Quantcast
PplWare Mobile

É real: Empresa implanta microchip nos funcionários

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Ricardo says:

    “Conveniência” lol prefiro ter mais trabalho do que ser controlado a toda a hora! Vivemos cada vez mais num mundo de stalkers

    • urtencio says:

      Acho que não percebeste bem a noticia! Eu na empresa onde trabalho também tenho de ter um cartão para abrir portas e para fazer a dita picagem! Tenho de andar com ele sempre atrás de mim… sou “controlado a toda a hora” de igual forma… O problema tá quando me esqueço dele, já tentei clonar com o nfc do smartphone mas sem sucesso! Não me importava nada de ter esse dito microchip, pois serve única e exclusivamente para isso, “Conveniência”!!

      Não tenho a certeza do funcionamento do microchip mas certamente só funciona como os cartões de nfc, tens de encostar a tag muito próximo de um leitor.

      • ... says:

        …tens noção que “se calhar” algumas das aplicações que instalas “livremente” no teu smartphone – tipo…muitas vezes “sugeridas” – poderão estar a fazer muito mais do que realmente “anunciam fazer”, right?

    • Elypse says:

      Continua a pensar assim que vais longe… A realidade é que não há hipotese de fugir ao progresso. E dentro de uns anos todos seremos monitorizados. Não há como escapar.

    • JMRM says:

      tipico comentário. nem vale a pena.

    • Li70 says:

      O pior e que este tipo de chips pode fornecer informaçao sanguinia, estado de saude da pessoa etc. Visualisem mais pra frente..
      Bons orgaos, boa saude tipo de sangue compativel…
      chefes de estados com esse controlo… mortes ocasionais estranhas para o proveito desta tech. Enfim, os filmes ja nos disseram muito e pouco a pouco chegamos la.

  2. Abilio says:

    Continuo a achar uma barbaridade.
    Uma “injeção semi-indolor”? :0
    Ou dói ou não dói , não há meio termo. Pode discutir-se é a intensidade da dor.
    Ou alguém que me explique…

  3. José Marques says:

    É só vantagens! O pior vai ser quando a empresa começar a localizar os empregados através do chip (como se faz aos cães) e a controlar muitos, se não todos, os aspectos das suas vidas privadas.

    • Nitroglycerine says:

      Olha! Olha!
      Tu és daqueles que leram 1994! Sabes que o Big Brother não é um reality-show! Tem cuidado com p que sabes e sobretudo com o que dizes. Torna-se incomodo. E para ti pode tornar-se perigoso também. Também leste o Triunfo dos Porcos? Se não o fizeste, aconselho-te a leitura é que tomes nota da atitude adoptada pelo Benjamim! Um burro esperto como poucos…
      Sobre o assunto em concreto, e como jurista, entendo que deveria ser aprovada legislação específica para impedir estas práticas. Não por achar que não podem tornar tudo mais prático, mas porque são suscetíveis disso ser utilizado para fins ilegítimos e contrários aos interesses do hóspede. Sabes por que motivo a CRP prevê que nenhum ser humano pode ser identificado apenas por um número. Justamente! Se não existisse a possibilidade de tudo se repetir, isso não estaria lá previsto…
      Quanto aos que acham que nada têm a esconder, respondo o seguinte: felizes os inocentes…

  4. Sergio says:

    São loucos, mas é o que vai acontecer no futuro seremos dominados pelos Robots quer queiramos ou não, e isso vai ser uma castrofete a nível mundial, meus amigos NÃO ADIANTA dizer que os robots só vão trazer coisas boas.. Se vão? Lógicamente que sim, até chegar a uma altura é que tens de por implantes, e ser robots alias o CEO da TESLA já o disse, e eu acredito plenamente nisso!

    E vai acontecer, para podermos trabalhar teremos de submeter a cirurgias, com implantes e quem saiba passarmos a ser meio humano / meio robot. Sempre que digo isto alguem ou por ventura alguem tem a ideia de “este vê muito filmes!!”

    A alguns anos atrás antes do ano 2000 também diziam “Robots no futuro!? Que trabalham e fazem sozinho as coisas!?” “PPFFFFFFFF que mentira! Estas é louco, isso sim!”

    Hoje em dia se fossemos perguntar a essas pessoas que duvidaram, diziam completamente oposto do que tinham dito, é como os Carros antes andava-se a pé, de carroça e cavalo e quem não acreditava que iria existir Carros, hoje em dia até tem um!

    Por isso muito cuidado, a Tecnologia vai tomar conta de nós.. vamos passar a ser humanos / robots ao mesmo tempo até a um dia efetivamente sermos um robot ou pensam que com AI ( Artificial intelligence ) já acabou? Duvidam muito.

