Quantcast
PplWare Mobile

Chefe da polícia de Londres usa 11 de setembro para atacar sistema de mensagens cifradas

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Mangostão says:

    Lol. Claro, claro. Foi mesmo isso que impediu os ataques. Sabe muito sabe.

  2. António M. says:

    Prefiro correr o risco de sofrer um ataque terrorista (pouco provável) de que um ataque a minha privacidade e liberdade, da parte dos políticos e afins (muito provável).

    • Adeus says:

      Não sabes o que estás a dizer.

      • CRP says:

        Pelo conteúdo do teu comentário, dá para perceber que és um especialista da sociedade e defensor do tão famigerado “Quem não deve não teme”.

        Todos os defensores do “Quem não deve não teme”, precisa ou devia ser obrigado a ir viver para um País Ditatorial.

        “Qualquer sociedade que renuncie um pouco da sua liberdade para ter um pouco mais de segurança,não merece nem uma,nem outra,e acabará por perder ambas.”
        Benjamin Franklin

        • Depp says:

          Tu és assim tão literal que não percebes a mensagem que escreves?
          Esse quote não é literal como o tentas fazer… Mas fica lá com a tua ignorância

          • CRP says:

            Caro Ignorante @Depp, deduzo que sejas um amante do “Quem não deve não teme”, logo precisas ter um pouco de experiência de vida e para completares tua formação, terás que viver durante 12 anos num País Ditatorial (provavelmente nunca mais sais de lá, com vida, se contestares o Ditador).

            Vou dar um exemplo real (apesar de ser ilegal), presenciado por mim e em que obtive algumas vezes favorecimento para meu uso, quando se tem os conhecidos certos.

            Muitas instituições publicas (PSP, GNR, SEF, Tribunais, Finanças, Seg. Social, etc…) têm acesso aos dados dos cidadãos, certo.
            Posta aqui o teu nome completo e dá-me 48h.
            Ao fim desse tempo, posto aqui a tua vida toda.
            Provavelmente escrever este comentário num País Ditatorial, era logo silenciado.

            Quem pensar que isto é falso, anda tapadinho de todo e acredita que o Pai Natal existe.
            Entendeste @Deppquote literal.

          • Depp says:

            Não li o que escreveste… Não vale a pena…

            Fica na tua pseudo-sabedoria.
            Ele há com cada cromo… Cresce puto.

          • CRP says:

            @Depp, provavelmente tenho idade de ser teu Pai, com os 61 que já cá moram, depois pelas frases escritas pela tua pessoa demonstras imaturidade, FB não faço a mínima o que é, suponho que deve ser FaceBook, que se for o caso, fica a saber que sou anti-redes sociais e por ultimo sei proteger a minha pessoa ao ponto de não ser detectado nem encontrado pela Internet. Há jovens que com certeza vão levar este Pais avante, contudo tu não serás um deles, caso sejas jovem.
            Aprende olhar para cima, no sentido de ver o mundo à volta, fora dos ecrãs iluminados.
            Desejo-te tudo de bom para ti e respectivos familiares, mas… Cresce puto.

          • Depp says:

            Fique com a sua sabedoria.
            Se acha que está anónimo na net… OK…
            Com 61 anos já não devia de acreditar no pai natal…

    • says:

      Deves ser importante. Pelo menos para toda a gente que vês ao espelho…

    • jorgeg says:

      +1
      Aquela tipa e uma lunatica comuna que com a seguranca do povo nao se preocupa em nada,… para esta lunatica o que interessa sao carros da policia com arco iris,.. como e que lunatica desta chegam aquela posicao,… nao e normal.

  3. Claudio says:

    Essa aqui no Reino Unido já perdeu toda a credibilidade que tinha (se é que alguma vez a teve).
    Não consegue nem ter a rédea curta no Met, de maneira que recentemente houve um polícia que tinha tido já problemas com a lei que não foi suspenso e acabou por assassinar uma rapariga, a investigação dela não deu em nada como sempre.

    É corrupta e só lhe interessa criticar quando é para espiar o povo.

  4. Sardinha Enlatada says:

    Sim claro, e uma belissima ideia, de um lado temos criminosos e do outro pessoas de bem, entao toca de quebrar essas mensagens cifradas. E cada logica que esta autoridade tem. Depois atras disso vem os abusos. E ja nao e a preocupacao apenas com criminosos.

  5. SANDOKAN 1513 says:

    A senhora chefe da Polícia de Londres tem toda a razão.Quem não tem “fantasmas”(se me compreendem),não precisa de se preocupar.

  6. Secadegas says:

    Em parte tem razão. Mas a retórica não convence.

