pernas” para vir a ter “hype” de novo? Não parece fácil, mas há que dar valor à Microsoft, que de certeza se vai empenhar muito nisso…
    Não sei é se os preços apresentados serão concorrenciais, e bem precisariam de ser para esse eventual “hype” poder crescer..

    • Vasco says:

      Apesar de utilizar já vai para mais de um ano e ser um fã incondicional, acho que sem apoio “psicológico” por parte das operadoras e equipamentos ainda mais barato (embora já estejam a aparecer preços aceitáveis…) o WP não vai ganhar grande “hype”.

      Agora a Microsoft está a fazer um esforço gigante de publicidade lá fora, e está a “empurrar” a máquina da Nokia a ver se salva a empresa e a imagem do SO com isto. Cá dentro é que não se vê… Não consigo compreender o lançamento em pompa e circunstancia do Nokia N9, um terminal espectacular tanto em termos de SO como de design mas “morto” à partida, e um silencio absoluto em relação ao lançamento dos Nokia 710 e 800. E é de notar que o Nokia 800 (Lumia?) tem o design igual ao do N9, a meu ver um dos pontos fortes do terminal. Já para não dizer que custam quase metade do preço da “besta MeeGo”…

      A ter em conta que a Microsoft provavelmente está a ganhar mais que a Google (lol) com cada telemóvel Android vendido ao público, por isso não se pode dizer que o sucesso comercial do Windows Phone seja essencial à sua sobrevivência.

  5. Vasco says:

    …Só não percebi muito bem o …”Embora não seja um produto completo, quando comparado com os líderes deste mercado”…

    Em que medida não consideras o SO um produto completo? 🙂 Estou curioso de saber o que possa causar AINDA essa impressão, depois do NoDo e do Mango. Pessoalmente, acho que só estão a faltar as cameras frontais, e mesmo isso já está a vir com o Omnia W…

  6. A grande duvida que eu tenho deste SO é diversidade de aplicações no market em comparação ao Android por exemplo. Claro que o Android terá mais aplicações mas gostava de ver sinceramente como esta o market deste windows phone 7.

    • Vasco says:

      Bem o que posso dizer é que o market tem uma expansão brutal, e já está tudo coberto, excepto apps da google, claro está xD

      Mas se estiveres curioso, faz-me uma lista das apps que usas no teu telemóvel e eu respondo com as equivalências no windows phone!

      • Hugo Cura says:

        Vasco, eu achava isso excelente, aliás, merecia um artigo! Existe uma ou duas dezenas de aplicações que são do género “standard” num Android ou iOS e eu próprio, mesmo se tivesse inclinado a adquirir um smartphone com WP7, ia estar de pé atrás por não saber se o Marketplace me iria ou não estar à altura do que pretendo…

        Acho que te vou mandar uma lista 😉

        • Vasco says:

          Venha daí isso, Hugo, terei todo o prazer em ajudar. Se quiseres pede ao Francisco Aragão o meu contacto, não sei se ainda estão a trabalhar com ele!

          • Rafael Ramos says:

            Se possivel publiquem essa lista ou façam um artigo sobre o assunto.
            Tb estou bastante interessado 🙂

            Obrigado e abraço

      • SamC says:

        Não são bem nomes de apps em si, mas mais nomes de apps que permitam as seguintes funcionalidades:
        Bluetooth FTP entre qualquer modelo (enviar e receber ficheiros por Bluetooth).
        Gravação de chamadas (call recording)
        Reprodutor de vídeo para múltiplos formatos (CODEC: real video, h263, XviD, etc. Containers: MKV, MP4, AVI, etc)

        É uma plataforma que acompanho com algum interesse coma alternativa ao iOS mas queria ver se não estão a cometer os mesmos “erros”

        • Vasco says:

