Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Terceira dose da Pfizer? Ainda não é preciso

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Bruno Rodrigues says:

    Posso estar enganado mas parece me uma jogada da Pfizer para vender uma 3a dose aos países ricos.

    • Antonio says:

      Claro que sim.
      Os negócios vão de vento em popa.
      Isto é comparável às licenças de Software. Antigamente pagavas por uma licença vitalícia, agora compras uma licença anual, para estares atualizado. O mesmo princípio das “vacinas” experimentais.
      Bom fima de semana.

      • Carlos Santos says:

        lol “experimentais” lá vem arroz de novo. não queres não tomes. agora escusas de pregar a tua paranoia

        • C.S. says:

          Não são experimentais é por isso é que descobriram agora que podem estar associadas a inflamações no coração, como as miocardites e pericardites.

          • Tadeu says:

            Isso não é argumento, já que o que não falta no mercado são medicamentos em que se descobriram alguns dos efeitos secundários apenas depois de já estarem a ser comercializados. Diria até que isso se aplica a maioria dos medicamentos.
            Quanto às miocardites e pericardites, são de tal forma raras que é muito mais provável seres atingido por um raio ao longo da tua vida, sendo que é mais fácil recuperar duma miocardite do que dos efeitos de ser atingido por um raio.

          • C.S. says:

            Pois já vi que também acreditas na história do sujeito que teve um ataque cardíaco, levou sete stents e ao fim de dois dias foi para casa recuperar. É o que eles dizem, não é? Temos que acreditar.
            Não penses pela tua cabeça que não vale a pena.

          • Tadeu says:

            C.S.,
            miocardite não é um ataque cardíaco. Pode criar condições, dependendo da gravidade, para um ataque cardíaco posterior, mas não é um ataque cardíaco. Segundo ponto: não disse que não se poderia morrer de miocardite, disse que era mais fácil de recuperar duma do que dos efeitos dum raio – acho que não é preciso ser um génio para perceber a implicação estabelecida.

          • C.S. says:

            Não desvies a conversa, disseste que era raro e deste o exemplo do raio. E eu dei-te o exemplo de uma noticia que não pode ser verdadeira mas querem que tu acredites. E aqui também não é preciso ser um génio para ver a implicação estabelecida.

          • Tadeu says:

            C.S., mas qual desviar a conversa? É raro, quanto a isso não há dúvidas… ou será que não sabes o significado de raro? O número de casos é quase 1 em 1 milhão, o que é mais raro do que ser atingido por um raio ao longo da vida! É que nem sequer vale a pena comparar com a probabilidade dum jovem morrer com Covid.
            O que tu deste foi uma falácia que nada elucida sobre as estatísticas nas populações.

        • Antonio says:

          Carlos Santos
          Se estivesses um bocadinho mais informado sabias que as “vacinas” possuem autorização condicional de emergência.
          https://ec.europa.eu/portugal/news/ec-authorises-second-safe-effective-vaccine-against-covid-19_pt

          • PM says:

            ora nem mais Antonio, é exatamente isso, autorizadas não aprovadas… mas esta gente enburreceu com o covid

          • Pedro V says:

            Mudam o nick com que aqui andam e mudam também de opinião. Simples e fácil.

          • DataSmurf says:

            Exatamente, as vacinas covid são experimentais, e a experiência está a decorrer, as cobaias somos todos nós. Os que se vacinam dum lado e os que não se vacinam (grupo de controlo) do outro. É a maior experiência alguma vez realizada! Aguardemos pelos efeitos a médio e longo prazo destas vacinas e rezemos para que não sejam devastadores, porque os efeitos a curto prazo já estão a ser conhecidos, saindo a conta-gotas é certo, mas vão saindo.
            E existe uma explicação para que estas vacinas ainda não tenham tido autorização total pela FDA, é que existe uma regra que diz que se um medicamento/droga(substância activa) causar mais do que 24 mortes tem que ser retirada do mercado. 😉

          • DataSmurf says:

            Apenas para dizer que para uso de emergência essa regra não se aplica.

