Quantcast
PplWare Mobile

Terminator: O mais poderoso tanque Russo vai entrar na Guerra

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Sergio M. says:

    Problema fácil de resolver, uso de armas químicas em zonas onde estão os militares russos e esta feito, pragas e infestações eles logo logo fogem de lá.

    Aproveitem e usem a ciência a vosso favor, isto que eu disse já é feito desde muito tempo com os vírus como o Corona (armazenado no Laboratório de Wuhan) e muito mais.

    Prejudica? Sim, paciência eles iam ter que recuar quer queiram ou não, aproveitar que eles não usam mascara.
    Deixar la comida com veneno selada como se tivesse abandonada…

    Estou a falar de sitios onde estão os militares russos por exemplo florestas, pontos críticos de ataque e posições. Não de civis.

    • Hugo says:

      Fácil lol Agora é só algo do que disseste fazer sentido, quer a nível teórico como prático.

    • Mauricio says:

      Armas químicas teem sido usadas na Ucrânia, pelos nazis, mas atenção o termo arma química vai mudando com os anos e a evolução da tecnologia..

      Salvo erro em Volnovakha, em donbass, foi feito explodir num depósito de agua que abastecia a zona, com uma grande quantidade de Amoníaco( á volta de 1 tonelada), para atacar os étnicos Russos, mas hoje em dia é muito fácil tratar estes tipos de ataques.
      Ataques com amoníaco aconteceram muito também na Síria, pela ISIS, alqaeda,Isil, estado islâmico…enfim pelos terroristas. 🙂

      A Ucrânia também tem drones preparados com dispersores de líquidos que são capazes de transportar uns 50 litros até 30 km de distancia, alguns destes drones já foram descobertos pela Guarda Nacional Russa, em Kharkov.
      E os Ucrânianos andavam a tentar fazer com que os drones Bayraktar tb2, pudessem ser equipados com esses dispersores para puder transportar armas biológicas, para atacar a Federação Russa.

      Foi “pescado” um email,
      Passo a citar:

      Ukrainian company Motor Sich ask to the Turkish manufacturer of Bayraktar unmanned aerial vehicles dated December 15, 2021. “Here’s the essence of it: Would it be possible to equip the UAV with systems and mechanisms for spraying aerosols that have the capacity of more than 20 liters,”
      “Given that the UAV has the range of up to 300 km and is loaded with biological solutions, there’s a real threat that biological weapons could be used on the territory of the Russian Federation”.

      Portanto SérgioM a tua ideia, foi a primeira coisa que os Ucranianos pensaram..

      • FreakOnALeash says:

        Sim, Sim…maldito exército ucraniano que invadiu a “FEDERAÇÃO RUSSA”!

      • jota says:

        Esse email é pura propaganda, pode ser tudo verdade, mas a conclusão é uma mera opinião…
        “Dado que o meu carro tem autonomia de 600km, a distância de minha casa ao Algarve é inferior a 300km, é óbivio que comprei o carro para poder ir ao Algarve”.
        Acho bem que desconfies da propaganda ocidental, mas tambem não precisas acreditar em toda a propaganda russa, que passam o tempo a dizer que a maioria dos militares Ucranianos são nazis, e que esses é que cometem atrocidades contra civis. O nosso BE tb diz que a maioria dos nossos policias são nazis(nacionalistas/racistas/xenófobos), acredito que alguns sejam, mas nunca será a maioria, o Putin que não os oiça, senão estamos tramados…

      • Toni says:

        Ó Sr. Maurício, vá andando para a Rússia, ajudar o seu amigo Putin com a sua sapiência.

        Ficava a lucrar o Putin o Sr. Maurício e nós.

      • JP says:

        Mas tu fazes parte do motor de propaganda Russa?
        Se os Russos estivessem preocupados com Nazis, matavam-se uns aos outros.
        Mas temos agora que levar com esta propaganda?

    • UnhuZpt says:

      Voce nao sabe o que e uma coisa chamada convencao de Genebra.

