PplWare Mobile

Dieselgate: É hora de atualizar ou mais tarde vão ter de parar

Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

133 Respostas

  1. Lesado VW says:

    Vejam o programa Sexta às 9 de 8 de Dezembro. A partir do minuto 17:30. Aí vão perceber porque é que os proprietários dos veículos se recusam a fazer a atualização!

    • Ask Me says:

      Não será mais fácil dizer aqui o porque?

    • Papa Joe says:

      Porqueeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee? Houve jogo de futebol

    • Tiago Coelho says:

      Só vi por alto, mas julgo que os carros ficaram a consumir muito mais e com menos força na aceleração

      • Lesado VW says:

        Resumindo:
        -Perda de potência;
        -Problemas nos injetores que, regra-geral, levam à substituição dos mesmos;
        -Problemas na EGR;
        -Regeneração constante de gases do filtro de partículas (altera o funcionamento do carro);
        -Aumento de consumo

        https://www.facebook.com/groups/1119234038178270/

        • Ze Nandooo says:

          Confere.
          Já atualizei o meu SEAT e já foram os injectores à vida.
          A regeneração era constante ate ser intervencionado novamente, mas agora está mais ou menos estável – e fazendo 50km 2x por dia não ha motivo para tal.
          Quanto ao consumo, aumentou ligeiramente, mas as condições meteorológicas e da minha condução tambem afetam.

          • Eduardo Marrafa says:

            A minha experiência (tenho um Seat Leon 1.6 – 105cv) é o aumento do consumo (cerca de + 1l/Km) e o barulho do motor sobretudo a frio (parece uma Nissan Vanette!!!).
            Tenho a impressão q vou mandar tirar o filtro de partículas e resolvo o problema do aumento de consumo e da regeneração.
            Mais valia ter ficado quieto…

          • Eduardo Marrafa says:

            Injectores até agora sem problema.
            E agora a cereja no topo do bolo:
            Depois da actualização, já fiz revisão e quando os informei que o carro ficou mais barulhento e a consumir mais, disseram : “É normal”
            Normal??!!
            NORMAL???!!!
            O que é que se responde a isto?
            Ajudem-me, porque a minha vontade foi virar aquilo tudo do avesso

          • Ze Nandooo says:

            Pois, “é normal”…
            É normal que a performance e o ‘estado’ do veículo piore, caso contrário esta actualização teria vindo de fábrica!

            Já não me lembrava da válvula EGR que também foi à vida…
            Do mal o menos a oficina tratou das “reparações” sem custo adicional para mim mesmo estando há anos fora da garantia (com exceção da EGR, onde tive um desconto de 50%)

        • ze says:

          Tenho um Seat Leon 1.6 de 105cv e depois da actualização ficou melhor do que estava antes :

          Melhorias :

          – Consome menos (fazia médias de ~6.7 e agora faço ~5.8).
          – Não se engasga quando está a fazer regenerações da FAP, e o motor desenvolve da mesma forma, estando a fazê-las ou não.
          – Já não parece um trator quando está a trabalhar a frio.
          – Regenerações mais rápidas e regulares(normalmente a cada 200km, quando anteriormente aconteciam a cada 500km), consigo fazer as regenerações sem ir para uma AE e em condução normal nos meus 15km que faço diariamente para o trabalho. (Segundo info da VW, bastam 7km acima das 2000rpm).

          Problemas:

          – Após cerca de 5000km, radiador da EGR com fugas de água e teve que levar uma nova.

        • Carla cardoso says:

          Boa tarde.
          Tenho um vw polo de 2010 que foi um dos afetados. Em abril de 2017 estive c o meu veículo na não de penafiel gastei uma boa fortuna em arranjos e supostamente fizeram a correção do veiculo. Ao ler as anomalias apresentadas vejo que o meu carro apresenta todas essas anomalias novamente. O que me aconselha a fazer? Como há forma de saber ao certo se foi revisto ou não?? Obrigada e desculpem o incômodo.

    • Br says:

      Que passou-se? Me pergunto

    • Paulo Carmo says:

      Se não queres fazer o #vwfixfail ou estás com problemas assina apetição COM O NOME COMPLETO:

      http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=dieselgate

    • tagjags says:

