PplWare Mobile

Google tem vergonha dos números de distribuição do Android


Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. João Matos says:

    Tenho o Pie e pessoalmente acho que está muito bom.

    • Eraldo says:

      eu tenho um moto g 6,o com andrAnd Pie , essa versão do Android é a pior que já teve na minha opinião, meu celular trava muito e wi-fi fica se ligando sozinho mesmo com o telefone com a tela ploqueada,fica travando pra a brir os aplicativos e para desbloquear a tela…
      Tô arrependido por ter atualizado para pie .

      • Yuri says:

        Para min está ótimo tenho o Android one no meu mia2 e nao tenho problema algum

      • André Luiz says:

        Concordo com você após a atualização para o pie o celular não funciona mais

      • Mateus Pinto says:

        Eraldo, o responsável pelo “travamento” do telemóvel não é o Android Pie mas o fabricante do teu telemóvel. Ou o hardware é muito fraco ou o fabricante nem se deu ao trabalho de otimizar.

        O problema dos updates do Android é de 2 responsáveis:
        – fabricante dos componentes (Não dá o código fonte e os controladores que dá são para uma versão única de Android)
        – fabricante do terminal (devia apenas usar componentes com garantia de updates futuros ou receber código fonte; devia usar o project treble para facilitar updates)

        Como a maioria dos fabricantes, em especial os chinos de baixo custo ou LG não tem interesse em atualizar, o responsável é o comprador que devia -se informar (Se tem interesse nos updates) de quais as marcas que atualizam.

        O meu pai por exemplo tem um smartphone com Android 5.1 e está super contente com ele, as apps atualizam e para ele chega.

  2. AlexC says:

    Google domina e têm a faca e queijo na mão, todas as fabricantes só usam Android nem têm alternativa, logo a Google podia impor regras e estratégias.
    Mesmo que fique mais dificil para as marcas, era possível mts vezes as marcas não lançam updates por preguiça, preferem lançar 5 ou 6 telemóveis quase iguais alterando a versão do sistema operativo do que lançar updates, grandes marcas como a xiaomi ou Samsung podiam concentrar a equipa em updates e na satisfação do cliente.

    • Marshall Gomes says:

      Preguiça? Porque criam n modelos, e muitos deste a preços baixos. Sempre que a uma noa versão major de android, teriam que pegar nessa versão, testar em cada aparelho, ver possiveis bugs de compatibilidade, drivers… isso teria um custo. Achas que por exemplo em smartphone de 200 euros compensa manter o telemóvel com versões major de Android por muito tempo?
      É mesmo vender dinheiro ao bolso e passado um ano se a pessoa quer a nova versão de android que compre outro smartphone de 200euros.

      • Alexandre Carvalho says:

        Não digo que todos tenham que ter sempre updates, cada versão de android que sai pode sair com requisitos etc.
        Mas existe telemóveis mais caros que podiam receber mais versões do IOS e ficam parados ou com atraso as vezes de 6 meses.
        Apple gere bem os seus updates, se cada fabricante geri-se os seus updates não havia tanta segmentação, basta é haver ordens por parte da google.

      • Mateus Pinto says:

        Testar para cada aparelho? Se usarem 3 conjuntos de hardware e fizerem pequenas variações, apenas têm que atualizar os controladores entre elas e mesmo assim de apenas um par de componentes. Como há marcas que fazem telemóveis como churros, não há hipótese

    • rand says:

      “todas as fabricantes só usam Android nem têm alternativa”

      Ter até têm mas a licenças não iam permitir muitas das coisas que eles fazem atualmente

    • Rui Bacelar says:

      Olá meu caro, ao tempo =)
      Infelizmente, para o mercado, não é realmente rentável apostar numa plataforma alternativa, pelo menos para já.

  3. Tony says:

    Hehehe o iOS 12 já está em mais de 80% dos devices 🙂

  4. xupaxupa says:

    Tenho um Mi A1 (Android One) com Pie e estou muito satisfeito com o OS e updates mensais. Assim que deixar de receber updates mudo para o LineageOS e continuo com um OS atualizado.

