Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Fresh Master da Hisense elimina 93.54% das partículas virais

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Bruno Mota says:

    Tanta mariquice com o covid. Em terra de cego, quem tem olho é rei.
    Grandes negócios.

  2. David Guerreiro says:

    Adoro esses equipamentos que destroem vírus, bactérias e fungos, especialmente quando são chinesices.

  3. Joao Ptt says:

    lool
    Ionização a matar vírus… que os junte ali pelas superfícies todas e tal, ainda acredito, mas matar vírus… será de tédio?
    Mais uns parolos com a conversa da ionização.
    Gente, se querem matar vírus com gás é usar ozono… é bom é que não tenha pessoas e animais na divisão ou não vão ser apenas os vírus a morrer.

    Agora a sério, malta que faz ar condicionados, limitem-se a filtrar o ar que vêm pelos vossos aparelhos com filtro HEPA 13 ou HEPA 14 (ou EPA12 se forem poupadinhos na qualidade) e filtro de carvão activado. Se gostam dos vossos clientes façam algo que dure anos e que custe pouco (praticamente impossível… mas seria uma inovação útil). Podem acrescentar uns medidores de qualidade de ar, redundantes e cientificamente calibrados de fábrica e depois novamente no local da instalação. Enfim: coisas úteis.

  4. José Lopes says:

    Quem é que vai testar para verificar se o que dizem é verdade? Ninguém!!!!
    Logo dizem o que querem…. Assim é fácil para os fabricantes…
    Vou ali já venho…..

    • Vítor M. says:

      Não é nada disso, não digas disparates, achas que iam dizer uma coisas destas assim porque lhes apeteceu? Para teres a certificação são exigidos testes laboratoriais. Que mania de usarem a esperteza saloia para justificar a ignorância sobre os factos.

      • LR says:

        Vitor, pode não ser o caso deste aparelho, mas há muitos “artigos fantásticos” que, supostamente eliminando virus e bactérias, não passam de grandes tretas.
        Queres um dos melhores exemplos? O caso das máscaras da MO, vendidas no Continente e Wells, que supostamente eliminavam o SARS-CoV-2. Lembras-te? Até o Pplware fez um artigo sobre essas “espantásticas” máscaras, certificadas por quem? Pelo próprio laboratório que as desenvolveu!
        Poderá não ser este o caso, mas é como as bruxas: “no creo en ellas, pero que las hay, las hay”!

  5. XneloX says:

    Cada vez se vê e se lê artigos e equipamentos a dizimar o grande impulsionador de negócios chamado Covid-19.

  6. Sardinha Enlatada says:

    Realmente e comico. Entao mas os virus nao sobrevivem apenas em celulas hospedeiras ? E assim que se comecam os boatos, com o gel de limpeza para matar o covid e agora evoluem para estes aparelhos da treta. E muita gente vai atras. Depois dizem que a comunicacao social nao mentem as pessoas, e so rir.

  7. Ricardo Gomes says:

    Até podia matar 99.9… a partir do momento em que 0.01% sobrevive, a probabilidade de te infectares é exactamente a mesma que sem qualquer protecção. Isso dos 99.9 é marketing que devia ser proibido no mundo inteiro, independente do producto, porque simplesmente não diz rigorosamente nada 🙂

    • Joao Ptt says:

      Quanto menos porcaria existir no ar, menos tem o corpo de filtrar. Tendo em conta que nos ambientes interiores a tendência é para o ar estar até 5 vezes com pior qualidade que no exterior, não é má ideia reduzir a quantidade de vírus, bactérias e outras porcarias no ar.

      Agora esta coisa da ionização é de evitar.

  8. LarilasOS says:

    Se o gas mata as viroses, então cada vez que eu vou ao trono mandar uma alheira, estou a melhorar o ar! eheheh

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.