      Jose Peixoto
      1 second ago isto é um comentário antigo
      Mas está tudo maluco? O que eu quero é um carro com o software BOM que a VW fez; não com a m***a que os seguidores Algoristas inventaram e legislaram do aquecimento global(este se existisse,fazia bem jeito naqueles países do norte da europa onde neste momento morrem pessoas com o frio ,neve e enxurradas) causado pelos carrinhos; estes doídos nem imaginam o que TODOS os milhares de avioes ,petroleiros,etc deitam pelo escape; tambem só os PEIDOS de todas as vacas no mundo poluem mais do que os carros(googlem se duvidam);e se algum vulcão se lembra de expelir durante uns meses,vai lá,vai!
      Mas adiante: esta m….a desta moda (do aldrabão Al Gore,long story,I will not go into details here,you can engage google’s help for that,thanks) é um problema mundial: a VW e TODOS os outros sabem que É ASNEIRA,eles não são burros,sabem mui bem fazer carros BEM,e BONS! Mas é se os deixarem; se meia dúzia de bruxos adivinhantes estão a mandar e a fazer leis contra-natura,é o caso*,as fábricas ficam sem saber o que fazer; oque o povo DEVIA fazer era reunir-se e EXIGIR que as fábricas fizessem carros BONS,o melhor possível,sem ditames de adivinhanços aleatórios,a meu ver muito errados;(o deserto do Sahara já foi planície verdejante com populaçoes,gado,etc etc; tornou-se um deserto,e não havia carrinhos lá`); a história está cheia de casos de povos que desapareceram por decisões erradas nas suas reaçoes a mudanças climáticas; parece que nuns chamados inchas ou incas ,os tais adivinhadores de lá decidiram que a solução para a seca grassante,era ter sangue humano a permanentemente escorrer pela montanha abaixo-e tinha de ser sangue de rapazes muito jovenzinhos,os quais eram criados para isso,e eram sangrados até à morte lá em cima ,no altar-vem do alto- pelos padres,altos especialistas,escolhidos e com altos cursos,para saber sangrar bem,sem o jovem não morrer logo,para o sangue corrente,set ainda do vivo ; no fim todos morreram e/ou desapareceram,como sabemos; esta M***A do aquec. global é mais do mesmo em versão moderna, trata-se nada mais nada menos do que sugar dos donos dos carrinhos,os quais,um a um,são boa presa!
      *O caso é que esses adivinhadores se REALMENTE quizessem diminuir a bruxaria dos gases ,o que deviam fazer era OBRIGAR cada marca a fazer ALTÍSSIMA percentagem dos seus carros com BAIXA cilindrada ,e 50 hp máximo; com a tecnologia que já há,(há mais de 20 anos!!!!!) os carros já queimam MUITO limpo,MESMO LIMPO! e então esses motores pequeninos,melhor,poucos gases!!! TODAVIA isto não lhes interessa muito,pois não permitiria ROUBAR muito!
      800 euros para fazer a atualização do software! eu pagava isso para a inverter! Mas volto à 1ª linha: está tudo maluco? Eu sei que sou o único que vai em contra mão,por isso não sou maluco,pois não?

  2. RN says:

    É interessante ver estes meios de comunicação, hoje, em catadupa, a copiar noticias uns dos outros. Algum desses meios de comunicação me sabe dizer qual é a legislação portuguesa onde consta especificamente que as autoridades conferiram um grau de obrigatoriedade à ação dos motores EA189 afetados, sob penalização de, não o fazendo, verem os seus veículos reprovados na inspeção periódica obrigatória, nomeadamente pelo IMTT?

    • Pedro Pinto says:

      Por acaso até foi o própriA SIVA!!!
      “Quem não reparar os carros pode não passar na inspeção, porque em Portugal esta reparação é obrigatória”, administrador executivo da SIVA – Pedro de Almeida
      Que queres saber em concreto?

      • RN says:

        Julgo, salvo melhor opinião, que as palavras do Exmo Sr. administrador executivo da SIVA – Pedro de Almeida, não sejam lei em Portugal. Qual é a Lei publicada em Diário da República que obriga que essa reparação seja obrigatória? É que eu já contactei quer a SIVA quer o IMTT e ainda ninguém me soube dizer qual era a lei. O que o Exmo Sr. administrador executivo da SIVA – Pedro de Almeida diz são apenas as orientações do grupo de trabalho criado pelo governo, logo, e correndo o risco de estar errado, parece-me que não configuram nenhuma lei uma vez que não foi publicado em Diário da República.

        • António Fagundes says:

          Já existe lei, o carro apresenta funcionamento para o qual não está homologado.
          Pode então o IMT ordenar às autoridades que procedam à recolha dos documentos e os veículos ficam impedidos de circular.
          É como colocares um pneu de perfil que não está homologado no livrete, ou uma jante maior, ou alteração de potência (esta mais difícil de comprovar).

          • Marco says:

            Nesse caso pode-se ir a tribunal e pedir um carro novo, ou melhor ainda o dinheiro e ir comprar à concorrência.
            Motivo: “o carro apresenta funcionamento para o qual não está homologado.”. Basta ver o que se passou em Braga, em que ninguém fala, mas a Audi entrou em acordo com o dono de um Audi.

      • Ares Portugal says:

        Pedro Pinto Deixo um desafio a toda a vossa equipa. Uma vez que receberam uma “Cartilha” da SIVA a dizer o que “Acham eles que vai acontecer”.
        Porque nao investigar o porque, em que lei eles supostamente se baseiam, o que acontece aos carros após, porque nao darem garantia de um trabalho realizado nos carros, e depois nas as avarias cobrarem os valores delas todas.
        Alegam que ha a medida de confiança mas essa nao passa disso.. Uma Confiança em que pedem a factura da ultima revisao na marca se o proprietário nao a tiver ja foi.. Toca a pagar uma Válvula EGR ou uma linha de injectores a 400€ cada um Levam 4.. Isto se O FAP nao for ao Ar que sao 1200e mais iva. Ha so um pormenor mesmo trocando as peças o carro volta avariar 😉 Deixei o contacto do Grupo de lesados no email. Caso demonstrem alguma curiosidade e facil de encontrar. Um Abraço

        • Pedro Pinto says:

          recebemos cartilha? Onde?
          Eu compreendo o que dizes, sou cliente Audi…se fores espreitar o meu Facebook verás qual o meu sentimento relativamente a este caso

          • iDespairing says:

            Tinha um Passat mas em 2015 troquei por um Volvo D4. Ate agora excellent e serviço pos venda 5 * Grupo VW nunca mais.

          • RN says:

            Se os meios de comunicação receberam a “cartilha” da SIVA ou não, não sei dizer, agora que é estranho que, nos últimos dois dias, muitos meios de comunicação divulguem todos a mesma notícia, pelo mesmo para mim, é estranho. Não é por umas notícias difundidas de forma repetida que, até prova em contrário, não passam de orientações do grupo de trabalho criado pelo governo em 2015, para assegurar a monitorização da ações da SIVA, que passam a ser Lei em Portugal. Onde está publicada essa Lei que obriga a que os carros afetados tenham de fazer o “fix”?

