Quantcast
PplWare Mobile

Ataques em Paris: Redes sociais inundadas de tristeza e revolta

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Derrr says:

    Deixam entrar toda a gente na Europa e querem paz. Que hipocrisia.

    • Filipe says:

      acreditas mesmo que eles tem 15mil euros para vir para ca? Nao achas estranho que a europa tenha sido tao atacada nestes ultimos tempos? Quem enfraqueceu o euro, financia os grupos terroristas, paga a traficantes para meter cá os refugiados? O grande inimigo chama-se EUA e isso apenas por dinheiro e medo de uma Europa unida e poderosa.

      • Mylittlelife says:

        Andas a delirar. Achas mesmo que algum país civilizado ia financiar/provocar este tipo de coisas para ganhar dinheiro, sabendo que hoje em dia (quase) tudo se sabe, e se se descobrisse (estilo “caso VW”), iriam ser excluídos e violentamente condenados???

        Enfim, ao menos os EUA, Franca, UK etc têm que ter as costas grandes, porque todas as accoes violentas do mundo sao atribuidas a eles…

        Ao menos segundo a tua opiniao, se amanha fugirem uns psicóticos dum asilo e matarem pessoas, ainda foram os USA que abriram as portas LOL Enfim…

        • Maxim says:

          Mylittlelife, não sabes do que falas. Não só os EUA têm culpa disto, mas muitos outros países civilizados. Eles têm petróleo, mas não têm armas. O negócio parece-me de caras.

      • Derrr says:

        O verdadeiro inimigo é a tua ignorância.

      • Filipe says:

        Quem financia estes grupos sao os emirates arabes unidos, cujo dinheiro vem dos negocios de petroleo com USA e Europa. Vai ler sobre “As sete irmas-Vergonhosa Historia do Petroleo”. Nao querem grupos terroristas parem de exportar armas e comprar petroleo a esses paises. Se vivesses na miseria e um grupo extremista te oferecesse trabalho para teres uma vida “normal” nao aceitavas? Falar de barriga cheia e facil.

      • NT says:

        Acho que o Filipe tem alguma razão no que toca aos EUA… Se o acham ignorante vejam como é que os estados unidos entraram na I e II guerra mundial… Quando na altura a guerra era na Europa muitos dos Americanos estavam-se a “borrifar” para o que acontecia neste lado do planeta… No entanto, por exemplo na segunda guerra mundial aconteceu Pearl Harbour e no dia seguinte eram aos milhões para vir combater o “terrorismo” do Hitler e “Sócios”… Hoje em dia sabemos que as altas patentes dos Estados Unidos já sabiam do ataque e deixaram acontecer…
        Mais recentemente tivemos 9/11 e NÃO ESTOU A DIZER que foram os Americanos que executaram o ataque. Agora a explicação da queda das torres não me convenceu. A mim e a muitos Eng. de Estruturas que dizem que seria impossível as torres caírem daquela forma devido aos incêndios/destruição provocados pelo embate dos aviões.

    • Jobs says:

      Não é bem assim não foi a França que expulsou 1230 ciganos

    • Mota says:

      LOL

      Sírios?! Oh rapaz não digas asneiras. Eles nem pra comer têm quanto mais para armas e transporte para paris. A mania de misturar as pessoas todas.

      Eu concordo que se controle mais as fronteiras, agora dizer que os refugiados tÊm culpa?!

  2. eleck says:

    pior é que ainda ha quem defenda o abrigo destes muculmanos radicais, era barrar-lhes a entrada, ou expulsalos iam ver que eles deixavam-se de isso

    • miguel says:

      não podes barralhes a entrada, a opinião publica conta muito. Racistas xenófobos..etc

      solução: deixar entrar tudo e todos ate dar me**a, depois de dar barraca a opinião publica muda de mentalidade, e assim ja podem ser todos corridos a pontapé.

      È uma boa solução?? não, mas querem o que as pessoas deste mundo são assim, ou vao com 8 ou com 80. meio termo não resulta ficam todos descontentes e continuam a dizer que é xenofobia, racismo, etc..

      já o ditado português diz isso albarda-se o burro a vontade do dono(seja o mais correcto ou não).

    • Pedro says:

      Espero muito sinceramente que não estejas a falar dos refugiados. Se estás, só espero que nunca tenhas de abandonar o teu país e não ter nenhum bocado de terra que te queira receber.

