PplWare Mobile

Em breve chegam telefones dual-boot Android e Windows Phone


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Diogo says:

    Já agora um triple boot iOS Android WP e acaba-se a guerra dos OS 😀

  2. Dat55 says:

    Eu já vi tablets dual boot.

  3. Dumitru says:

    o meu HTC HD2 ja tem isto desde 2010 :d xd

  4. Marco Lima says:

    Hahaha Triboot nao seria ma ideia. Porque nao fazer entao um OS que converse com os tres sistemas para que aquele que queira instalar qualquer aplicativo de qualquer plataforma o faca. Se quiseres algum aplicativo que seja apenas do IOS vais a Store do fabricante e instala. Seria muito mais facil e sem briga nenhuma.:)

  5. Sergio J says:

    Eu sempre me pergunto para que é queremos telefones dual boot

    • Tiago Santos says:

      Usas e abusas de ambos e escolhes o que mais te agrada … Sempre que sairem updates (compativeis claro) voltas a testar e (caso te convença) mudas 😛 … Assim a guerra é entre SO e não entre smartphones 😉

    • Nelson says:

      Para escolherem o melhor depois da compra do aparelho.

      • Sergio J says:

        Depois de decidirem, esquecem o outro SO e ficam a pensar porque é que tem aquele equipamento.

        Confesso que para pessoas Geek, possa ser interessante, mas não deixa de ser gadget, não é o Smartphone para auxilio no dia a dia

        • Nelson says:

          A ideia é mesmo essa…

          Imagina que um gajo “não-geek”, vai comprar um telemóvel…

          Até já ouviu falar de “Windows Phone”, ou não, e que é um SO diferente, e tal, dizem alguns que é melhor, outros dizem que android é que é e tal…

          Mas depois ouviu dizer que tem X ou Y problema, e que apesar de ter as suas vantagens todas, não tem tantas app’s como o Android.

          Ou seja, o potencial comprador, até foi seduzido um pouco pelo WP, mas tem medo de se vir a arrepender…

          Com o dual boot, é o descargo de consciência!

          Experimenta WP, se não gostar, muda para Android! Não gosta do Android? Muda para WP.

          A ideia é experimentar antes de “comprar”…

          • pixar says:

            A ideia parece boa, mas só terá utilidade (nos não geek) no início. E só mesmo no 1º smartphone porque depois de gostar de um SO não muda só porque sim. Isto na generalidade, porque sempre haverá exceções.

          • Nelson says:

            Sim, lá por poderes, não significa que tenhas de andar a mudar de SO a cada dia…

    • Estava a ler o artigo e a fazer a mesma questão a mim próprio.
      A não ser para fazer testes e experiencias, não consigo alcançar qualquer vantagem num telefone dual boot.
      A não ser para fins bastante específicos, por exemplo um developer que queira testar a aplicação sem ser virtualmente… nas não me parece que isso justifique a criação deste tipo de aparelhos.

    • k says:

      Dualboot e até triple boot já existem em android há bastante tempo. Mas até aqui era sempre com variantes do android, e já me deram bastante jeito.
      Não é novidade nenhuma que muito frequentemente são lançadas custom roms pela comunidade que melhoram imenso o desempenho de um telemovel. Mas nem sempre correspondem ao esperado depois de testadas. Ter dualboot significa poder experimenta-las sem comprometer o sistema base.
      Vou-te dar um exemplo: no Samsung S3, por causa do problema das fontes do exynos, as roms aosp não são tão boas em certos aspecto como as de base da samsung (ligeiramente pior bateria, a câmara tem menos qualidade, a saida hdmi não funciona, etc). Mas também têm muita coisa positiva, como muito mais rápidas e leves, menos susceptíveis aos problemas de pouca memoria, última versão do android, etc. Como em tudo, é uma questão de gosto pessoal. Há pessoal que só quer aosp e há quem não o possa ter porque não pode dispender de funções apenas presentes nas versões da samsung.
      Para este pessoal, ter dualboot é ter o melhor dos 2 mundos.

      Se aparecer o windows phone como alternativa, não ponhas duvidas que vou experimenta-lo no meu.

      • Sergio J says:

        Isso eu sei. Mas na realidade estás a querer apenas fazer testes, brincadeiras. É apenas uma ferramenta para hobby, não para servir de telemovel.

        Como smartphone o dualboot não serve para nada. No dia a dia não andas a desligar o telemovel a reiniciar, esperar uma eternidade, para uma determinada função

        Não contesto o factor hobby, todos temos um Q de geek, apenas não percebo para quê um telemovel com dual boot como utilizador

        • k says:

          Eu entendo esse ponto de vista. Mas quando o telefone é tão limitado (em ram) e arrastado como o que veio de origem no S3, eu andei mesmo durante bastante tempo a trocar de sistema consoante a necessidade. O telefone leva 1 ou 2 minutos a trocar. Não lhe chamaria uma eternidade 🙂

          Entretanto a samsung lança o 4.3 para o S3 e apareceram versões custom muito boas que contornam em grande os problemas que me faziam querer saltar entre sistemas e já não tenho tido necessidade do dualboot mas, durante mais de 1 ano, foi mais do que só um pormenor geek, ter multitasking funcional (proveniente da rom aosp) e tirar fotos com boa qualidade (da rom samsung), deu-me tanto jeito como qualquer outra função importante que o telefone possa ter. Falo por mim, claro 🙂

      • Nelson says:

        Lol, o android é tua mau, que precisas de ter dual boot!

