PplWare Mobile

Alibaba e os muitos milhões


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Nunes says:

    Uma correcção
    “Alibaba, além da famosa personagem da Disney”
    A história de Ali Baba já era famosa antes da Disney existir. Creio até que nunca foi uma personagem da Disney, mas antes uma fonte de inspiração para uma dos filmes do Aladdin

  2. Pedro says:

    A Uber é uma empresa rival da Lyft.

  3. diogo says:

    a Uber não é detentora da aplicação Lyft…

  4. David Guerreiro says:

    Ainda a Alibaba compra o Ebay. O Aliexpress tem muitas melhorias em relação ao Ebay.

    • JJ says:

      E a mais antiga loja online do mundo, Amazon, que se cuide…

    • Emanuel Lopes says:

      mandei vir um ecrã para o tablet desse site, vamos la ver se ele chega a casa

      • Joe says:

        Ja mandei vir duzias de coisas desse site e ainda so tive uma situação em que não chegou. Pedi o reembolso e devolveram me o dinheiro. Quando ao reembolso é um sistema muito superior ao do Ebay ja que é logo automaticamente criado pelo alibaba por cada compra e mandam nos aviso quando o prazo esta a chegar ao fim se ainda nao tivermos acusado a recepcao do material. No ebay com o paypal tambem se pode pedir mas temos nos proprios que andar sempre a controlar os dias e podemos deixar passar o tempo dos 45 dias do paypal e ainda para mais os dias de reembolso no alibaba costumam sempre ser superiores. Eu nos ultimos tempos tenho preferido e muito comprar no alibaba em relacao ao ebay

        • João Reis says:

          Ja tive uma situação semelhante, bastou ligar para a paypal e confirmar que queremos devolver o dinheiro.
          O problema é que no meu caso como vendedor, o dinheiro fica retido na conta paypal e mesmo que eu queira devolver no mesmo instante não me deixam.
          Ligando para a ebay e para a paypal resolvi em 10 min a situação.

          Deixei reclamação em ambos os lados, demasiada burocracia, eles querem comer as taxas de vender e transação e por isso empatam ali o dinheiro.

          Estou em crer que vão simplificar esta politica, tanto o vendedor (eu) como o comprador tinhamos declarado querer resolver so nao tinhamos forma de.

          Ligar para eles e resolvem na hora. Infelizmente não deveria ser preciso. Usei VOIP por isso nao paguei as chamadas mas qualquer outro fica tramado vai gastar em chamadas.
          Vão se por finos agora com a concorrência.

      • Luis says:

        Se não chegar eles devolvem-te o dinheiro sem stress!

  5. tavares says:

    Não esquecer que embora sediada na China…25% do capital desta empresa pertence ao Yahoo.Isto antes da entrada da empresa(Alibaba)em bolsa!!

  6. Abílio says:

    “Alibaba” aliás Ali Babá não foi uma personagem criada pela Disney, foi um guião adaptado de uma das histórias do Livro das Mil e Uma Noites. É só uma curiosidade. 😉

    • João Reis says:

      Muito boa informação.

      Obrigado por acrescentar valor, precisamos de mais como voce, isto para dizer mal é o que se ve mais, para acrescentar valor, há poucos que perdem tempo. Curioso é perderem tempo para dizer mal por dizer

      • Alfie says:

        Se aqui alguem disse mal, fui eu no comentario abaixo quando afirmei que o a autor da noticia não sabia o que seriam livros.
        Não confunda exigência de qualidade e reposição da verdade com dizer mal ou denegrir.
        Se alguma coisa este site tem, é qualidade naquilo que publica. E quando se comenta como o Abílio comentou só se acrescenta qualidade e exactidão ao que está escrito.
        O que entendo como curioso é a aceitação de faltas de qualidade e de veracidade e o incomodo que causam as correcções feitas adequadamente. Curioso é também o alinhamento por baixo e a falta de exigência generalizada que por este país se vê.
        Do que não precisamos (o país) é de pessoas que aceitem tudo como bom só porque dá trabalho procurar ser-se melhor.
        E quanto ao site, que tomou a peito defender, ele é um dos melhores, senão o melhor em língua portuguesa e terei todo o prazer, sempre, em juntar comentários que possam torná-lo ainda melhor e mais exacto.
        Ou seja exigindo mais qualidade!

    • Alfie says:

      São muito novos e não sabem o que são livros. Agora são só filmes, séries e publicações electrónicas.

