Gmail permite agora receber anexos até 50MB


Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. APereira says:

    Quando é que as pessoas vao perceber que o email nao foi desenhado para o envio de ficheiros grandes.

    Para já ainda só dá para enviar até 25mb porque esse é o standard por esse mundo fora, e obviamente que nao deveria de mudar.

    • jorge santos says:

      Porque não? Eu só não mando emails de 150MB porque não me deixam.

      • Álvaro Campos says:

        LOL
        Resposta a confirmar o que disse ao Guga!
        Quem tudo mas não imaginam o que significa ter o tudo…..

      • José Rodrigues says:

        Não imaginas a dor de cabeça de gestão de mailboxes grandes nem tão pouco o investimento em storage necessário.

      • APereira says:

        Para responder a tua pergunta…. vamos imaginar o seguinte…

        Temos os seguintes servidores de email.
        Gmail,
        Office365,

        Imaginemos entao que esses sao todos os servidores de email possíveis.

        O user Gmail1, envia um email com 200Mb para o seu colega Gmail2…
        Significa isto que temos esse email na outbox da conta Gmail1 + na inbox da conta Gmail2.

        Entretanto o user Gmail2, acha muita piada ao email e decide enviar para mais 10 dos seus colegas…
        Entao neste momento adicionamos mais 200Mb na outbox do Gmail2 e mais 200Mb na inbox do Gmail3, 4,5,6,7,8,9,10,11 e 12.

        Cada um destes users decide enviar entao o mesmo email para o seu homologo no Office365.

        Já temos entao…

        um Email de 200Mb, multiplicado por 23 no servidor Gmail, o que faz 4600Mb.

        No lado do Office365 temos isso multiplicado por 10 ou seja, 2000Mb.

        No total, temos 6600Mb distribuidos entre dois servidores porque… é bonito enviar emails com videos, com imagens em alta resolucao etc etc etc…

        Agora imagina isto tudo multiplicado por milhoes de caixas de email, em que todos fazem CC e BCC uns dos outros…

        Para além de entupirem os servidores com m****, perdem o controlo total de onde estao os ficheiros etc etc…

        Agora pergunto eu…porque nao, ser inteligente…

        Alojar o ficheiro de 200mb numa OneDrive, Dropbox ou algo que o valha, partilhar o ficheiro com as pessoas a quem queremos dar acesso e depois…enviar um link para o ficheiro?

        Ah…vida dificil esta…

        Em 2014, tivemos um cliente nosso que tinha um servidor de email IMAP in house… A ultima empresa que lhes dava suporte tinha instalado em 2012 e funcionou tudo muito bem, até que em meados de 2013 comecaram a ter muitos problemas com o email.
        Era desde o servidor crashar até emails a nao serem enviados ou demorarem horas até serem entregues nos seus destinatários…

        Conclusao após a nossa analise…
        Servidor estava com 10% de espaco livre…mesmo depois de terem feito upgrade ao storage uns meses antes.

        Ao verificar a configuracao do servidor, tinhamos dezenas de links simbolicos para volumes que tinham sido montados posteriormente a instalacao do servidor.

        Apesar de nao terem uma quantidade de emails muito alta, cada uma das contas tinha no minimo 10Gb.

        Fomos a ver e o que acontecia era o seguinte…

        O chefe mandava um email para a equipa toda com anexos enormes…todos eles respondiam ao chefe e colocavam os outros colegas em CC.
        Outros enviavam o ficheiro para os seus clientes e copiavam mais uma vez o seu chefe.

        Entretanto alguém respondia e copiava toda a gente novamente…

        Estamos a falar de um servidor com 16Tb de storage… do qual limpamos mais de 9Tb de ficheiros duplicados.

        Percebes agora porque é estúpido enviar emails com anexos com mais de 25Mb? Aliás deviam era de desaparecer com essa funcionalidade…

    • Álvaro Campos says:

      Se tivesses o teu servidor na tua infraestrutura (seja pessoal ou empresarial) não dirias isso!
      Já imaginaste o que são 200 utilizadores a enviar e receber e-mails de 50 MB (eu fico-me pelos 20 MB e e ….) e a mantê-los na sua caixa de correio?
      Se cada um deles mandar 10 e-mails desses por dia serão 500 GB nos enviados, no final de 22 dias trabalho serão 11 000 MB, ou seja, 11 GB no final de um mês de trabalho.
      Agora, só para complicar, imagina que desses 200 colaboradores 10, somente 10, enviam diariamente os tais 10 e-mails com 50 MB.
      No final do mês serão 110 GB, só 10 pessoas que enviam 10 e-mails com 50 MB.
      Se permitires que cada utilizador mantenha o e-mail 1 ano no servidor (e estou a ser muito forreta!) dará 1320 GB, ou seja, mais de 1 TB só para alguns e-mails de 5% dos utilizadores do servidor!!!!
      Se a isto somarmos os restantes e-mails e o espaço para as cópias de segurança consegues imaginar a quantidade de espaço necessária?
      E gerir uma SAN deste tamanho?