          SamC aí tens toda a razão e realmente é provavelmente aquilo que leva o vitor a dizer que não é um SO “maduro”. Nenhuma dessas funcionalidades existe no Windows Phone e realmente apesar do zune fazer o encoding de tudo o que seja video para ver no telemovel em qualidade bastante decente, não existe por exemplo suporte para legendas, e é um mimo ver um moboplayer por exemplo num android a “mastigar” tudo direitinho. Vou aqui recuperar uma lista publicada no artigo do Vítor de revisão do Omnia 7:
          WP7 limitações especificas:
          Não possui gestor de ficheiros para todo o sistema (continua a não existir, não que seja muito necessário num telemóvel, mesmo que muita gente considere fulcral)
          Não permite transferência de ficheiros por Bluetooth
          Não possui modo de armazenamento USB
          Tem limitações a aplicações de terceiros (As aplicaçoes apenas podem ser aplicadas através do marketplace, a menos que tenhas o telemóvel developer unlocked – de notar que a microsoft permite a qualquer estudante fazer o unlock gratuitamente no seu telemóvel)
          O seu browser não suporta Flash nem Silverlight (Mas HTML5 é um mimo!)
          Super dependente do software Zune para gerir ficheiros e sincronizar com o computador
          Não tem chamadas vídeo (já é suportado em telemóveis com camera frontal, começam a surgir uns poucos modelos. de notar que suporta videochamada 3G, ou seja, sem recorrer ao plano de dados (estilo facetime, skype, tango))
          Novos toques apenas estão disponíveis através do Marketplace (já é possivel meter toques personalizados no telemóvel via zune, mas os tons de mensagem/email/notificações continuam a não ser costumizáveis)
          O player de música não tem função equalizador (e precisa? mas não, não tem. Alguns telemóveis teem funcionalidades acrescidas tipo SRS e bass boosts e por aí fora)
          Não possui multi-tarefas (multitasking) (já possui o seu modo proprio de fazer multitasking, o fast app switching)
          Não permite copiar/colar (copy/paste) (já permite, em todos os contextos)
          Não tem suporte a formatos de vídeo do tipo DivX/XviD (estes formatos são convertidos automaticamente com o Zune software) (como referido antes, o zune faz um encoding decente de todos os formatos de video)
          Até ao momento não há nenhum sinal de navegação gratuita com mapas Bing (ja existe, apesar do funcionamento ser fraco em portugal. Já existem no entanto aplicações, inclusivé da garmin, para turn by turn com suporte de mapas offline)
          Sem suporte para partilha de Internet (já tem também, apesar de limitado pelas operadoras)

          • SamC says:

            @Vasco, muito obrigado por as respostas imparciais. Estou a ver que a plataforma ainda tem muito a melhorar se quer ultrapassar a concorrência (Apple) nas lacunas que ela tem.
            Espero sinceramente que corrijam algumas direcções que estão a tomar na próxima versão.

          • RCS says:

            Deixaste aqui um comentário importante. Ao lê-lo apercebi-me que o Windows Phone ainda está muito longe daquilo que procuro e me dá gozo num smartphone. E o que é isso? -> Flexibilidade. Neste aspecto não há mais nenhum como o android.

          • Vasco says:

            Ena, já esgotámos os niveis de respostas! Peço desde já desculpa ao pplware pelo spam xD

            @sam, disseste aí uma nuance que para mim vale ouro. A referência à apple como concorrência.
            Gostava que fosses à lista que eu referi e me dissesses quais as funcionalidades nela presentes que são suportadas no IoS5.

            Dou-te já de borla que o IoS continua a não suportar videochamada 3G, só através do plano de dados/wifi.

            Na minha humilde e pessoal opinião o iPhone continua a sobreviver numa verdadeira onda de hype and fanboysm – mesmo que não vá ao ponto de dizer que é um mau SO/Equipamento – mas apesar de ser a comparacão mais directa ao WP, eu acho que o verdadeiro competidor aqui é o Android mesmo.

            Mas a sério, não te esqueças de me dizer quantas das “limitações” citadas do Windows Phone são cobertas pelo iPhone.

        • a friend® says:

          Pelo menos nos EUA, gravação de chamadas é ilegal e na Europa penso que o mesmo.

          Por essa razão é que dificilmente virá nativamente uma opção dessas neste tipo de smartphones.

          Bluetooth FTP só funcionaria em sistemas operativos que usem sistema de ficheiros. No iOS, pelo menos, essa opção é inexistente porque as Apps são em Sandboxes e não permitem a leitura e escrita de outras apps.

          Só se um dia adoptarem um sistema/camada de sistema de ficheiros que todas as apps consigam ler e escrever, é que a opção FTP bluetooth será possível.

          • Carlos says:

            Não só de chamadas…

            Até mesmo gravar uma aula, por exemplo, é ilegal.

            No entanto ambas as atividades são legais se se tiver autorização e por isso o telemóvel não devia impossibilitar a gravação de chamadas.

        • SamC says:

          Oi Vasco, obrigado novamente por o teu comentário. O que eu disse é que, citando novamente: “…se quer ultrapassar a concorrência (Apple) nas lacunas que ela tem…”
          Ou seja, apontei alguns dos “defeitos” que eu vejo no iOS.

