Quantcast
PplWare Mobile

Identificados os 20 planetas com mais semelhanças com a Terra

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Bruh says:

    Isto é tudo muito bonito mas, no dia em que descobrirem se estes planetas realmente teem vida ou não, já nenhum de nós vai esta por cá. :,(

  2. Jorge says:

    Pelo menos existirá um plano B ou C ou qualquer outro, quando a Terra se tornar inabitável, graças á ganância das multinacionais cotadas em bolsa. Os nossos tris / quadris netos ou mais ainda, terão uma opção, coisa que agora não existe. É a minha convicção.

  3. Jorge says:

    Ah e tal, a viagem vai demorar um século. Seja, mas continua a ser opção.
    Abraço

  4. Fernando says:

    Vamos é povoar as luas de Júpiter quando o sol se tornar uma gigante vermelha. Se conseguirmos isso já me dou por contente.

  5. VaGNaroK says:

    legal, mesmo que criem uma nave espacial que consiga viajar na velocidade da luz, supondo que o exoplaneta mais próximo suscetível a vida tenha aproximadamente 100 anos luz de distância, só vai levar… humm… deixa eu ver…. sobe 5, 9 fora. haa, sei lá. perdi até as contas.

    • CMatomic says:

      A velocidade Luz , já é considerada uma velocidade muito lenta , para as viagens instalares, a tecnologia wrap ou seja dobramento espacial será a forma mais rápida de viajar no espaço , cientistas da NASA estão a testar em laboratório possibilidade do dobramento espacial , numa viagem ao sistema estrelar mais próximo do nosso sistema solar a velocidade da luz levaria 4 anos , com o dobramento espacial poderia apenas levar duas semanas .

      • CMatomic says:

        *interstelares

      • Bruno M. says:

        O dobramento espacial é nada mais, nada menos que a alta velocidade que um objecto atravesaria o espaço. O espaço, na realidade, não se dobraria per se.. 😀

        • CMatomic says:

          Pelo tenho lido:
          No dobramento espacial a nave fica estática enquanto viaja pelo espaço , e o que se movimenta é o espaço , não sou estudioso na matéria , mas na relatividade nada pode ultrapassar a velocidade da luz , excepto o espaço em si .

  6. George Orwell says:

    É sempre bom saber que o ser humano continua a sua odisseia no conhecimento do universo e seus mistérios e que o Pplware nos vai fazendo o favor de dar notícia, como esta referente à sonda Kepler pesquisando o mundo físico dos exoplanetas.

    Porém, existe mais vida para além do mundo físico a carecer da descoberta e quem sabe se a Kepler não nos venha a dar alguma pista.
    Na verdade, para além do mundo físico existem o mundo da consciência inerente ao ser humano e o mundo Pitagórico/Platónico das formas matemáticas ( foram Pitágoras e Platão os primeiros a considerar um mundo de formas matemáticas perfeitas antecedentes ao ser humano, corroborados muito mais tarde por Galileu quando este afirmou que “O livro do mundo está escrito em linguagem matemática.”)

    Assim sendo, somos forçados a concluir que o mundo primordial ou primário é o mundo transcendente das formas matemáticas que o ser humano, utilizando a sua consciência, é capaz de descobrir e utilizar. De facto, para pode fazer funcionar um qualquer computador, desde o Raspberry Pi ou o incontornável “smartphone”, todos eles concebidos pela consciência de um humano que os dotou de hardware e software é necessário também recorrer a formas matemáticas primordiais, por exemplo a mera matemática binária de zeros e uns, E são poucos os eminentes matemáticos, p.e. o britânico “sir” Roger Penrose, que não defendam o carácter primário e antecedente das formas matemáticas.

    Sendo tais formas matemáticas imateriais é difícil acreditar que as devemos à matéria física.
    Também não as devemos ao ser humano uma vez que o antecedem e transcendem remontando à singularidade do início do espaço-tempo.
    A quem devemos então estas formas matemáticas imateriais, perfeitas e belas que transcendem o ser humano ?
    Isto leva-nos inevitavelmente à necessidade uma ontologia de um inteligência superior transcendente capaz de conceber o hardware e o software do universo e eventual multiverso finitos e contingentes.