      • Nand says:

        Se um dia precisar de abandonar o meu país espero ter um bocado de terra que me acolha, mas não espero que me aceite como imigrante, que me dê direitos que os seus não têm. É preciso distinguir refugiados de imigrantes e respectivos direitos e já agora, os consequentes deveres, falsos moralismos é que não ajudam nada nem ninguém.

      • Zé Montaneles says:

        Pois sim, diz que são apenas refugiados, essa massa de migrantes vai muito além desses refugiados de guerra, muitos outros aproveitam-se desta generosidade em geral

        Depois vêm pregar o Islão juntamente com os seus valores e mentalidades medíocres e duvidáveis, em vez de se quererem adaptarem ao pais onde se alojam, querem é impor os seus ideais e culturas aos outros
        Olha para o que se passa na Suécia, Reino Unido e Bélgica

        E nós que andámos a tentar expulsar esses Árabes durante séculos, porque será?

      • Mylittlelife says:

        Pedro:

        A crítica dos países “contra” os refugiados, nao tem NADA haver com os refugiados/religiao deles em si. A crítica dos países e das pessoas é:
        – é que NAO se está a combater a fonte do problema (o porquê de fugirem)
        – estao a vir centenas de milhar (!!!) de refugiados que tanto podem ser pessoas comuns, como elementos do EI
        – a Europa atravessa uma crise económica e de identidade, e ao virem tantas centenas de milhar de pessoas, os países têm problemas em lidar com tudo
        – tal como eu vi na TV, muuuuitos destes refugiados enquanto ainda estavam na Hungria/Eslovénia, em vez de “pedirem” comida e ajuda, eles “exigiam” (!!!) comida, tratamento médico!!!
        – tal como vi eu na TV, muitos refugiados foram enviados (ou por meios alternativos) para a Finlandia e países do centro da Europa, ou até oferecida a possibilidade de irem para Espanha/Portugal, e eles negaram-se e EXIGIAM ir para a Suécia porque lá a vida é melhor, ganham mais e podiam trazer a familia quando e como quisessem. OI?????? Mas afinal sao refugiados ou sao emigrantes com exigências?

        Eu acho a atitude da Europa em acolher fantástica, há muitas familias e criancas/idosos a precisa de ajuda, mas honestamente a atitute de “exigência” de muitos “refugiados” deixa muito a desejar…

        • Pedro says:

          Ninguém põe esses pontos em causa. Não se pode é dizer que toda a gente que vem é terrorista. Foi isso que o eleck disse, pôs tudo no mesmo saco!

          • CC says:

            mas e como vais saber quais são e quais não? 19 pessoas bastaram para por a América de joelhos.
            https://www.facebook.com/AprendePaspalhoOficial/videos/317045941829243/
            temos de ser politicamente correctos, fica bem aos olhos dos outros, e enquanto isso vão-se apoderando da europa, se eles gostam da europa é pelo que é, se a querem transformar no médio oriente não tarde não é mais a europa, e se querem isto como o médio oriente então que fiquem lá, é por querer ficar lindo na foto que tanta gente morre, quando chegar a ti depressa mudas de opinião, mas já vai ser muito tarde.

        • Vlad says:

          “tal como vi eu na TV”

          É esse o teu problema, vês muita TV. Eu já estive em três países onde estavam refugiados Sírios e acredita que a imagem é bem diferente da que a TV pinta.

    • Jobs says:

      Não foi os franceses que andaram a gozar com eles com aquelas caricaturas ?

      • Mylittlelife says:

        “Não foi os franceses…” -> “Não FORAM os franceses…”

        Caricaturas, humor e “gozar” com as pessoas sempre fez parte da vida, da liberdade e de todas as sociedades. Ainda que possa ser algo de bom/mau gosto, vemos todos os dias na TV com políticos, cantores, etc (Gato Fedorento, etc etc etc) e sempre fez parte do humor, e tentar fazer uma crítica positiva/pessoas rirem e desabafarem.

        Se estes grupos nao estao contentes, que recorram como toda a gente aos tribunais, e se tiverem razao, os juízes tratam de dar um fecho/multa. Agora toda e qualquer violência é inaceitável.

