PplWare Mobile

Apple e IBM juntam-se para “conquistar” o mundo empresarial


Marisa Pinto

Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.

Destaques PPLWARE

    • Nunes says:

      Não é a primeira parceria entre a Apple e a IBM. Já tiveram uma por causa do PowerPC em conjunto com a Motorola.

    • Bruno Carvalh0 says:

      A Apple ja e uma emoresa vencedoraa, com a imbc ao lado sera imparavel. A google tb e uma boa empresa mas a diferenca entre as 2 reside no facto da apple respeitar os clientes enquanto a google se esta a lixar para eles. Mais depressa compro um iphone de 700euros e sei que 3-4anos tenho atualizacoes e algo valorizado que um android de 600 euros que passado 6 meses nem vale 150 e ja n tenho updates.

      • OMG says:

        Eu ouvi dizer que o iphone 6 ia ter metade da autonomia do 5s, metade do ecran e da performance mas o dobro do preço, ainda assim vou compra-lo mal sair, afinal de contas, Apple é outra coisa…

        • Winetree says:

          Não, estás enganado.
          Vai ter um ecran de 9″, curvo e não caber no bolso e vai ser preciso um carrinho para o transportar.
          Vai ter uma resolução de 10000 x 10000, mas a imagem vai ser azulada. Tem um processador de 16 cores com 2 Tb ram, mas encrava. A camera vai ter resmas de megapixels e um estibilizador da nasa, mas as fotos vão continuar desfocadas.
          Vai custar um pouco mais que um iPhone 5S novo, mas posso comprar um da xinezdatreting igual por 100€.
          Mas ao fim de 2 anos posso vendê-lo por 50€
          Afinal sou espertoid!

      • Kimbas says:

        E já pensaste em gastar esses 700€ em formação?? Podias aprender a escrever, entre outras coisas.

  1. FOAD says:

    Qualquer empresas que consiga parceria com a IBM, sai vitoriosa.
    Estou curioso para ver o que a Apple conseguirá fazer no segmento corporativo.

  2. Nuno Vieira says:

    Se a Apple realmente quer vencer no mundo empresarial, primeiro vão ter que aumentar consideravelmente o tempo de suporte do SO. O tempo de suporte do SO também deve ser previamente definido e não ser como é agora, que deixam de dar suporte ao SO quando lhes dá na real gana, sem aviso prévio.

    • Nunes says:

      Isto parece ser só no iOS, de modo que o suporte actual para cada versão do sistema é pouco mais de um ano, focando-se antes no suporte temporal dos aparelhos.
      Não estou a ver a Apple a mudar essa forma de suporte, a única coisa que poderá fazer é dar uma garantia clara quanto ao suporte temporal dos aparelhos.
      Isto obviamente implica que as aplicações podem ter que ser actualizadas periodicamente, mas tal já se tornou uma prática nestes novos sistemas e as ferramentas da Apple ajudam a isso!

      • Francisco Pinto says:

        Não vejo necessidade de a Apple mudar radicalmente essa política. Basta referir que com a política que a Apple tem em relação ao suporte dos idevices que no momento anda à volta de 3 anos acaba por “provocar” que grande parte dos idevices em circulação tenham acesso à ultima versão , é de referir também que quando há problemas graves de segurança a Apple mt vezes actualiza também a versão anterior como fez em relação aos problemas com o SSL para o qual lançou actualizações para o iOS 7 e para o iOS 6, seria a única alteração garantir actualizações de segurança para a versão anterior à actual.

      • AAAA says:

        Isso só pode saír de quem não faz a mínima do que é um SLA.

        Ouve lá, achas que as empresas compram computadores? Especialmente servidores?

        • Nunes says:

          :S
          podias explicar-te melhor? É que caso não saibas a Apple não define preto no branco o período mínimo de suporte para os aparelhos, apesar de na prática chegar a 4 anos para quase todos.
          Isto tem implicações no planeamento das empresas e nas aplicações que podem correr, que vão além do acordo que a Apple possa ter com a IBM.

