Quantcast
PplWare Mobile

Linux Mint 15 Olivia – Desktop Perfeito (II)

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. sergio says:

    boas, tenho aqui o problema, eu tento iniciar o mint_15 olivia pela pen, e ao escolher a opcao de iniciar mint fica ali a pensar e desliga-me o monitor do que poderá ser. o mesmo me acontece com outras distribuicoes como o recente ubunto…

  2. José Chula says:

    Boas,
    Para a parte III do tutorial proponho o wine, o ffmulticonverter, o bleachbit e o radiotray.

  3. Ramiro says:

    Boas,

    Para a terceira parte do tutorial(porque são os programas que eu utilizo), proponho:

    -Sistema:
    Cleaner (similar ao já referido bleachbit);

    -Jogos:
    Steam;
    Machinarium;
    World of Goo;
    Humble Bundle;

    -Edição de Som:
    Ardour (não se esqueçam de instalar também o JACK)

    -Edição de Vídeo:
    Lightworks

    -Edição de Fotografia:
    Darktable;
    Aftershot Pro

    -Torrents:
    Transmission (alternativa ao Qbitorrent)

    Não conheço o radiotray, vou experimentar, parece ser interessante. Funciona bem em KDE? Acabei de ver para Gnome, e que em KDE os utilizadores encontram alguns problemas.

    Bom post, parabéns.

  4. Ramiro says:

    Xissa, esqueci-me do Virtualbox..

  5. Péricles Correia says:

    Saúde,
    Como alternativa ao Sparkleshare, encontrei o Seafile que me parece muito bom para ter backups numa local cloud, sincronizar ficheiros e colaboração em equipa.
    Instalei o server no mint 15, e o cliente em windows 7.
    A informação de instalação e ajudas são muito acessíveis mesmo para iniciantes em linux como eu.
    Aqui diz como instalar o server:
    https://github.com/haiwen/seafile/wiki/Download-and-setup-seafile-server
    Gostava de ver um artigo sobre este programa.

  6. Santos says:

    Bem, eu instalei e gostei, mas como o wifi estava fraquinho, soube que era um problema do Mint e do Ubuntu, porque no Windows apanha 100% de sinal.
    Entretanto, aventurei-me a trocar o gestor de rede, removi o original e instalei outro, mas quando reiniciei a máquina, não consegui aceder ao ambiente de trabalho.
    Estava habituado ao KDE, mas penso que vou escolher, ou Fedora, ou OpenSuse, pois são mais estáveis…

  7. osvander says:

    Eu vou comprar um pc atualizado de última geração e instalar o LMDE – Mint debian testing e, ficar com ele pra sempre!

  8. jozz says:

    Entre o Ubuntu e o Mint, qual aconselham mais, e porque?

  9. Eduardo says:

    Obrigado por mais um artigo para Linux Mint.

  10. krias says:

    Podiam tambem era explicar como instalar os drivers mais recentes da Nvidia, Intel e AMD

  11. Jay says:

    Tenho estado nesta última semana a usar o Mint 15 Cinnamon e estou a achar a experiencia bastante agradável, quer ao nível de performance, quer ao nível visual/gráfico.
    Acho que será a distribuição que me acompanhará nos próximos tempos.
    Só há um pequeno pormenor (coisa de pouca importância) e que gostaria de saber se acontece connvosco também: quando o sistema está a fazer o boot antes de me aparecer o Login Manager (digamos assim) no formato gráfico, aparece-me por 2 ou 3 segundos no formato não gráfico (aparece-me o nome do computador e a pedir para escrever o username… tipo linha de comandos).
    Isto acontece com mais alguém?
    Há forma de “arranjar” isto?

  12. Francisco says:

    Boas

    Tenho o windows 8 instalado e gostava de instalar o mint em dual-boot se depois eu quiser remover o windows w possivel?

  13. Anderson says:

    Linux Mint está cada vez melhor! Mas penso que tem que se jogar da base do Ubuntu e se firmar somente na base do Debian.

    Eu adorava o Mint LXDE; que usei na versão 9. Não hámais Mint LXDE; mas encontrei uma outra distro LXDE completa feito o Mint que também recomendo: WattOS.

    Uso qBittorrent; é um ótimo aplicativo pra semear torrents dos ISOs de distros Linux que compartilho com a galera =]

  14. Francisco says:

    Olá,
    Tenho o Linux Mint 14 Nadia e sou um utilizador básico (browser, openoffice, dropbox, e um ou outro aplicativo). Saíu a nova versão do Mint e mais cedo ou mais tarde hei-de querer actualizar o SO.
    Vi que existe uma distribuição portuguesa, a Caixa Mágica. Alguém tem experiência com isto? É de confiança? É melhor que o Mint?
    Muito obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.