PplWare Mobile

Google prepara-se para criar os seus próprios carros autónomos


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Sergio J says:

    Não percebi bem, a Google vai chamar a si a construção para reduzir custos?
    A industria automóvel esta madura a nível de processos e uma cadeia complexa de empresas satélite de acessórios. Isto terá que ser sempre feito em parceria se o objectivo for reduzir custos.

    Taxis, prindicalho em cima do tejadilho. Local ideal para dissimular as câmaras. Só eu é que estou a ver a ligação? Obviamente que não serei.

    A decisão de começar primeiro pelos taxis não terá a ver com a aquisição da tal empresa. A ser verdade, faz mais sentido a compra da empresa ser uma consequência de avançarem primeiro para os taxis e não o contrario.

  2. Benchmark do iPhone 5 says:

    Estes links, em inglês, têm mais pormenores:

    EXCLUSIVE: Google Designing Its Own Self-Driving Car, Considers ‘Robo Taxi
    http://jessicalessin.com/2013/08/23/exclusive-google-designing-its-own-self-driving-car-considers-robo-taxi-2/

    No fim do artigo tem um link para outro: The Promise and Perils of Self-Driving Cars

    Faz sentido a Google começar pelos taxis que, agora, levam um condutor para emergências/falhas de software. Mas a ideia é chegar aos carros familiares, ou à sua substituição por robot-taxis, considerando poupanças significativas por não se pagar preço de aquisição + seguros + combustíveis + manutenção e reparaçäo + estacionamento. A Google pode ter feito contas do tipo: “por x por mês, levamo-lo de casa para o trabalho no período de tempo mais curto” e valer a pena). Nos carros familiares também as várias marcas estão a desenvolver formas de conduçào automatizada, mas só nas partes mais chatas. Para a condução em filas de trânsito para-arranca a Mercedes está a desenvolver um Classe A que regula a velocidade pelo carro da frente e o de trás e mantém o carro no centro da faixa, sem precisar do condutor.

  3. Darktux says:

    Eh eh, com a google a entrar no segmento dos taxis vamos ter viagens à borla mas vamos ter fazer login com a google account e de ver publicidade durante o percurso.

  4. fLaSh says:

    Uma realidade incrivel, a google está muito a frente a nivel de tecnologia.. acredito que em futuro proximo compre mesmo uma marca de automoveis como fez com a motorola..

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Ya, Tem muito dinheiro para perder.

      • So_true says:

        Mais uma gaffe… queras dizer “investir” (com risco, se quiseres) e é assim que se vai construindo o futuro… é claro que depois a Apple (ou similar) vai pegar na ideia (se bem sucedida) e fazer uns veículos autónomos “em alumínio”, sem publicidade, com menos avarias, por um preço exorbitante, para muitos comprarem e depois poderem dizer que fazem parte da restrita elite com dinheiro para o comprar e que percebem muito de tecnologia (apesar de não saberem sequer o que é um bit).

  5. MarioM says:

    Paneleirices.
    Não sabem onde gastar dinheiro,inventam.

  6. Cap says:

    Google + TESLA = Solução para renovar a economia dos USA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.