  7. Filipe says:

    O aliexpress supera em muito os rivais e as clientes apercebem-se disso. Já utilizo há anos como loja exclusiva para chinesices de valor menor a 20€, por isso, não me impressiona em nada esta notícia. Por exemplo, comprei um rato por 7€ que nas lojas, exactamente igual, custa 3x mais. Ainda com a vantagem de vir direitinho para casa…

    É sem dúvida um exemplo perfeito do aproveitamento da globalização.

    • Pedro Costa says:

      O problema destas lojas é a alfandega, pois mesmo que o valor entre na categoria de isento, vindos de lá , podem parar para controlo e é um mês só para comprovar e chegar a casa. Se tivessem uma aliexpress.co.uk a enviar de Inglaterra é que era…:-)

      • P says:

        Pedro, isto vai mudar muito nos próximos anos (médio longo/prazo). Das duas uma: ou os Aliexpress’s deste mundo criam fullfilment centers espalhados para facilitar e reduzir os custos nas alfândegas, ou os governos facilitam as barreiras ao comércio mundial.

        Afinal de contas só se poupa tempo, papelada, e todos ganhamos. Enquanto vamos bebendo umas colas com limão ao Sol…é esperar pra ver 😉

    • P says:

      Concordo com o Filipe, o Aliexpress é o mais puro exemplo de globalização…no bom sentido. Basicamente é termos a China do outro lado da janela do nosso quarto, à distância de um clique. Parece que aquele futuro que às vezes nos passava pela imaginação em pequenos chegou mais cedo. E isto ainda é só o início provavelmente…

  8. Luís Santos says:

    Conheço o site AliExpress, acho-o muito bom mas tenho receio de fazer compras por lá pois como vem da China é muito provavel que fiquem retidas na alfandega.
    Alguém por acaso que já tenho feito compras neste site sabe como se processa? Vem directo da China? Tem delegação Europeia de modo a evitar ser taxado?
    Agradeço desde já qualquer ajuda que me possa dar.
    Cumprimentos a todos.

    • Pedro Costa says:

      Pois esse é o problema mas de todas as lojas que não dentro do espaço EU. Aquilo vem tudo de China e “arredores”. Até a um valor de 36 euros com portes incluidos estão em principio isentos de taxas alfandegárias, mas podem parar na alfandega como qualquer produto pois é aleatório, mas menos aleatório quando o produto é grande e dá muita nas vistas e de onde vem. E parando aí, tens de apresentar comprovativos se não acreditaram nos valores que vem “facturados” ou se a informação for incompleta. E o tempo que demora…se parar é um mês na melhor das hipóteses.

      Mas isso é um processo identico se comprares no Ebay e for enviado da China, Hong-Kong, Singapura,etc

      Ou seja para mim, o maior problema é o tempo que demoram e depois os produtos que têm dentro das isenções não compensa, pois no ebay e semelhantes tem igual. Os que teoricamente compensariam depois com taxas alfandegárias, “chatices”, tempo de espera deixam de compensar, mesmo que haja casos que podem compensar, é só fazer as contas. E já para não falar que é preciso cuidado com as falsificações…

      Mas para pequenos valores não há perigo algum.

    • Bruno M. says:

      Se for encomendas de pequeno volume e peso e o valor não exceda os 40€ em principio não há problema. Não podes é mandar vir 2 e relógios ou telemóveis ou whatever…

      Tens que mandar vir 1 unidade de cada artigo que queira de cada vez, caso contrario fica ou pode ficar retido na alfândega…

  9. Mota says:

    Ficou a faltar o aliexpress. (corrijam-me se estiver enganado).

    Já li aqui comentários acerca disto, e por experiencia propria, já comprei uma série de coisas de lá, e 5*. Barato e..bem.. bom o suficiente haha 😀

    Este senhor vai tomar conta disto tudo.

    http://www.scmp.com/business/china-business/article/1319523/chinese-firms-alibaba-xiaomi-lauded-budding-innovation

    • Bruno M. says:

      O Aliexpress é uma empresa do Alibaba. Digamos que o Alibaba é um site de vendas por “atacado” ou grosso maioritariamente, e o aliexpress é um site mais como o ebay ou amazon.