      • Samuel MGor says:

        A Rússia não respeita e como tal deve levar com armas químicas.

        • jose catarina says:

          Já pensaste que a Rússia também tem armas químicas e biológicas? e mais, tem uma maior capacidade de as lançar…

          • asimoto says:

            É proibido usar armas químicas/biológicas, pela lei internacional.

            A Rússia tinha no passado um stock brutal que levou talvez uma década a se desfazer dele.
            Mas hoje em dia a Rússia já não tem armas químicas ou biológicas, precisamente porque é ilegal.

            No entanto os EUA falham ano após ano em implementar a destruição das deles, e mantém laboratórios militares, a volta do mundo …só na Ucrânia foram descobertos alguns.
            E isso viola a lei internacional.

      • Infinity says:

        A Russia também não deve saber sobre a mesma

  2. JM says:

    Gasóleo? Para quando um 100% elétrico ou hibrido plug-in pelo menos? E ainda lhe chamam moderno…

    • Gurer says:

      Muito bom :)))

    • MegaDrive says:

      100% elétrico? Os carros da Tesla pesam 2T e andam 500km. Um tanque Russo tem 25T. É só 12x mais. Portanto em termos de autonomia… se tivessem a mesma bateria que um carro da Tesla andavam 40 km pela regra de 3 simples. O plug-in… acho que nem que andassem sempre ligados à ficha ahahaha.

  3. AlexS says:

    Não é um tanque – não tem canhão para ser considerado um tanque – e certamente não é o mais famoso.

  4. Carlos Seixas says:

    Este tanque é tão perigoso e os seus condutores são tão valentes que até andam açaimados, com medo da virose…

    • Mauricio says:

      Açaimados? 😀
      só se for para não morderem alguém 😀

      Estes tanques estão protegidos contra ameaças biológicas,químicas ou nucleares..portanto se usarem açaime, é talvez para não morderem os nazis? 😀

  5. cK says:

    Se não tem USB type C, esquece lá o modernismo

  6. Sateliko says:

    “O mais poderoso tanque Russo vai entrar na Guerra” isto deve ser anedota, nem MBT é considerado, quando mais o mais poderoso. Foi desenvolvido para apoio de combate urbano. Vou dar esta de borla, o mais avançado tanque russo é o T14-Armata, ainda não foi usado mas foi o usado o T90M por exemplo

  7. Rui says:

    Porreiro.

    Vamos ver os estragos que fazem os Javelin e os NLAW ao Terminator.

  8. Mauricio says:

    A única coisa que eu nunca percebi, é porque é que eles não foram usados desde o inicio..
    teem algumas vantagens, mas acho que ainda precisam de ser mais desenvolvidos.

    Um dos problemas é que, na minha opinião, ainda teem pouca munição…deviam ter muitoo muitoo mais.
    Caso contrario as equipas de suporte vão sofrer, sempre com grandes loads de munições..

    Também só suportam 4 misseis anti-tanque o que para os dias de hoje …é pouco.
    Obrigam os equipas a estarem sempre a recarregar..

    Por outro lado, os Ucranianos querem curtir…?? a Rússia vai-lhes dar curtição garantida! 😀
    Eu vou estar atento aos vídeos destas e outras máquinas no cenário de guerra 🙂

    • pereira says:

      não há interesse numa guerra rápida, há muito a acontecer em paralelo…

    • rodrigo says:

      Nao acredito que haja gente entusiasmado com a guerra. ‘E mesmo triste

    • B@rão Vermelho says:

      Só estão a enviar agora porque pensavam que era favas contas, que quando chegassem os Ucranianos os iam receber de braços abertos, como se alguém quer ser Russo ou estar sobre a alçada Russa.
      Vejam o documentário da Netflix, “Como ser um Tirano”, e depois olhem para o que se passa a nossa volta mais propriamente na guerra da Ucrânia e digam qual diferença

    • PPP says:

      Não dizes nada de jeito …

    • Alexandre says:

      Provavelmente devido ao numero reduzido que a Rússia possui, existe algumas versões do Terminator estima-se que eles tenho a volta de 300 veículos no total sendo que a recomendação é dois por cada tanque são claramente insuficientes para uma ofensiva deste tamanho, e se estiverem a falar mesmo da versão mais avançada que é baseada na plataforma T15 dizem que eles só tem uns 20 e principalmente na capacidade defensiva há grandes diferenças nas versões.