  5. Alpha says:

    Android é um sistema a ser adotado por N fabricantes, o iOS não é comparável porque é um hardware um smartphone.

    Para se ter a verdadeira noção de ter telefone actualizado é ter um pixel 🙂

    Android One também, mas mesmo esses levam algum tempo a actualizar (2-3 meses)

  6. Pedro Fernandes says:

    É a diferença entre IOS/Android, o IOS o update é para poucos modelos e Android para N modelos.

  7. Chipas says:

    Na verdade, a tabela nunca foi da distribuição do Android todo.
    Era a distribuição dos smartphones Android com serviços Google que acediam a esses serviços num dado período.
    Nunca incluiu os Android que não tinham os serviços Google, que é a generalidade dos smartphones na China.

    Outros smartphones chineses, como é o caso da Xiaomi com as suas ROM MIUI globais, têm serviços Google, mas misturas elementos de diferentes versões do Android. Podem basera-se no Android 9, com alguns elementos 10 – então é Android 9 ou 10 ou 9+1/4?

  8. PEDRO AVELLAR DA CRUZ says:

    Ué? E quem foi que criou a regra de que todos os anos deve-se lançar uma versão nova de Android? NÓS esperamos isso. Eles nunca disseram que isso seria regra! Nós estamos correndo contra o tempo para vermos coisas novas a cada dia! Chega um tempo em que não é possível mais mudanças a não ser às desnecessárias!
    Essa moda de 10 modelos da mesma marca por ano dificulta muito atualizarem um sistema! As marcas acham que terem J1, J2, J3, J4, J5, J6, J7, J8, J1 metal, J1 pro, J1 lite, J1 plus, J2 metal, J2 metal pro, J2 pro, J2lite, J2 plus, J2 metal lite plus pro e por aí vai… Antes havia o S3. Agora no S10 já vão para 3 modelos diferentes! Porra! Chegou a hora em que cobram atualizações impossíveis de acompanhar. Então…

    • Pedro Fonseca says:

      Lol havia dois modelos do S3, i9300 e o i9305
      Qual a diferença? O primeiro é 3G e tem 1GB de RAM e o segundo tem 4G e 2GB de ram
      E ainda existiam as variantes americanas.

  9. A.M says:

    Eu tenho Android, Galaxy S9 Android Pie, e reamente não posso dizer bem neste caso Samsung reverti para Android 8, ora testem só esta a quem tiver um S9, na lista de contactos quem tiver fotos nos contactos (é o meu caso) após receber algumas chamadas ao consultar a lista de chamadas todas elas aparecem sem foto…e demora por vezez quase 1 nin para aparecer…e vários updates a vergonha continua..

  10. Mário says:

    E quanto ao facto da Apple esconder os valores de vendas?????
    A pplware não tem nada para mostrar de noticias????

  11. Jorgw says:

    Eu tenho o Mirage 82s android 7.0 eu queria muito essa atualização do Pie porque eu já estava mais acostumado

  12. Macgyver says:

    “torna-se virtualmente impossível atualizar uma miríade de smartphones.” Os desktop tanto com Windows quanto Linux tem uma quantidade muito maior de combinações possíveis de peças, e mesmo assim atualizam numa boa, pode ser um Pentium IV ou Athlon 64, ambos com mais de 15 anos, e são capazes de rodar o S.O mais recentes. Oq espero no futuro Android ou Fuchsia é a a Google coloque uma camada de driver e faça a atualização ficar automática pra todos aparelhos, e deixa pra fabricante só opções de mudar a aparência e os apps pré instalados

    • Dherii says:

      sabe que a interface tem que ser adaptada pra todo tipo de celular, seja por conta do design (um furo na tela ou notch por exemplo), tamanho da tela e hardware ( deve ter mais, porém os motivos que eu acredito que estejam envolvidos são esses, principalmente)

  13. Natan says:

    Isso é irritante. O project treble deveria corrigir ou mitigar esse problema e claramente não funcionou – pelo menos não do jeito que esperavam, os fabricantes continuam dando uma ou duas atualizações bem atrasadas.
    Eu tenho usado o 9 no meu OnePlus mas é claro que a Google tem que se esforçar muito ainda.
    Idealmente, seria como o Windows, possível de instalar por si mesmo sem tanto trabalho (e depender de builds), mas pra isso acontecer muita coisa na arquitetura do Android precisa mudar – especialmente na parte de drivers.