    Na verdade, supor que os fenómenos físicos relativos à matéria são em exclusivo capazes de criar TUDO E MAIS QUE TUDO, nomeadamente universo e multiverso, seres conscientes como o ser humano, formas matemáticas primárias, é supor que um hardware pode criar o seu próprio software como se tudo se resumisse a um “it from bit”, o que não acontece com o meu computador mas que seria muito útil pois assim evitava um “blue screen of dead” ou “kernel panic”.

    • luislelis says:

      1 Amen transcendente!
      Resumindo?

    • Insider says:

      Nunca estive onde estás. Tomaste uma posição, escolheste um dogma, e assassinaste o filósofo.

      • George Orwell says:

        Compreendo e agrada-me a tua afirmação por ser intelectualmente honesta e desafiadora.

        Mas temo que não compreendas a minha. Para mim, dogmático é, por exemplo, explicar tudo com base matéria não deixando espaço para mais nada, nem sequer numa réstia de dúvida metódica que aponte para mais vida além da matéria sob pena de “assassinar o filósofo”.

        Mal andaria a filosofia se esta apenas começasse e acabasse na matéria. Para isso temos as ciências da natureza.

        Se, numa distopia, houvesse campos de recuperação como pena para quem perfilha tal interrogação “assassina” certamente que teriam de colocar arame farpado por mais de metade do planeta já que a maioria dos seres humanos também partilham uma filosofia própria que igualmente os conduz a algo para além da matéria e seria com enorme satisfação que eu cumpriria tal pena pois ali iria também encontrar personalidades muito interessantes como Albert Einstein, Descartes, Leibniz, Platão, Espinoza etc. . Como seria feliz !

  7. Valter Russo says:

    pois pois, mas duvido que encontrem algum pokemon por la’…

  8. Homo Erectíssimo says:

    Dizem que há mais estrelas no universo que grãos de areia em todas as praias do mundo.E eu pergunto,será que não há só uma(eu pergunto mesmo,só uma),raça extraterrestre que exista nele,além da raça humana ?? Não me digam que só existe a raça humana como espécie inteligente neste universo !! Será que raças existentes(ou não) noutros planetas já desapareceram de vez ?? Então todo o esforço que a humanidade tem feito até agora em busca de inteligência extraterrestre seria completamente em vão.Nem quero acreditar que signifique isso,mas podemos nunca vir a encontrar nenhuma raça alienígena até ao fim dos nossos dias.A raça humana até se poderá extinguir sem conhecer outra qualquer raça de outro planeta,mas é verdade,por incrível que possa parecer.Que desperdício de tempo será se não encontrarmos ninguém.

    • CMatomic says:

      De certeza que existem mais espécies inteligentes no universo , e muitas delas sabem que a Terra tem vida inteligente , mas o contacto directo é evitado .

      • Rui C. says:

        Porque razão não querem eles comunicar connosco?
        Achas que estão numa de observação ou pura e simplesmente não querem saber?

        O que é verdade é que com um universo tão vasto, chego até a afirmar que seja INFINITO, é uma perda de espaço incrível caso, a raça humana seja a única raça inteligente .

        • CMatomic says:

          Poderá existir vários factores , o mais básico é aceitação do aspecto físico , entre outros factores , a descriminação entre seres Humanos .
          Outras razões, as politicas terrestres , que praticamente são baseadas muitas das vezes em faixadas .
          O mundo Humano é hostil , as espécies de outros sistemas estrelares com tecnologias avançadas , não iriam estar interessadas em partilhar conhecimento com uma espécie como a nossa .

      • Bruno M. says:

        @CMatomic – +1!!

        @ Homo Erectíssimo:
        As pessoas preferem acreditar-se num ser que nunca viram, invisivil e que é “todo poderoso” ao invés de seres de outros planetas… que é bem mais provável!!

  9. Sergio says:

    Ler estes comentários ( de qualidade) e logo de manhã, atou-me quase um nó no cérebro..grande parte das vezes prefiro nem pensar no inicio nem no fim.. Já agora vejam a série Waywad Pines, bastante interessante para quem discute estas filosofias.