      O problema dos utilizadores é que querem tudo, “dá muito jeito o espaço extra”, mas esquecem-se que os administradores nem sempre podem dar a Terra e a Lua, quanto mais o Sol!

      Sim, ainda há muita empresa que tem o e-mail in house pelas mais variadas razões!

  2. transcendez says:

    transfer.sapo.pt permite enviar até 3Gb. pena que não tenha uma app móvel como tem o WeTransfer.

  3. Fábio says:

    A Google fez uma manobra inteligente, permitindo enviar um anexo grande através do Google Drive… se as pessoas não usam este belo recurso e desconhecem, também têm de olhar para trás e ver o que realmente andam a fazer no mundo digital!

  4. vitor says:

    Uso o skype que posso transferir ate 300mb…..

  5. Antonino says:

    Os meus comentários não aparecem, e os desse Guga enfim

    • Álvaro Campos says:

      Deixa lá eu escrevi três comentários (4 com este): uma resposta ao 1º comentário que não aparece, uma resposta a um comentário do 1º comentário que aparece mas não faz sentido pois remete para a minha resposta que não aparece e o terceiro, a esta hora, ainda aguarda que o moderador apareça por cá.
      E este também irá ficar em moderação 😀

      Mas os do Guga que têm muito sumo estão cá todos!

      • Vítor M. says:

        Não vejo nenhum de Guga… quem não está é porque não faz falta.

        • Álvaro Campos says:

          Penso que quando escrevi os comentários havia um Guga 😉
          Agora, no mesmo sítio há um APereira.
          Também pode ser que ande a fumar coisas estranhas… LOL
          Além disso, e como disseste, “quem não está é porque não faz falta.”!

          • Vítor M. says:

            Hehehe deixa lá essas cenas maradas 😀

            Sempre que virem um comentário desrespeitoso, com insultos, denunciem. Pese o facto de estarmos atentos, pode passar algo, queremos promover o bom ambiente e o diálogo.

          • Francisco C says:

            Obrigado Vítor M!

            As pessoas que participam aqui nos comentários têm de perceber de uma vez por todas que o interessante é precisamente haver diversidade de opiniões, e que se queremos que a nossa seja respeitada, devemos de igual modo respeitar a dos outros.
            Infelizmente há pessoas que não pensam assim e partem para os insultos.

            Acho que o Peopleware tem muito a ganhar com uma maior atenção a certos comentários, contenham eles insultos directos como indirectos.

            Cumprimentos

          • Álvaro Campos says:

            Combinado 😉

  6. MACnista says:

    … OK recebe 50 Mg, fixe e envia quanto mesmo??, não tenho noção!!

    • smurff says:

      podes receber e enviar email’s com 50Mg entre utilizadores Gmail, e outros servidores de email que permitam a mesma quantidade, mas depois tens servidores de mail mails para entidades que no máximo só podem receber 5mb logo nem aquece nem arrefece…

      por um lado concordo que o email é um meio de comunicação rápido entre pessoas e entidades, mas cada vez mais enviamos ficheiros e fotos, videos de enormes tamanhos derivado á quantidade e qualidade dos mesmos, e os servidores de email não estão aptos ainda nos dias que correm para essa possibilidade, 50mb nos dias que correm não dá para praticamente nada, quando se anexa ficheiros grandes que facilmente ultrapassam esse tamanho e mesmo alguns no final de comprimidos…

      houve alguém mais atrás que referiu que o gmail permite o interligação entre a cloud, porreiro, é uma maneira de contornar a coisa, o problema é que para tal quem receber o mail com o link de download do ficheiro da cloud tem de ter acesso directo á internet, o que não acontece em empresas em que apenas passa o mail e não tem acesso á web, tem apenas intranet logo não conseguem descarregar por não haver acesso ás cloud’s…

      para a utilização que faço da minha perspectiva nos dias que correm os servidores de mail já deviam permitir 1gb no mínimo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.