          • DataSmurf says:

            O meu penúltimo (anterior) comentário não vai fazer muito sentido porque o antepenúltimo (primeiro) comentário aguarda moderação.

          • Tadeu says:

            DataSmurf,
            isso é que é mentir com todos os dentes. Não há nenhuma regra que diga que um medicamento que cause mais do que 24 mortes tem que ser retirado do mercado, já que o número de mortes depende do número de pessoas que usam… Qualquer regra que haja será com um valor relativo e não absoluto, e dependerá também de outros factores como dosagem, história clínica, doença a ser tratada, etc.

        • Pedro V says:

          Estão em fase de testes, não estão aprovadas sem ser para uso de emergência.
          Tu não comes arroz, comes mesmo gelados com a testa.

    • AqueleAmigo says:

      Pode ser mas também pode não ser.

      Não te esqueças que os virus sofrem mutações. Por vezes a vacina que saiu hoje pode não ser eficaz amanhã. Atualmente existem diversas mutações (variantes) então é natural ser necessário “atualizar” as vacinas..

  2. Miguel says:

    A Phizer só se está a colocar mais uma vez a frente das outras porque eles sabem que isto veio para ficar e vão ter que tomar todos os anos.

    Assim quando o Mundo começar a discutir que é preciso renovar a dose já a Phizer tem tudo pronto e testes já efectuados com terceira dose.

    Nada de novo!

  3. C.S. says:

    Tadeu, o que eu te disse não é nenhuma falácia.
    Assim como a televisão deu aquela notícia, que é uma mentira, mas querem que tu acredites. Também há outras noticias que a televisão transmite que são mentira. Compete a ti separar o trigo do joio, percebes agora?
    Não acredites em tudo lá porque dá na televisão, pensa por ti.

    • Tadeu says:

      mas quem é que te disse que vi alguma coisa na Televisão????? Eu li o estudo. Lá porque és uma maria vai com as outras, não assumas que não te cruzas com alguém que realmente se documenta e sabe o que lê.

      • rui says:

        Esquece Tadeu
        Daqui a pouco vai começar com tentativas de ofensas, tipo chamar te Troll, Ranhoso etc…
        Quando não se consegue justificar e apresentar argumento, vai com isso
        Já fez com varias pessoas. Vamos quanto tempo vai demorar contigo…

        🙂

      • C.S. says:

        Há estudos para todos os gostos, mas para veres a diferença tens de ter algum conhecimento e não é a desconversar que mostras a tua argumentação.

        • Tadeu says:

          uau! quer dizer que os estudos da agência europeia do medicamento, o próprio estudo que serve de alerta, não é aceite pela tua magnânima ignorância! E onde é que é que alguma vez apresentaste alguma coisa semelhante a argumentação científica??

          • C.S. says:

            É essa a tua argumentação?
            Acreditar piamente no que diz a agência europeia do medicamento?
            Tá bem, pronto não digas mais.

          • rui says:

            Cs
            E qual é a tua? Viste na net? O pessoal que procure o que viste?
            Apresenta dados, e discute esses dados
            E já agora: Sabes o que é a EMA? Vais dizer que só dizem mentiras porque tu não concordas?

            Novamente: APRESENTA DADOS ! ( por favor de sitios confiaveis e não de paginas de negacionistas)

          • rui says:

            CS
            Para a tua informação:
            https://www.ema.europa.eu/en/news/comirnaty-spikevax-possible-link-very-rare-cases-myocarditis-pericarditis

            Como podes ver, a EMA diz que é possível uma ligação. Não negaram.
            Ou seja isso de dizeres que a EMA não é de confiar vai por agua abaixo.
            Quando há uma ligação, eles admitem. Quando não há, não vale a pena inventar….

          • Tadeu says:

            C.S., é a fonte dos dados de casos associados à vacina. Não tens outros dados que demonstre que não são casos raros. Mas pronto, já se viu que tu vês os teus dados nas folhas de chá!

          • rui says:

            Tadeu
            Foi eu que coloquei o link da EMA para mostrar ao CS que a EMA não esconde as coisas.
            São casos muito raros, mas a EMA decidiu listar como possiveis.
            Como o CS disse te que a EMA não é de confiar mostrei lhe o contrario.
            Abc

          • Pedro V says:

            Quem paga o ordenado de quem está na AEM?

