Quantcast
PplWare Mobile

Conselho Nacional de Ética chumba apps para tracing à COVID-19

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Manel das lampadas says:

    Fantasticas observacoes.
    Fiquei fã deste conselho nacional de etica.
    Parabens.

  2. saldoso says:

    Lendo o que é dito pela comissão de ética não entendo como é aqui afirmado que chumbaram as aplicações!

    • JJ_ says:

      Analisa as declarações da Conselheira Ana Sofia Carvalho.

      • saldoso says:

        analisei tudo e nada do que é dito leva a concluir que chumbaram as aplicações. Apenas fazem ressalvas sobre cuidados nas implementações, e que o uso de aplicações não poderá substituir as restantes medidas de saúde pública – será como uma “ajuda” extra.

  3. Joao Ptt says:

    No fundo, como Bruce Schneier escreveu ( https://www.schneier.com/blog/archives/2020/05/me_on_covad-19_.html ) estas aplicações são inúteis na prática.
    Se a aplicação diz que pode estar contaminado, será que está mesmo? E se a aplicação diz que não está infectado, será que não está mesmo?
    No fundo são soluções tecnológicas inúteis e que só criam falsas preocupações, ou criam falsas ilusões de segurança desnecessariamente.
    E as mesmas não levam em conta a utilização de máscaras e outros cuidados de higiene.

    Isto são informáticos a tentar resolver um problema para o qual a essa tecnologia não é a adequada.
    Mais adequado seria por exemplo as mascaras terem algo que assinalasse a presença desse e de outros vírus (da gripe, etc.), e eventualmente a quantidade a que esteve exposto para que a pessoa tivesse uma ideia, ou pelo menos algum dispositivo com sensores adequados que a pessoa pudesse usar consigo. E depois a pessoa pode levar tais dados em conta juntamente com as medidas individuais de protecção que tomou.

    • saldoso says:

      A aplicação não diz nada sobre se estás ou não infectado.
      A aplicação serve para apresentar às pessoas a possibilidade de ter estado em contacto com alguém infectado.
      Com essa informação a pessoa poderá decidir ir a um serviço de saúde para avaliar a situação.
      Dessa forma será mais rápido quebrar possíveis cadeias de transmissão por parte do serviços de saúde pública, em vez de se fiar apenas na memória das pessoas infectadas para identificar outras pessoas que estiveram em contacto, para que possam questionar e testar.
      A solução que apresentas é utópica… Um teste para identificar um virus demora bastante tempo e requer equipamento especializado e reagentes… não é algo que se incorpora numa máscara.

    • PTO says:

      Santa ignorância.
      A aplicação não diz a NINGUÉM se está infetado ou não.
      Enfim… haja paciência para tantos “iluminados”.

  4. Samuel MG says:

    Só tenho umas coisas a dizer: Remover App 😛

  5. Paulo Gomes says:

    Não sei do que é que os gajos da CNPD estão à espera? Para já tanto tempo para darem parecer negativo, é depois devem querer que o covid se espalhe mais na comunidade.
    Sinceramente, se fosse na China já LVT estava com cerca sanitária.
    Devem ter algo a ganhar com o chumbo da app.

  6. PTO says:

    Estes são mais uns génios.

    Chumbam a aplicação mas no mesmo parecer que a chumbam, dizem: “No caso de se verificar a opção individual, livre e voluntária de usar um telemóvel com aplicação sinalizadora de rastreio de contacto, não haverá lugar a objeção ética.”

    Ninguém avisou estes génios que a aplicação não é obrigatória? Assim escusavam de fazer figura de ursos ao dizerem “não concordamos com a app exceto se for usada só por quem decidir usa-la.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.