    • R!cardo says:

      A SIVA deu uma palestra encomendada e a comunicação social como sempre informação mal. Nem souberam fazer o trabalho de casa e ir pesquisar um pouco do que é que acontece aos carros após o “fix”. Só para relembrar a quem ainda não fez o “fix” para se deixar estar quieto porque esta não notícias não passa de uma mentira, não existe nenhuma lei que vá obrigar o quer que seja, os centros de inspeções não têm como medir os gases NOX. Por isso abram os olhos e não vão na cantiga das notícias encomendadas.

    • Nuno says:

      Não és obrigado à intervenção dos motores EA189, tal como ninguém é obrigado a fazer qualquer intervenção aos seus veículos em caso de algum problema que declare o carro inapto pelo centro de inspeção. Agora sem a intervenção como o carro não cumpre os requisitos para passar à inspeção de veículos, como qualquer outro veiculo, podem reprovar esta e serem impedidos de circular.

      • Bruno says:

        Falso. Carro não alterado significa que tem o software fraudulento. Este software altera o comportamento do carro quando este está a ser testado. Logo medição nos IPO vai sempre ser normal.

  3. Fantasti says:

    Boas Lesado VW,

    Onde posso encontrar esse vídeo?

  4. Mario Silva says:

    “Os proprietários ficam sujeitos à apreensão dos documentos da viatura.” Façam a noticia como deve ser…. SIVA não é autoridade para apreender documentos… Para tal acontecer, tem de ser IMT ou outra autoridade!

  5. João Costa says:

    A Silva também já vos vende noticias.
    Ganhem vergonha

  6. Joao says:

    Claro que a noticia é falsa pois a inspeção automóvel em Portugal tem de avaliar a emissão de gases poluentes de forma autónoma em relação ao veiculo em questão.

  7. Diogo Amaral says:

    Dizem que mandaram uma carta a todas as pessoas mas eu tinha um new beetle e nunca recebi carta nenhuma em casa nem uma chamada. Quando vendi o carro fui la perguntar como era afinal e foi dito que já estava pronta a atualização para ser instalada no meu carro e estavam á espera que eu viesse fazer.
    Por acaso vendi o carro e fui lá saber como era para o carro não ir com problema nenhum se não continuava na mesma.

  8. Pedro Pinto says:

    Dando a minha opinião como lesado e já depois de ter actualizado há um ano, fica aqui os problemas que a vw e a Siva encobre.

    Primeiro na minha carrinha fiquei na estrada aos 40 mil porque a Siva sabe dos problemas da mecatronica da caixa automática e não chamou ninguém para reparar… Houve inclusive pessoas a terem de pagar 1600€ ou mais para reparar algo com defeito.
    Depois com o defeito da mecatronica afetou os discos da embraiagem que Foram também trocados.
    Segundo teste de injectores, deu erro e trocaram os injectores assim como a válvula egr de novo por defeito e o que me safou foi a extensão de garantia que cobriu tudo.

    Terceiro maldita hora que fiz o fix e fui na letra desta entidade da Siva, a mesma que esconde os defeitos de fabrico em que o fix em nada altera e que não existe reclamações…

    Então aqui vai:

    Motor a tremer arrancar e se for numa subida de marcha atrás até me assustei porque parecia que o motor ia saltar fora!

    Consumo subiu cerca de 1 litro, eu uso sempre gasóleo Galp evologic!

    As regenerações…
    Antes do fix elas faziam de 560 a 600km e por vezes chegava a casa a regenerar e deixava terminar com calma!
    Depois do fix, regenerações de 250 em 250 até menos, interrompe se estiver a trabalhar ao relanti e mesmo que o motor não esteja quente ou depósito na reserva, faz sempre regeneração.

    De arranque não perdeu potência, mas sim depois das 2500 começa a se sentir menos desenvolver.

    De fix não teve nada, só vejo é o material ter um desgaste prematuro, obrigar as pessoas a fazer muito mais cedo a mudança do óleo porque com tanta regeneração o óleo do motor fica mais contaminado e a vw dá 2 anos de garantia para este tipo de avarias da válvula egr, filtro de partículas, injectores e mais algumas peças.

    Para mim que faço poucos km, vou ser fortemente penalizado por este fix arranjado em cima do joelho.

    É o governo que temos e o país que temos.

  9. Pedro says:

    Eu recebi uma carta registada a dizer que tinha de ligar para o número da volkswagen em 15 dias senão iam informar as autoridades legais que o meu carro não estava atualizado. Liguei para lá, ficaram de marcar a atualização e até agora nada. Eu não quero mesmo nada fazer a atualização, mas também não quero ficar com o carro apreendido. Vai ser uma chatice do caraças para resolver isto. O erro é deles e quem se lixa é quem não tem culpa nenhuma.
    E o estado em vez de ajudar quem foi lesado prefere ajudar quem faz o mal. O grupo SIVA também não quer saber dos clientes. Enfim

  10. TugAzeiteiro says:

    Ou seja…. vão lá fazer a tal atualização de software para “resolver o problema”, assim a informação já não é enviada para o IMT e ficam descansados. Passado uns dias vão até uma “loja” de reprogramação de centralinas paguem e até ficam com uma mapa melhor que o de origem, melhorando a resposta do motor, mais potência, e em alguns casos até diminuindo consumos! Problema resolvido….
    Quanto à VW… comprem Alemão porque o que é bom é Alemão tipo BMW com os motores N47 ou os MB que ardem!! (Ironia)

  11. João Pedro Castro Pereira says:

    Então não entendo, pois existe um Audi cá em casa atingido pelo problema e nunca foi chamado para nada.