    O Futuro dos humanos é serem dominados pelos robots, não duvidem isto.. Isto se nada for feito e continuarmos a abusar do AI, qualquer dia acontece mesmo como nos filmes “abusam tanto mas tanto de poderes, que acabam por tornar-lo um perigo do que realmente esperavam que não fosse”

    Só acredita nisto quem vê as novas tecnologias e esta a par disso, uma coisa é certa vamos ser substituídos por robots na empresa, muito desemprego a caminho se não houver regulamentação.

    Acham mesmo que o Chefe ou Diretor da empresa querem mesmo saber de vocês? Sim sim.. quanto mais rápido um robot fizer um produto e por-lo a venda em milhares de lojas online ou físicas > equivale a mais dinheiro e mais lucro! Ah e menos despesas com empregados/trabalhadores, mas sim com robots mas isso vai ser uma minoria para o que ele ganha.

    O vosso chefé e diretor até agradece, ainda não sei como há gente que apoia isto.. e ainda por cima gente que nem é chefe nem diretor mas um simples trabalhar comum num posto de trabalho, ainda acredita que o seu amigo “chefe” ou “suposto” amigo lhe irá ajudar..

    Entendam uma coisa, quer queiram ou não. Empresa = Lucros.
    Não significa que não existam empresas honestas, mas quase todas vão por essa viabilidade do lucro e muitas não é exceção.

    So be prepared, o futuro está arruinado com tanta AI(então a nivel de emprego ui ui).
    Não me venham com aqueles vídeos da automação, efiência e dos robots vs humanos contras e prós, aqui só há um CONTRA vamos ser substituidos em quase tudo, não vai ser hoje nem amanhã mas sim num breve futuro!

    Vídeos e mais vídeos a mostrar a “positividade” da coisa, mas na verdade não é isso que vai acontecer.. Isso é o que eles “PENSAM” pensar não significa que seja CERTO, CONFIRMADO.

    Se tem vantagens? Sim! Na area de saude nem se fala, mas é tal coisa qualquer dia todos os trabalhos vão deixar de existir!

  5. Carlos says:

    Que bom!! Isto sim é evolução. Devia ser já transposto para a Lei, assim as empresas poupavam imenso dinheiro, sabiam sempre onde estavam os funcionários, podiam controlá-los a toda a hora e quando quisessem. Ficavam a saber tudo sobre os seus hábitos, resumidamente perdiam a sua condição humana e individual. Viva o progresso e a evolução.

    • Não Interessa says:

      claramente não trabalhas numa empresa que fornece cartões que servem o mesmissimo propósito, mas com a vantagem espectacular de se poder perder.
      E é simplesmente um chip de NFC, não é própriamente um GPS

    • Carloz says:

      Sim porque aquilo tem GPS, microfone, camera etc certo? Menos ignorancia sff.
      Onde é que controlam a toda a hora? Não conseguem saber onde está o funcionario, nem o que faz, nem o que diz.
      De uma forma um pouco ”ridicula” aquilo é como ter um codigo de barras em forma de tatuagem. Só funciona nos leitores para o efeito, e fora isso é totalmente ”offline” ou ”nada”. Não deu nem mais 1% de controlo à empresa, face aos que usam o Telemovel com NFC ou cartões etc.

      • João says:

        Não percebes o que é sarcasmo ?

      • Miguel Alvarez says:

        Como nao? Basta ter leitores do chip espalhados pela empresa, podem saber todos os passos de uma pessoa assim.
        Mas isso nao e muito diferente dos controles que muitas empresas tem com cartao nas portas , elevadores e casa de banho .O problema e quando isso passar para lei, e voce precisar disso para tudo, usar o metro, usar o telefone, ou ate mesmo com controles nas ruas. Parece um pouco 1964, mas e para la que o mundo caminha.

      • Antonio Martins says:

        Não é bem assim Carloz, se instalares vários sensores pela empresa consegues fazer a leitura do NFC e por onde anda o funcionário dentro da empresa, de maneira certamente menos custosa que meter câmaras com reconhecimento facial. Até mesmo só o facto de ter de abrir a porta com o NFC, já sabes se ele passou para aquela ou aquela sala.

      • Luis Coelho says:

        Meu caro amigo Carloz, com scanner em todas as divisões da empresa, este mini RFID diz exatamente onde o funcionário está. Só não o faz fora da empresa (ainda).
        Mas cada um sabe de si e se estes aceitaram, que agora provem do próprio veneno.
        Já estou a imaginar no final do ano o superior deles a referir num gráfico de desempenho, uma das colunas com o nome WC e o tempo anual consumido nas suas necessidades fisiológicas 🙂

      • Goncalo says:

        A resposta a tua falta de conhecimento (vulgo, ignorancia), esta na resposta do Luis Coelho.

