Quantcast
PplWare Mobile

Facebook: Novo recurso permitirá nomear “especialistas” para travar desinformação

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Fonte: BBC News

Autor: Ana Sofia Neto


  1. George Orwell says:

    Quem é que decide o que é “desinformação” e quem é “especialista”?

  2. CS says:

    AKA censura, lápis azul, limitar a liberdade de expressão, alimentar a narrativa oficial…

    • Manuel da Costa says:

      Lá por 800000000 perfis portugueses dizerem o mesmo, não se torna verdade.
      Ainda há pouco vi 173000 posts de perfis diferentes que afirmavam que a manifestação anti-medidas covid-19 tinha tido “entre 250000 a 500000 pessoas, em Lisboa e mais de 100000 no Porto”. Já se propagou ao Twitter que tiveram mais de meio milhão de portugueses a exigir o fim da pandemia…

      • Chalupa pela verdade says:

        eu acho que tiveram lá 5 milhões de pessoas por acaso

      • Pablo says:

        Pois os poucos que foram à manifestação têm capacidade de gerar milhares de bots! Whow…
        Quem controla o dinheiro quer que os “negacionistas” vinguem…yeah

        • Chalupa pela verdade says:

          Olha que não foi assim que puseram o Trump no poder? E no final de contas ele era contra o sistema certo? Ups

          • Pablo says:

            O Trump foi um desastre tão grande como presidente?

            Ele não começou nenuma guerra. Tem mto menos sangue do que noveis da apz.
            Queria um muro (iniciado pelo Bill), que é só uma fantochada. A Europa tem vários muros, e tem milhares de refugiados em campos. Não me me venham com essas falsas moral.

            O Trump é do sistema. É republicano. Achas que é uma pessoa é que decide o rumo dum país como a América?¿

            Relativizar uma eleição a uns bots é de rir…

            Mais vale haver desinformação do que não haver liberdade de informação.

            Vivo melhor com a primeira.

          • Chalupa pela verdade says:

            Não vou discutir se foi um desastre ou se foi maravilhoso, não está aqui em causa.

            Todos são do sistema, se não fossem minimamente do sistema não chegavam a lado nenhum, logo qualquer pessoa que queiras votar vai estar tão no sistema como outra qualquer.

            O que está em causa foi que as eleições americanas (como as famosas eleições do brexit)foram manchadas por
            votações mediante desinformação com um fim.

            E alguns podem conseguir filtrar, mas depois tens uma percentagem muito grande de pessoas que infelizmente acredita em tudo o que m
            lê e toma decisões e diz coisas completamente absurdas.

          • Pablo says:

            O Brexit foi consequência da própria ignorância do povo. E ainda mais, da inércia dos jovens! Que ficaram sentadinhos no sofá a pensar que não ia a lado nenhum o referendo!

            O Brexit ia ter impacto nos mais jovens, quem votou mais foram os idosos! Que sempre viveram de costas à Europa.

            Desinformação existe na política. Aliás eles mentem à cara podre!

            Achas que o Facebook os irá calar?
            Claro que não. Irá perpétuar a retórica de quem tem mais poder.

            Ja quase não há alternativas, votando nestas ferramentas de pura censura, então kkr oposição é que irá morrer!

            A história repete se…

            Amanhã não saberás quem estará lá a controlar estas ferramentas…

  3. Bruno Mota says:

    Pouco a pouco, está a ser implementada a censura a todos os níveis.
    O fim da liberdade de pensamento e de expressão, está em perigo.
    O delito de opinião já está institucionalizado.
    Triste futuro nos espera.

  4. Rafilda says:

    Nomear especialistas…estou certo que muitos irão aplaudir como bons memés que são. Incluíndo aquele que aqui é um cancro da sociedade. O que termina em M. Vejam mais notícias, papem mais TV. Acreditem em tudo o que os politicos dizem. Só assim serão felizes nesta sociedade. Ah, e preparem-se para denunciar todos aqueles que vão atentar contra a paz(aqueles que simplesmente pensam diferente). Memezada de esterco.

    • ToFerreira says:

      Ainda bem que no meio do rebanho há uns iluminados como tu, dotados de uma inteligência e discernimento extraordinários!

    • Manuel da Costa says:

      Há sempre parvos que tem 67000000 perfis e roubam fotos de outros, para andarem a vender-se a quem paga mais… assim como você. No meu tempo isso tinha um nome que não se pode usar actualmente.

    • Chalupa pela verdade says:

      Será que se eu disser que deus não existe e quem manda nisto tudo é o Deus Macaco vão respeitar o meu pensamento diferente de todos os outros ou vou ser vexado?

  5. Marco Duarte says:

    Portanto se eu falar tudo certinho viro especialista, agora intendo porque raio a CMTV mete os ditos especialistas na TV LOL

    • Chalupa pela verdade says:

      Agora “intendo” porque é que você acha que falar tudo certinho vira especialista.. espero é que não seja da língua portuguesa.

      “Não há cerca sanitária”

  6. Oscar says:

    Eu quero ser especialista. Como faço? Recebo dinheiro por esse serviço?

    • Miguel says:

      Tens de esquecer os conceitos verdade e mentira e treinar a capacidade de dizer o que a maioria quer ouvir.
      Assim ganharás votos e poderás estar no rumo de especialista.

      • Oscar says:

        Eu nao vivo de votos! Kkkk
        Caridade hoje em dia está dificil. Entao o que vai definir os especialistas? Idade, sexo, cor politica?
        Pensei que dava para ganhar dinheiro agora fazer um trabalho, ser o mais criterioso possivel e no fim zero? Kkkk
        É um bom ideal de vida…

  7. João says:

    Censura ? Mas eu até poderia concordar que a desinformação pode ser perigosa… só que o perigo não e nem a censura do Facebook nem a desinformação no Facebook: o perigo é as pessoas acreditarem no que está escrito no Facebook !!! Mostra que a cultura da ignorância , da preguiça e da mera “cuscovilhice” está instalada e as pessoas já não procuram pela informação em fontes fiáveis

  8. Joaquim Sobreiro says:

    Alguém que pensa pela sua cabeça não necessita, nem quer, limitações na informações. Prefere conhecer diferentes pontos de visita e criar o seu.
    Limitar informação só necessita e alimenta quem pensa que algo tem a perder se for aceite uma opinião diferente.
    Primeiro critério para analisar uma informação será fazer a pergunta: com intenção e interesse é defendida esta ideia? Mais fácil se torna quando uma ideia se considera a única e imposta.

  9. SP says:

    Notícias como estas só servem para espalhar a narrativa do Facebook. Ainda não vi aqui nenhuma notícia sobre o Dia da Liberdade inglesa.

  10. chico_seabra says:

    boas notícias; é pena nem tudo funcionar como deveria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.