PplWare Mobile

90% do fluxo de Bitcoin é baseado em especulação, afirma especialista


Fonte: CNBC

Redator

Destaques PPLWARE

  1. Fixo says:

    Surpresa!!!
    É que a evolução da cotação da Bitcoin não aponta nada para isso 😉
    – Início de 2017 – 900 USD
    – finais de 2017 – chegou aos 20.000 USD
    – mais baixo a seguir – 3.200 USD
    – 13/08/2019– 10.900 USD
    – hoje – 10.131 USD
    Se comprarem criptomoedas não se esqueçam que estão a fazer especulação. E que a primeira regra é – não gastem as vossas poupanças, não joguem dinheiro que vos faça falta.
    “Ah, mas o gajo do post é da banca tradicional, está a dizer isto porque lhe convém” Não liguem ao que ele ou outros digam. Olhem para as cotações e vejam se não evidenciam especulação.

    Moedas a sério, como o euro, o dólar ou RMB (China) quando têm variações de 2% já é um caso sério Por isso têm bancos centrais a defender a cotação da sua moeda – se estiver a cair muito compram-na e vendem-na se for o contrário. E têm outros instrumentos para procurar garantir a cotação que mais lhes convém.
    Nas criptomoedas não há guarda-chuva.

    • SANDOKAN 1513 says:

      “Se comprarem criptomoedas não se esqueçam que estão a fazer especulação.E que a primeira regra é – não gastem as vossas poupanças,não joguem dinheiro que vos faça falta.” // “Nas criptomoedas não há guarda-chuva.” Só nestas 2 frases você falou tudo.

    • Louro says:

      Como é obvio há especulacao, quanto mais pessoas existirem a querer comprar, mais o valor irá subir o contrário irá fazer descer.

      Quanto aos 2%, acho que a libra esterlina se riu enquanto se lembrava que entre lembrava do dia 23 de Junho de 2016

      • Fixo says:

        A cotação das moedas podem flutuar livremente ou com intervenção do respetivo banco central (no caso do euro o BCE, no caso da libra o Banco de Inglaterra).
        O normal é que o banco central intervenha quando a cotação varia mais de 2% (está acontecer agora com o RMB). Não quer dizer que consiga (ou lhe interesse) manter o desvio nos 2% e que o desvio não continui a aumentar. Mas sem a sua intervenção o desvio era maior.
        Nada disso existe nas criptomoedas. Não há guarda chuva. Uma chuvinha especulativa e lá vai por água abaixo.
        Não perceber isto vai dar desastre.

  2. Dhaaa says:

    E quanto dos dólares são usados para a economia real e quantos são usados nos mercados financeiros todos os dias? Há números? Tomemos por exemplo os EUA, num dos dias antes do Natal, onde o volume de compras é enorme, qual é o volume de dinheiro movimentado pelas pessoas nesse dia?
    E depois é comparar isso com o volume que se movimentou por dia no NASDAQ + CME + NYSE.
    Depois quem ainda têm dúvidas fica de boca aberta com tamanha diferença, e percebe então que a maioria do dinheiro circula não na “economia real” mas na “economia digital”.

    • Fixo says:

      E qual é cotação do dólar antes e depois do Natal ou em períodos mais longos? As cotações das moedas re referência variam, mas dentro de uma certa banda. Por isso são reservas de valor – guardas agora 1000 dólares, euros ou RMB e daqui por um ano ou cinco têm sensivelmente o mesmo poder de compra.
      Com 1 BTC (bitcoin) podes dizer o mesmo?
      Isso é que distingue a moeda de um recibo de uma aposta.

      • Milhais says:

        Olha que nao. Se falasses que tens o mesmo valor de euros, agora falar de poder de compra estas a mentir, tens uma coisa chamada inflacao. Guardas 1000 euros, daqui a 10 anos nao tens nem de perto o mesmo poder de compra.

        • Fixo says:

          Eu não disse dez anos, disse um ou cinco.
          Na Europa o objetivo para a inflação porque se orienta a política monetária do BCE é manter a inflação em torno dos 2% (menos também não é bom).
          Então daqui por um ano ou mesmo cinco, 1000€ têm sensivelmente o mesmo poder de compra – foi o que escrevi.
          1 BTC é uma lotaria – daqui a um ano ou cinco tanto pode valer mais (comprar mais do comprava agora) como menos (comprar menos ou quase nada).

        • simples says:

          Com 1 BTC não tens nem em 2016 nem agora e provavelmente nem em 2020 nenhum poder de compra, porque não podes pagar nada com isso.

          • Ruben Vieira says:

            Porque comentas se não sabes o que dizes?

            Faz uma pequena pesquisa no Google e ficarás impressionado.

            Além disso, se não quiseres comprar directamente com Bitcoin, podes trocar Bitcoin/satoshi por euros em inúmeras exchanges, como a coinbase. Tens inclusive ATMs na rua que dispensam euros em troca de bitcoins.

