PplWare Mobile

Como ganhar dinheiro desde casa através das novas tecnologias


Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.
Artigo escrito por Domingo Gomes para o Pplware

Destaques PPLWARE

  1. Miguel says:

    O pplware usa a 8ª não usa? hehehe

  2. Miguel Ribeiro says:

    Isso dá tudo muito trabalho.
    Eu respondi só ao email de um Principe Nigeriano, que precisava de alguém para lhe guardar a guita, e fiquei logo cheio de papel. Maneira mais fácil é esta.

  3. Miguel Ângelo says:

    Excelente artigo !

  4. Arkop says:

    Tenho uma pequena dúvida quanto ao AdSense e os programas de affiliados, O AdSense não permite misturar outro tipo de anúncios com o seu, mas se eu meter um banner da gearbest ou da amazon ou do ebay, seria considerado anúncios? Haveria risco de levar um strike?

  5. João manuel says:

    O youtube é um dos fundamentos que estou a usar.
    Mas infelizmente não tenho muitos subscritos.
    A minha categoria é na animação 3D usando o programa MikumikuDance.
    Por enquanto só tenho 95 subscritores.

  6. JJ says:

    São boas dicas. Mas como é referido no artigo… só se sente o resultado ao fim de alguns meses. Isso dá trabalho e preciso muito tempo, mas é possível.

    Eu já tive a experiência positiva em um ou duas dicas mencionadas. Mas é preciso tempo para alimentar os projectos.

  7. Pedro says:

    Sites de publicidade e inquéritos, como este: http://www.clixsense.com/?4128798
    Também já escrevi dois livros, sendo este o último: https://www.facebook.com/O-dia-em-que-os-livros-deixaram-de-nascer-733845160080619/?ref=hl
    Mas, tudo requer trabalho e stress, pois mesmo quem fica em casa “sem fazer nada”, se quer ganhar algo, tem de se esforçar: no pain, no gain!

    • Arkop says:

      E esse clicksense funciona mesmo? Tem ar de scam.

      • Pedro says:

        Este podes ter a certeza absoluta que funciona, já recebi duas vezes e tem um fórum muito ativo, mesmo em português. Tem pessoal a ganhar muito dinheiro e já está ativo há vários anos.

        • sergio m says:

          concordo com o Pedro. Clixsense é honesto e está online há muitos anos. Existem centenas de sites PTC (paid to click), mas a maioria são desonestos e pagam pouco, ou nem pagam.
          Eu sou membro apenas em três sites desses, os únicos que confio e são antigos.
          Donkeymails, clique.com.pt e o clixsense. Só esses valem a pena confiar.
          Tem dezenas de anúncios diariamente para clicar e com percentagem dos referidos, ganhar uns bons trocos.
          Eu faço uns 30 dólares por mês…Free member, mas quando faço upgrade para membro vip ganha-se mais, usso esse dinheirote para renovar domínios web no godaddy.

        • DavidOff says:

          Se o PPlware começa a deixar o pessoal colocar aqui os links de referidos dos sites PTC…. ui ui

          lo-l

  8. M.Manuelito says:

    Eu ganho dinheiro com as novas tecnologias há muito tempo, sou um dos felizardos que têm um trabalho e que lhe pagam ao fim do mês um ordenado relativamente bom 🙂 Nos tempos que correm é excelente já ter trabalho!!

  9. Hugo Paradela says:

    A minha última tentativa de obter rendimento com a web já deu alguns frutos, a única coisa que tenho de fazer instalar apps da loja da Google e às vezes usá-las por curto espaço de tempo, de uma maneira ou de outra sou pago por isso.
    Não estou rico por isso, mas já deu para fazer umas compras online, por isso estou satisfeito.
    A UENTO.com neste momento encontra-se bastante estável ao ponto de apresentar vários apps diariamente para instalação, parcerias com outros serviços, jogo de Taps e ser bastante célere a efectuar os pagamentos, ao contrário de outras, pagamentos esses que podem ser via Paypal, ou futuramente, carregamentos para telemóveis e coupons Facebook, Amazon e Steam.
    a app encontra-se na Play Google (https://play.google.com/store/apps/details?id=com.app.uento), depois da inscrição podem usar o meu referral code: eA5qa

  10. Walmir Nascimento says:

    Concordo como você Vitor. Por isso comecei ao estudar melhor no texto ao postar em blog. Sempre estudei na escola Senai-PB em designer, programador web, produtor gráfico etc. E pesquisei ao escolher um pessoa trabalhar internet e ganhar o lucro certo. Exemplo deste boa pessoa;
    bit.ly/como-trabalhar-internet

  11. sergio m says:

    Há pelo menos dez anos que leio estas mesmas “dicas” em revistas de informática e blogs.
    A publicidade nos blogs e sites (através de banners, pop-ups, text ads, link ads) já tem os dias contados, além de pagarem apenas uns míseros cêntimos por clique, ou 20% de comissão por vendas geradas num anúncio etc, cada vez menos pessoas vêm ou clicam em anúncios.
    A esmagadora maioria de pessoas utilizam “ad blocker” e outras extensões semelhantes.

