Yeelight – testámos as lâmpadas inteligentes da Xiaomi [vídeo]


Destaques PPLWARE

78 Respostas

  1. João Pardinha says:

    Tenho duas RGB e são fantásticas. Consigo comandar com a voz, é simplesmente fabuloso.

    • Ricardo A. says:

      Caro João,
      Se desligar na aplicação móvel, consegue ligar usando o interruptor de corrente elétrica ou tem de voltar a ativar na app primeiro?

      • Hugo Cura says:

        A lâmpada funciona tâmbém de forma manual tal como uma lâmpada normal, ficando com o brilho no máximo.
        Há ainda a possibilidade de a configurar para, numa situação de quebra de energia, quando a energia voltar e lâmpada fica desligada. Isto é útil para um caso em que a iluminação é controlada apenas por um sistema inteligente, como o Mi Smart Home.

      • Carlos says:

        sim, consegue mas tem que accionar o interruptor uma ou duas vezes, nas minhas o que acontece é que se as desligar / ligar no interruptor, perco a sincronização e depois tenho que as sincronizar novamente.
        São excelentes na relação qualidade / preço e se usar com a app Mi Home e outra pessoa tiver também uma conta Mi, basta partilhar a lâmpada com essa pessoa para também ela a puder comandar com a sua app.

  2. Nuno says:

    já tenho uma RGBW e uma branca há mais de 1/2 ano e são excelentes. Comprei-as por “preguiça” para quando quisesse ver um filme poder controlar as luzes sem me levantar e… são excelentes.
    Dá para controlar individualmente e criar “scenes” e grupos… A configuração também é simples.
    Há alternativas, inclusive no ikea, ou philips, mas os preços são bastante mais elevados….
    fiquei fã

  3. Pedro Barbosa says:

    Para fazer o controlo do MI Home é preciso estar ligado à mesma rede? ou pode ser feito remotamente com o smartphone ligado a outra rede

    • Hugo Cura says:

      Pode ser feito remotamente, em qualquer rede, desde que a internet esteja ao alcance da lâmpada ou do sistema Mi Home. Apenas é necessário estar na rede local para adicionar novos dispositivos.

      O Mi Home tem ainda a vantagem de funcionar apenas recorrendo à rede local, no caso de falha da Internet. Tudo é processado pelo Gateway.

      • ir says:

        Não permite atribuir manualmente ip, tem que ter dhcp ou criar regra no router.

        • Carlos says:

          penso que não é necessário
          tenho duas destas RGB + 2 tomadas hifi +1 extensão hifi e acedo a tudo de qualquer parte do mundo, pelo Hi Home, em qualquer rede hifi ou movel, sem mexer no router.

      • Pedro says:

        Boa noite. Tenho uma dúvida só com a lâmpada yeelight da para utilizar a aplicação Mi home? Ou tenho que ter mais algum dispositivo inteligente da xiaomi. A segunda questão é saber se dá para controlar a lâmpada com mais que um smartphone? Já tentei e só consigo configurar um dispositivo

        • Hugo Cura says:

          – Sim, as lâmpadas Yeelight dão para utilizar na app Mi Home, sem ter Gateway.
          – Sim. As lâmpadas ligam-se a contas, não a smartphones. Uma vez ligada a uma conta, pode ser utilizada noutro smartphone se a mesma conta Mi estiver a ser usada no outro smartphone OU se a lâmpada Yeelight for partilhada para a conta que está a ser utilizada nesse 2º smartphone.

  4. João Ferreira says:

    Só tem um problema… 600 lumens não dá para nada.
    Esperemos que num futuro próximo venham pelo menos com o dobro.

  5. Nuno Filipe says:

    será possível experimentar no sistema do Meo Smart Home, a ver se é compatível???

  6. ze says:

    Fico aguardar essa review da Xiaomi MiHome!

  7. Marcelo says:

    Tenho uma e de facto a relacao qualidade/preço é imbativel. Comprei o smart home da xiaomi e nao poderia estar mais satisfeito. Solucao de alarme onde permite acender automaticamente as luzes. Integracao dos sensores de movimento com estas luzes. Melhor que isto sao os interruptores inteligentes pois podemos Manter as lampadas originais

    • nnexuss says:

      Marcelo… Preciso de uma ajuda nessa parte dos interruptores…
      Também quero comprar uns, mas não sei qual é que é o interruptor de “escada” … ou seja, desliga e liga em duas tomadas distintas.
      sabes qual é?
      Obrigado.

