PplWare Mobile

Alerta: Burla com operadora de portagens Ascendi


Autor: Pedro Pinto


  1. Dani Silva says:

    Tendo em conta que a maneira como as portagens são feitas em Portugal são como uma burla, isto até nem está a destoar…

  2. Amilcar Alho says:

    “No entanto, os piratas informáticos”, deviam antes dizer “No entanto, os burlões”…
    Ascendi é por si só uma fraude! Só de pensar que que única vez que tive “correspondência” desses fulanecos, foi para pagar algo em que 10% eram portagens e os outros 90% despesas administrativas!

  3. Vasco says:

    Para mim, que tenho a infelicidade de ter de usar as portagens manuais da Ascendi, e um pouco à margem do assunto concreto do artigo, é de longe A PIOR concessionária. Todas as manhãs perto de Cacém uma fila enorme de carros e apenas um portageiro/a desgraçado fazer a cobrança manual. E não têm portagem sem operador disponível, mesmo com tanto espaço. Deve ser só meter dinheiro ao bolso que nem para empregados suficientes têm!

    • fak says:

      @Vasco
      o objetivo é que as cobranças se tornem eletrónicas, nomeadamente, que o pessoal adira à via verde.
      nao é só por questões de meter dinheiro ao bolso, é também que aumenta a fluidez do tráfego. quantas e quantas vezes não estão filas enormes nas portagens em lisboa, que se toda a gente tivesse via verde, acabavam-se as filas?

      • Vasco says:

        Por mim utilizaria a VV mas não posso. Por outro lado não me parece razoável que apenas tenham uma cabine em funcionamento e não disponham sequer de uma ou duas automáticas numa portagem onde têm talvez umas dez cabines sem contar com a VV. Isso é ganância e origina um serviço EXECRÁVEL.

  4. Alvega says:

    A empresa em si é “duvidosa”, recentemente fui ameaçado pelos serviços administrativos com cobrança coerciva de portagens de uma suposta divida, mas que nao foi contraída por mim. Alguém andava a passar nas portagens com a matricula da minha mota, pedi as provas e foi um empurrar de departamento em departamento.

    • fak says:

      @alvega
      como é que a empresa é duvidosa?
      repara bem, uma mota com a tua matricula. a matricula é o identifica-te como o dono. é OBVIO que eles vêm ter contigo para pagar as portagens…

      é a mesma merd” que tu, mandares fazer as matriculas do meu carro e passares nas portagens… é comigo que eles vêm ter, não é contigo…

      o que devias ter feito é pegar nessas provas e ir logo à policia… depois deles abrirem um processo é só mandar o auto da policia à ascendi e esta deixava-te em paz.

    • Samuel MG says:

      Ameaça-os com uma queixa em tribunal que eles logo pedem desculpa 🙂

  5. Vasco says:

    Como diz o comentador “Alvega” é de facto e no mínimo duvidosa. Aliás, basta ler no portal da queixa as centenas de queixas que os utilizadores fazem sobre a mesma. Como se permitem comportamentos destes a uma empresa que nem sequer se dá ao trabalho de responder aos reclamantes? Quem tiver paciência é ver https://portaldaqueixa.com/brands/ascendi
    Queixas é “mato”.

  6. jorge says:

    Na Tugolandia é normal se andar com placas de matricula falsas, porque o sistema assim o permite, na Tugolandia em tudo quanto é canto se fazem placas de matricula, se fosse como em certos países que so existe um unico lugar a fazer placas seria bem mais dificil, se quando se perde uma placa se nao fizem-sem uma mas sim um novo jogo de placas nada acontecia, mas como é a Tugolandia tudo é permitido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.