  12. Jorge Xavier says:

    Caros. A actualização “é obrigatória” não no sentido estritamente legal (não é) mas do ponto de vista prático: porque se os veículos chumbarem na inspeção por apresentarem níveis de poluição elevados são impedidos de circular…
    Para mim nada disto é estranho. O que é mesmo estranho (estranhíssimo) é que, depois disto, a VW continua a conseguir vender automóveis com motor diesel. Um autêntico mistério. É que uma coisa é ser “apanhado na curva” (ou seja, ter comprado um veículo e depois concluir que esse veículo não estava em conformidade com a lei); a outra é, depois de saber aquilo de que a VW é capaz (spoiler alert: é capaz de tudo), continuar alegremente a comprar diesel da marca.

    • RN says:

      Para já o IMTT não me parece, salvo melhor opinião, que possa chumbar os carros só porque sim. Julgo que ainda existem Leis em Portugal e que para o IMTT chumbar os carros tenha que existir uma norma/Lei/Decreto-Lei ….. para o efeito e que defina especificamente que os carros que não façam o “fix” a partir de uma determinada data chumbem na inspeção. Se o governo vai publicar essa Lei? Não sei. Se o IMTT vai publicar essa Lei? Não sei. Agora uma coisa eu sei e não é por a SIVA dizer que é obrigatório que passa a ser obrigatório.

      • Marco says:

        O IMT não publica leis, as leis são da responsabilidade da assembleia a da republica e do governo o IMT pode propor leis, não as publica. O IMT é uma entidade fiscalizadora das leis.

    • Slayer says:

      Vou mais longe.
      Continuar a comprar diesel pq?

    • R!cardo says:

      Como é que os carros chumbam na inspecção se os centros não têm como medir os gases NOX?

      • Ze Nandooo says:

        Pior é: Se os carros da VW te/tinhamm um sistema que “deteta” modos de teste, mesmo que na inspeção medissem os gases NOx (que não o fazem) um carro sem fix continuaria a passar na mesma! 😛

      • censo says:

        Após a atualização a marca emite um certificado para acompanhar a viatura. Agora pensa.

      • R!cardo says:

        Com “fix” ou sem “fiX”, com certificado ou sem certificado os carros vão chumbar na mesma nesse teste. Os carros ficam com o mesmo problema que tinham antes e com mais problemas. O que acontece é que a EGR ficar muito mais tempo fechada e isso é a causa maior dos problemas.

  13. Humigosa says:

    O mais engraçado, no meio disto tudo, é que ainda não fui notificado! Enviei um e-mail para eles à 1 ano atrás e diziam que ainda ia ser chamado lá….até hoje…

  14. Paulo says:

    Aqui não há que culpar o governo, não sejam cegos, mas sim VW, existem normas de emissões que tem de ser cumpridas, leis , os efeitos da poluição está à vista de todos, a não ser que sejam como Trump, que põe os estudos científicos em causa, as alterações climáticas são evidentes, o nosso pais tem sentido isso mesmo.
    O culpado desta embrulhada é da VW, sobre ela devia cair todos os encargos resultantes deste crime que cometeu, criaram um produto com um desempenho x, agota tem de alterar para y, e claro altera tudo, menos potência, etc.
    Os clientes foram ludibriados com uma actualização, muitos já fora da garantia, que resolve emissões, o problema da marca com UE e outros países, mas cria outros problemas, agora a questão é provar que essa actualização tem efeitos secundários e por VW a os corrigir.

    • R!cardo says:

      O governo não quer meter mão nisto por causa da Autoeuropa, dá que pensar não?

      • Belmiro says:

        Não é o governo, é a Europa. A Alemanha manda e a Europa segue. Mas como também há marcas francesas e italianas a cometer quase a mesma fraude, ninguém abre bico.

        Habituem-se: Intel, marcas automóveis, etc. Come o que te vendem e cala lol só andamos a encher vacas gordas.

        PS: “VW” = VW, Audi, Bentley, Bugatti, Lamborghini, Porsche, SEAT, Škoda.

        PS2: Profit Increase €5.144 billion (2016)

        Acho que está claro quem manda aqui 🙂

  15. JP says:

    Nesse caso a Siva que se prepare para responder às reclamações, com pedidos de indemnização dos clientes lesados e afetados pelas jogadas internas, que visaram, unicamente, servir os interesses monetários do grupo. Nos EUA, apesar das diferenças da análise, à poluição envolvida, foram severos (correctamente) com o grupo. Por cá (nós), com a pacividade que nos pertence, aliada ao interesse nacional pela Autoeuropa, permitimos que nos tratem como marionetas.
    Basta!

  16. Belmiro says:

    Eu recebo informação da Alemanha de conhecidos e referem que os updates sao lobo em pele de carneiro: a curva de potência/binário é completamente alterada e os carros perdem muita performance em situações de carga média e alta. Para o condutor calmo e carro vazio não há diferenças, para o carro com família e algum peso então as diferenças são marcantes.

    O pior de tudo é que na Europa os fabricantes de carros / CPU etc que fazem burrada e ao corrigirem com Patch perdem a performance inicial, os clientes em nenhum caso são indemnizados por terem um produto inferior ao que pagaram.

    Muito bem C.E., sempre ao serviço das grandes empresas de energias, telecomunicações, electrónica, automóvel, etc. O cliente que aguente, agora tocar nos milionários acionistas é que não.

