Quantcast
PplWare Mobile

WiSee – Reconhecedor de gestos utilizando a tecnologia wireless

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Francisco Aragão


  1. JP (djlinux) says:

    Vai ser complicado ver futebol sem mudar de canal de 5 em 5 minutos sem querer 🙂

  2. Fantasia says:

    Muito interessante!

  3. Marzkor says:

    Smart House

  4. rebel says:

    a unica utilidade que vejo para isso e para a pratica de de alarmes pois com crianças e animais em casa isso e uma inutilidade completa sem me referir ao aspecto de apartamentos onde os sinais de wireless criam um escudo de ondas ampliando do se uns aos outros

    • rebel says:

      sem referir o simples aspecto de por vezes o sinal do vizinho ser mais forte que o nosso próprio sinal quer isto dizer que também pode acontecer aos meus vizinhos o meu sinal estar mais forte em certas partes da casa do que na minha própria e com isso não consigo ter a minha vida sossegada pois ou ligam me as luzes mudam me os canais etc

      sem esquecer que atacando um router de um vizinho posso enfraquecer ou fortalecer o sinal de wireless ganhando assim acesso completo a casa do router em questao

  5. lmx says:

    hehhe,
    isto em casa era cá um kungfu de mudança de canais brutal… 😀
    Mas vejo algumas aplicações práticas…

    Outras talvez, o exercicio fisico, treino dos membros superiores…
    No entanto, sabemos que as ondas de radio fazem mal a saude…

    cmps

    • Cláudio says:

      E mesmo assim continuamos com os portáteis em cima das pernas ligados por WiFi, e com os telemóveis colados à cara 😛

      • lmx says:

        boas,
        heheh pois eu em cima das pernas, nem pensar…isso tras efeitos secundarios graves…tendo em conta que sou homem…a razão esta explicada…
        Quanto ás interferências é verdade que também eu tenho wifi…se calhar infelizmente…pois as frequencias utilizadas no wireless são muito proximas da freqência de ressonancia da Agua…ja viu o efeito no Microondas la em casa certamente…embora que estejamos a falar de potencias perto de 1 milhão de vezes menor…mas…

        cmps

  6. Filipe YaBa Polido says:

    Pelos comentários parece que ninguém se deu ao trabalho de ler o “paper” completo.
    Há gestos para activar o sistema, e podem ser tão complexos que dificilmente alguém conseguirá activar o sistema acidentalmente.
    5 estrelas, pela criatividade e pelas matemáticas que isso envolveu 🙂 🙂 🙂

    • rebel says:

      não e uma questão de gestos mas sim de interferência de sinal que neste campo e realizada por gestos basta 2 pessoas do mesmo prédio terem o mesmo sistema ou uma interferência na rede que imita a mesma interferência que os gestos imitem mesmo a porta do predio

      • Nunes says:

        O sistema não depende dum emissor específico. Ele analisa a radiação de fundo e o pequeno efeito do movimento de objectos nas frequências medidas pelo receptor.
        O seu grande problema é a interferência criada pelo movimento de várias pessoas ou outros objectos, mesmo através de paredes, e o facto de ser quase insensível a pequenos movimentos pois a sensibilidade depende da velocidade e tamanho do objecto.
        Como tal parece pouco plausível que isto venha a ser usado em equipamentos domésticos

      • António says:

        O seu português também sofreu fortes interferências linguísticas…
        O seu comentário representa uma das razões do nosso atraso científico. Qualquer boa ideia é logo descartada de início, porque o passatempo nacional é levantar problemas e não procurar saber mais e criar e desenvolver novas ideias…. o meio académico é pago para criar conhecimento e não produtos, embora desse conhecimento também possa surgir novos produtos (p.ex.,no caso das start-up tecnológicas, na área da saúde, etc.). O projeto em questão é um trabalho académico que tem muito mérito e que eventualmente pode torna-se num produto comercial. No entanto tal depende de vários fatores, entre outros, a sua viabilidade e aceitação. Mas sinceramente não há pachorra para o tom negativista e altivo de alguns portugueses que se julgam em especialistas em tudo só porque costumam comprar umas revistas da área ou ler uns bogues.

        Em relação às suas dúvidas, veja na introdução do paper o seguinte: “(b) How can we deal with other humans in the environment?
        A typical home may have multiple people who can affect the wireless signals at the same time. WiSee uses the MIMO capability that is inherent to 802.11n, to focus on gestures from a particular user. MIMO provides throughput gains by enabling multiple transmitters to concurrently send packets
        to a MIMO receiver. If we consider the wireless reflections from each human as signals from a wireless transmitter, then they can be separated using a MIMO receiver.”

  7. Rui Guedes says:

    Isto vai ser óptimo para “ver” através das paredes… 😀

  8. Nuno says:

    Só falta desenvolver os sistemas de hologramas e temos O JARVIS (Sistema do Iron Man) a bombar. 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.