Quantcast
PplWare Mobile

Inacreditável! Utilizador descobre “forma fácil” de remover publicidade do Youtube

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Fulano says:

    Adblock plus?
    E isto não é novidade. Já se sabe deste e outros truques há uns tempos.

  2. Strato says:

    Eu uso uma extensão no Firefox chamada Enhancer for Youtube, além de cortar a publicade tem uma sério de tweaks muito uteis.

  3. Aguinaldo says:

    O ad block plus também corta a publicidade. O que não consegue é remover vídeos que para se ver uma coisa interessante tem 15 minutos de promoção a tudo e mais alguma coisa…

  4. Dasss says:

    It Works 😀

  5. Filipe Dória says:

    É inacreditável.
    E não é que um simples “.” funciona. UAU

  6. Fulano says:

    Adblock plus?
    E isto não é novidade. Já se sabe deste e outros truques há uns tempos.

  7. Xnelox says:

    A publicidade como fonte de rendimento para quem cria conteúdos grátis tem de acabar, incomoda muita gente. Arrange modelos de subscrição e deixem de publicar coisas grátis porque o povo agradece

  8. João says:

    Eu uso o browser brave, em tudo semelhante ao Chrome e no YouTube nada de pub

  9. Natanael Rocha says:

    Uma forma de ajudar os “YouTubers ” que Seguimos e Gostamos é ver essas mesmas publicidade….

  10. Alex says:

    Como coloco o ponto na aplicação para telemóvel?

  11. Joao Ptt says:

    Interessante, resulta. Claro que o Youtube deve estar quase a corrigir, agora que é público.

  12. Tiago Oliveira says:

    Isto é interessante e fácil de perceber o porquê, no fundo o que se está a fazer é rebentar o matcher do URL enquanto se coloca o FQDN

  13. fernando says:

    Muito bom…

  14. O Monstro Precisa de Amigos says:

    Deviam premiar o utilizador que descobriu isso com pelo menos 1 milhão de euros e dar também algum a quem sugeriu a recompensa.

  15. Sintronics says:

    Para Android YouTube Vanced

    Adeus publicidade no YouTube

  16. Bruce says:

    Para Smartphone Android temos o “Block THIS!”
    Como se espera não se encontra na app store, teem de usar o browser e procurar.

    Bloqueia também tudo o que é publicidade em apps.

  17. Delfim Mota says:

    a sério…

  18. falcaobranco says:

    Sinceramente já me andava a irritar um pouco a publicidade…vou experimentar… e até nem mesmo o adblock já bloqueava algumas publicidades novas que andam a aparecer a meio dos videos como já referiram… obviamente o pessoal da google devem ter mudado o algoritmo porque antes não aparecia nada e agora aparece tudo…

    Vou experimentar esta opção…

  19. Rodrigo says:

    Descobre?? Eu já uso esta técnica desde o ano passado. Já tinha sido divulgado por diversos bloggers.

  20. Rodrigo says:

    Além de ser uma técnica conhecida desde 2019 para saltar ADS, existe até uma extensão no Chrome para adicionar o ponto sempre que entrarmos num link no YouTube.

  21. Vasco says:

    Inacreditável é este título. Mas este site é o quê, o Correio da Manhã da tecnologia?

    • Pixa standard da União Europeia says:

      Estes “anzóis” descobriram a pólvora, agora é só esperar uma publicação a mostrar que descobriram um círculo redondo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.