      • Ricardo A. says:

        Se a instalação elétrica original já tiver essa funcionalidade (2 pontos de controlo), não me parece que o interruptor inteligente vá interferir com isso.
        Tenho interruptor da Broadlink há algum tempo e não podia estar mais satisfeito.

      • Hugo Cura says:

        A vantagem destes interruptores é que tudo é controlado de forma central 🙂
        Só é preciso haver um controlo físico da lâmpada e depois associar o interruptor que se pretender para alternar o estado da lâmpada.

        Uma outra marca da Xiaomi, a Aqara, tem desses interruptores:
        http://bit.ly/2uzc7ve

        A explicação deles é a seguinte:

  8. eachtime says:

    Como se configura o google com a lampada?

  9. IR says:

    Tenho 1 lâmpada branca, é compativel com domoticz.

  10. Marcelo says:

    nnexuss, de facto com comutador duplo pode ser mais complexo. Eu para ja comprei o aqara que o Hugo mencionou mas estou a usar numa tomada simples de boes botoes. A instalação é basica e único senão é que interruptor era ligeiramente mais largo que a caixa e tive que abrir ligeiramente a entrada. Depois comprei um interruptor Aqara wireless e pude colocar noutro lado da sala para ter dois pontos distintos para controlar os mesmos candeeiros. Tambem interliguei com sensor xiaomi (9USD) que caso detecte movimento durante a noite acende as luzes. Isto sem trocar qq lampada. Na pior das hipotese sendo comutador duplo se nao funcionar podem desactivar um deles e colocar o interruptor wireless numa das extremidades das escadas. Outra alternativa é o botao wireless da xiaomi (botao unico) que permite configurar para 3 accoes distintas. Tudo isto precisa da central que é mt barata.. tenho 15 sensores ligados e nunca tive problemas a nao ser o facto de ter muita coisa ainda em chines e o fuso horario ser da china :/

  11. Ângelo Brito says:

    Por enquanto só tenho uma, estou em vias de comprar casa própria por isso num futuro próximo vou comprar diversas lâmpadas deste género. Há duas funções que adoro e que estão ligadas com o temporizador, adoro poder definir x minutos para desligar e uma função que dá imenso jeito é o ligar e desligar programado, todos os dias da semana toca o meu despertador e passados alguns instantes liga-se a luz e ai meus amigos não há hipótese de ficar na ronha, visto-me etc e a luz desliga-se todos os dias na hora programada. O único inconveniente é ter de desligar essa função nos feriados ou quando estou de férias.

  12. RG says:

    Comprei uma à coisa de 1 mes, é muito gira, mas não consigo sincronizar com o tlm… E segundo algumas reviews, não sou o único! Abraço

    • Hugo Cura says:

      O que acontece? Qual a aplicação que está a ser utilizada? A lâmpada consegue ligar-se à rede Wi-Fi da casa?

      • RG says:

        Estou a utilizar a Xiaomi MiHome. A app detecta a lâmpada instala-a, mas quando a seleciono diz que está offline… Aliás ainda consigo sincronizar 3 segundos com a lâmpada, mas depois parece que deixa de estar online.

        • Hugo Cura says:

          Estranho isso.
          Experimenta a Yeelight:
          https://play.google.com/store/apps/details?id=com.yeelight.cherry

          A lâmpada fez o update ao firmware? Esta tem o 1.4.1_48.
          Se tiveres oportunidade, experimenta ligar a outro router Wi-Fi, ou mesmo ao hotspot Wi-Fi do smartphone.

          • RG says:

            Já está a sincronizar! Com esta app foi 1 minuto. Já agora, não sei se tem a haver ou não mas, a firmware desta lâmpada é 1.4.1_52. Relativamente à lâmpada… Corresponde à expectativa!

          • Hugo Cura says:

            Óptimo!
            Quanto à versão de firmware, então essa será RGBW, eu disse da branca.