  3. Hugo Nobre says:

    O título não é muito esclarecedor.
    O que ele disse foi que a maior parte é utilizada em investimentos e especulação (no sentido de compras e vendas rápidas).
    Se 90% corresponde a investimentos e especulação é impossível 90% ser só especulação.

    • Vera says:

      Hugo, quando alguém mistura especulacão com investimento fica tudo dito.
      Não se pode ligar muito a estes artigos da treta que apenas tentar enganar as pessoas.

      • simples says:

        Qual é a diferença entre investimento e especulação?
        A bolsa, mercado de apostas, Bitcoins e outras criptomoedas é tudo especulação. Pode funcionar o investimento ou não. Investimento é especulação sobre um futuro incerto.

  4. SANDOKAN 1513 says:

    “Que futuro tem a Bitcoin?” Para mim,nenhum.E eu,que até sou uma pessoa nova,não percebo patavina disso,imaginem pessoas de meia-idade,ou de idade !! Esta coisa das bitcoins até havia de ser proibida !! Moedas virtuais ?? Só para não se andar com dinheiro no bolso ?? Mas há algum problema de andar com dinheiro no bolso ?? Ora,ora !! Isso mais tempo menos tempo dá o berro e eu quero ver como muitos se vão safar.Vai ser tipo aqueles esquemas das pirâmides,vai tudo por água abaixo.Dos mais pobres aos mais ricos vai tudo ficar sem um tostão.

    • Cortano says:

      A ideias da moeda virtual (Bitcoin e outras), não é não andares com moeda física no bolso mas sim esta não ser controlada por um Governo ou Banco Central.
      No entanto, isto não passa de uma utopia, porque já hoje existem várias tentativas (e algumas chegaram a ter sucesso), no controlo por parte de empresas privadas sobre moedas virtuais, o que é bem pior que o dinheiro ser controlado por um Banco Central.

      Aliás, o próprio artigo fala um pouco disso mas na vertente de especulação.
      Enquanto as Bitcoin (ou outras moedas do género), não forem regulamentadas, não forem controladas por organismos oficiais, nunca serão totalmente aceites pelo mercado.

      E para aqueles que dizem que a grande vantagem das criptomoedas é não serem controladas por ninguém, é porque não sabem do que estão a falar.

  5. Vera says:

    Primeiro que tudo a bitcoin não é vista como meio de pagamento pela maioria das pessoas, por isso é normal que não seja usada para pagamentos. Bitcoin é como ouro. Ninguem anda por ai com lingotes à espera de fazer pagamentos.
    Segundo a adopcão que dizem ser lenta está a seguir os caminhos tradicionais e neste momento existem vários países onde se pode usar bitcoin para pagar impostos. Logo não, a adopcão não está a ser muito lenta como tentam afirmar.
    Terceiro, é normal que assim seja porque a tecnologia está no inicio. Tem apenas 10 anos e está neste momento a viver uma fase de desenvolvimento antes de comecar a ser usando massivamente.

    Nisto cada um sabe de si. Quem acredita que o dinheiro fisico irá continuar a existir para sempre deve olhar para o que andam a fazer certos paises como a Suécia, onde o dinheiro vivo quase desapareceu. Os EUA estão a tentar criar a Fedcoin, e quando isso acontecer as pessoas deixarão e poder controlar o seu dinheiro. Mas quem não sabe é como quem não vê. A ignorância é uma coisa boa.

    • Cortano says:

      Estás a misturar tudo, mas tudo bem.
      O dinheiro andar no bolso, ou no telemóvel pouco tem a ver para o assunto.
      Hoje podes andar sem dinheiro no bolso e pagar tudo em Euros em praticamente todo o lado.

  6. Ruben Vieira says:

    Bitcoin vai ser usado como “ouro digital”, como store of value.

    Mas ao contrário do ouro, que é dificil de transportar, podes também usar para pagamentos, existem multiplas lojas que já te dão essa possibilidade.

    Provavelmente teremos outras criptomoedas, com melhor tecnologia para pagamentos (em que a velocidade de transação é mais rapida e com fees menos dispendiosas). E o Bitcoin irá continuar a ser utilizado como “ouro digital”.

    Independentemente do que digam, o facto é que o Bitcoin é o asset com melhor performance dos últimos 10 anos, se isso não vos diz nada, então continuem a pôr o vosso dinheiro no banco com interest rates de 0.05%.
    Daqui a 5 anos vão-se arrepender como se arrependeram por não terem investido em Bitcoin á 5 anos atrás.

    • Cortano says:

      ter investido há 5 anos atrás em Bitcoin era um bom negócio. Investir hoje, nem por isso.

      • paulo says:

        daqui a 2, 3 anos vais mudar de opiniao desta altura!

