Quantcast
PplWare Mobile

AirSwing – Depois do multi-toque chega o multi-gestos

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. BrunoG. says:

    Minority Report

  2. ARQ-E-TEC says:

    Uau já tinha visto algo do género mas na altura não passava de um concept. Minority Report anyone?xD Parece ter bastante potencial

  3. a Friend® says:

    Acho que o multi-touch enquadra-se melhor nos tablets e smartphones e o multi-gesture em computadores pessoais e tv’s, embora ache que é uma tecnologia a ser bem estudada para não coincidir com gestões banais, senão qualquer dia está tudo a coçar o nariz e a mudar de canal sem querer! 😀

    Mas é o futuro, isso é sem dúvida…

  4. Shadow says:

    Pelo que vi do projecto Natal, este da Toshiba está menos fluido.

  5. BrunoG. says:

    Enquanto interface tem a vantagem de não deixar os ecrâs cheios de dedadas 🙂

  6. Ricardo Fernandes says:

    Nada de extraordinário!

  7. 100rede says:

    Isto é bom, estou sempre a perder o comando da TV. 🙂

  8. Ppietra says:

    Pode parecer muito engraçado e deslumbrante, mas acho que o próprio video demonstra como pode ser frustrante interagir desta maneira, bem como a falta de funcionalidade!
    No interface no multi-toque o uso de certos movimentos para realizar uma certa tarefa resumem-se a numero reduzido de situações. Na maioria das vezes, por ser mais eficiente, interage-se clicando em botões virtuais ou itens duma lista… sempre com uma grande precisão.
    Interagir com gestos no ar é demasiado complicado ser-se preciso… quem já usou o comando do Wii deve saber como há alguma dificuldade em acertar nos botões dos menus e isso deve-se muito à falta de referências e feedback directo, bem como à amplitude e ângulo dos nossos movimentos, coisa que feita no ar tem tudo menos precisão!
    Um bom interface tem que trabalhar como esperado em pelo 99% das situações e eu não vejo como o podem conseguir fazer neste caso!

    • Paulo Pereira says:

      Parece que não percebeste a parte em que a imagem do utilizador é colocada de forma transparente no monitor. Assim os movimentos não são fora de controlo e existe mesmo um feedback! Aquilo não é um reflexo!
      Contudo acho que não será tecnologia para leitura de grande qualidade mas mais para navegação simples de monitores grandes

      • Ppietra says:

        Eu percebi, mas pelo video não parece que tenha ajudado muito… houve várias vezes em que ele “lutava” para chegar a um sitio. E o problema do feedback e referências é o tempo que a pessoa demora a ambientar-se até poder realizar a tarefa! É uma forma pouco natural e requer reajustes por parte da pessoa de cada vez que tenta a interacção… um toque directamente no ecrã é bastante mais natural, fisicamente!
        Com um comando à distância num televisor consegue-se fazer de forma muito mais rápida estas tarefas… imagina por exemplo saltar do canal 1 para o 20!
        No caso de jogos, como com o Natal da Microsoft, o problema não é tão visivel, não só pela melhor implementação, mas porque a interacção é constante, só existindo o periodo inicial de ambientação… Mas surge o problema de multitarefas… imagina guiar um carro, tens um guiador, mudanças e pedais, como é que consegues realizar estas tarefas, ao mesmo tempo, sem interagires com algo fisico!? Há limites sobre o que um sistema destes consegue fazer, já para não falar dos problemas de ergonomia!

    • Bruno M. says:

      Em algumas palavras:
      Ainda está em fase inicial… mais para a frente vão haver empresas a melhorar esta tecnologia, logo irá trazer beneficios!!

  9. A. Fernandes says:

    Neste momento ainda não existe a fiabilidade desejada mas também é cedo para fazer o funeral.
    Talvez a utilização de mais câmaras, em pontos diferente, permitisse aumentar a fiabilidade…

  10. tMACTX says:

    a Min parece que utilizaram o software do jogo “EYE TOY” da ps2

  11. eu says:

    Parece muito porreiro, mas será que existe mercado para este tipo de produtos?

    Na minha opinião estes dispositivos que interagem com as pessoas, diemos assim, não me dizem nada.

    Quero chegar a casa, deitar-me no sofá e ter um comando na mão a fazer zapping… depois quero jogar consola, uso o comando, não ando aos pulos pela casa a jogar…lol.

    Até agora nada destas tecnologias me convenceu efectivamente..

  12. op says:

    a Apple já usa isto….

  13. op says:

    nao a Apple mas sim a Microsoft lol.

  14. Valdiney - (Brasil) says:

    Além de engraçado o usuário deve ter um bom condicionamento físico, pois deve dar um cansaço.(risos)
    Abraço à todos.

  15. Rodasp says:

    O que acontecerá quando o utilizador se enervar?? e querer começar destruir o pc??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.