Quantcast
PplWare Mobile

YouTube tem planos para lançar um serviço de streaming de vídeo

                                    
                                

Fonte: Reuters

Autor: Marisa Pinto


  1. IKAROS says:

    O próprio YouTube é 100% streaming. Não se compreende…

  2. Ângelo says:

    Querem que as pessoas paguem subscrições para tudo, como se tivessem espaço infinito na carteira. HBO, Netflix, Disney, SportTv, Eleven, Hulu, Apple TV, Spotify, etc Depois queixam-se de pirataria. Esperam que as pessoas se contentem com uma ou duas subscrições e não tenham acesso a tudo o resto.

    E cá em Portugal, é difícil encontrar pacotes atrativos que incluam net e telemóvel. Quase sempre só compensa um dos principais pacotes que incluem TV.

  3. Joao Ptt says:

    Não entendi… o Youtube não é uma plataforma de streaming?
    É diferente de comprar/ alugar filmes/ séries em que medida?
    Os titulares dos direitos de autor poderão, após aprovação explícita disponibilizar os conteúdos no seu canal Youtube e cobrarem o que quiserem em troca de uma comissão para o Youtube? Se sim, como é que isso é diferente do actual comprar/ alugar do próprio Youtube? Actualmente é o Youtube que decide quanto quer cobrar, e assim possibilitam às empresas decidir isso por elas?

    As empresas andam numa de cada uma ter a sua plataforma desde que viram o potencial na Netflix… sem terem percebido que a própria Netflix nunca foi realmente sustentável… vivia de convencer os investidores que um dia aquilo iria dar dinheiro de tal forma que os investidores não só receberiam o seu dinheiro de volta como ainda teriam proveitos… duvido que algum grande investidor esteja muito satisfeito com o investimento lá feito, a menos que o tenha feito só por bondade para garantir que a plataforma existe e que ele(a) usufrui dos conteúdos naquele formato de serviço… ou seja, que em vez de comprar uma ilha ou uma casa na zona rica do Mónaco, Londres ou Hong Kong, “compraram” o serviço que lhes parece útil para o seu dia a dia.

  4. says:

    Mais treta da Google que não vai a lado nenhum. Focar em melhorar o que já oferecem que às vezes parece que foi feito por macacos é que nada….

  5. no-one says:

    Este título não tem qualquer lógica, primeiro o YouTube já é um serviço de streaming… Talvez quisessem dizer streaming de cinema/tv, mas até aí de facto o YouTube já teve o YouTube TV (SVOD) e acabo por fechar e vender até alguns direitos a outras plataformas, um bom exemplo é no Cobra Kai que era YouTube TV original e passou para a Netflix.

    Por outro lado uma “loja de canal” não aponta de forma alguma para isso mas para dar ferramentas de venda de conteúdos nos canais…. (Que pode ser TVOD… Ou até nem estar limitado a video).

    Eu penso que isto é mais uma feature para permitir a criadores vender o seu conteúdo no YouTube ou até merchandising.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.