      • Ruben Vieira says:

        Se vires posts no reddit de á 5 anos atrás sobre Bitcoin, algumas pessoas diziam exatamente o mesmo que tu ;).

        • Fixo says:

          E os posts desde final de 2017, dos compraram o BTC à volta de 20.000 USD?
          O que dizem quando caiu para 3.200 USD e precisavam do dinheiro nessa altura? Ou agora quando estão a perder à volta de 50% ?

          Comprar na baixa e vender na alta é o que toda a gente quer quando especula. Muitos, mas mesmo muitos, não acertam e lixam-se.

          Na especulação bolsista há uma máxima que diz “Quando as empregadas domésticas (as mais avessas ao risco) começarem a comprar é altura de vender – a bolha especulativa já dura à tempo de mais, vai rebentar não tarda”.

          A bolha da BTC em 2017 durou pouco. As seguintes também não duram. Tentar apresentar a BTC como investimento seguro em que se vai ganhar dinheiro é enganar o Zé Povinho.
          P.S. Falo da BTC, mas as outras criptomoedas é igual.

    • simples says:

      o facto de toda a gente dizer “investir” invés de comprar/trocar é a prova que Bitcoin não é uma moeda, é uma casa de apostas ou bolsa para o pessoal brincar aos investimentos sem valor real.
      Não sei em que mundo vives. “(em que a velocidade de transação é mais rápida e com fees menos dispendiosas)”, tu hoje em dias pagas com contactless em segundos sem qualquer tipo de fees. Quão mais rapido ou “gratuito” necesitas?
      Com bancos portugueses consegues interest rates de 0.15% em EUR e acima de 2% em USD.
      Com a bitcoin se investiste depois 2017 tens um interest rate complementante random numa moeda que continua a ser inútil e não usavel, estas dependente de outro louco querer brincar aos investimentos te compre a tua bitcoin com moea que possas usar no dia a dia.

  7. simples says:

    Realmente era preciso um CEO expert vir dizer isto, era algo complicado de perceber.
    O propósito da criação da bitcoin era algo estável? Os USD são estáveis à imenso tempo, EUR também é estável. A GBP também foi estavél até ao Brexit. Ser contra a inflação é ridículo, se não houver inflação, baixa o consumo e a economia colapsa, a inflação é essencial para estabilidade da economia.
    Vou criar uma moeda que não existe, nem serve para comprar nada, não é regulamentada, nem tem usos reais. Como é que pode ser que não seja estável? *meme do pikachu supreeendido*
    Surpreende-me o quão “ingenuas” ou surpreendidas as pessoas ficam com coisas obvias 😀

    • Vera says:

      ah ah, com que então a inflação é para aumentar o consumo. Mas que disparate. Aliás, só disseste disparates.

      A inflação existe porque os Governos não param de criar dinheiro a troco de nada. Inventam dinheiro, logo o existente irá desvalorizar. O que é sempre bom porque assim o povinho paga mais impostos sem perceber e assim não fica com ideias de poupar dinheiro. Mais vale gastar o pouco que se tem que ficar sem ele porque deixa de valer ano após ano.

      • Fixo says:

        A inflação cria várias ilusões monetárias benéficas para o crescimento de uma economia .
        Uma delas aumenta o consumo – compre agora antes que fique mais caro. A menos que seja muito necessário, não se compra agora se se pensar que vai ficar mais barato. Se não comprar o comerciante não vende, não encomenda, não há investimento e aumenta o desemprego.
        Se houver inflação (e não houver crise) pensa-se que se vai ter aumentos de salário – já dá para comprar uma casa com empréstimo bancário, porque esse aumento vai dar para pagar as prestações (pensa-se).

  8. Jorge says:

    Os USA não são mais que uma topografia que em vez de jornais fazem impressão de dólares sem conta todos os dias . As chamadas “guerras do petróleo” existem quando alguns líderes poderosos dos EAU Arábia Sauditas, entre outros se unem para criar uma moeda independentes padrão imposto “dólar “ . Já pensaram que a quantidade imensa de dólares que se encontram em circulação ? Os EUA não têm valor material “ouros” ou outra matéria para cobrir esta moeda desta forma esta moeda Dólar é Virtual não tem matéria . Então não é por mero acaso que se um dia o dólar desaparecer naturalmente como tudo indica “ só não vê quem não quer” que as moedas virtuais serão o futuro. De momento claro que o risco é grande pois oportunistas existirão sempre , mas se a credibilidade for mantida como por exemplo “ block chain” então o futuro está perfeitamente indicado. Um banco Internacional de criptos credível e respeitável não será mais que um FMI .Riscos maiores que faltam controlar ou impedir: Financiamentos a todas as actividades que criem danos ao planeta á natureza em geral , á humanidade e sobretudo á nobre existência do ser HUMANO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.