  17. Rui Ferreira says:

    Caros admins da plware,fiquem pela tecnologia que não meta o #dieselgate, como proprietário de um EA189 percebo o “desespero” da SIVA e IMTT, e dos próprios organismos do governo que quiseram que o fix fosse feito em Portugal. Alguém vai impedir de 20 mil automóveis circular… Não gastemos energia, vamos nos concentrar na VW e pedir responsabilidades…

    • Belmiro says:

      Estás a ver o caso de modo errado. A SIVA é apenas a cara da marca. Quem tem que pedir responsabilidades são os organismos do estado que:
      1) estão para proteger o cidadão da poluição
      2) estão para proteger da fraude
      3) tem uma marca de “confiança” que avisou dessa confiança para enganar os organismos que controlam
      4) nenhum organismo que controla anda a trabalhar, apenas fazem homologação do que a marca diz e nem se dão ao trabalho de verificar (típico tuga)

      Este próximo MUITO importante:

      5) a população foi enganada em massa pelo grupo VW e o único que pediram foi um “fix”. Agora a pergunta é: se este fix é tão simples, porque não veio de fábrica ??? E porque é que a Europa/Portugal não aplicaram uma multa pela burla e obrigaram como nos EUA a ressarcir os clientes burlados???

      Tudo isto só demonstra quem realmente manda nos países …

  18. R!cardo says:

    A SIVA deu uma palestra encomendada e a comunicação social como sempre informação mal. Nem souberam fazer o trabalho de casa e ir pesquisar um pouco do que é que acontece aos carros após o “fix”. Só para relembrar a quem ainda não fez o “fix” para se deixar estar quieto porque esta não notícias não passa de uma mentira, não existe nenhuma lei que vá obrigar o quer que seja, os centros de inspeções não têm como medir os gases NOX. Por isso abram os olhos e não vão na cantiga das notícias encomendadas.

    Passem pelo grupo do Facebook

    https://www.facebook.com/groups/1119234038178270/

    • Pedro Pinto says:

      Já aderi ao grupo, dá lá permissão sff.

    • censo says:

      Os centros de inspeção não medem o NOX, mas vão te pedir o certificado que a marca emite após a atualização da viatura. É melhor pensares nisso. Não o pedem ainda porque o prazo ainda não terminou. Tem cuidado com o que dizes.

      • RN says:

        censo mas para pedirem o certificado que a marca emite após a atualização da viatura terá de ser publicada uma lei em diário da república que aprove isso mesmo. Ou será que não existem Leis no nosso pais? Onde é que está o prazo que falas na legislação? Quando e se publicarem a Lei é que teremos que nos preocupar e cumprir a legislação, se quisermos andar legais, até lá, segundo melhor entendimento, só quem quer é que segue a recomendação da SIVA. Não vale a pena andar a espalhar o pânico e a sofrer por antecipação, digo eu.

        • censo says:

          O prazo está descrito no artigo. Lê no artigo. As alterações as viaturas foram validadas pela autoridade federal alemã e são válidas para o território europeu. Portanto, eu sugeria maior cuidado com o que dizes. As regras estão definidas. Se me disseres que a correção pode dar problemas… eu acredito…caso contrário não haviam oficinas das marcas. Posso te contar o meu caso pessoal. Viatura ficou melhor em consumos, e o resto sem alterações. A minha viatura só teve atualização de software. Outras há que requerem um intervenção no hardware, ou seja, no motor. Agora não me parece saudável a atitude desafiadora e desconfiada que pareces assumir perante o problema. O que ganhas afinal com isso?

          • RN says:

            Censo enquanto alguma autoridade portuguesa nao publicar legislacao, repito autoridade portuguesa, nao me parece, salvo melhor opiniao, que seja válida, até porque as lei europeias tem de ser transpostas para a lei portuguesa. Conheco mts pessoas que já fixeram o fix umas correram bem, ou estao a correr bem, outras não o problema é que conheco mais pessoas que tem problemas após o fix do que o contrário. Não tiveste problemas no carro pq o teu deve ser motor 2.0 mas nao achas estranho que os motores 1.6 tenham dado tantos problemas apos o fix? Sabes o que ganho? €€€ na carteira enquanto nao fizer o fix. Quando for e se for obrigatorio decido o que fazer.

          • censo says:

            Os veículos e o fix tem homologação, portanto a lei está feita. Não tenho qualquer base para afirmar que são mais os casos problemáticos que os outros, ou vice versa. Apenas sei o que se passou comigo. E digo-te mais, sempre fui bem tratado pela marca. Reclamei quando estourou o escândalo, pois o carro ainda estava na garantia, e sempre me trataram de forma correta. Tenho certificado de conformidade e prazo de garantia após a intervenção.

      • R!cardo says:

        Sem certificado passam na mesma, basta deixar a nota do cinzeiro do carro, é o que acontece hoje em dia em muitos centros de inspecção. Como é que achas que os carros todos alterados passam?

        • censo says:

          Bom, esse comentário é reprovável. E parece um pouco contraditório quando a modificação proposta pela marca é gratuita. O resto é mesmo de portuguesinho Chico esperto. Mas tu lá sabes.

  19. Paulo says:

    Mas foi o KBA [regulador alemão] (que é o IMT alemão) que tinha homologado as viaturas fraudulentas…e agora voltam a confiar nesta entidade?
    Porque é que só em 4 paises este recall é obrigatorio?
    Porque não testam a validade do recall mas por entidades CREDIVEIS?

  20. Luís M says:

    Se eu tivesse um carro nessa situação tentava fazer o seguinte: procurava um profissional que fizesse um backup do SW do meu carro…ia à VW fazer a tal “atualização” no dia seguinte voltava a por como estava de fábrica.

  21. Rudolfo Correia says:

    O que me tinha dito era que esta “actualizacao de software” era a colocação de uma determina resistência.
    Isto dito por uma pessoa da auto europa.

    • Luís M says:

      Por ser trabalhador da AE achas que é um especialista no assunto? A maioria deles limita-se a instalar uma qualquer peça num determinado sitio. São montadores de puzzles.

    • censo says:

      Algumas viaturas requerem alteração de hardware, ou seja , requerem mexidas no motor, outras só precisam de atualização do software.

