Quantcast
PplWare Mobile

Estará pronto para a Tatuagem electrónica?

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Edward Snowden says:

    Anda o mundo a tentar resolver os problemas de segurança e cada vez mais saem dispositivos que dão acesso a mais e mais poder a quem os conseguir penetrar.Acho que a ideia bastante inovadora e genial até, mas não aplicável aos problemas que temos hoje para resolver.

    • kaka says:

      Nova ordem mundial

      escravidão

      e perda total da privacidade

      acordem isto é um perigo

    • Brit_Box says:

      Os problemas de segurança são os assaltos e outros crimes que tais, os informáticos, só preocupam meia dúzia de pessoas, as outras… tempestades em copos de água!
      Quem não consegue imaginar o referido poder desta tecnologia na saúde não compreende o real valor desta tecnologia, para os problemas do futuro, mas também para os do presente, pois a saúde é uma área tecnologicamente MUITO arcaica! Usam-se técnicas e procedimentos com centenas de anos; felizmente esta parece-me ser uma aposta no futuro próximo.

    • Pedro Mateus says:

      Na minha opinião, acho precisamente o mesmo que tu, mas isto começa a penetrar e a saltar a lei da privacidade, visto que começamos a andar mais expostos a tudo o que é tecnológico, apesar de achar que é um bom desenvolvimento e um bom passo tecnológico 🙂

  2. int3 says:

    Bom artigo ! 🙂

  3. Lufino says:

    A pergunta final deveria ser: Estás pronto para ser mais e mais controlado?

    • Xplouder says:

      Vou deixar de usar telemóvel seguindo o teu ideal de controlo.

    • Telmo M. says:

      Pois, esse é o problema. Boa tecnologia nas mãos erradas. Desgraçados daqueles que defendem a escravatura porque acreditam que são livres.

    • Rufia says:

      Quem nao deve nao teme

      • Miguel says:

        Comentário mais ignorante.. não é uma questão de dever é uma questão de direitos, vincados nas constituições de diversos países mas que pouco são creditados devido a haverem pessoas passivas e outras como tu que não fazem ideia do que é viver num estado ditatorial, estudo Informatica e consigo ver tudo de bom neste projeto mas como em tudo na historia também consigo ver tudo de mau é uma forma fácil de “tagar” todas as pessoas de um pais e de as controlar, o mesmo já aconteceu em imensas áreas das ciências assim um exemplo rápido e fácil.. bombas nucleares (se não sabem do que falo “google it”). É por isso que se estuda os limites éticos em todas as áreas da ciência, não é preto e branco na maioria das vezes é cinzento pensar mais um bocadinho não te faria mal nenhum. E como o telmo disse e bem, desgraçados daqueles que acham que são livres, não são, no papel sim na realidade não e porquê? porque há pessoas que nunca sofreram a opressão e como tal “não existe”, acorda para a vida e vê se fazes um pouco mais para defender aquilo que são os teus direitos e dos demais, por agora não passamos de “umas ovelhas a pastar para dar tudo aquilo que temos ao nosso dono/criador nem o pelo escapa” se não vez isso vives no “mundo dos iogurtes”.

  4. Zefra says:

    Se não é uma forma cada vez mais sofisticada de controlar a população não sei o que será!!! Hoje aceitamos com muita facilidade ter os serviços de localização nos nossos smartphones e outros aparelhos. Esta tecnologia vai reforçar ainda mais esses métodos. Queremos tecnologia e inovações os googles e outros desta vida dão.

    • Super Pato says:

      E qual é o problema?

      • Zefra says:

        Para ti não e nenhum problema. Para mim acho que tenho direito a privacidade. Daqui a uns tempos são capazes de detalhadamente fazer o inventario do que tens em casa. Das tuas opiniões e outras coisas tais como onde vais, onde foste, etc. Tudo em nome da segurança. Chamas a isso privacidade? Se estas bem assim bem para ti. Penso que esse tipo de controlo, talvez não com tecnologia de ponta, existe em países com regimes ditatoriais. Agora imagina um pais desses já com este tipo de coisas que lemos neste artigo.

    • Telmo M. says:

      Nem eu! O problema não é a tecnologia vir a cair nas mãos erradas, a mim parece-me que ela já está nas mãos erradas. Nem por acaso, o Bill Gates disse que o mundo tem gente a mais…

  5. Super Pato says:

    Só os criminosos é que deveriam ter “medo” de tanto controlo.

    • Lufino says:

      Se a questão fosse o medo! Essa faz-me lembrar aquela de ninguém “encostou uma pistola à cabeça”. Nas ditaduras também é assim, quem não é contra o regime/ ditador não precisa ter medo.