          • p_t says:

            @ C.S. espera…então a alternativa é acreditar piamente nos sites manhosos onde vais buscar informação?!!? ahahah

            Génio

        • Hugo says:

          CS esquece os estudos. Já sabes como se transmite o HIV ou nao? Fugiste dessa conversa que nem um rato mas andas aqui armado em doutor loool

          • C.S. says:

            Então estiveste a dormir? Ainda estás no HIV? Se souberes tanto de medicina como o troll, nem vale a pena responder.
            Mas eu faço te a mesma pergunta.
            Sabes por onde entram os stents num ataque cardíaco?

          • Rui says:

            Cs
            Depreendo que o “troll” te estejas a referir a mim, uma vez que ja me chamaste isso.
            Eu nao sou medico, mas posso te garantir que sei mais de medicina do que tu.
            – nao fazes ideia do que uma miocardite, pericardite ou onde se usam stents
            – nao fazes ideia onde estao localizadas as coronarias ou como se chega la para colocar stents. Basta ver que achas que é pelo musculo cardiaco.
            – nao fazes ideia de como se transmite o hiv

            Continuamos?

            Quem achas que é o troll aqui?

          • Hugo says:

            Eu não percebo nada de medicina mas nota que ao dia de hoje achares que o hiv se transmite pelo suor mete -te num patamar muito, mas muito, abaixo do meu.
            Lá pra 2056 dirás algo quase acertado acerca desta pandem… Farsa vá. Ahah

          • C.S. says:

            Eu logo vi que a tua conversa era a mesma que a do troll.
            Tá bem tens razão leva a bicicleta.

          • Rui says:

            CS
            Antes troll que burro bronco

          • Rui says:

            CS
            Ja conheci gente bronca e burra, mas tu bates todos e com grande vantagem.

            Falar contigo é como falar sobre a qualidade da palha com um jumento.

    • p_t says:

      AHAH e tu separas a informação que obténs dos teus sites manhosos? Tu demonstras sempre a tua ignorância quando vens p’ra aqui falar do que não sabes nem dominas e depois acusas os outros de falta de esclarecimento!? Como é que tu tens competência para separar o trigo do joio se nem percebes a ciência em causa?

      • C.S. says:

        Responde à pergunta do ataque cardíaco e depois falamos.

        • rui says:

          Onde viste essa informação que o ataque cardíaco foi provocado pela vacina?
          Porque não mostras onde viste isso?

          Sabes o que são miocardites? Não me parece.
          Procura, pode ser que aprdenas algo.

          • C.S. says:

            Não estou a falar disso.
            Perguntei se acreditavas que um ataque cardíaco com 7 stents a pessoa pode ir para casa ao fim de dois dias. Só para ver se percebias alguma coisa de medicina sem ser pela televisão.

          • p_t says:

            “ó para ver se percebias alguma coisa de medicina sem ser pela televisão.” ahahahah

            oh C.S. não te armes em sabichão. Mostra lá o site onde está isso escrito que foi enviado pra casa depois de 7 stents.

          • rui says:

            CS
            Sabes o que é um stent e o que faz?
            Eu trabalhei no hospital de Santa Marta durante 11 anos, e se tudo correr bem, a grande maioria do doentes vão para casa rapidamente. Não posso comentar esse caso particular, pois não mostras o link onde esta a noticia, mas acredito que seja possivel, sim.

          • C.S. says:

            Eu logo vi que tu acreditavas. Pois olha eu digo que não é verdade e não trabalhei em nenhum hospital, nem sou médico. Agora imagina quais sao as minhas fontes de informação.

          • rui says:

            Mostraste a tua falta de conhecimento e a tua soberba!
            “Eu é que sei, não acredito. Não sou médico, por isso imagina as minhas fontes”

            Achas que o facto de escrever mentiras faz de ti um homem. E és assim tão arrogante que achas que apenas tu sabes o que é verdade ou não?
            Como te disse, não posso comentar esse caso, pois não mostras o link, mas acredito.
            Tu, na tua arrogância diz logo que é mentira….