    O Youtube paga muito mal, alguns cêntimos por cada anúncio visualizado no video, só compensa se fores famoso e tiveres MILHÕES de views no teu video.
    Caso contrário, ganhas uns 90 ou 100 euros por mês, dá para brincar, mas viver disso só se fores um youtuber muiiiiiito famoso com milhões de views.

  12. sergio m says:

    PS: esqueci de dizer outra coisa:
    Antigamente dava para ganhar dinheiro como webmaster a fazer sites para pessoas ou micro-empresas.
    Hoje infelizmente o facebook estragou tudo, muitas pessoas vendem bugigangas no facebook, é fácil e grátis, não necessitam ter site.
    Outras empresaszinhas de garagem, vendem os seus artigos num blog (bglospot) ou no facebook, e pronto. Nem necessitam de website.
    Em minha opinião essas empresas são amadoras, transmitem imagem de amadorismo.
    Se tivessem um website bonito e profissional, que é a imagem de marca de uma empresa, transmitiam maior profissionalismo e conquistavam a confiança de mais clientes.

    Alguns artistas, freelancers, pequenos empresários, optam ainda por alojamentos free, como o wix ou weebly (mais uma vez fica um site amador, com domínio gratuito e longo, feio, e com limitações ao nível de design), mas enfim.
    Webmasters freelancers já não conseguem ganhar dinheiro.

    • Domingo Gomes says:

      Concordo contigo. Vejo muito isso. Hoje em dia as pessoas não dão o valor a um bom site, a um bom conteúdo. Querem tudo gratis e sem valor. Contudo, já verás como daqui a uns anos as coisas mudam 😉

  13. sergio m says:

    Eu por exemplo quando visito sites da iol, ou do género, certos jornais online que espetam uma grande janela pop-up na frente do texto, irrito-me e saio logo do site.
    Acho que publicidade em demasia torna-se “poluição visual” e falta de respeito pelos leitores.
    Um site clean (limpo) pode ter alguns banners laterais, ou em rodapé por exemplo, é aceitável 🙂

  14. Leinad4Mind says:

    Eu cá aconselho o Fiverr https://www.fiverr.com/leinad4mind é uma boa aposta para vender e comprar serviços.

    Abraço

  15. DoubleM says:

    Devem haver por aqui alguns que ainda se lembram das ditas “barras” que pagavam apenas por se surfar na net…

    Consistia num pequeno software que se instalava e depois aparecia uma barra no browser. Quando se navegava, aquilo ia passando anúncios e contando as horas. No fim de x horas ou x dias, pagavam.

    Cheguei a usar algumas, por exemplo Spedia, Getpaid4 e ainda outro que não me recordo. Às tantas já quase metade do ecrã era cheio de barras.

    Muitas delas eram scam e não pagavam ou arranjavam forma de só pagar após certos requisitos difíceis de atingir, mas havia uma delas em que ainda recebi uma data de cheques, quase mensais. Na altura em que não havia Paypal nem nada. Enviavam o cheque directamente dos USA. Já ajudava para pagar a conta da Internet.

    Mais recentemente usei um site de inquéritos cujo nome era bastante conhecido mas agora não me recordo. Ainda recebi uns quantos cheques de 10 ou 15€ salvo erro.

    Em tempos também usei uma APP (que deixei de usar porque o telemóvel avariou e depois nunca mais a usei, mas vou tornar a usar), que pagava por cada ida ao ginásio… O contra é que por cada dia que faltasse (semanalmente é feito um acordo), tinha de pagar eu. Coisa que felizmente nunca aconteceu. Para quem é regular, é uma mais valia.

  16. sergio says:

    sim lembro-me , uma das mais famosas empresas foi a NOJENTA da “Agloco”, esses eram scam e não pagavam.
    E depois inventaram a porcaria do Agloco mails que fingiam que cada email lido rendia 100 dólares, lol, havia pessoas que acreditavam que iam receber milhares de dólares 🙂
    Esses sites depois de uns meses encerram e burlaram as pessoas, os donos desses sites lucraram Milhões em publicidade (pois os anunciantes pagaram-lhes a sério para exibir banners nessa plataforma), e eles ainda ficaram com uma base-de-dados de milhões de users, emails etc, para venderem no mecado negro.

  17. João says:

    No território nacional também há empresas a actuar na monetização de blogs! Por exemplo a Primetag (primetag.net)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.