      • R says:

        Percebo o que o Carloz quer dizer…. mas a verdade é que isso é um receio.
        de momento serve apenas para abrir portas e usar no bar da empresa… mas a evolucao passa sempre por ter mais informacao possivel e nem todas as empresas sao iguais, conseguimos mesmo imaginar empresas, num futuro nao muito distante a querer obrigar as pessoas a tal. A nao ser que existam leias que venham a proibir isto! Sim, sao pensamentos talvez muito futuristas(?) e extremos, mas…

  6. nohater says:

    Porque em formato de pulseira ia ser uma chatice xD

  7. Rsrsrsrsr says:

    Continua a ser um objecto estranho no nosso corpo !! É claro que dizem que não faz mal, mas ninguem sabe ao certo !

  8. UmUsuário says:

    Se isto virar moda e se tornar obrigatório (não duvido nada), então daqui a uns anos cada pessoa tem 200 chips no corpo. Isto não é seguro porque basta alguém passar por aquelas portas dos supermecados que o código já fica no banco de dados do supermercado (isto se a frequência e protocolo forem o mesmo). Com isto a password torna-se ineficaz, pelo que se tem de instalar outro chip… E a história recomeça… Quando mudar de emprego instalar mais um chip… Sim é verdade que as passwords neste momento são ultrapassadas, mas seria muito melhor usar um sistema de token sem ligação à internet e sem transmissão de dados wi-fi. Tudo que for passwords estáticas tipo biometria, reconhecimento facial, passwords é ineficaz porque essas informações podem ser capturadas remotamente ou por um outro serviço que usamos. Isto é apenas uma estratégia de marketing e de certeza que os funcionários receberam dinheiro por isso. Não me parece que alguém em sã consciência queira andar “chipado” como os animais de estimação.

  9. Pedro Osório says:

    Nada que mais ano menos ano não seja à altura do nascimento. Chama-se evolução.

    Se concordo? Isso são outros 30….

  10. micas says:

    Onde está o botão de reset?

  11. Luis Coelho says:

    Que chatice terem de transportar o smartphone e pior que isso, o seu smarwatch.
    Hoje em dia levamos o smartphone para todo o lado, exceto para o banho, logo esta desculpa é ridícula.
    Que digam que foi um projeto piloto de inovação, à mistura com publicidade gratuita, tudo bem, agora dizerem que tem beneficios pelas razões acima, não me lixem.

  12. Joaozinho says:

    Ou seja, trata-se de uma evolução. O ferro em brasa, há que admitir, era doloroso.

  13. censo says:

    Está já mais do que aberta a caixa de Pandora da estupidez humana.

  14. 111111a says:

    Acho piada ao pessoal que vem aqui criticar a parte da entidade patronal, controlar a localização e outras coisas do colaborador…. tão com medo que já não possam fazer 23 pausas para cafe e 48 para fumar?….

    • Alvega says:

      Com que entao achas piada, pois eu sugiro que IMPLANTES uma cousa destas em:
      Tua MULHER
      Tua NAMORADA
      Tua FILHA.
      Assim evitas chave de casa, saber por onde andam e onde dormem, e com quem. Poupas em chamadas de telemóvel, vasta ires ao tracking.
      Já agora se quiseres uma versao um pouco mais antiquada eu posso ta IMPLANTAR. Estou a falar de um Brinco para as orelhas, ou para o nariz, vulgo ARGANEl, como é conhecido cá na terrinha.

      • juq says:

        Essas não preciso , conheço e confio
        Colaboradores varios niveis a baixo na hierarquia da empresa não conheço.
        Calculo que sejas dos que faz as 23 pausas para café 😉

      • maxim says:

        isso só faz sentido se tiveres desconfiado da tua mulher, namorada ou filha. mas visto que tens mulher (com filha) e namorada (ou a filha é dela?), o mais sensato seria elas colocarem o chip a ti

    • Luis Coelho says:

      Estou a ver que temos um menino(a) que sempre que se levanta diz aos colegas “vou só ali cag$% e já venho”.

    • Nitroglycerine says:

      Adiantado mental! Como tu há muita gentinha por aí, convencidos que só eles é que são espertos. Depois aparece um ou outro, ou vários, cuja esperteza não é superior mas que têm maior manhozice e/ou bruteza, violência… Ou que têm menores escrúpulos ou falta de ética, moral e etc…e quem sofre é a Humanidade. São os seres desumanos a tramarem os seres humanos.

