Quantcast
PplWare Mobile

Compra da Beats pela Apple num impasse e pode ser abortada

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Nelson says:

    É isso, ou tudo não passou de uns rumores falsos espalhados pela internet a toda a velocidade… Sabe-se lá por quê…

    Também já chegaram a dizer que a Apple ia comprar… a Tesla…

    A Apple não se comporta como a Google ou a Facebook, normalmente faz aquisições muito mais cautelosas e conservadoras… para comprar a Beats por esse preço, teriam de ter muito recheio indispensável para a Apple…

    • int3 says:

      Eu nem conheço “Beats” 😛

    • Nunes says:

      se os rumores fossem falsos a Apple já teria arranjado forma de os desmentir directa ou indirectamente, coisa que não fez nestas duas semanas – a única coisa que se vai ouvindo são problemas nas negociações.

      • Nelson says:

        Porque havia de o fazer?

        Estes rumores, quando apareceram, foram logo dados como certos em muitas publicações (props ao pplware por deixar bem claro que são rumores), com follow-up stories, artigos de opinião dos “especialistas”, e claro, comentários dos haters “por causa disto vou-me mudar para android”, etc…

        Com tanto negativismo em volta da aquisição, principalmente pela qualidade duvidosa dos headphones face ao preço (será que são os únicos a fazer isso? Será que são os piores?) até podem ter sido a causa da descida em bolsa da Apple.

        Se não aconteceu nada, então fazem bem em não dizer nada, e que inventem mais bullshit, se não passou de um rumor…

        • Nunes says:

          Um negócio destes tem repercussões para os accionistas da Apple e até para a imagem da Apple e dos seus produtos. Caso fosse falso, haveria todo o interesse por parte da direcção em desmentir os rumores – seria até uma responsabilidade perante os accionistas.
          A Apple tem ligações fortes a algumas publicações e usa algumas delas para lançar os seus próprios rumores ou desmentir outros rumores que a envolvem. Já chegou ao ponto de vir publicamente desmentir rumores.

          • Nelson says:

            Pois, mas isso é dar força aos sensacionalistas que vivem de mexericos e de gerar buzz atrás de buzz…

            Suponha-se que é completamente falso

            Se dizem que nunca houve, eles começam a inventar mais histórias e teorias da conspiração… do “secretismo” da Apple, e mais historietas de entreter…

          • Nunes says:

            Tendo em conta a história da Apple, um desmentido público da Apple seria tomado a sério. Para além disso, este tipo de negócios e aquilo que vem a público sofre uma atenção muito especial por parte das autoridades que supervisionam empresas cotadas em bolsa – seria desaconselhável a Apple desmentir um possível negócio verdadeiro!

            “dar força aos sensacionalistas”,
            isso seria muito menos importante que a responsabilidade perante os accionistas para parar rumores falsos que afectam significativamente a cotação da empresa. Não estamos a falar dum rumor sobre um produto… Será um negócio muito significativo caso aconteça

          • Nunes says:

            tão falso que aconteceu, provavelmente para não “dar força aos sensacionalistas”
            http://www.macrumors.com/2014/05/28/apple-buys-beats/

          • Nelson says:

            Eu vou só colocar isto aqui, que eu disse

            “Suponha-se que é completamente falso”

            É que isto veio tudo de fontes a copiarem outras fontes o mais rápido possível…

          • Nunes says:

            pois disseste… mas tb 90% do que disseste foi a defender a teoria de que isto seria mais falso que outra coisa, enquanto alguém te mostrava que se fosse falso teria aparecido informações a desmentir/contrariar, coisa que nunca apareceu

    • Nélio Silva says:

      Já está finalizada a compra 😛

  2. Marcelo Silva says:

    Uma compra acertada. Só o preço altíssimo das duas marcas já fazem delas ser da mesma laia!

  3. Nuno Vieira says:

    Eu compreendo a razão pela qual a Apple queria comprar a Beats. Embora a qualidade de som dos headphones Beats seja duvidosa, esta é largamente superior a dos phones da Apple. A Beats também é percebida como sendo uma marca cool e fashion, logo também é algo que casa bem com a Apple.

    • Nelson says:

      Largamente superior aos fones da Apple?

      Isso tem ponta por onde se lhe pegue?

      A sério que são melhores? Os fones da Apple custam 29€ ou de borla em cada iPod ou iPhone, achas que sequer estão o mesmo negócio?