  7. Joao Ptt says:

    Até onde sei a vigilância em larga escala não conseguiu prevenir um único atentado. Não conheço qualquer caso.
    E não sou o único a achar isso: https://www.businessinsider.com/nsa-phone-snooping-illegal-court-finds-2020-9 , https://www.wired.com/2017/03/mass-spying-isnt-just-intrusive-ineffective/

  8. Miguel says:

    Antigamente bem sabemos que era tudo a grande e a francesa, andava tudo sobre escuta sem ordens de juízes até os meios de comunicação social abusavam das fragilidades das comunicações e em Inglaterra então não se fala nos tabeloides dos anos 80 e 90 eram só escutas de telefone, mensagens a fazer notícia todas as semanas ninguém escapava nem mesmo a família real.

    Hoje em dia, já não conseguem assim com 2 tretas e ainda bem!

    Se tem provas contra alguém peçam uma ordem de tribunal e aprendam o equipamento e aí sim podem ler tudo pois bem sabemos as ferramentas que existem no mercado que abrem qualquer equipamento mesmo cifrado mas obriga a posse física do mesmo.

  9. Adeus says:

    Quem não deve não teme. Se o acesso a mensagens privadas for bem controlada é uma mais bem valia para o combate à criminalidade. A sociedade está podre…

  10. Sergio says:

    Até percebo onde ela quer chegar, mas nós “povo” somos colocados entre um possível ataque terrorista, que é raro acontecer por exemplo em Portugal, ou dar uma via verde de dados sobre a nossa vida.
    E não tem haver com esconder ou deixar de esconder, de uma forma mais complexa ou simples todos nós sabemos que começa a existir capacidade para a criação de uma inteligência artificial, que saiba processar os dados de forma massiva, tendo em conta os interesses de alguém.
    Então acho que prefiro a baixa probabilidade pisar uma mina, do que ser ainda mais boneco de dados de alguma empresa ou governo.

  11. ervilhoid says:

    “Quem não deve não teme” fazem me lembrar os que pedem penas de 100 anos e tortura para certos crimes, como se isso erradicasse os crimes por si só..
    Já me chamaram maluco por discordar do 11 de setembro por isso também posso fazer o mesmo

    Vocês metem dó por pensar que o11 de setembro foi um atentado terrorista

    Dói mas depois de acordar nunca mais é a mesma coisa

    • Sergio says:

      Imagina que após colocares 100 anos e tortura para certos crimes, a criminalidade desse país descia 40%.
      Eras a favor, ou para ti tem que ser algo sempre absoluto, preto ou branco? estou a perguntar por curiosidade e para entender a vossa maneira de pensar tao absoluta, e com total respeito à tua opinião.

      • Paulo L says:

        Tens países em que ainda se corta a mão quando te apanham a roubar, curiosamente esses países tem uma alta taxa de criminalidade e roubos.

        A pena pesada so por si não resolve o problema, a sociedade tem de ter a capacidade de resolver e prevenir através dos meios disponíveis, e começa pela educação e integração, algo que a maioria dos governos tem por habito seguir o caminho contrario e desinvestir nestas areas .

        Não resolve tudo … mas ajuda

      • ervilhoid says:

        Vê os USA penas pesadas e vê a quantidade e os tipos de crimes.. agora vê países nórdicos e compara

        • Sergio says:

          Sim andei a ver e confirmei o que pensava, os países nordicos nao sao assim tao exemplares, os países de centro leste da Europa, têm menos taxas de homicidio do que os nordicos, e os nordicos até sao mais evoluidos.

          Mas a minha questão para ti não foi essa, mas quiseste fugir porque já sabias onde ia parar a conversa.

          Eu nem defendo a pena de morte, defendo um sistema penal mais duro em pequenos crimes. Naqueles crimes que são faceis e ali à mao de semear, porque na verdade esses crimes é que nos deixam mais vezes no limbo de o cometer ou não.
          Uma pessoa mede as consequencias e sao muito poucas.

          Volto a frisar não iria resolver o problema, mas ha exemplos pelo mundo fora de que pode prestar uma boa ajuda no combate ao crime, principalmente em países de pouca população.

          Mas tambem não vale apena discutir saudavelmente com alguém que ouviu, ” o 11 de setembro foi um ataque americano programado ” ou ” os países nordicos sao uma maravilha de baixa crimanilidade” e trata isso como verdades absolutas sem as confirmar.

          • Paulo L says:

            Sergio, não deixes de considerar que muitos países como Bulgaria e Roménia não reportam os números todos de criminalidade (tal como estão a fazer com os de covid) mas vai la passear fora da zona central turística de Sofia à noite e depois diz-me o que aconteceu … e qual foi a reação da policia.

            Eu não discordo em tudo o que dizes, mas por exemplo, de que serve dar 3 oportunidades a um criminoso se não lhes explicas e ensinas o que queres deles, se invés de integrar o isolas (como nos estados unidos).
            A sociedade tem de apreender a separar a criminalidade e ter vários níveis de pena.

            Example, nos Estados Unidos da America, existe muitos casos de extrema pobreza e um indivíduo que perca o trabalho fica sem condições de sobrevivência ate porque não há subsídios, se em desespero ele acaba por roubar para comer (mesmo sem arma, falamos em furto simples) e é apanhado, vai de cana por 6 meses a 5 anos, quando sai, ninguém lhe dá trabalho a menos que seja pura exploração porque sabem que ele precisa.
            Acaba por voltar ao crime com a agravante que vai aprender outras formas de roubar e acostumar-se a violência na cadeia e aplicar nos futuros furtos.