  10. JorgeM says:

    Porque colocam de fora as possibilidades de descobrirmos seres menos evoluídos que nós, ou seres cuja morfologia será diferente da nossa. Até podem não ser visíveis aos nossos olhos, comunicarem de forma diferente?

    • CMatomic says:

      Menos evolvidos que nos , só se forem tipo chimpanzés .
      Achas que fazia sentido lhes explicar as ciências da matemática , ou davas logo uma arma para as mãos dessa espécie menos evolvida e depois dizias , agora já se podem defender de ameaças externa ao vosso planeta .
      Seres com outra morfologia :
      Não estas a espera que um golfinho construa uma maquina ou que um polvo faça o mesmo , existe um conjunto factores , para que as raças mais inteligentes sejam semelhantes a nossa em termos de anatomia .
      ” Até podem não ser visíveis aos nossos olhos, comunicarem de forma diferente?”
      Sim pode-ser bem real , alias pode já ser real a presença extraterrestre no nosso planeta e nos não notarmos a sua presença, ou então os que notam são ignorados pelos seus semelhantes , como gente louca,paranóica ou doente , espera isso já acontece neste planeta .

  11. George Orwell says:

    Interrogação bem interessante, esta de JorgeM.
    Partindo de um princípio de fecundidade formulado pela primeira vez por Platão, mais recentemente reformulado no sentido que existirem proposições intemporais auto-suficientes por conterem em si a sua própria explicação, de que é exemplo mais acabado a afirmação de que “todos os mundos são possíveis”, esta hipótese levantada por JorgeM insere-se igualmente no domínio do possível.

    Restaria apenas a dúvida sobre os critérios com que poderíamos contar para aferir sobre qual das formas de vida seria a mais evoluída já que, na hipótese dos seres imaginados por JorgeM, eles seriam tão díspares e sem qualquer categorizável afinidade connosco o que impediria uma comparação objectiva.

    Mas, voltando à afirmação intemporal de que “todos os mundos são possíveis” e tendo em conta a natureza finita do nosso universo – é a Física Teórica que o afirma com base na radiação cósmica de fundo conjugada com a Lei de Hubble que lhe permitiu atribuir 14 biliões de anos após a singularidade inicial e a constatação de que ainda se encontra em expansão, podendo até haver uma retracção ou “big crunch” – porque não igualmente admitir uma realidade INFINITA para além da realidade FINITA cientificamente comprovada do nosso universo físico ?

    Na verdade, se a nossa consciência permite vislumbrar o dualismo da dialectica dos contrários por toda a parte ( bemmal, belofeio, dianoite, femininomasculino, calor frio, … etc, nunca mais acabava ) como poderemos excluir o INFINITO oposto ao FINITO, no mínimo como uma possibilidade ??

    Para mim, um ser INFINITO é uma necessidade que um universo finito e contingente não pode dispensar ou excluir, aliás, estão aí as formas matemáticas imateriais, perfeitas e belas que modelam este universo físico como revelação de uma inteligência superior, foi esta a ilação que Albert Einstein tirou.

    Diria mais, tendo em conta que, tragicamente, dois dos oito países do clube nuclear têm nos seus arsenais nucleares mais de vinte mil armas atómicas e fazendo minhas as avisadas palavras de comentadores que aqui seriamente prevêem a extinção ser humano, tal ser INFINITO não só é necessário no início mas como também no nosso fim uma vez que só ele nos pode salvar.

    Não é por acaso que a maioria das pessoas do mundo, desde o mais humilde cidadão até ao mais refinado cientista ( p.e. Einstein ) chegam, na sua essência, à mesma conclusão.

  12. Bildo Chadreque says:

    Hummmm muito aprendi dos vossos comentários.
    No que tange a existência ou não de seres mais inteligentes que o ser humano, acredito que existem e que estejam colonizando outros planetas. Se ainda não entraram em um “provável” choque com o nosso talvez porque o nosso sistema solar não lhes favorece tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.