      Deves ser um daqueles que está à espera que venham uns beats de 500€ de borla com o iPhone… 😀

      • Nuno Vieira says:

        “Largamente superior aos fones da Apple?” Embora para o preço que se paga, os Beats sejam uma porcaria, a qualidade de som é bem superior a oferta da Apple.

        Lá por serem de borla não quer dizer que tem que ser um vómito. Os headphones que vieram com o meu Xperia e Lumia são bem melhores que os que vieram com o meu iPhone, no entanto ambos os smartphones custaram menos que o iPhone.

        E não estou à espera que venham uns phones caros com o iPhone. Ou tu vês a Sony a vender os seus headphones topo de gama com os xperia? Mas a Apple pode sempre aprender um pouco com a Beats.

        • Nelson says:

          “Os headphones que vieram com o meu Xperia e Lumia são bem melhores que os que vieram com o meu iPhone, no entanto ambos os smartphones custaram menos que o iPhone.”

          Em que sentido?

          Podes argumentar que têm melhor som, devido a um melhor isolamento, mas não convences ninguém que são mais confortáveis ou mais práticos, ou que consegues correr com eles aos ouvidos, como fazes com os da Apple.

          Os EarPods são os fones mais confortáveis do mundo.

          Os outros, não são nem os mais confortáveis do mundo, nem os com melhor som.

          Aprender com a beats? O quê? Experimenta uns da série Superlux HD381, se queres in-hear, e depois vês a absurda e absoluta roubalheira que é o negócio dos fones.

          Em 100€ que custam uns beats, 90€ é marca…

          • Nuno Vieira says:

            Até podem não ser os mais confortáveis porque os in-ear para quem não está habituado podem ser desconfortáveis quando usado por períodos longos.

            Práticos? Os EarPods à mínima vibração saem fora dos ouvidos. Como não ficam bem presos nos ouvidos também ouve-se muitos ruídos quando nos movimentamos.

            Onde é que me ouviste dizer que os Beats para o preço eram melhores? Eu disse exactamente o contrário. Mas mesmo sendo uma roubalheira continuam a ser melhores que os da Apple.

            Eu tenho uns Superlux HD381 que comprei por pura curiosidade. O som é bom e são sem sombra de dúvida os fones com a melhor relação qualidade/preço. Mesmo assim a qualidade está longe dos meus fones Grado.

            E acho piada dizeres que o mercado de fones é uma roubalheira, quando o mercado da tecnologia não é assim tão dissimilar.

    • Nunes says:

      Tenho muitas dúvidas que a Apple tenha ido atrás da Beats por causa dos headphones, de certeza que não é para melhorar a sua oferta já que arranjaria melhores alternativas.
      Creio que será mais pelo valor da marca no mundo da música, por algumas das pessoas da empresa que têm excelentes contactos, e por causa do serviço de subscrição!

      • Nuno Vieira says:

        Eu sei que a maior razão para a Apple ir atrás da Beats é por causa da Beats Music. Mas a mim não me interessa porque não estou a ver em quê que este serviço pode melhorar o que a Apple já têm. A única utilidade era de remover um concorrente. Por isso preferia que se a Apple realmente comprasse a Beats que melhorasse uma área em que esta é inferior quando comparado com algum dos seus concorrentes directos.

        • Nunes says:

          Se a questão fosse remover um corrente, teria ido atrás da Spotify ou da Pandora. O serviço da Beats tem poucos meses e muito pouco peso no mercado para a Apple se preocupar em remover como concorrente em vez de ir atrás doutros.
          A Apple não tem um serviço idêntico ao da Beats, tens aí um caminho para melhorar a oferta da Apple. E se olhares para os outros concorrentes, o serviço da Beats sobressai, é algo diferente, e segundo alguns oferece melhor qualidade.

    • João Reis says:

      Esquece isso se achas que a Apple comprou a Beats por headphones. Mas estás muito mas muito longe da realidade.

      Essa parte do negócio eles vão ignorar, a sério, beats é do mais foleiro que há a nivel de qualidade de headset, eles vendem é a marca. O interesse da Apple é apenas da parte musical/software trending etc..

      • Nunes says:

        é verdade que a compra não deverá ser por causa dos auscultadores, mas tb não podem ignorar essa parte depois da compra. Eles estão a comprar uma marca que ainda depende dos auscultadores para se afirmar – abandonar os auscultadores dum momento para o outro seria matar a marca e o potencial associado a outros ramos de negócio!