  15. stealth says:

    o ferro em brasa e eficaz com esse “chip”

  16. Carlos says:

    A videovigilancia ja controla mais do que isto.

  17. janeka says:

    Eu acho que tatuar um código de barras na testa e avançar como na Via Verde, é melhor idéia.

  18. V3rm3 says:

    Sinceramente não entendo esta questão que aqui levantam da privacidade. Meus caros, isto não é nada mais, nada menos que um substituto do cartão que provavelmente muitos de vocês já usam nas vossas empresas para, por exemplo, abrir portas e passar o torniquete da entrada. Por enquanto esse micro-chip é apenas e só isso.
    Se é vantajoso?!.. bem isso é outra conversa, mas é como em tudo, há quem goste, há quem não goste.

    • Luis Coelho says:

      A diferença é que posso deixar o cartão na secretária sempre que me levantar para ir ao WC.

      • ... says:

        Podes se não precisares dele. E se não precisas é porque trabalhas num local onde as questões de segurança são mínimas. Vai trabalhar para o IT de um banco, ou até mesmo de uma empresa de telecomunicações. E ao deixares o cartão na mesa, estás em incumprimento com a lei de privacidade e protecção de dados. Nada em momento algum pode ser deixado sozinho e de livre acesso em cima da secretaria, quanto mais um cartão de uso pessoal e intransmissível. 😉 daí as fitinhas para andar com o cartão ao pescoço , também podem comparar com a coleira de um cão, a mesma coisa. A malta gosta muito é de criticar tudo o que seja novo. TUDO! Não houve evolução na historia humana que não tivesse uma critica só porque sim, só porque o antigo é bom e chega.

    • Nitro says:

      Mas o cartão livras te dele qdo quiseres. O chip não…

  19. ARS says:

    A letra de Disparada, uma canção do compositor brasileiro Geraldo Vandré, diz:
    “Então não pude seguir
    Valente em lugar tenente
    E dono de gado e gente
    Porque gado a gente marca
    Tange, ferra, engorda e mata
    Mas com gente é diferente”.

  20. Ferreira says:

    Não compreendo os vossos comentários? Os 150 empregados que trazem microchip disseram que não se importavam, e vocês que estão a comentar também são controlados e nada dizem. Dou-vos os seguintes exemplos, Um telemóvel ligado tem localizador, na rua camaras, nas lojas onde fazemos compras ainda dizem ( sorria está a ser filmado ) transportes públicos, taxis e alguns novos carros como por ex a Opel trazem localizador. Por isso não vale a pena reclamar pois estamos em 2017 e a Tecnologia veio para nos substituir e derrubar dos postos de Trabalho. Adeus Amigos

  21. Lars says:

    Isto não era teoria da conspiração?

  22. -.- says:

    Hum.. Isto soa-me familiar… goo.gl/xlG2x4

  23. Ras'al'Gul says:

    Já vi isto inúmeras vezes. Uma delas foi no Demolition Man, com o Sylvester Stallone. Se não sabem do que falo, vejam e verão. E ainda hoje em dia dizem que maior parte das pessoas são “teoristas da conspiração” enquanto todos os sinais estão mesmo à nossa frente.

  24. helio says:

    Eu colocava uma porcaria dessas na mao, na boa.
    se fosse possível deixar de usar chaves, cartões e afins.

    coisas de segurança mais apertada, podia-se até usar em conjunto com impressão digital e sensor de batimentos cardíacos e um pin, pelo que roubar o chip, clonar a impressão digital ou roubar o pin já é trabalho a mais…

    o chip NFC podia usar várias combinações de segurança, um básico para identificar a pessoa para coisas simples, tipo picar o ponto na empresa e segurança mais apertada em que o chip só daria o codigo encriptado atraves do pin e impressão digital, ou seja: O chip nem respondia se a chave pre-encriptada por pin e impressão digital correspondesse.

  25. helio says:

    o nfc só funciona a centimetros do sensor.

    usar o sensor seria sempre facultativo… se me apetecesse pagar com dinheiro, pagaria
    até parece que ja nao somos monitorizados porque aceitamos: via verde, multibanco, google, facebook, dash cams, circuitos “fechados” de vigilancia, webcams, wireless wardriving

    é a evolução da sociedade e da tecnologia. acontecem situações chatas (tipo o funcionario da superbock a arrear o calhau quando passou o carro da google street view), mas no geral é uma tecnologia que ja toda a gente usou pelo menos uma vez para algo util.

  26. Eloise says:

    Caminhando a passo largo para a ” marca da besta”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.