        É questao para dizer: o direito à VIDA, LIBERDADE e todos nós está abaixo de caricaturas??? Alguém tem o “direito” de matar alguém por desenhos/caricaturas/religiao, no ano de 2015? Mas regredimos 2000-2500 anos na civilizacao??? Ou nunca evoluímos…

        • Jobs says:

          Para tua informação existe um limite para tudo até o papa comentou

          O papa Francisco defendeu hoje que a liberdade de expressão é um direito fundamental mas que não permite “insultos à fé dos outros etc

          • Mylittlelife says:

            E se insultam a fé de alguém, a solucao é matar pessoas?! Deves estar a brincar… como disse, se nao gostaram ou foram insultados que recorram aos tribunais e fechem o jornal!

    • Vlad says:

      Não queres que os refugiados sírios venham para cá? É muito simples, pede aos EUA e à UE que deixem de fornecer armas a grupos separatistas e de patrocinar o golpe de estado que neste momento ocorre lá.

  3. jafostes! :D says:

    Vão já ser todos Charlie novamente. lol

  4. Nand says:

    Como é que é suposto evitar estes ataques, mantendo a privacidade, a confidencialidade dos pobres terroristas?
    O valor da vida humana não é superior à sobrevalorizada privacidade/confidencialidade? Estão à espera que as autoridades farejem estes atentados, ou que recorram à Maya?
    Por outro lado, é necessário restringir a liberdade quase incondicional, mesmo correndo o risco de pagar o justo pelo pecador.
    É preciso evitar estes episódios e não chorar e revoltar-se mas redes sociais a posteriori.

  5. Ricardo Raimundo says:

    Que comentários ignorantes. Quem disse que estas muçulmanos radicais não são europeus? ..e por uns pagam todos os que estão a tentar fugir duma guerra injusta? O mundo tem é que se unir em peso contra estes seres sub-humanos que são os radicais!

    • Rui Colaço says:

      Subscrevo…

    • CC says:

      tão ignorantes como o teu, são europeus no sentido que alguns nasceram cá, mas os pais não, vai a Paris e vê com os teus olhos, é só burcas, sim, na europa todos usam burcas, é da nossa cultura, achas que a cultura dos pais não passa para os filhos, pelo menos a religião, e como não há emprego para todos uns voltam ao país de origem, levam lavagem cerebral, e depois voltam treinados, e como têm passaporte francês entram bem, e as proximas gerações destas centenas de milhar vão fazer o quê? basta ver o que estes já fazem, exigem o dinheiro que a UE fez propositadamente para eles, e eles dizem “quero o meu dinheiro”, “a internet é lenta, não temos condições”, etc, https://www.youtube.com/watch?v=putezSS32m8
      Vais longe vais, pensa lá porque não foge nenhum da guerra para a Rússia? sabem o tratamento que lhes davam, e porque não querem Espanha e Portugal? eles querem é o dinheiro, e viver ás custas da segurança social dos países mais ricos, ou achas que vão inventar emprego para 1/10 deles sequer?

      • Vlad says:

        Comentário ignorante. Acho muito bem que eles venham para cá e não para a Rússia. Afinal de contas somos nós que estamos a patrocinar a guerra no pais deles.

    • Vlad says:

      Não é só unir em peso contra os radicais, mas também contra quem os patrocina com armas e dinheiro.

  6. onike says:

    Desculpem a ignorância, mas fechar as fronteiras vai significar o quê? Para poder entrar em frança vai ser preciso passaporte? Sim eu sei que é uma das formas de controla as pessoas que entrem ou saem do país, mas “é só” para isso?

  7. censo says:

    E qual é o mal de haverem fronteiras com controlo?

    • Mylittlelife says:

      A ideia da CE é ser um estilo de EUA em que cada país é um estado federado, e podemos estar na Franca, Italia, etc como em Portugal, com os mesmos direitos. Ou seja, em vez de seres um extrangeiro em Franca, a ideia é seres um “Francês” de origem portuguesa, com as mesmas vantagens/desvantagens dum Francês. Ou seja, poderes circular na CE livre e despreocupado, de poderes procurar e ter emprego em Franca, Alemanha, etc como em Portugal, de teres filhos com os meus direitos/deveres que os “originais”.

      A ideia é fantástica até ao ponto de que agora já nao sao cidadaos extra-CE que provocam atentados, mas cidadaos da CE. E com a entrada de refugiados extra-CE (sem cadastro/registo), tanto podes ter 100% de gente boa, como 1 ou 50% de elementos de ideias extremistas. Como nao se sabe e eles estao a ser “nacionalizados” (na Alemanha por ex), eles vao ser tornados cidadaos da CE.

