PplWare Mobile

Empresa austríaca cria método que transforma plástico em petróleo


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Miguel Gomes says:

    Se isto for rentável, não vai faltar empresas a limpar a terra os oceanos “de boa vontade”…

    • Grandprix says:

      Isto sim parece uma descoberta notável, mas suspeito que não vai para a frente. Os governantes só visam grandes, enormes margens de lucro a custo de qualquer coisa. Mas era lindo limpar os oceanos do plástico e produzir energia no processo.

  2. ervilhoid says:

    10 milhões de euros não me parece grande investimento

  3. 365 says:

    Fixe, assim a GALP já não necessita de fazer furos com 4 ou 5Km ao largo da costa, basta explorar em qualquer lixeira que devem lá encontrar umas toneladas de plástico para converter em petróleo 🙂

  4. manuel says:

    Mas que notícia fora de tempo. Em Portugal, mais propriamente no aterro de Carregueia há uma empresa a trabalhar neste processo, pelos menos há varios anos

    • José says:

      Devia ter registado a patente e feito publicidade.
      Hj seria uma multinacional com negócios de muitos milhões

    • Flavio says:

      Onde se pode ler sobre isso?
      Será por isso que querem pagar pelas garrafas de plástico?

    • portuguesdeportugal says:

      boas essa empresa abriu falência….isso era um jogo de interesse politico para variar, isso só ia para a frente de o governo continua-se em PSD como mudou……..foi-se.

      o processo que era usado nesse aterro era chamado “Pirólise”, falando português simples queimava o plástico e depois com o arrefecimento, provocavam condensação e era obtido agua gasóleo e outros…. também era obtidos gases ao queimar o produto de forma gradual como por exemplo metano. este processo é diferente do que aqui é apresentado pois este leva um produto químico para provocar a reacção…é limpo mas não tão bom, mas um excelente trabalho para esse senhores, que penso que 5% são portugueses que saíram deste projecto em portugal…

  5. Do alto castelo says:

    O futuro passa pela reciclagem de tudo. ” nada se perde,nada se cria,tudo se transforma” . A tecnologia avança sempre é o homem vai construindo um mundo cada vez melhor, embora haja erros e desvios no caminho. É humano!

  6. Blackbit says:

    Demasiado bom para ser verdadeiro… A ser verdade porque é que ainda nao foi adoptado por outras refinarias ou empresas?

    • rui says:

      alguma tem de ser a primeira não?
      Depois pode-se especular por ser um país onde a reciclagem não está concessionada e têm acesso à matéria prima.
      A rentabilidade e custos de viabilidade deste processamento

    • Ruy Acquaviva says:

      A resposta para esse aparente paradoxo é que nossa sociedade é movida pelo lucro e não pelaracionalidade. O fato é que mesmo a reciclagem sendo uma excelente ideia e uma solução importantíssima para evitar o acúmulo de poluentes na forma de resíduos plásticos, ainda é muito mais barato obter petróleo ou gás das jazidas subterrâneas.
      A pesquisas visam obter soluções técnicas que sejam comercialmente viáveis, mas a sociedade deve incentivar esse tipo de reaproveitamento através de legislações adequadas e da cobrança do custo social do acúmulo de resíduos plásticos na forma de impostos a serem revertidos na coleta e reciclagem desses resíduos. Não se pode deixar tudo para a irracionalidade do mercado movida pelo lucro imediato sem considerar as necessidades dos seres humanos do meio ambiente.

  7. BrunoM says:

    “… hidrocarbonetos de cadeia longa (com 1, 2 e 4 átomos de carbono), transforma-se em compostos de petróleo de cadeia curta (5 ou mais átomos de carbono).” Trata-se certamente de um erro o número de átomos de carbono de cadeia longa! Corrijam por favor…

  8. ANDRE says:

    ISTO É UM CRIME!!!! A ASSOCIAÇÃO ZERO A PONTO VERDE, OS VERDES JA ESTÃO DOENTES!!!!! JA NÃO VAI HAVER TAXINHAS….

  9. Bubu says:

    O problema que ninguém fala é que o processo requer bastante energia para converter o plástico em liquido…

    Outro problema é que isto é simples de fazer com plástico limpo, no entanto o plástico limpo tem bastante valor para ser reciclado e o plástico sujo afecta bastante a qualidade da conversão e ainda mais a necessidade de manutenção da unidade de conversão.
    Quando alguém disser que fez uma máquina que escava lixo, recolhe e limpa plástico, podemos todos saltar. Até então é melhor esquecer

  10. joni says:

    nao sei pk, mas ja li esta noticia ha 15 anos seguramente, alguem esperou que se esquecessem e anunciou que fez uma descoberta ……..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.