        Faz lembrar os tempos que eu tinha Pc, e tinha o XP pela estabilidade e features, e depois o Me para jogar…

  6. ohome says:

    já tardam mto 🙂

  7. Mike says:

    Caso unam os perfis de utilizador (imagens, contactos, etc) porque não?

    • Tiago says:

      Com os contactos sincronizados num serviço como a Google resolve-se o problema.
      A parte das imagens também não é difícil, basta por os 2 SO’s a gravar para a mesma pasta.

  8. Mário Silva says:

    «O público alvo destes novos equipamentos não serão os utilizadores comuns, mas sim profissionais e consumidores ávidos de equipamentos tecnológicos de ultima geração». Esta parte é que não entendo quando se afirma que os alvos são os profissionais e não os utilizadores comuns. Serão estes últimos passarocos alien’s que não merecem ser considerados como utilizadores/consumidores ávidos de equipamentos tecnológicos de última geração? Santa paxorra!

    • Vítor M. says:

      Mas qual foi a parte que se tornou dificil de perceberes?

      Quem no seu dia a dia se interessa por ter um sistema com Android e Windows Phone? Para quê? Qual o interesse? Só na tua ideia meu caro.

      Tal como está dito e bem explicado, o público alvo destes novos equipamentos não serão os utilizadores comuns (os que fazem crescer os milhões de unidades vendidas), mas sim profissionais e consumidores ávidos de equipamentos tecnológicos de ultima geração.

      Quer isso dizer que há um nicho para esses equipamentos, e não um mercado generalizado. Percebeste?

    • Nelson says:

      Realmente, também não compreendo, vão ao público alvo do iOS, e dão-lhe android + WP?

      (Hehe, just kidding)

  9. metro says:

    Isto era ideal para mim, eu ando numa de mudar para o WP mas depois lembro me que tenho um android com root, e tou naquela duvida, vindo isto, iria acabar com toda esta confusão, e poderia usufruir os 2 num só smartphone! 🙂
    Venham eles!

    • Nome (Obrigatório) says:

      Posso saber para que precisas de root no Android? A sério, gostava mesmo de saber as razões. É que se calhar o WP até te servia sem acesso root!

      • neopunk says:

        Cracked apps probably…

      • Al'thor says:

        AppOps, Greenify, Tasker, Xposed e Adaway para mim são razões mais que suficientes para ter root.

        • Nome (Obrigatório) says:

          Greenify? Para hibernar apps? Essa é gira no WP…

          AppOps? Para gerir as permissões? No WP dificilmente há aplicações com permissões abusivas!

          Tasker? Muito possivelmente a Cortana vem resolver a falta duma aplicação desse género.

          Xposed? É por causa desse tipo de aplicações (e não só) que o Android é instável…

          Adaway? Concordo, faz falta, mas não muito! As publicidades no WP não são tão intrusivas como no Android. Pelo menos nas aplicações que uso!

          • Al'thor says:

            Nao perguntaste porque queria Root num telefone Android? Porque me respondes com Windows Phone?

            Esse tipo de ataques ad hominem só te ficam mal, anónimo.

            Xposed instável? Já se percebeu que sabes do que falas *sarcasm*

      • Mike says:

        Eu nem sei como é que há gente que suporta os anúncios do Android num smartphone sem root, mas pronto, é o ganha pão da Google e de quem anuncia, mas só por isso eu preciso do adAway e este precisa de root.

  10. neopunk says:

    De notar que pelo facto de ter Dual-boot que parte da storage do equipamento já por si em parte limitada, é ocupada por um sistema operativo que terá menor ou nenhum uso.

  11. marcelo says:

    Bastará ter um app com uma shell bem feita de cada sistema e logo verá a diferen¢a…

  12. sesesese says:

    Para continuar a ser, um paga o windows mas usa linux

  13. Gerardo says:

    Dêm mais um aninho ou 2 e os smartphones vão ser como os PC’s. As marcas disponibilizam os drivers e nós instalamos o que quisermos: Android, WP, Ubuntu, Tizen, FirefoxOS, etc etc 😀

    Depois, os PC’s deixam de ser PC’s e passam a ser conhecidos por Workstations, e só as veremos nas casas de algumas pessoas e empresas. Os smartphones e tablets serão os actuais pc’s de entrada de gama, para facebooks e afins… (ligados a um monitor, teclado e rato claro)

    • Sergio J says:

      isso concordo em absuluto contigo.

      É aquilo a que eu tenho vindo a chamar de dispositivo universal, pois é um dispositvo que servirá para tudo. Telefone, pc, maquina de fotografar, gps, etc…

      Teremos o backup de dados na cloud, no entanto tb andam sempre conosco. Chegamos a um café e não temos de usar o pc de lá, apenas o monitor, chegamos ao trabalho e usamos apenas o monitor, chegamos a casa e usamos só o monitor.

      Obviamente que no trabalho, poderá ser apenas terminal remoto, ligado aos servidores da empresa

  14. Nosferatu Arucard says:

    Mas valia a virtualizaçao, para que num sistema corresse noutro.

  15. Sergio J says:

    Vou fazer a pergunta de outra forma: e quanto espaço ficará para dados do utilizador?

  16. zee says:

    Eu já tenho isso há muito no meu HTC HD2 🙂 WP 7.8 e android kitkat 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.