  22. Rui says:

    Conclusão, fazer a reparação dá uns trocos à SIVA que envia a factura à VW;

    Esta por sua vez e para fazer os valores medidos nos motores baixarem para os parãmetros que constavam nas medições de homologação da viatura, através da reparação…….. esta vai provocar que os carros tenham de substituir injectores, FAP, aumento de combustível……. acaba por ser um bom negócio para a VW!

    Enfim, tirem as vossas conclusões!
    Já aqui foi dito que os centros de inspecções não conseguem medir os gases NOX. É verdade! Mas também me confirmaram que isso está para mudar para breve, precisamente para apanharem quem remove o FAP!!!!

    Precisamente por causa disso lá tive de desembolsar 2.500€ em Setembro, para substituír pela 1ª vez a FAP do meu BMW (tinha perto de 240.000Km).

    Mas também afirmo que nos centros de inspecções nem sequer sabem medir o CO2, quanto mais NOX…..
    A minha esposa levou o meu carro a um centro novo…… e em vez de medirem o nível de emissões de CO2 às x rotações como indica o documento único…… aceleravam a fundo! Passados muitos minutos diziam à minha esposa que o meu carro não emitia CO2, porque a sonda não media nada! Nem a acelerarem a fundo! Estou grato pelo BMW milagroso que me calhou, 0 de CO2! E não, nunca alterei o motor, nem escape….. nada. Tudo de origem (incluindo a FAP que na altura ainda não tinha substituído).

    Posto isto tudo…… não vejo como possam medir o NOX eficazmente nos carros. Outra coisa diferente é o nível de CO2 que é alterado assim que alguém retira a FAP, e isso os centros de Inspecções detectam (nos carros posteriores a 2007), por isso muito cuidado com o que fazem!

    Qualquer dia estou rendido aos eléctricos….. se me sair o Euromilhões!!!!!!

    • Luís M says:

      A última vez que levei o meu carro à inspecção nem o CO2 mediram xD.

    • censo says:

      Como já referi inúmeras vezes, em vez de suporem uma série de cenários cujo nível de credibilidade cada um lhe atribui, volto a dizer: as viaturas após a intervenção recebem certificado de conformidade. Para além disso, as intervenções tiveram ser homologadas e em primeira instância foram aprovadas pela autoridade alemã, em condições válidas para o espaço europeu. Canadá, EUA, e se não me engano, Ásia, não estão abrangidos pela homologação da autoridade alemã.

  23. Jorge H says:

    Isto é uma não noticia, certo?
    – Qual é a base legal esta eventual apreensão de documentos? Foi publicada alguma nova lei em Diário da República?
    – Como vão os centros de inspecção medir estas diferenças diferenças nas emissões, se hoje não o conseguem fazer?
    – Como é comunicada ao IMT a reparação? É uma factura do serviço ou é um simples “diz que sim”? O IMT vai verificar milhares de facturas referentes a cada reparação afim de perceber se corresponde à verdade? Ou basta a oficina dizer que sim (porque até se trata de um bom cliente e não queremos hostilizar ninguém a passar para a concorrência)?
    – Boa publicidade para a SIVA, esta onda de “queixinhas”. 🙂

  24. Pedro says:

    Eu comprei uma Passat que já tinha feito o fix quando a comprei… E por mim não o tinha feito… Gostava era que a história de ser obrigatório acabesse e quem já fez tivesse oportunidade de voltar atrás… Um amigo meu com um carro igual, já o tinha antes do fix e diz que era muito melhor antes do fix… Eu não testei antes… Mas pelos comentários que vejo…

    • Luís M says:

      Eu devo dizer que não percebo nada do assunto, mas pelo que vou lendo o fix é a reprogramação de determinados parâmetros na centralina…há empresas especializadas nessas afinações…aquelas que “metem” mais cavalos nos carros.

    • censo says:

      Eu fiz a atualização de software após chamada da marca, e fiquei melhor a nível de consumos. Quanto ao resto, tudo normal. Não esquecer que após a correção o proprietário recebe um certificado, que poderá mais tarde vir a fazer falta…

  25. Paulo Carmo says:

    Se forem actualizados, os automóveis nem chegam a Maio de 2018, quanto mais a 2019.

    Se não queres fazer o #vwfixfail ou estás com problemas assina apetição COM O NOME COMPLETO:

    http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=dieselgate

    Com tantos clientes que estão com problemas depois do #vwfixfail quem não fez o melhor é não mexer.
    Junta-te a nós no FB:

    https://www.facebook.com/groups/1119234038178270/?ref=group_header

    • RN says:

      Deixo à vossa consideração:
      Se para as inspeções técnicas a veículos rodoviários foi publicado um despacho pelo IMTT que pode ser consultado inclusive no site do IMTT em “http://www.imt-ip.pt/sites/IMTT/Portugues/Noticias/Paginas/Delibera%c3%a7%c3%a3o-CD-Substitui%c3%a7%c3%a3o-Tarifas.aspx” porque é que para o “fix” dos veículos afetados não foi publicado nenhum despacho?
      Não ponho em causa que o IMTT possa vir a publicar algum despacho e, se publicar, que seja obrigatório que os carros afetados tenham de fazer o “fix”, mas até ao momento, repito, até ao momento, ainda não encontrei nenhum despacho, lei, decreto lei……nesse sentido.
      Por isso parem lá de lançar o pânico e o diz que disse a quem ainda não fez o “fix” e assinem a petição.

  26. Belmiro says:

    Eu não entendo como há mentecaptos que acham que os FAP e outros filtros/normas só servem para custear e aumentar consumos. Ou seja, não lhes chega ao pensamento que estes fiéis estão lá para diminuir a poluição, doenças respiratórias e cancro …… Enfim, mentalidade da pré história.

