Quantcast
PplWare Mobile

Facebook: Venda de tabaco lesa Estado em 13 milhões de euros

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Bruno says:

    É quanto é que o estado lesa o contribuinte com as taxas e impostos?

    • Eric Mac Fadden says:

      Com isso não era para lesar, porém o Estado não administra o que angariou à favor do povo, mas sim para ele mesmo.

      • Carlos Fernandes says:

        …calma os Os políticos , que não são Funcionários Públicos, eleitos pelo povo administra o que o povo angariou (não conseguiu fugir) à máquina fiscal. 🙂

  2. User says:

    Mas o mesmo estado desiste de cobrar á brisa 125 milhões!!!!

    Não somos mesmo todos iguais.

  3. Rui says:

    Acho bem que apanhem todos os comerciantes ilegais que não pagam impostos ou que fogem.

  4. Hugo says:

    O Rui deves ser deputado ou filho de papá para falares assim.
    Se ganhasses ordenado mínimo não falavas assim moço

  5. Hugo says:

    Stop burning – Heet instead.
    Eu deixei de fumar cigarros e mudei para iqos ou vaping e nunca mais volto a pegar num cigarro, nicotina sim mas sem combustão.

  6. Sxac says:

    E é só tabaco?
    No FB pode-se comprar (falo só em produto novo): Calçado, Perfumes, Roupa, e por aí fora…
    Tudo “original”, claro!
    Tão culpado é quem impinge como que compra. É o que faz ser escravo de marcas…

    • Hefesto,o Grande says:

      Falou muito bem.—»”Tudo “original”, claro!” Se as pessoas abrissem os olhos… 🙂

      • Nuno Fernandes says:

        As pessoas sabem que o que está lá não é genuíno. Ninguém compra Air Max por 45€. O mal é que o tuga gosta de mostrar que pode ter aquilo que normalmente não poderia ou lhe custaria muito a ter. Em vez de qualidade preferem pagar 45€ (digo eu) por material contrafeito de qualidade péssima só para “mandar estilo”… O ego é do crl!

  7. Claudio D'Amato says:

    Culpa é do próprio estado que faz as vontades dos antitabagistas e cria impostos extorsivos. E não estranhem se o contrabando de cigarros aumentar, porque se o produto está muito caro, É ÓBVIO que os consumidores irão apelar aos contrabandistas. Claro como água.

  8. Luiz Carlos Pauli says:

    Isso tudo é culpa dos ativistas antitabaco. São pessoas muito mal intencionadas. E vai piorar cada vez mais, o contrabando de cigarros vai chegar a niveis estratosféricos, atraindo cada vez mais quadrilhas violentas e assassinas Portugal, que se prepare para muita violência e comércio negro de tabaco. Coloquem toda a culpa nos ativistas antitabaco.

  9. Fak says:

    Por acaso no facebook compra-se bastantes coisas…
    Já agora, o meu irmão trouxe da frança uns 10 pares de sapatilhas para oferecer aos familiares e amigos… Muitos deles ele nao deu por causa do tamanho… Vendeu no OLX a 20€ cada par… Também vai ser acusado de branqueamento de capitais, fuga ao fisco e bla bla bla?
    É que nao sei se só sou eu… Mas portugal nao tem fronteira… Já lá passei com o carro carregado de TV’s, calçado, roupas e assim para a familia e pra mim e economizei centenas de euros nisso…
    Cena é, se o pessoal importa cenas ilicitas (ou nao) para o país, é culpa da fronteira sem duana ou aduana ou o crl que lhe chamam em portugal… Ou seja, é culpa do país… Do país de onde venho, basta ter 1 volume de tabaco na mala e já perguntam pelo talão de compra…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.