      Outra razão para não os usar é comercial, eles querem vender este blindado como expugnável e que consegue proteger os tanques dos misseis anti-tanque mais modernos, mas uma coisa é andar na Síria a combater contra gajos armados com AK-47 e RPG’s outra é combater contra um exercito com artilharia de longo alcance e misseis anti-tanque modernos, imagina que começam aparecer na internet imagens de grupos de terminators completamente destruídos quem vai comprar o Terminator?

    • Toni says:

      Mais um pró Putin.

    • Luis Costa says:

      Não foram usados de inicio por um simples motivo, esta guerra tambem serve de pretexto para renovar os equipamentos. Se destroi o velho na “operação especial” e se diz ao povo que os impostos seram usados para repor os equipamentos destruidos pelos ucranianos.

  9. Jose says:

    Ahahahahah, Terminator, o blindado Russo mais avançado ?
    Até agora a alta tecnologia da suposta potência militares Russa tem estado muito a desejar.
    As declarações Russas fazem me lembrar os malucos do riso.

  10. KodiakShadows says:

    Daqui a dias, é que se vai ver no terreno a valentia do terminator

  11. Técnico Meo says:

    Terminator BMPT? Javelin Jonh Connor . Fácil

    They Will never be hack 🙂

  12. MegaDrive says:

    Noticias Escaldantes: Na Ucrânia vão entrar em ação os tratores de 100 cavalos para combater os Terminators da Rússia. A equipa de agricultores da Ucrânia é a equipa mais temida pelos Russos, capaz de se apropriar dos seus tanques por serem capazes de entender a grande falha de qualquer tanque… a falta de combustível.

  13. Stanley says:

    Sabemos qual o final do “Terminator” em todos os filmes.

  14. Tiago says:

    Muito poderoso. Nada que umas minas terrestres ou uns Javelin nao consigam resolver. A propaganda Russa bate forte por aqui

  15. irritadiço says:

    Isto não é mais uma prova de que a Rússia parou nos anos 90 em termos de cultura ocidental?!

  16. gambuzino says:

    Quando a Russia anuncia (faz propaganda) deste género, fico um pouco ceptico. Desde que vi um porco andar de bicicleta no casamento do meu primo e um caça bombardeiro russo SU-34 com um garmin igual as da worten para navegação agarrado no painel de navegação, deixei de acreditar em tudo …

  17. eu22222 says:

    Nada que uns tratores ucranianos não consigam resolver.

  18. jaugusto says:

    O hilariante e triste ao mesmo tempo é ver a baba dos “generais” tugas a comentar na tv estas quinquilharias – ainda bem que existem pessoas com tintins no mundo que lutam pelas coisas que achamos garantidas …

  19. KodiakShadows says:

    Os maluquinhos só fabricaram 13 unidade, que os levem para a ucrânia que ficam sem eles ficam logo a saber como vão acabar

  20. secalharya says:

    É avançado…até ser atacado por cima.

  21. Asimoto says:

    vocês não conseguem comentar um artigo sem começarem a lançar logo propaganda irra.

  22. Pérolas says:

    Ainda hoje vi num noticiário que vários adolescentes/jovens se envolveram à pancada (inclui raparigas) e um deles foi parar ao hospital em estado grave. Dito isto, que raio de exemplos é que os levam a resolver um diferendo, discussão, contenda, etc, por meio de atos violentos??? Qualquer pai e mãe fica alarmado…

    • Pérolas says:

      … só uma nota adicional: quem começou ou deixou de começar, quem tem a maior ou menor percentagem de razão talvez não sejam as questões mais relevantes, mas, sim o porquê da razão, do chegar a um entendimento terem sido substituídos por «porrada»?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.