  27. Ed says:

    Então e quem fez repro?

  28. Regis says:

    Caros leitores PPLware, deixem-me fazer aqui o meu ponto da situação sobre este post, pois parece-me que há aqui alguma confusão.
    1 – O que o Pedro Pinto apenas fez, e a meu ver bem, foi divulgar uma informação que entendeu poder ser útil aos seus leitores. Não é crime, e é seguramente bem-intencionado. Independentemente do teor da notícia não adianta “matar o mensageiro”.
    2- felizmente houve leitores, já devidamente esclarecidos, que postaram informações preciosas para todos, mas muito especialmente para aqueles que têm veículos abrangidos pelos fix.
    3- em jeito de conclusão obrigado ao PP, obrigado a todos os que contribuíram para podermos ficar esclarecidos que: o fix parece ser prejudicial; não há lei, logo não há coimas; há uma petição (http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=dieselgate) e um FB (https://www.facebook.com/groups/1119234038178270/) para apoiar quem necessite.
    Bom trabalho de todos, correcto?

  29. Bruno says:

    Assinem mas é a petição para fazer-se justiça. Todo o resto são balelas.
    http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=dieselgate

    Não se esqueçam de validar com o link que vai posteriormente para o email.

  30. censo says:

    Como é normal neste país, treinadores de bancada, especialistas de tudo e conhecedores de nada, são espécies que abundam. Façam o upgrade que é preciso fazer. Ninguém vos quer mal. Eu fiz. O carro está melhor no consumo, e continua a andar que se farta. Tenham é cuidado na estrada. E cuidem bem do vosso carro, se o dinheirinho ao fim do mês vos custa a ganhar. Para mim, um carro é uma senhora. Tem de se tratar com delicadeza. Assim leva-nos sempre, com prazer! Boa viagem.

    • Lesado VW says:

      censo, desculpe a pergunta, mas que carro tem? Pela sua boa experiência com a atualização deixa a adivinhar de antemão que não é um 1.6TDI 105 CV …

      • censo says:

        Não, não é esse. Mas não lhe vou dizer qual é. Mas, há boas experiências, ao contrário de tentar fazer parecer que é tudo mau.

        • Antoónio José Nicha Xarope says:

          Censo, se tivesse um Ibiza de 105 cv de 2010 que nunca deu problemas antes dessa tal intervenção e agora em frio o motor vai abaixo soluça parece um carro velho quando está a fazer a regeneração do filtro que se não for em viagens longas se for só em cidade faz várias vezes por semana a dita regeneração, coisa que em seis anos nunca fazia só depois de me destruírem o carro embora seja uma palavra forte é a verdade, gostava de saber que diria??

    • Ze Nandooo says:

      Tiveste acesso ao estudo da DECO sobre os valores de reparações que em média os clientes VW tiveram de desembolsar depois de fazerem a atualização?
      Novamente a pergunta: Se tudo é tão bom e tudo fica melhor, porque é que nao foi feito logo à partida e veio de uma obrigação imposta à VW?

      O meu carro sempre foi assistido na marca a tempo e horas. Sempre usei combustível aditivado. 80% dos meus trajetos são em AE e faço em media 2000km/mes.
      Foram injetores e EGR à vida em meio ano. Curiosamente no meio ano seguinte à atualização…

    • Jose peixoto says:

      se tem de o tratar com delicadeza,não é carro; é carrossa,carrinha,carreta…é yugo ou lada lol

  31. bilgaitas says:

    O dieselgate é um dos maiores logros da historia automovel. Vigarizou os clientes, os estados, o ambiente e fez concorrencia desleal com os outros fabricantes. Mas o mais incrivel é que vende mais e mais a cada ano…. ou seja a culpa acaba por ser dos consumidores.

    • Morbidus says:

      Na mouche!!!!
      Nunca tive um carro desse grupo nem nuca hei-de ter! Se ninguém comprasse,eles teriam muito mais respeito pelas pessoas..Bom fds

    • censo says:

      Já muito aqui escrevi pelo conhecimento de causa que tenho sobre o problema, mas acrescento só mais este ponto, pois parece que toda a gente se esquece do que na realidade aconteceu, pelo menos lembrar alinha do tempo dos acontecimentos, em vez de se andar aqui a espalhar falsas notícias de alegados logros ou coisas que vos valha…então: onde é que este assunto foi descoberto, se é que foi uma descoberta? Onde foi? Eu ajudo, com próxima pergunta: em que estado estava a indústria automóvel desse país, quando se deu a descoberta? Que setor da indústria ganhou com isto? Quem é que cresceu de forma exponencial depois disto? Porquê atacar o grupo VW ? Pensem bem, contextualizem, não se deixem levar pelas notícias avulsas, e reportagens de tv que apenas falam em supostos ou associações de consumidor que acham isto ou aquilo, com base em suposições não comprovadas. Boa ?

  32. no topo says:

    O bonito nisto tudo é que a VW chegou ao final do ano de 2017 na frente com 10,74 milhões de veículos vendidos!

    • José flor says:

      Bom dia caros compatriotas e amigos.