    • Mystery says:

      Estás a confundir medo com privacidade, que é um direito humano universal.

      Se tiveres uma hora sem nada para fazer, passa no youtube e pesquisa “Jacob Applebaum – To Protect And To Infect Part 2” e se possível, vê de uma ponta à outra.

      Há muitos termos técnicos e os temas são abordados a fundo mas mesmo para o pessoal mais leigo, acho que dá para se ficar com uma ideia superficial do que é possível fazer com a tecnologia actual.

      Não é de estranhar, por isso, que apareçam aqui comentários que denotem mais precaução relativamente a este artigo.

      Talvez esse pessoal já se tenha cruzado com informação deste tipo, não sei…

      Fica feito o repto.

      Abraço o/

  6. Nelson says:

    Não quero, não quero saber, obrigado pela proposta.

    • Rui Cruz says:

      Até tenho receio de dizer isto, mas pelo menos desta vez(!) concordo contigo.
      Digam o que quiserem, mas: Zeitgeist all the way! “As pessoas não vão recusar isto, vão implorar para ter”

      Cump.

  7. PahAssimTodosJáSabemOmeuNome says:

    Vou por uma na … que até irá parecer uma arvore de Natal! 😀
    *na mão

  8. PahAssimTodosJáSabemOmeuNome says:

    “Imaginem entrar no pingo azedo e a vossa localização é postada no twitter.” xD

    Talvez tenha futuro nos passes…

  9. Paulo says:

    esse futuro mete medo, credo!

  10. Mafc says:

    Isso! Isso! Democratizem o controlo populacional em massa, enquanto o povo bate palmas de olhos vendados.

  11. João says:

    Claramente muita gente que está a comentar só olhou para o título e começou logo a divagar nos comentários.

    Trata-se de uma tatuagem provisória e não de uma tatuagem como as que vemos hoje em dia que não saem. É uma película que se cola no corpo para medir dados quando estamos no hospital para não termos que estar ligados a 20 máquinas diferentes. Saem do hospital e tiram aquilo e pronto não há controlo.

    Ninguém falou em ser obrigatório andar chipado ou tatuado all the time.

    • Lufino says:

      Tudo tem um princípio, João. Hoje é só um instrumento ao serviço da medicina, amanhã um regime qualquer decidi que aquilo é uma boa ideia para ter maior controlo dos cidadãos.

      O que é o NIF hoje em que até qualquer criança que nasce tem de receber um? Não é um bocadinho já disso? Imagina agora que um governo autoritário perante as possibilidades diz, qual a necessidade de andar com cartão ou ter de dizer o NIF, uma tatuagem ou chipe na pele é mais prático.

      Há já experiências com a implantação de chipes em humanos, tal como se faz com animais. Hoje são experiências, amanhã são realidades. O provisório torna-se efetivo!

    • Daniel Cavalcanti says:

      Pa, isso é certo mas não te esqueças que isto é apenas o início. Não tenho dúvidas nenhumas que quando tudo funcionar às mil maravilhas, queiram obrigar a população a andar com algo mais avançado. Com “sorte” obrigar logo de nascença.
      Há que saber parar as coisas antes de chegarem a um ponto incontornável.
      Felizmente, acredito que não haja assim muita gente de acordo de modo a que consigam implementar algo assim.

  12. Raul says:

    O meu cão já tem chip

  13. BibleOn says:

    A evolução começa a assustar-me…

    “Também obrigou todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, a receberem certa marca na mão direita ou na testa, para que ninguém pudesse comprar nem vender, a não ser quem tivesse a marca, que é o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Seu número é seiscentos e sessenta e seis.”
    Apocalipse 13:16-18

  14. Unknown says:

    OMG OMG, esta tatuagem tem 666 curvas 😮

  15. Tiago Remédio says:

    …tanta gente com tantos problemas de teorias da conspiração… os mesmos que se tornam reféns da luta por uma liberdade ridícula e irreal. Quando se dão conta que passaram a vida preocupados em não serem controlados… ups… a vida passou. A sério, o que vos controla é a vossa própria mente! Vão lá viver descançados porque até mesmo quando vocês pensavam que tinham aquelas revistas “especiais” bem escondidas os vossos pais sempre souberam que elas estavam lá… e nem por isso vocês foram menos “felizes” quando as leram. 🙂

  16. CodingGuy says:

    Isto é perigosíssimo. Estamos a ficar cada vez mais escravos da tecnologia. Eu adoro tecnologia, mas acho que não devemos exagerar e isto pode ser usado para escravizar a população a longo prazo. A tecnologia em si é interessante, mas se cair nas mãos erradas coisa más podem acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.