PplWare Mobile

Arquivo do Registo Automóvel passa de Lisboa para a Guarda


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. zebixo says:

    Deslocalizacao. Grande noticia, e eu nem sou da Guarda

  2. joker says:

    Hum… Guarda… Lembro-me de noticias recentes sobre o seu presidente de câmara… E de outro antes deste. Coincidências 🙂
    Por outro lado, são em todo o lado iguais por isso tanto faz
    Ah, e também sou da Guarfa

  3. xpto says:

    Portanto descentralização de serviços=envio de arquivo (MORTO) para fora de LIsboa, Boa.
    Que serviço é que este arquivo presta ou pode prestar ao cidadão ? zero.

    • Miguel says:

      Claro que é arquivo morto que certamente não ocupa mais de 1 disco de 1 Tera, mas assim o governo mostra que se preocupa com o interior… lol!
      Na volta estão a precisar do espaço onde eram as instalações espero que também nesta parte não exista negociatas por trás…

  4. António Quinaz says:

    Bom dia Pedro.
    Não há nenhum erro na informação …
    “O município de Seia da Rede Informática do Governo (RInG) vai ter como responsabilidade o alojamento das cópias de segurança da Rede Informática do Governo (RInG), a cargo do Centro de Gestão da Rede Informática do Governo.”. O único DC que conheço em Seia com alguma qualidade é o do Municipio mas não me parece que tenha dimensão para este tipo de alojamento. Ou será que vão construir um “novo” DC em Seia?. Ou é apenas arquivo de tapes? … Até já

  5. PauloT says:

    Ja agora podia colocar os login dos utilizadores e as password dos administradores para nos podermos da uma olhada. … A mania das empresas divulgarem determinados dados para a malta mal intencionada ter o trabalho mais facilitado. Ainda bem que os tugas dao-se bem com toda a gente e ninguém vêm pra ca piratear a seria. 😀

  6. Luís Martins says:

    Se quiserem verdadeiramente descentralizar nada como deslocalizar o parlamento para a Antárctida , pois é um local que ainda não está poluído pela gatunagem , corrupção e imbecilidade dos nossos políticos e governantes que sao especialistas na passagem de “atestados de imbecilidade” ao povo Tuga e eu como sou um grande imbecil porque não fugi deste país de atrasados mentais, lá terei de pagar todos os roubos e gestões danosas dos governantes eleitos pelo povo Tuga um povo que agora ser roubado e enrabado por pesados impostos.

    • Maria says:

      A maior parte paga em impostos o que outros colocam em offshores ou recebem por fora, desde o trolha até ao banqueiro…, resunindo, se os politicos vêm do povo… vêm com as mesmas virtudes e defeitos

  7. Luís Martins says:

    Errata: “um povo que agora ser roubado” =” um povo que adora ser roubado”

  8. André Paraíso says:

    Tudo bem que o Concelho de Seia pertence ao Distrito da Guarda, mas podiam dar um pouco mais de notoriedade a uma localidade mais velha que Portugal, em vez de ser apenas uma pequena palavra que quase passa despercebida na noticia 🙁

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.