      O problema é que nao podemos ser inocentes e ingénuos de achar que 100% destes elementos sao boa gente, e basta haver 100 elementos destes 1.000.000 de refugiados, para provocarem centenas/milhares de mortes em atentados por toda a Europa. Muitos falam de barriga cheia a favor da entrada destes cidadaos sem problema, mas basta que um dia estejam no local errado, à hora errada, para pensarem 2x…

      • censo says:

        Eu sei qual é a ideia. Mas a multiplicidade cultural da Europa não permite isso, pelo menos agora. O controlo de fronteiras tem de existir. Em minha casa entra quem eu deixar. A porta ta fechada por defeito.

  8. the Dell guy says:

    acho inacreditável um artigo destes ter apenas “alguns” posts, quando existem artigos que todos sabem a que me refiro, com centenas de posts . assim se vê a mentalidade das pessoas que frequentam o pplware. … triste por Paris, e triste por nós! !!

  9. Tiago says:

    Quinta-feira, 41 mortes em Beirute, a mesma organização que atacou ontem Paris!
    Pensem, informem-se antes de criticar o quer que seja.

    • Vlad says:

      Infelizmente a televisão mal cobriu esse atentado, são Muçulmanos, para um boa parte dos Europeus este são sub-humanos, logo não gera o mesmo choque. Agora a televisão aproveita-se deste atentado em França para espalhar ódio e xenofobia e para que nós os consideremos ainda mais sub-humanos do que já pensávamos que eram.

  10. Lai✍ says:

    God bless Paris

  11. Rodrigo says:

    Tinha de vir o “pray”. Nós não precisamos de rezar por Paris. Aliás, pelo contrário, precisamos de nos livrar da religião em todo o mundo.

  12. ervilhoid says:

    Não acompanhei tudo ao pormenor, porque nao já vídeos dentro do bataclan?

  13. NT says:

    Muito se dá na cabeça aos “extremistas” porém é uma guerra já MUITO antiga. Acho é que como sociedade (independentemente de ser Francês, Português, Sírio, Marroquino, Chinês etc…) tentar entender quais são as diferenças. Depois em vez de enviarmos mais material de guerra para “proteger a democracia e os nossos ideais” porque não enviar material de construção e deixar eles construirem democracia, mesmo que seja diferente da nossa ideia de democracia? Se por cada euro gasto em armamento e tropas para irem invadir esses países com a desculpa de terrorismo fosse gasto 1 cêntimo para a construção/educação nesses países já não existiam problemas com refugiados migrantes, com ataques terroristas e mesmo com extremistas.
    Não se esqueçam que apesar das diferenças (língua, religião etc) estamos todos no mesmo planeta e que independentemente de tudo, temos que partilhar o planeta porque ele não é da França, EUA, Extremistas mas sim de todos. Quando Deus, Alá, Natureza ou sei lá o quê criou/formou este planeta não o fez com fronteiras portanto vamos é como um todo derrubar dogmas e viver sem andar à batatada uns com os outros.

    Com isto escrito faço um momento de silêncio pelas vidas que se perderam nesta sexta 13. (de um lado e de outro porque afinal todos eram humanos ou pelo menos seres vivos)

    • Vlad says:

      Os EUA e a UE não envia armas para democratizar um povo, mas sim para perpetrar um golpe de estado para colocarem um governo que sirva os nossos interesses.

  14. Paulo says:

    Depois de casa roubada , trancas na porta.

  15. César Oliveira says:

    Volto a afirma-lo:
    A grande maioria das pessoas anda muito enganada à cerca do terrorismo no mundo
    Os grande responsáveis pelo terrorismo no mundo são os produtores de armas.
    Sem armas isso não aconteceria ou pelo menos não com tamanha gravidade.
    Também é absurdo como ainda hajam pessoas a matar pessoas pelo mundo.
    Temos que deixar a animalidade. Já é tempo disso.

  16. Rui says:

    Não é a França que anda a vender armas aos sírios etc
    http://bit.ly/1O9bmKn

  17. Vlad says:

    O meu pensamento vai para aqueles que morreram neste atentado hediondo. Infelizmente são sempre os inocentes a serem apanhados pelas ondas criadas pelos seus próprios governos e aliados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.