  10. Picasso says:

    Primeira vez que comprei no Alibaba foi em 2004 e foi pedra (granito, mármore).
    Mas este negocio é complicado, tudo o que envolve empresas chinesas nas bolas de valores fora da china é complicado, porque quem compra acções não comprou acções do Alibaba, isto porque o governo chines proibe que empresas ou privados estrangeiros comprem acções de sectores sensiíveis, incluindo o sector internet no geral. Por quem comprou acções, comprou acções de uma EIV, entidade de interesse variável de nome Alibaba Group Holding Limited (pplware teve cuidado com factos, fazem sempre o seu trabalho de casa) que faz parte do grupo Alibaba, porque o Governo chinês proíbe que qualquer entidade estrangeira possa controlar mais de 50% de empresas chinesas. AGHL é uma shell corporation sediada nas ilhas Caimão, que tem direitos a ter acesso parcial aos lucros da empresa mãe Aliababa. Para além da AGHL, o grupo tem outras 15 ou mais empresas “shell corporações” que visam angariar investimento estrangeiro para crescer de forma exponencial nos próximos tempos. O que complica isto tudo é que para reguladores chineses isto é uma empresa gerida por capital chines e para os reguladores fora da china isto é uma empresa gerida por capital estrangeiro, lol, o que poderá correr mal?? Se um dia o Partido Comunista altera a interpretação do EIV, o dinheiro todo estrangeiro desaparece. No final de contas, o regime é que manda.

  11. Bahh says:

    A Alibaba não é bem uma concorrente do ebay, porque a maior parte dos negócios parece ser direcionado para distribuidores ou compradores em largas quantidades. No ebay a maior parte dos negócios parece ser direcionados para o cliente final. Pelo menos nas diversas compras que fiz cheguei a pesquisar no alibaba e nunca comprei lá porque a maior parte das coisas é para venda por grosso… o que não tem mal nenhum, apenas não é adequado para o cliente final, como eu naqueles casos em que pesquisei (e depois acabei mesmo por comprar mas no ebay).

    Quanto à garantia do ebay eles inovaram recentemente e passaram de 45 dias de garantia de devolução do dinheiro para 30 dias! Por tanto menos 15 dias… é o que chamo melhorar a proteção do cliente final (http://pages.ebay.co.uk/ebay-money-back-guarantee/index.html) e ainda continuam a não mostrar a data limite para reclamação se o artigo não chegar, pelo que se pode dizer que o ebay tenta supostamente dar algumas garantias, mas deixa muito a desejar em termos reais… o que obviamente os beneficia, já que terão de devolver muito menos vezes dinheiro, porque as pessoas vão invariavelmente deixar passar datas em especial se fizerem muitas encomendas e não prestarem atenção aos supostos prazos de entrega.

    • David Guerreiro says:

      O Aliexpress pertencente ao grupo Alibaba é o concorrente do Ebay.

      • Bahh says:

        Desconhecia esse, esse realmente já parece um concorrente ao ebay.
        A garantia é que ainda é pior que o ebay… só se tem 15 dias para reclamar, e pelo que percebi daquela explicação (mal explicada para o meu gosto, se tiver entendido erradamente) é que depois de se comprar tem se 15 dias para reclamar se não se receber e tal… ora aquilo vêm da china e normalmente demora entre 12 e 30 ou mais dias, é praticamente impossível não ter de apresentar reclamação se quiser prevenir uma não entrega.
        No ebay é até 30 dias depois do prazo prevista de entrega mas no Aliexpress é 15 dias depois de se ter pago (http://www.aliexpress.com/buyerprotection/index.html / http://www.aliexpress.com/buyerprotection/seller_guaranteed.html#3) a menos que esteja a entender erradamente em lado nenhum diz que é até 15 dias depois do suposto prazo de entrega, mas só mencionam depois do dia do pagamento… a menos que entreguem em qualquer parte do mundo entre 7 a 14 dias, não estou a ver como é que tal sistema pode ser útil na proteção do cliente… é um bocado “tem garantia até (supostamente) sair da loja”. Se é 15 dias depois do suposto prazo de entrega, em termos de garantia continua a ser pior que o eBay, se for depois da compra… é mesmo só para os desatentos pensarem que estão protegidos.

  12. Manuel Campos says:

    Correcção:o UC Browser é,não só,um excelente navegador para dispositivos móveis como é também um excelente browser para PC’s,com a sua versão para Windows:http://pc.uc.cn/ Façam o favor de verificarem.Já agora,excelente artigo,comendador.Um grande abraço. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.