          Quanto à minha opinião, acho que embora o concorrente mais directo à primeira vista pareça o Android, segundo o modelo que estão a desenvolver a plataforma, será o iOS. O Android, já tem a sua filosofia própria como “sistema aberto”, com uma grande comunidade que está pronta a criar aplicações/desenvolver modificações. Mesmo que o sistema operativo não traga de raiz algumas funcionalidades, existem aplicações para fazer praticamente tudo o que se quer (nos exemplos que dei acima).

          A Windows Phone, aposta num market controlado como a Apple (deixo de fora o Jailbreak e as contas Dev no WP7) e a não inclusão de funcionalidades para ter um sistema mais seguro e que funcione bem.

          É mais fácil não incluir o bluetooth do que expor o sistema a vírus ou problemas similares. Depois também livram-se dos problemas de envio de ficheiros com possível Copyright, etc… Mas embora seja uma estratégia, preferia que a Microsoft investisse e alargasse mais o leque.

          Quanto à gravação de chamadas, quer seja ilegal ou não, não deve ser o fabricante a impedir tal (tem-se essa funcionalidade no Android e até nos velhinhos Symbians). Também é ilegal ter MP3 pirata e o leitor de áudio não faz uma distinção para ver quais ficheiros estão licenciados. Por isso o que o Carlos disse, foi um óptimo comentário!

          • a friend® says:

            Mas a gravação de chamadas também está ligado aos API’s disponibilizados.

            Quer a Apple, quer a Microsoft, não os devem fornecer a apps de terceiros, durante a chamada.

            Por isso é que pelo menos no iPhone, é possível gravar chamadas, mas apenas em apps que recorrem a chamadas VOIP. Existem umas quantas na AppStore.

      • Nuno says:

        Alguém conhece uma aplicação de controlo de tráfego 3g para WP7? Considero uma aplicação muito útil e até à data nunca encontrei nenhuma…

  7. Hugo Cura says:

    Gosto bastante do design deste Radar e tenho alguma ambição em experimentar a fundo este WP Mango para sentir o verdadeiro trabalho da Microsoft. Esperemos que vingue e chegue ao patamar onde os outros dois já estão.

    Excelentes impressões Vítor 😉

  8. Bom artigo Vítor.

    O Windows Mobile está a ficar cada vez mais ao nível de um Android ou de um iOS, e para quem quer um telemóvel onde tudo “funcione” recomendo vivamente um aparelho destes 😉

    • Vasco says:

      Atenção, Windows Mobile é o SO Móvel anterior da Microsoft, largamente associado a falhas e entupimentos (má gestão de memória por exemplo, mas a nivel de costumização e programação encostava o Android a um canto, embora de uma maneira tipicamente “Windows” – dores de cabeça por todo o lado)

      Isto é o Windows Phone

  9. miguelmpn says:

    Bem rápido e fluido…

  10. a friend® says:

    Máquina interessante, boa analise.

    Estou a pensar em adquirir um para explorar melhor e possivelmente usar como segundo telefone. Vamos lá ver se este natal vai ser auto-generoso. 😀

    O video foi filmado com um iPhone?! 😀 … já davam é nas orelhas do Sapo para pôr um Player em HD e de preferência com já pronto para HTML5… como portugueses deviamos ser pioneiros na adopção de novos standards!

  11. SatoMew says:

    Excelente análise, Vítor. Ando seriamente a pensar adquirir um smartphone com o Windows Phone para substituir o meu velhinho iPhone 3G e este parece-me bastante apelativo. ;P O único senão é o Bing ainda ser limitado fora dos EUA mas esperemos que a Microsoft decida
    melhorar o suporte internacional.

    O pessoal tem de deixar de lado a perspectiva de que um smartphone com um processador single core é tecnicamente inferior a um com um processador dual core. Primeiro porque só se tem vantagem no dual core se o software tirar partido do mesmo. E em segundo pela autonomia das baterias ser inferior devido ao maior dispêndio de energia para alimentar o processador. A Microsoft, quando desenvolveu o Windows Phone 7 e decidiu impôr padrões no hardware dos smartphones com o SO, pensou nos detalhes todos e é por isso que smartphones com Windows
    Phone e processadores dual core só virão mais tarde. 😉

    • RCS says:

      Um telefone com dual core gasta mais bateria ? Só quando estás a utilizar o processador intensivamente. Isto funciona exactamente na mesma medida em que os processadores da há 1 ano atrás gastam mais energia do que os actuais. A mesma coisa se passa com outras funções do tlm, há uns tempos ter o wifi ligado num smartphone gastava a bateria muito mais rapidamente do que hoje em dia. Os chips estão em constante evolução. Não penses que um quad-core de amanhã gasta mais do que um single core de ontem na maioria das funções que o tlm faz diariamente.