        • p_t says:

          Manda o link dessa informação que tu não és de confiança.

        • rui says:

          Grande resposta sim senhor!
          ” eu não sou médico, por isso imagina as minhas fontes de informação”

          Acabaste de mostrar a tua inteligência e que a única coisa que sabes é escrever baboseiras. Não mostras as tuas fontes, e quando perguntam….. vão procurar. Muito bom!

          Chamar te Mareta é pouco!

          • C.S. says:

            Estás a ver a tua conversa?
            Como é que queres ser levado a sério se nem sequer consideras outras hipóteses.
            Mas eu vou explicar-te devagarinho como eu cheguei à conclusão que a notícia da televisão é falsa.
            Porque eu já tive um enfarte agudo do miocárdio e levei dois stents.
            Percebes agora que tens de ser mais moderado a fazer as tuas análises e não partir logo para a parvoíce?

          • rui says:

            Partir para a parvoice?
            Vamos por partes para ver se percebes o que eu disse e digo.

            – Pedi te para mostrar o link, e que era possível mas não podia comentar esse caso sem o conhecer.
            – Tua resposta foi: não acredito e procura as minhas fontes

            Agora:
            Tiveste um enfarte? Sinto muito. Acredita.
            Agora isso não faz de ti um expert em enfartes, da mesma maneira que eu depois de ter tido um tromboembolismo massivo bilateral não faz de mim um expert em trombos.
            Eu tive sorte que correu tudo bem.
            No teu caso pode ter corrido mal, e mais uma vez não sei a tua ficha médica, nem o que te fizerram, por isso não vou comentar se foi mau ou não.
            Cada pessoa reage de maneira diferente.

            Tu é que por teres tido um enfarte já podes dizer que sabes mais do que os outros sobre isso? Que por tu não teres recuperado em pouco tempo, ninguem pode recuperar?
            E depois não gostas que te chame arrogante? o que posso chamar te então, quando dizes que tu é que sabes?

          • C.S. says:

            Ganhaste, leva a bicicleta.

          • rui says:

            🙂

            Espero sinceramente que tudo corra bem com o teu coração, e que não tenhas mais enfartes.

          • p_t says:

            @ C.S.

            “Como é que queres ser levado a sério se nem sequer consideras outras hipóteses.
            Mas eu vou explicar-te devagarinho como eu cheguei à conclusão que a notícia da televisão é falsa.
            Porque eu já tive um enfarte agudo do miocárdio e levei dois stents.”

            Portanto, estás a fazer conclusões científicas a partir do teu caso, ou seja, de um caso. Ah grande cientista.

            Se tu não tiveste alta em pouco tempo, terá sido certamente uma decisão médica fundamenta de acordo com os dados que tinham. Isto não é chapa 4. Há muita gente que faz stent e vai logo p’ra casa. Há gente que fica mais tempo internado. Isso depende de vários factores.

            Portanto devolvo a tua pergunta retórica: “Como é que queres ser levado a sério se nem sequer consideras outras hipóteses?”

            E não venhas dizer que consideraste, porque claramente não!!! Tu só te fundamentas com o teu caso que deve ter tido certas especificidades. A ciência não se faz com meia dúzia de casos quanto mais com 1.

            Continuo à espera do link com esse caso dos 7 stents.

        • Toni da Adega says:

          Cada caso é um caso. Tenho elementos da família que tiveram ataque cardíaco e com stents passado 2 dias estavam em casa. Isto um caso real que não passou na TV.

          • C.S. says:

            Toni sabes o que é a recuperação do musculo cardíaco?

          • rui says:

            CS
            A recuperação do músculo cardíaco é difícil, mas como te disse, cada caso é um caso.
            O teu caso pode ter sido grave e os médicos decidiram por te manter internado para “não ariscar”, e com certeza fizeram bem.
            Agora colocação de stents não é no músculo cardíaco mas sim nas artérias (sobretudo coronárias), e como eu eu disse pode correr bem, e o utente sai em pouco tempo.
            Também depende muito da idade, corpo (se é obeso, ou magro), e da gravidade do “entupimento” das arterias, o que tudo junto vai influenciar a recuperação.
            Cada vez mais os stents são usados e a recuperação é rápida.