        • LF says:

          Boas no meu caso, também comprei 2 RGBs e 2 brancas, mas não consigo detectar nenhuma delas 🙁 nem via MiHome nem via Yeelight, simplesmente não aparecem!
          Como consigo ver se elas sequer se ligam à rede Wi-Fi da casa?
          Alguma dica ou ideia?
          Obrigado

          • Hugo Cura says:

            As lâmpadas não se ligam à rede da casa sem nós lhes indicarmos primeiro qual é a palavra-passe 🙂

            No procedimento inicial de detecção, primeiro a app localiza a lâmpada e liga-se directamente a ela (é necessário a app ter permissões para gerir a ligação Wi-Fi – pode ser este o problema no teu caso).
            Depois, “dizemos” à lâmpada a que rede Wi-Fi se deve ligar e qual a palavra-passe, ficando logo associada a nossa conta.
            De seguida, é só esperar um pouco que ela se ligue e começar a utilizar.

            Este procedimento é mostrado no vídeo.

          • LF says:

            Hugo, perfeito, seguindo o teu raciocínio eram as permissões da app que não estavam a permitir localizar as lâmpadas 🙂

            Muito obrigado pela ajuda.

            Aproveito para perguntar como é que ligaram as lâmpadas ao Google?

          • Hugo Cura says:

            Óptimo, de nada!

            Isso virá noutro vídeo, muito em breve 🙂

  13. RCS says:

    Só não estou ainda convencido do consumo em standby. Ainda não fiz medições mas verifico que a lâmpada desligada (em standby) liberta algum calor, o que equivale a gasto de eletricidade.

    • Hugo Cura says:

      Sim, liberta algum calor, não te esqueças que tem lá um micro-sistema a funcionar, com Wi-Fi e um transformador.
      Em stand-by consome exactamente 1,3 W, medidos agora.

      • jorge says:

        isso n é muito para stand-by? ja agora por acaso n tens possibilidade de ver a temperatura real, vi que as do IKEA akecem bues 80º no casquilho… penso ser demasiado..

        • Hugo Cura says:

          10 lâmpadas passam a consumir o stand-by de uma box de TV… sim, é um pouco, ao final do ano faz mossa, mas com uma ligação Wi-Fi permanente e um sistema a correr, julgo ser económica.
          Vou ver se encontro o termómetro infra-vermelhos para verificar isso.

          • Regis says:

            Pois, o problema destas coisas é o consumo. Quanto mais equipamentos mais comodidade, mas mais consumo. Claro que sendo Leds minimiza a coisa quando comparando com as florescente. Mas …..

          • RCS says:

            Uau não tinha ideia que as boxes gastassem tanto. Será que têm acesso também a tomadas inteligentes para ver o consumo destas em stand by ? Pode ajudar a controlar os gastos das tais boxes.

          • Hugo Cura says:

            A box actual da NOS (sem disco interno) gasta 11W. A versão com disco interno gasta 18W. Isto independentemente se estão ou não em stand-by, pois o consumo é sempre o mesmo.

            Já uma box Android, como a WeTek Play 2 gasta 1W em stand-by e de 5 a 9W em funcionamento.

            O consumo energético anual de 18W, sempre ligado, custa qualquer coisa como cerca de 31€/ano.

          • RCS says:

            Boa informação 🙂 obrigado!
            Isso significa que uma alternativa para as tomadas inteligentes que a EDP estava a oferecer e que são dificeis de obter, é montar tomadas inteligentes da xiaomi ou equivalentes. Ficam pagas num ano.

  14. Jona says:

    ok google, faz-me uma torrada enquanto ligas a luz.

  15. Rub3n says:

    “Hoje mostramos o potencial das lâmpadas Yeelight da Xiaomi, que podem ser utilizadas com inúmeros propósitos.”
    Onde estão os inúmeros propósitos?
    Eu a pensar que vinha aí um texto super criativo com ideias de propósito para estas lâmpadas e depois… a montanha pariu um rato!
    Esperava mais deste artigo, confesso.
    Mas pronto, pra encher escapa…
    Foram mais interessantes os comentários que o próprio artigo em si. O meu não foi tão interessante mas o objectivo era apenas crítico, para que possam melhorar… 😉

    • Vítor M. says:

      Encher? Mas estão apontados inúmeros cenários, inúmeros pormenores deste kit, a relação que tem com IoT, as várias formas de gerir o dispositivo e como manipular as várias funcionalidades face às necessidades, penso que não percebeu mas não foi por culpa da falta de arguments, foi mesmo porque não leu nem viu o vídeo. Além disso, este artigo faz parte de um conjunto e isso foi descrito logo no início do vídeo, o que denota que de facto não viu o vídeo. Obrigado pela crítica, mas está dito que este módulo faz parte de um conjunto 😉

  16. Basílio Farinha says:

    Bom dia.
    Eu comecei com estas lâmpadas a coisa de 1 ano hoje tenho a casa toda controlada pelo MI Home da xiaomi.
    Estou rendido à Xiaomi.
    Todos os meses compro uma ou duas coisas neste momento são 24 equipamentos.
    Tudo funciona bem não é caro e uns sistemas vão encaixando nos outro.
    Recomendo.

    • Marcelo says:

      Bom dia Basílio,

      Quando menciona a casa toda controlada está a mencionar as lâmpadas, sensores porta/janela, interruptores, tomadas, e sensores movimento certo?

      E para já tem tudo com uma central única ou já chegou ao limite de dispositivos numa central?

      Também estou rendido, mas seria perfeito se conseguisse ter:
      #0 – Interligação com outras API’s (IFTTT) (não me refiro a componentes isoladas como esta lâmpada que até suporta, mas à própria central smart home).
      #1 – Controlo dos estores elétricos
      #2 – Aplicação devidamente traduzida (na versão IOS) e com o fuso horário de Portugal. Neste momento quando coloco um timer tenho de definir como china.
      #3 – Possibilidade de armar o alarme com ZONAS. A aplicação permite armar/desarmar por horário o que é excelente. Mas não permite definir zona, tipo armar garagem e traseiras e deixar interior. O que consigo fazer é retirar certos sensores do trigger de alarme. Contornei definindo período horário fixo para os alarmes, mas não é o mais prático. Conseguiu contornar de outra forma?

      Conseguiu ultrapassar alguns destes temas acima? E tem alguma recomendação de outros sensores ou configurações interessantes?

      • Basilio Farinha says:

        Bom dia.
        Eu instalei a app da xiaomi Mi Home e controlo tudo por ai alarme, temperaturas das zonas tv camaras etc…
        Tem que colocar a app com a zona da china para poder aproveitar ao maximo.
        Eu fiz assim.

  17. BB says:

    Boa noite,
    Já tentei de tudo e dá sempre erro aos 99%… (Telemóvel, tablet, servidor, etc) alguém com o mesmo problema?

    • Basilio Farinha says:

      Bom dia.
      Qual é o problema pode ser que eu consiga ajudar?

    • Marcelo says:

      BB, eu tive esse problema quando fazia a sincornização com um iphone!

      Estive 2 horas à volta do tema até que ouvi pessoal a queixar-se que era a aplicação smart home do iphone que dava problemas em algumas situações.

      Testei com um Android e a ligação foi imediata. (mas como menciona que já tentou de várias formas, assumo que não deve ser o mesmo problema).

  18. BB says:

    Ppl, uso android com a APP yeelight e dá erro de “connection time out” sempre aos 99%, seja no tlm, seja no tablet.

  19. BB says:

    Boa noite, mesmo com GPS e bluetooth continua a morrer aos 99%… Normalmente safo-me nestas coisas, mas esta lâmpada está difícil…

  20. Mdt says:

    Acabei de receber uma , quando estou a conectar-me dá sempre erro de tempo de conexão, já tentei com as duas apps e nada.
    Alguma dica ?

  21. Nuno Ribeiro says:

    É possível definir para a lâmpada ligar gradualmente de manhã automaticamente?

    • Basilio Farinha says:

      Sim, nos favoritos da app tem esse possibilidade

      • Hugo Cura says:

        Exacto, é capaz de simular o nascer do sol e o pôr-do-sol:
        – “simula um natural e suave nascer do sol em 15 minutos”
        – “simula um pôr-do-sol natural e oferece um escurecimento relaxante para ajudar a adormecer em 10 minutos”

        Ambos são pré-definidos, não configuráveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.