      • SatoMew says:

        Compreendo o que dizes e tens razão mas não te esqueças de que só terás vantagem num processador dual core se o software for programado para o aproveitar bem. Isso foi algo que disse logo no post inicial. O facto é que esta e outras limitações que a Microsoft impôs no Windows Phone foram com o objectivo de assegurar a estabilidade do sistema e garantir um produto de qualidade ao consumidor. Além de não se poder esperar que o Windows Phone seja flexível como o Android no que toca à parte de aceder ao sistema de ficheiros e de modificar componentes do sistema conforme as vontades e os gostos. E não é algo que a Microsoft vá alterar, o objectivo deles é criar essas limitações para melhorar a experiência do utilizador. Por vezes, a maior liberdade de opções prejudica em vez de ajudar e o Android sofre e destaca-se ao mesmo tempo por essas características. 😉

  12. Vítor M. says:

    Confesso que gosto bastante do Windows Phone 7, acho-o muito prático e sem entrar em rodeio desnecessários. Um dia… não sei quando, mas se um dia a Microsoft lhe der retro-compatibilidade com um mundo de aplicações desenvolvidas para o Windows Mobile… este será um sistema operativo que deixará as suas marcas 😉

    • Vasco says:

      Vítor, não me parece que essa retro-compatibilidade vá acontecer. As apps para Windows Mobile assentavam essencialmente em programação do género WFA, isto é tudo XAML e Silverlight. O mais que podem acontecer é desenvolvimento de novas apps muito interessantes – de resto, a Ms dá um apoio aos programadores Indie simplesmente fenomenal, até em Portugal – Sabias que temos uns quantos “Evangelists” oficiais do WP7 em Portugal?

    • SatoMew says:

      Hehe, um homem pode sonhar, né Vítor? 😀 Agora falando a sério, duvido que eles adicionem retrocompatibilidade a software da era Windows Mobile, pelo simples facto de terem sido os problemas que o mesmo tinha que levaram a Microsoft a reconstruir o seu sistema operativo para dispositivos móveis. E se o Vítor se recorda de como era o Windows Mobile, com certeza notará que até era semelhante ao Android hoje em dia relativamente à sua abertura no que o utilizador pode usufruir do sistema. Contudo, a Microsoft mudou o paradigma e decidiu fechar o seu sistema que, embora tenha criado limitações, evita os problemas que muitos utilizadores do Android verificam quando necessitam de aguardar pelas fabricantes e/ou operadoras para actualizar o sistema do seu smartphone, entre outras situações menos agradáveis. 😉

      • a friend® says:

        Basicamente o Android copiou o SO ao iOS, mas adoptou o “sistema” do Windows Mobile, que por sua vez foi este foi descontinuado por falta de controle e deu origem ao WindowsPhone, totalmente ORIGINAL em termos de interface, apenas com a adopção do “sistema” usado pelo iOS em termos de molde.

        A tecnologia tem destes “loops” engraçados 😀
        Uns a aprenderem com os outros. Daí a rivalidade ser algo sempre importante.

        WindowsPhone está no caminho certo. Muito verde ainda mas aponta o sentido certo e é isso que me está a cativar neste sistema.

      • Vítor M. says:

        Poder sonhar pode 😀 e que falta isso me fazia, acredita…. eu trabalho todos os dias com o Windows Mobile… desde 1998 (Windows CE)…

    • SamC says:

      Ora que nunca se sabe, se tal será possível, com o maior poder de processamento existente e com tecnologias de virtualização não vejo como não será possível emular aplicações mais simples daquelas utilizadas a nível empresarial.
      Isso seria uma mais valia para alguns utilizadores empresariais fazerem a migração, mas iria um bocado contra a filosofia da plataforma: Aplicações a funcionarem fluidamente e com um design característico do WP7.