      A Volkswagen tinha de ser lesada nos Estados Unidos porque na altura tinha mais de 70% do mercado. É verdade que a VW enganou o mundo. Mas quem não o fez e faz? De fato quase todas as marcas foram testadas na altura e só a VW é que levou nas lonas… será que levou? As modificações que a VW apresentou através de lobbying politica na Alemanha, concluindo na obrigação de os alemães, sob pena de ficarem sem a licença de circulação, não saõ novidade técnica. A opel usa aquela rede nos seus carros á mais de 20 anos. Os motores VW EA189 só apresentam graus de poluição (NOx) criticos quando são conduzidos a mais à potência máxima. De fato, a VW criou uma rotina nos motores, para que na Alemanha e outros países, onde as inspeções de gases são feitas com as duas rodas de tração em rolos, se possa desactivar a potência máxima e reduzir os valores para valores aprovados. Basta entrar no carro, Ligar a ignição, ligar os 4 piscas, e carregar no acelarador 5 vezes. Destav forma a centralina passa a modo de segurança e enquanto se fizer os testes nos rolos e as rodas de trás não se movem não existe nenhum problema. Testem! Foi assim que os americanos lixaram a VW. Agora a VW faz uma pipa de massa a vender Injectores, Filtros de Partículas, Catalizadores e válvulas EGR, e todos estas peças sãp caríssimas. Falamos de diversas fraudes. A venda do carro com dados mafiados, uma correção que provaca danos aos veículos, o oferecer “sem custos para o cliente” mas n~ºao pagam os custos de deslocação para modifica e corrigir posteriormente, O não permitir que a modificação seja invertida ( ação ditactorial), venda de peças para corrigir um problema criado por eles, não devolução do custo de compra por dissatifação com a mentira. Irónicamente o senhor Wolfgang Hatz da VW foi preso e está na cadeia. Ofereceu em excesso a 3 milhôes de euros para sair mas o tribunal recusou. Este senhor foi juntamente com outros o criador do problema. agora, se tivermos de modificar os veiculos por motivos de poluição, então temos mais uns milhões de veículos que são mais velhos e estão piores. O IMTT deveria pensar nisso concretamente e o nosso Governo Também. Na Europa só 4 paise resolveram obrigar as pessao a modificar os veículos, A Alemanha, a Finlãndia, salvo erro a Dinamarca e agora nós, embora nunca tenha sido oficialmente decretado por lei o que foi feito nos outros países. Sinto-me engandao não só pela VW mas pelo nosso governo e instituições como o IMTT. A deco para além de reclamar em tribunal um única fraude, a da modificação pouco mais faz.

  33. José flor says:

    Em adição ou meu um tanto ou quanto extensivo comentário, e porque existem sempre aqueles que tem diversas opiniões e questões, sugestiono que quem tiver curiosidade adquira informações sobre o sistema OBD2 utilizado em todos os veículos vendidos na Europa e nos Estados Unidos. Existem regras para programação de protocolos e rotinas de verificação de funcionamento dos motores nas respectivas centralinas de forma a efectuarem verificações automáticas enquanto em movimento e no momento de inspeções. Na maioria dos estados (senão em todos) dos Estados Unidos, antes de se efectuar uma inspeção periódoca, liga-se o veículo a um equipamento denominado OBDII, isto é, On Board Diagnostics 2. Com este equipamento verifica-se o estado do veículo relativamente ao seu fincionamento em função de determinados paramentros de emissões. Foi aqui e com isto que lá se descobriu o truque da Volkswagen. Na Europa, existem algusn mas não muitos países, sendo a Alemanha uma realidade, inspeções periódicas onde a emissão de gases é testada de forma semelhante. Para isso, foi criada na VW a tal rotina para esconder o pequeno aumento de poluição em regimes elevados de funcionamento. A questão é bastante complicada. Existem dados públicos na internet onde se pode verificar em detalhe osm procedimentos e as consequências. Não é a minah intenção aqui difamar nem molestar ninguém, nem mesmo proclamar se a Volkswagen ou alguém involvidos neste problema têm ou tiveram atitudes menos corerctas. A minha intenção é simplesmente focar um ponto crucial. O da poluição provocada por outros veículos mais antigos e, com motores que até nem estão regulados pelas regras aplicadas d tipo EURO 4/5/6. Motores que poluem muito mais e continuam como estão sem que ninguém seja lesado. No cao Volkswagen, estamos a ser lesados por uma ninharia, e vamos pagar uma factura porque na realidade, e aqui temos de ser coerentes, a Volkswagen está a ser obrigada a corrigir o problema mas está ao mesmo tempo a utilizar a situação para fazer dinheiro com vendas de peças novas e mão de obra e, embora prometa que cobre todos os custos, não os está a cobrir porque não paga as despesas de deslocação aos clientes.
    Suggestiono aqueles que têm veículos com motores EA189, a assinarem a petição pública contra isto e a contactarem a DECO, a qual tem um caso em tribunal contra a VW sobre este assunto para que sejamos muitos a mostrar descontentamento e indignação. Escrevam ao IMTT, escrevam ao Ministro dos Transportes, escrevam aos grupos parlamentares sobre esta matéria. “Água mole em pedra dura tanto bate até que fura” e é o nosso direito de reclamar quando nos estão a lesar. Unidos fazemos a força. Não se pode aceitar que nos obriguem a efectuar alterações a veículos depois de tantos anos sob pena de ficarmos sem eles se não o fizermos, especialmente e, quando as correções são prejudiciais e trazem masis problemas. O meu carro, de 2010, trabalha de momento muito bem, tem um consumo de 0,2 litros ao relantin, 5 litros em misto a velocidades não superiores ás sinalizadas na estrada e sem grandes acelaradelas, e no auto estrada a 120 faz 6,2 litros. Não tenho ruídos nem vibrações não mau desempenho. Não creio que a minha poluição de NOx seja assim tão má em comparação com tratoes, barcos, geradores, veículos pesados mais velhos, etc… e ainda não fia a alteração.
    Bem haja a todos.

  34. Ratatui says:

    Carros Alemães ? Tenho um, foi o 1º e o ultimo.
    Chateia-me ser aldrabado/vigarizado.
    Então a SIVA como importador e com a sua “eficiência” no apoio ao consumidor, é a cereja no cimo do bolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.