Quantcast
PplWare Mobile

Aprovada proposta da Lei de Serviços Digitais! E agora?

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Bruno Lopes says:

    Finalmente

  2. Joao Ptt says:

    Ainda tem de ser aprovado nos parlamentos de cada país.

    No fundo aquilo que era uma União Económica, que nunca foi alvo de sufrágio popular pelo menos em Portugal, virou de facto um estado federal. Mais cedo do que mais tarde esta união vai com os porcos, como qualquer outra união que não seja derivada da vontade explícita das pessoas.

  3. PorcoDoPunjab says:

    Por outras palavras, censura, silenciamento de vozes incómodas e transformar cada pessoa num potencial bufo.

    Quem decide o que é discurso de ódio?
    Se for como até agora já se sabe o que é, uns podem tudo e os outros nada.

    Se isto é democracia bem a podem meter num sítio que eu cá sei…
    Não tarda estamos como na China…

  4. Patinhas The Third says:

    Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.
    Evelyn Beatrice Hall

    Já foi

    • Pedro Mendes says:

      Uma grande verdade!!! Na tentativa de compreender algumas pessoas já me esforcei bastante por encontrar argumentos para contrariar essa posição mas não consegui encontrar nada que fizesse sentido. Faz-me muita confusão como é que alguém acha que é possível marcar um limite naquilo que se pode dizer. É preciso não esquecer que pensamos com palavras, e limitar o discurso é limitar o pensamento e o resultado apenas gera mediocridade. É impossível falar livremente sem o risco de ofender alguém.

      • mlopes says:

        se leres a constituição portuguesa percebes com facilidade.
        \pegas no artigo 26, nomeadamente o nº 1, e conjugas com o artigo 36 e tens logo algumas situações claras onde a liberdade de expressão está inevitavelmente limitada.
        se te deres a um pouco mais de trabalho, vais encontrar uma infinidade de situações em que a liberdade de expressão estará limitada por outros direitos.
        é simples e muito mais rigoroso do que avançar com citações avulsas e descontextualizadas.
        quando hall escreve essa frase fá-lo n a tentativa de resumir o pensamento de volteire nomeadamente quanto ao facto de um livro “de l’espirit” de helvétius e que havia sido banido pela academia, pelo parlamento parisisense e até pelo papa.
        se nunca leste “de l’espirit”, e provavelmente quem aqui citou hall também não, não vais perceber nunca o pensamento de voltaire e o enquadramento da citação de hall e por isso irás/irão usá-la de forma avulsa e sem sentido como se fosse a derradeira bandeira de algo bastante complexo como é a liberdade de expressão

        • Pedro Mendes says:

          Escreves com muita vaidade e lês com muito preconceito. Os factos que citaste não acrescentaram nada de positivo nem deram a conhecer a tua posição, apenas quiseste pavonear-te com algum conhecimento literário e o clássico name-dropping, coisa que não impressiona (todos temos Wikipédia e google). O que nem todos temos é capacidade de observação e raciocínio critico, e é aí que nos distinguimos. Usas ideologias como autocolantes, é fácil de perceber o estilo daquele que numa discussão toma o partido cujo argumento o faz brilhar mais. És possuído pelas ideias sem nunca as entender. Só porque um papagaio diz palavras não quer dizer que saiba falar.

  5. Pedrocas says:

    E para quando fechar as lojas dos chineses??

  6. Samuel MGor says:

    Fim do acesso a estas plataformas pelos cidadãos residentes na UE. Depois vou morrer a rir a ver a queda da UE!! LOL!! A dona do YouTube já há tempos disse que se isto fosse aprovado iria cortar o acesso à plataforma de IP de países da UE. Lá vou eu ter que arranjar uma VPN

  7. Samuel MGor says:

    Onde está a neutralidade que a UE tanto apregoa? UE VIROU UMA DITADURA!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.