  3. Nunes says:

    É óbvio que não vem nenhuma revolução. Mas é um acordo bastante importante que vem aumentar bastante a credibilidade da Apple junto das empresas, e dará algum fôlego à IBM que tem tido algumas dificuldades nos seus ramos mais tradicionais.
    Resta saber como é que cada uma vai realizar a sua tarefa. Isto assinala uma enorme vontade da Apple nesta área, e parece bastante provável que tomará ainda mais algumas medidas do lado do Sistema Operativo para que se ajuste ainda melhor às necessidades das empresas.

  4. Emerson says:

    Lendo essa notícia lembrei do filme “Pirates of Silicon Valley”

  5. EXP001 says:

    @OFF TOPIC

    Seria interessante fazerem um artigo acerca das novas revelações do Snowden agora relativamente aos programas governamentais de manipulação da informação na internet. Assim pode-se começar a compreender em parte as medidas que alguns paises estão a toma.

    Deixo aqui 3 fontes :

    http://www.theguardian.com/uk-news/2014/jul/14/gchq-tools-manipulate-online-information-leak

    http://informacaoincorrecta.blogspot.pt/2014/07/edward-snowden-as-novas-revelacoes.html

    https://firstlook.org/theintercept/document/2014/07/14/jtrig-tools-techniques/

  6. EXP001 says:

    Ja agora, procurem por estas novas revelações e irão constatar que pouco encontram acerca delas nos mass media.

  7. AAAA says:

    Alinharam-se as estrelas, e deu-se o casamento perfeito!

    Em vez de tentar ser tudo, estão a dividir para conquistar!

  8. OMG says:

    Estou curioso em ver o que vai sair desta grande parceria…

  9. Zefra says:

    O Esteves anda cá ver o que andam a fazer com a tua empresa!!

    • Nunes says:

      O Esteves “trabalhou” durante vários com a IBM, naquilo que era uma parceria muito importante para a Apple na altura, os processadores PowerPC.

      • AAAA says:

        Na altura, o Esteves não estava na Apple, mas estava na NeXT, e eles também usaram PowerPC…

        • Nunes says:

          A parceria com a IBM durou até 2006; foram 9 anos com o Esteves à frente da Apple com acordos com a IBM numa área importante, sendo que nesses últimos anos a parceria tenha ficado ainda mais estreita com a IBM, já que a Motorola se mostrava cada vez menos interessada no projecto!
          Por isso haver agora um acordo com a IBM não é nada que o próprio Esteves estranhasse. Recauchutar nesta altura alguns acontecimentos do anos 80 é que demonstra um profundo desconhecimento da história desde então.

  10. Carlos - Braga says:

    hahahahahaha – a serio ?????

    ” Announcements are cheap. Deliverables aren’t. ”

    Yup. That’s all there is over there in IBM/Apple land right now.

    BlackBerry has a complete solution end to end with BES10, and very soon with BES12 even Windows phone will be added.

    “WEDDINGS ARE EASY. MARRIAGES TAKE TIME”

    As James says…

    “Building products takes time. Making sure they work takes more time. What will the “marriage” of IBM and Apple produce? Only time will tell. Maybe everyone should take a deep breath and remember a good quote from Hal Geneen, the former CEO of ITT:

    In business, words are words, Explanations are explanations, Promises are promises, but only Performance is reality.”

    That’s absolutely right on James… BlackBerry performs every day, and has been for years. They can promise it and explain it.

    BlackBerry manages more endpoints than anyone else. More than the next three competitors combined.

    BlackBerry is the only vendor with an end to end solution with both hardware and software that actually works as expected and is trusted by G7 and DOD.

    So thanks IBM and Apple, along with all the other wannabees and pretenders. Thanks for showing all of the sentient beings on the planet that you all realize BlackBerry is King.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.