            Se em vez de o prender por furto simples sem violência o obrigas a trabalho comunitário, o apoias em arranjar trabalho (lhe das um subsídio em troca de trabalho comunitário), o manténs ocupado 8 horas ate que ele arrange trabalho e não colocas crimes não violentos no registro criminal publico, as possibilidades de ele arranjar trabalho e endireitar a vida são no mínimo melhores do que ele voltar a reincidir.
            Ai estou de acordo que depois de lhe dares condições e ele não as aproveitar, pois tem de ser aumentar o peso da mão!

            Mas olha por exemplo a miúda que escreveu nos descobrimentos, não a estou a defender, mas porra um crime de estupidez devido à rebeldia típica dessas idades (todos passamos por ai, de uma forma ou outra) dar pena de cadeia e ficar no registro criminal parece excessivo.
            Que a condenem a trabalho voluntário, que vá limpar entretanto a porcaria que fez para ver o custa, estaria bem, mas acabar com a palhaçada por ai, em vez de lhe dar cabo da vida com ficha criminal (depois temos o hacker a ser promovido a herói nacional) … onde raio esta a justiça?

          • ervilhoid says:

            Quanto ao 11 setembro se é motivo para parar a conversa paciência.. se não vês nada de errado no 11 setembro o mal possa ser teu…

      • B@rão Vermelho says:

        Também acho que não é solução, mas como alguns estados no EUA, a 3ª condenação dá prisão perpétua, afinal quantas oportunidades precisamos de dar a uma pessoa?
        Não sabe viver em sociedade temos que a retirar da mesa.

  12. Louro says:

    Acho uma certa piada aos que andam aqui a dizer “Quem nao deve nao teme”, imagino que iriam ficar muito contentes, caso o backdoor que fosse usado por terceiros para aceder aos seus dados e os publicasse online.

    Seria lindo de ver essa gente toda a berrar.

  13. Zé Duarte says:

    Com um chapéu daqueles não convence ninguém.

  14. Pgomes says:

    O que ela propõe é um estado fascista, onde o governo pode espiar á voltade nos cidadãos.
    Essa ideia de que retirando a encriptação, resolve o terrorismo é um disparate completo.
    Basta lembrar que os terroristas que atacaram o bataclan usavam SMS sem encriptação.

  15. ben buba says:

    Mesmo que instalassem algum backdoor no whatsapp etc, o que impede os terroristas de criarem a sua própria rede de comunicação encriptada? O que não falta é código open source seja para clientes chat ou para criptografia.

  16. ToFerreira says:

    Em breve a polícia não vai poder controlar de forma alguma os cidadãos, porque assim violam o seu direito à privacidade e à liberdade.

    • António M. says:

      Mas se Eximo Srº Tó (outro qualquer) sente mais seguro com a violação do seu direito à privacidade e à liberdade, não devia estar inserido na sociedade Portuguesa, terá que fazer as malas e mudar-se para Coreia do Norte, onde pode satisfazer os seus ideais.

  17. ervilhoid says:

    Ah e também quero câmeras em casa de todas as pessoas em todas as divisões, não vá haver aqui um vizinho terrorista

  18. Sardinha Enlatada says:

    Resumindo “como querem apanhar criminosos, vale tudo menos tirar olhos” esta certo continuem com essa mentalidade das cavernas. Quem nao deve nao teme e de facto verdade mas ha limites para ultrapassar essa barreira. E quem garante que depois de obter essa informacao em criminosos e nao criminosos nao havera abusos ? Isso acontece todos os dias, e o facto de ser autoridade nao os favorece para fazer o que querem. Mais depressa defendia a quebra do sigilo bancario e o acesso as transacoes livres. Ai e que poderia ser aplicada a frase “quem nao deve nao teme” e cruzarem o patrimonio obtido com os rendimentos anuais, eram tantos ratinhos apanhados. Mas nisso nao interessa mexer.

    • CRP says:

      “e nao criminosos nao havera abusos ?”

      Confirmo que há abusos para os não criminosos, mas ainda não estão satisfeitos, querem mais.

      Só quando conseguirem controlar a população a 100%, é que a coisa pára, isto tudo em prol do terrorismo e outras que eles inventam.

      O que já começou não há maneira de parar, enquanto houver pessoas com a mentalidade do “Quem não deve não teme”.

  19. Redin says:

    Para todos os apoiantes do “Quem não deve não teme” talvez se deva dar ao trabalho de ler este artigo.
    https://visao.sapo.pt/exameinformatica/noticias-ei/mercados/2021-09-15-agentes-dos-eua-confessam-ter-pirateado-redes-e-sistemas-americanos/
    Não fosse a arrogância dois governos e não iríamos precisar de as inventar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.