            Nesse caso que falaste (e eu não digo que é falso) pode ter sido “entupimentos” leves e tudo correu bem.

            Agora mais importante: Sabes porque as coronarias ficam “entupidas”?
            Posso te garantir que demora alguns anos e NÃO é da vacina.

          • C.S. says:

            E sabes por onde se metem os stents?

          • rui says:

            Posso te garantir que NÃO é no coração ( ou melhor no músculo cardíaco)
            Sabes onde estão localizadas as coronárias, certo?

            Só para teres uma ideia (tem um desenho lá para veres melhor):

            https://www.msdmanuals.com/pt/casa/dist%C3%BArbios-do-cora%C3%A7%C3%A3o-e-dos-vasos-sangu%C3%ADneos/doen%C3%A7a-arterial-coronariana/considera%C3%A7%C3%B5es-gerais-sobre-a-doen%C3%A7a-arterial-coronariana-dac

          • rui says:

            Cs
            Só para confirmar, estamos a falar de stents? Não de valvulas cardiacas?
            é que os stents são no exterior, valvulas são no interior

          • C.S. says:

            Logo vi que não sabias.
            Deixa de mandar palpites, e reconhece que estás a ser manipulado pela comunicação social.

          • rui says:

            ?????

            Por favor Explica me….

            Vais me dizer que é pelo musculo cardiaco?
            Estou a ser manipulado pela comunicação social sobre o local das coronarias?

            e tambem:
            Sabes a diferença entre miocardite, pericardite e o entupimento de coronarias?

            Cada vez que falas fico com mais duvidas: acreditas no que falas? ou és mesmo bota da tropa?

          • Toni da Adega says:

            @C.S
            Estás a duvidar que passado 2 dias estavam em casa? Como eu disse, cada caso é um caso. Conheço quem tenha nunca tenha ido para casa por ter morrido de ataque cardíaco.
            Todos os problemas de saúde dependem da gravidade do caso, há quem tenha que amputar um pé devido a uma unha encravada.
            Já passei 3 dias internado num hospital devido a um pelo encravado.
            Isto são factos, o porquê disso acontecer somente os especialistas do Facebook podem saber.

          • p_t says:

            @ C.S.

            oh chico-esperto tu sabes responder às tuas próprias perguntas? é que duvido. Estás aqui a tentar demonstrar que os outros são ignorantes, mas só estás a fugir ao debate e a esconderes-te por detrás de perguntas, fingindo que sabes.

            Tu não sabes o que são stents, não sabes o que é a recuperação do músculo cardíaco e mal deves saber o que é um enfarte do miocárdio.
            Quem está a ser manipulado por fontes manhosas és tu! Quem manda palpites sem ter noção dos conceitos que fala és tu!

  4. João says:

    Óbvio, quantas mais vacinas a indústria farmacêutica venderem, melhor. E o engraçado é que os governos vão na cantiga, e vão comprar mais vacinas.

    • Pedro V says:

      Para onde vão os políticos depois de pertencerem a um governo?

    • Joaquim Sobreiro says:

      Os governos cumpre o papel simultâneo de vítimas de uma indústria farmacêutica e uma organização Mundial de fundos maioritariamente privados e carrascos de cidadãos a doutrinados que vão cedendo todos os seus direitos e liberdades. Os governos estão legitimados pela população que implora pela solução. A solução não se coloca em acreditar que o ser humano como hábitos saudáveis responde melhor a imunidade natural que a produtos químicos. Toda e qualquer sugestão de encontrar tratamento para a doença tira sentido á única solução proposta de vacina experimental. Muitos são os tratamentos de divulgação censurada, sem se terem feito ensaios clínicos. Governante que se oponha possivelmente morrerá, por qualquer causa.

  5. Asilva says:

    F#%@%€ Não querem tomar a vacina não tomem, estão no vosso direito. Agora não venho a lixar a cabeça a quem tomou, pois também estão no seu direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.