Quantcast
PplWare Mobile

Governo proíbe corte de água, luz, gás e telecomunicações até março

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Elektro says:

    É mesmo para rir, o governo a considerar a Luz pela 1ª vez serviço essencial ? Podemos recordar como esses alguns desses serviços são considerados bens de luxo (apesar de serem sim essenciais) e como tal têm imposto de bem comum, os ditos 23% ?

    • PeterSnows says:

      +1
      Quando são os outros a suportar o custo (neste caso as empresas fornecedoras), é de primeira necessidade
      Quando é para cobrar impostos, são produtos de luxo, ate devia ser taxado a 30%

      LOL

  2. diogo says:

    água, luz, agora são bens essenciais?
    Na altura de os vender a privados não pensaram nisso, governantes de meia tijela é o que temos a 40 anos a ser gamados sempre pelos mesmos 2 partidos!

  3. alt.menino says:

    Engana-me que eu gosto.

  4. Luís Costa says:

    Isto é mesmo a país socialista, não se tenta gerar riqueza mas sim andar a espalhar subsídios para tudo e mais alguma coisa, se for empresas que estejam com a corda no pescoço terão de aguentar com os incumpridores é isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.