PplWare Mobile

É oficial: Samsung adia lançamento do seu futurista Galaxy Fold


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. Ze says:

    A decisão não é só sensata, eu diria que é a única solução possível.

    Se isto aconteceu com meia dúzia de reviewers que até percebem alguma coisa de como manusear tecnologia, imaginem com o comum utilizador.

  2. André says:

    Terá a Samsung em mãos um pisa-papéis de 2000€?

  3. ARS says:

    Como se diz aqui em Pindorama, “deu ruim”!

  4. iDespairing says:

    Ser pioneiro tem estes percalços. Disse aqui anteriormente. Esta maquina foi a nascença e sera sempre um fail para mim! Um notch no écran interior? Para quê? A maquina ja tem tanta camera excluido estas. Muito caro e frágil. Pessoalmente acho o conceito da Xiaomi ou Huawei mais interessantes. Veremos o que Apple trás, mas daqui uns 2-3 anos, este produto não esta com maturidade suficiente para eles.

  5. Vitor says:

    Dias depois de a Samsung ter apresentado este seu modelo com ecrã dobrável…a Hauwei fez a mesma coisa. E logo na altura eu tive ( escrevi aqui no Pplware) a opinião que a “técnica” apresentada pela marca Chinesa tinha muito mais potencialidades do que a da Samsung. Isso porque o conceito de “dobragem” do ecrã está mais de acordo com conhecimento (ainda pouco) que existe a esse nível…e é difícil “enganar” a física no inicio do desenvolvimento de qualquer coisa!

  6. pic says:

    percebem agora porque a apple não lançou ainda?

    ahah

  7. Ze says:

    Eheheh! Folds -se

  8. Fixo says:

    Há uma coisa que é verdade:
    – A Apple assume-se como perfecionista – isso custa-lhe caro, não pode lançar nada que não esteja testado ao pormenor. Se não está tudo na perfeição, por qualquer coisinha caem-lhe em cima à força toda, amigos e inimigos.

    – A Samsung não – assume a imagem da descontração, o que é preciso é inovar , lançar produtos mesmo que mal acabados. E o pessoal aceita, os amigos e os indiferentes (que não é o mesmo que inimigos).

    Para perceber melhor a diferença, imaginem que isto se passava com um produto da Apple – quem é que tolerava o erro ou ficava indiferente? Caía o Carmo e a Trindade.

    A prazo a diferença de posicionamento das duas empresas tem consequências nas vendas. O pessoal quer ter tudo do melhor ou chega um equipamento que não precisa de ser o melhor mas que satisfaz? O modelo perfecionista da Apple pode vir a custar-lhe caro. Não era melhor lançar um iPhone com ecrã dobrável, mesmo que não fosse grande coisa?

    • iDroid says:

      A questão é que aqui o fold da samsung não “não era grande coisa” – simplesmente deixava de funcionar.

      Como tu disseste, se o da Apple tivesse estes problemas caía-lhes toda a gente em cima. Mesmo para ter um produto que não seja grande coisa ainda falta R&D, de certeza.

    • Whatever says:

      Tão perfeccionista que lançou pela terceira geração consecutiva um teclado que avaria constantemente.

    • Cenas says:

      Acho que a Samsung forçou demasiado neste caso, tanto é que logo a seguir (a meu ver) a huawei lançou um solução melhor.

    • AX says:

      Assumia-se como perfeccionista!

      Hoje em dia em termos de produto estão muito fracos. Tenho um MacBook Pro que custa 1.800€ e já sei que vou ter problemas pelo menos no teclado (há um programa de reparação da Apple de 4 anos para teclado) e no ecrã (flexgate). E quando abano o Mac ouve-se uma película atrás do ecrã a andar de um lado para o outro (só pesquisar no Google) que é um bocado ridículo.

      Mesmo no que toca a software e serviços, veja-se o exemplo do iTunes, App Store e outras apps da Apple que parece que são só um browser tipo Safari; iCloud e iCloud Drive ainda deixam muito a desejar.

      Sou utilizador desde 2007 e sinto que a Apple atualmente não está com aquela consistência de antigamente.
      No entanto acredito que também não é nada difícil voltarem ao que eram e que ainda têm muito, muito futuro, até porque em termos de resultados financeiros não se pode dizer nada.

      • Sujeito says:

        Se voltassem ao que era, continuavas a ter problesmas, que sempre existiram, e os softwares estavam bem mais arcaicos.

        É o que é. Dificilmente encontras melhor por isso não te chateies muito.

  9. ervilhoid says:

    Já era de esperar, aqueles testes com as máquinas automatizadas eram um engano, o utilizador vai dar um uso diferente e mesmo o teste usam um background escuro no meio para disfarçar a dobra

  10. Mateus Pinto says:

    A Samsung está a querer vender um protótipo por 2000€ o que está a custar má reputação. Os ecrãs têm marcas no meio, riscam com facilidade e tem um protetor de ecrã obrigatório… O aspeto é fraco versus um ecrã de vidro. O conceito é fantástico mas mal executado pela Samsung. E querer impingir um protótipo…

    Talvez em 2020-2021 tenhamos um Fold 2 ou 3 em condições. O conceito da Huawei é muito mais bonito.

    • Fixo says:

      Má reputação? O que conta é ser o primeiro, ser inovador.
      O sistema de fecho é magnético, bastante forte. Anda toda a gente entretida a fazer vídeos a pôr o smartphone a apanhar chave, clips e moedas, não quer saber de defeitos.
      Até pode vender pouco (é mais que certo) e ter defeitos, mas a Samsung está pouco ralada com isso. Não quis fazer um produto perfeito. Quis vender um produto inovador, de que se falasse.

      P.S. Ecrã de vidro não pode ser senão não dobra sem dobradiça. Tem que ser de plástico. Esperemos então para ver com que se sai a Huawei. Da Apple vai ter que se esperar – que se consiga obter um ecrã de vidro que dobre como o deplástico.

      • ervilhoid says:

        Ai a Samsung faz algo e não quer saber se vai ter problemas ou não, o que importa é ser falada?
        Claro até porque perder € é coisa niguém se importa

        • Fixo says:

          A Samsung pode perder dinheiro nuns modelo, desde que ganhe noutros.
          Ao contrário da Apple, que se perder dinheiro nos novos modelos que lança fica completamente lixada.
          Por isso a Samsung pode lançar um modelo como o Fold e a Apple não.

          • ervilhoid says:

            Sabes que só a App Store dá € com fartura, claro que se não vender novos, ganha menos, investidores fogem etc etc, mas ganha..

            O fold sendo um fracasso ainda antes do lançamento representa uma desconfiança nos investidores, porque os outros modelos todas as marcas têm e até mais baratos

  11. João Tavares says:

    Se fosse a apple reduzia o desempenho para aumentar a bateria. Não inovam em nada, copiam o que já existe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.