  13. Ryan says:

    Pelo preco aqui esta uma maquina, tendo eu umas sobras financeiras, que poderia comprar. Como amador das coisas da radio por acaso acho que hoje em dia deveria ser obrigatorio todos os telefones terem essa funcao e para mim alem do habitual num telefone de topo uma das muitas coisas que me faz fugir do iPhone e o Radio FM.
    Quanto ao telefone em si parece-me ser uma maquina interessante pelo excelente artigo aqui deixado.
    Eu acho que nao se deve ignorar o WinPhone7. Ja brinquei com um HTC ha uns tempos e nao estava mau. Exactamente como se disse falta um pouco de maturacao ao SO e que alguem mais aposte nele. De certeza que os developers vao aparecer e para quem quer as aplicacoes do costume elas irao surgir.
    Com o surgimento da Nokia com o WinPhone7 obviamente que a concorrencia quer mostrar servico. Samsung e HTC ja tinham produtos com este SO agora vao apostar um pouco mais.
    Alguem que compre o WebOS porque para mim o mercado tem espaco para pelo menos mais uma ou duas plataformas.
    Quando as financas assim permitirem acho que vou apostar num telefone com o WinPhone7

    • Carlos says:

      Não sei como é o rádio neste HTC mas se for como o do Omnia 7, é fenomenalmente mau.

      Rádio FM bom, diria mesmo espetacular, é o do Samsung H1 (também conhecido como Vodafone 360 H1).

  14. Carlos says:

    Quem foi o imbecil que traduziu “People” por “Contactos”?

    E quem foi a cavalgadura que aprovou essa tradução?

    Caramba, toda a publicidade da Microsoft ao Windows Phone é à volta das pessoas, que o Windows Phone não tem contactos, tem pessoas, que é o telemóvel das pessoas e vêm estas bestas e tiram as pessoas do home screen.

    E eu que já estava a ficar preocupado que a Microsoft dão dava tiros nos pés desta vez… Já estou mais descansado!

    • Valente says:

      … imbecil … c…. b…. não gostei.
      Não havia “nechechidade” aqui… como dizia o outro.

      Desculpa

      • Carlos says:

        Bom, pessoas que não percebem os conceitos centrais dos produtos em que trabalham da empresa onde trabalham são o quê? Para além de incompetentes, obviamente…

        A ideia de ser um telemóvel centrado nas pessoas é uma das ideias centrais do Windows Phone, senão mesmo a ideia fundamental. O People Hub não se chama People Hub por acaso, não é só porque é um nome diferente de “Contacts”, é porque é um conceito diferente.

        Traduzir “People” por “Contactos” para além de errado dá logo cabo dessa ideia.

        Pode parecer um pequeno pormenor, mas não é, é um erro monumental.

    • Vasco says:

      Realmente… xD

      Eu ainda tenho o meu em Inglês, mas bem que podiam ter feito a tradução directa para pessoas!

    • a friend® says:

      Suspeito que contrataram o tradutor dos titulos dos filmes…

    • SatoMew says:

      Não é preciso ofender as pessoas. As traduções têm várias possibilidades e é por isso que não se pode traduzir tudo «à letra». Mais ainda, a tradução apropriada é subjectiva à(s) pessoa(s) encarregue(s) desse trabalho. 😉

  15. Jorge Ribeiro says:

    Eu não conheço nenhum SO maduro ainda bem, o que seria de nós.

  16. Valente says:

    Apreciei mas estes dispositivos já são muito pequenos para os meus olhos. Se aparecesse por aí um tablet de 7″ com este windows ainda gostava de ver. Mas um com o W8 ainda hei-de ter.

  17. Rui S. says:

    Excelente tópico Vítor! PPLware rules… 😉

  18. nandol says:

    boas,ha mta diferença entre o RADAR e o SAMSUNG FOCUS?
    (tava a pensar mandar vir d states o focus a bom preço,atraves de amigo,mas vi este artigo,e…)

    obg

    • Vasco says:

      Regra geral a Samsung ganha brutalmente em termos de ecrã. aparte isso a diferença deverá ser essencialmente estética. Pergunta ao teu amigo por um Focus Flash ou um Focus S, nesses já a diferença considerável, incluindo camera frontal e videochamada. E se ele arranjar preços bacanos manda vir um Focus S para mim! 😀

  19. lucas castro says:

    ZTE Tania ou HTC Radar? minha atual dúvida… To querendo um WP branco pra diferenciar um pouco. O ZTE me tenta pelo tamanho da tela, mas me distancia pelos 4 GB de armazenamento… ou melhor, pelos 2,5 GB aproximadamente livres.. sugestões?

  20. Soke says:

    Gostaria de saber, como faço para manter o meu Htc radar windows 7.5 em dia, isto ee, não consigo baixar nada quando tento, pedi para criar uma conta no windows live ID tento criar mas não tem dado certo.

    Sera que tenho que atualizar, e como faço?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.