    • erreee says:

      tás bem enganado nuno, há pela net um comparativo feito por um site/comunidade de audiófilos que pões os phones in-ear da Apple, MUITO à frente dos Monster/Beats.

  4. no beats. .. no apple says:

    A compra da Beats por parte da Apple seria um sério desastre.
    A qualidade de som dos produtos da Beats deixam bastante a desejar, e a incorporação do Dr? Dre na administração da empresa de Cupertino só iria afastar ainda mais os investidores.
    A Apple tem vindo a perder mercado nos últimos anos e a aquisição da Beats seria sem dúvida um tiro nos pés.

    • Nelson says:

      Porque é queda Apple iria comprar a beats pelos headphones?

      Se eles quisessem fazer headphones, não seria problema para eles, com os recursos que têm… diria eu…

    • João Reis says:

      Eles não estão interessados na qualidade de som nem nos headsets. Quem acha isto não conhece a realidade do negócio.

      Como foi dito aqui, se fosse por causa dos headsets tinham muito melhores e empresas mais barata.
      A industria da música é o core deste negócio, trends, etc..

  5. David Ferreira says:

    A htc largou os Dre beats por alguma razão :p….. (os phones)

    Eu já tive 2 pares vindos de telemoveis e nos avariaram

  6. não pesco nada disto says:

    Apple…Ah Ah Ah!

  7. Zefra says:

    Melhor nao comprarem a Beats. Deixem la isso porque assim o investimento em outra coisa sera muito melhor.

  8. n3XXuS says:

    “garantindo assim equipamentos áudio de topo”

    Os Phones Beats estão muito longe de ser de topo. São medíocres no máximo, principalmente quando comparados a marcas tipo Audio-Technica, Grado, Byerdynamic, etc…

    Okay, se me disserem que os Beats mandam “cenário” e por isso são “melhores” para usar no exterior e/ou levar para qualquer lado, tudo bem. No entanto, eu não compro phones pela aparência deles mas sim pelo que realmente me interessa, o som. Nesse campo, os beats ficam muito aquém.

    Dizer que são phones de topo é simplesmente um insulto a quem aprecia música.

    PS: É apenas a minha opinião, cada um faz as suas escolhas…

    • Ivan Cantarino says:

      Como fanBoy / developer da Apple que sou, admito-o ponto final, acho que esta aquisição não será proveitosa à Apple.

      Por 3.000.000,00€, reformulava o seu stream do iTunes, não seria necessário comprar a Beats, pela Beats Music.
      Sim acredito piamente que a compra não será pelos headphones e explico um pouco porquê.

      Tenho uns Audio-Technica M50 e o meu irmão tem uns Beats de top. Comparando os dois, reparem que os meus M50 são metade do preço, a qualidade dos meus ultrapassam a qualidade dos Beats.

      Como o nome o diz, BEATS, os seus graves são bons, mas peca em tudo o resto.

      Ora, se eu, que pouco percebo de som, sei distinguir tão claramente phones a 50% do preço dos Beats, que possuem uma qualidade hiper-superior, acham que os gestores da Apple não iam reparar também?

      Portanto acreditem que a compra é por causa do Strem online/venda e não pelos phones/headphones.

      Acredito também que a Apple é das empresas mais meticulosas nas suas aquisições, ou seja, se a compra for efectuada poderão vir aí coisas boas, mas a meu ver é má compra.

      A ver vamos…
      Abraços a todos.

      • Nelson says:

        É assim, não estou a defender os beats, mas não existem headphones bons para tudo.

        É claro que uns bons headphones no bass, depois não podem ser bons a altas frequências.

        • n3XXuS says:

          Há phones que privilegiam uma certa gama de frequências e há aqueles que têm “flat response” (ditos studio monitors).

          Mesmo dentro dos phones que privilegiam uma certa gama, há aqueles que mantém a clareza do som e distinção dos instrumentos e os que não o fazem. Os beats estão mais para o segundo caso.

          Já tive oportunidade de experimentar phones de várias marcas, sendo a música algo que eu aprecio bastante. Beats não recomendo a ninguém.

          Mais uma vez digo, é apenas a minha opinião.

  9. Marco says:

    ouvi dizer que o Tim ficou lixadinho com o pessoal da Beats por terem dado com a língua nos dentes.