  14. Paulo Domingues says:

    Tenho um leeco Le max2 que veio com Android 6, neste momento está a rodar android 9 espectacularmente. Fiz passa-lo por todos as custom ROMs Android 6,7, 8.0,8.1 e agora 9. Nunca esteve tão bom. Não compreendo porque os utilizadores não fazem evoluir os seus aparelhos já que as marcas não os evoluem.

  15. Rafael says:

    Isso é uma mafia não atualizam o sistema para que o aparelho fique defasado, não aceitando novos apps exclusivos para última versão do sistema, para obrigar as pessoas a comprar um celular novo! E ninguém faz nada!

    • Márcio Vitor De Jesus Souza says:

      Você quer o que? O sistema é de código aberto open source, então a fabricante ao injetar o sistema Android no aparelho fabricado, ele pode fazer o que bem entender, como até mesmo colocar o sistema operacional sem a loja principal de apps, e isso é só a ponta do Iceberg, pode até mesmo deixar sem atualização e autorização para instalar novas versões do Android, por isso existem Custom ROMs, para atualizar aquele seu celular que não vai receber mais updates oficiais, um exemplo de Custom ROM muito boa é a Pixel Experience

      • Rafael says:

        Enquanto pessoas pensar igual a vocês estaremos perdidos, tem que ter uma lei bem rigorosa para manter o sistema atualizado constantemente, isso como disse é uma mafia para deixar um aparelho defasado obrigando trocar todo ano de aparelho sem necessidade alguma! Tenho um Motorola RAZR Xt910 com Android Pie Cunstom ROM e a Motorola disse que não tem hardware para esse sistema, onde está o erro? Eu consigo instalar um sistema e a empresa que fabrica não? Estranho isso!

    • Daniel says:

      Solução pra driblar isto é usar custom roms.

    • Joao Magalhaes says:

      Rafael, tanta gente a fazer, em vez de vires ler estas noticias vai procurar custom roms para o teu celular

  16. Fulano says:

    Titulo sensacionalista para depois no interior se ler que é apenas a opinião (muito pouco válida) de quem escreve o “artigo”….

  17. albino negro says:

    prefiro o Snickers. Porque nao falam dele ou do Lion? e bem melhor

  18. EC says:

    A grande culpada é a própria Google que lança todos anos uma nova release, sem que haja tempo suficiente para amadurecer a versão anterior. Um ano entre release é bastante curto. O ideal seria de 2 em 2 anos – tempo médio estimado que um utilizador fica com o mesmo modelo de telemóvel.

  19. César Oliveira says:

    Finalmente já se pode começar a desenvolver aplicações Android apartir da api 21 (5.0)
    Já se pode abandonar as versões até à 4.4. Ufa, finalmente.

  20. Pedro Fonseca says:

    O Android Pie corre de forma excelente no meu Nokia 5. Há uns tempos houveram problemas de bateria com o update, mas foi tudo corrigido. Android Pie: 5 estrelas.

  21. Jp says:

    NÃO ATUALIZEM PARA O PIE (ANDROID 9)

    1- o brilho minino fica maior e o maximo fica menor (ruim pra usar no claro e ruim pra usar no escuro)
    2- a bateria no modo economia de bateria é consumida mais rapido que no modo normal do oreo
    3- alguns apps nao pegam direito e principalmente não notificam
    4- o bloqueio de tela fica bugado
    5- NÃO DA PARA VOLTAR ATRAS DEPOIS QUE ATUALIZA, SO COMPRANDO OUTRO CELULAR

    • Pedro Fonseca says:

      1- Desliga o brilho adaptativo nas definições do ecrã
      2- Desliga o Adaptive Battery nas definições da bateria
      3- O mesmo do 3
      4- Isso deve ser um bug do teu telemóvel Nesse caso so a marca pode corrigir.
      5- Dá sim(depende do telemóvel). Só tens de o saber fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.