  10. Bruno says:

    Com esse dinheiro a Apple podia bem montar a sua própria divisão de som! A questão é que criar uma nova divisão obriga a entrar em competição com a Beats! Muitas vezes ouvi dizer na gestão que “se já existe compra-se”. E neste caso seria uma grande compra. Ganhavam sem duvida melhor qualidade nos dispositivos de som, tiravam um grande nome da concorrência e já tinham uma rede completamente montada.

    A Apple tem dinheiro para arriscar! Se falhar falhou! Mas duvido que falhasse. Pode não ser uma “galinha dos ovos de ouro”, mas prejuízo não daria.

    O atraso poderá ser na incorporação desses dois senhores. Pelo que parece a compra é de apenas parte da empresa! Se fosse na totalidade esses senhores iriam para o desemprego com um bom fundo de desemprego!!

  11. Guinz says:

    Na appstore tambem ja vende produtos que nao sao da apple hummm muito estranho isto.

    http://store.apple.com/pt/ipad/ipad-accessories/headphones?f=beats&fh=35ce%2B3230#!

  12. rmcrys says:

    A Apple (possivelmente) ao comprar esta marca vai atrás do seu serviço de venda/streaming de música e não especificamente pelos fones, que a Apple se quiser tem meia-dúzia de fabricantes que poderiam fazer fones para eles,de muito superior qualidade a um preço idêntico.

    Esta marca não fica acima qualitativamente duma Bose, Seinhouser, Philips (de alta gama) etc. Claro que se comprar a marca e vier o know-how dos fones e o serviço de streaming melhor. A pergunta é se pelo valor pedido a Apple não arranja soluções superiores…

    • Ivan Cantarino says:

      A questão é mesmo essa… Se a Beats vale 3 mil milhões.

      Quer dizer… o Whats’Up também não valia o que valeu, mas… US$19.000.000 auch!!

      • Nunes says:

        realmente a WhatsApp é bem pior como negócio, não gera rendimentos suficientes para compensar o preço pago a médio prazo.
        Se tivermos em conta a flutuação nos hábitos dos consumidores quanto às plataformas de comunicação que usam, é até muito provável que daqui a uns anos já nem tenha a relevância que tem actualmente.

    • Nelson says:

      “a Apple se quiser tem meia-dúzia de fabricantes que poderiam fazer fones para eles”

      Desde o retorno do SJobs que a Apple não faz essa coisa foleira de fazer rebranding.

  13. Francisco Castro says:

    Escrevi tanto e agora, passados 1 ou 2 dias venho aqui e vejo que o meu comentário não aparece!? Porra…

    • Vítor M. says:

      Raios… não encontro o teu comentário!!! No SPAM não dou com ele, podes submeter novamente sff?

      • Francisco Castro says:

        Ui, deixa lá, era muita coisa. lol Escrevi na app do Peopleware e apareceu que estava a aguardar aprovação. Acho que vou deixar de comentar por lá visto não ser a 1ª que isto me acontece (e acerta sempre quando faço comentários longos :p), porque se não me engano, das outras vezes também tinha escrito a partir da app.

      • Bruno says:

        Boas,
        Com todo o respeito pelo vosso trabalho, porque fazem isto da moderação de comentários?
        Mais valia meterem um link de denuncia. Termos de esperar que os comentários sejam aprovados é um bocado “censura”. Não digo que o façam. Não estou a acusar disso. Mas é chato termos de esperar que os comentários sejam aprovados. Assim evitariam situações como esta. Nem tinham de perder tempo a lerem os comentários. Um link de denuncia chegaria para verificarem se de facto aquele comentário ofende a pessoa ou se é só do contra!
        E acho que existe um “bug”. Já reparei muitas vezes que o numero de comentários (no topo a negrito) é superior ao numero de comentários propriamente dito. Por exemplo aparecem “4 comentários ” e depois só aparece 1 em baixo. Os outros 3? Estão à espera de moderação?

        Pensem nisso.

        Continuem o bom trabalho!

        • Vítor M. says:

          O sistema anti-Spam retém quase todos os comentários, e tem de ser assim, se não fosse tínhamos uns 6 mil comentários SPAM por dia. Atenta aí aos problemas que desconheces por trás desta estrutura, são coisas que não estás a ver bem e por isso deixaste este comentário.

          Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.