PplWare Mobile

Há novidades importantes sobre os novos iPhones de 2018


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

68 Respostas

  1. Adalberto says:

    Espero que façam algum modelo sem aquela monocelha para eu voltar ao mundo Apple

    • Jona says:

      Apple é como aqueles animais com palas…nunca volta atras de uma introducao nova de hardware. Pensa assim, nos programadoresde apps temos que alterar milhoes de apps a conta do novo racio e das margens que a apple nao aconselha a ter nada. Sao milhoes de euros de custos suportadas pelas empresas ke fazem apps. Se voltarem atras, muitas empresas vao pensar seriamente em continuar a fazer apps para eles ou pior nao actualizar as apps que vao ficar horriveis. Para o bem e para o mal apple é coerente nas suas decisoes. Neste caso foi um tiro no pe a meu ver…mé que nao fazeram as contas a longo prazo da decisao que tomaran…pior é se os aparelhos android vao atras…

    • Sujeito says:

      Aquilo não é uma monocelha.

  2. Marco says:

    ” A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes” só se for na monoselha lol

    • pedro says:

      o meu já tem 4GB RAM, ecran 6″ FHD+, bateria de 4200 mA e comprei em Dezembro de 2017 …. lol, a apple sempre a inovar!!!

    • V.T. says:

      Às vezes fico de boca aberta a olhar para certas noticias referentes à Apple… Inovação no X?? Até o ecrã foram buscar à Samsung… OMG!

      • Vítor M. says:

        Tens razão. O Ecrã foi desenvolvido pela Samsung mas com tecnologia que a Apple também juntou. Não é novidade no conceito mas trouxe alguma inovação em termos de ajustes e por isso foi considerado um dos melhores ecrãs. Mas não é nada de superior, mas inovou num mercado que atualmente tem essa dificuldade e basta ver as images do S9 por exemplo.

        Depois, como já foi imensamente falado, trouxe a uma escala algo que nunca tinha sido visto, uma tecnologia que não era nova, é verdade, mas que nunca tinha sido colocada nos smartphones. Também não é nada de outro mundo, mas inovou um pouco no reconhecimento facial adaptado aos smartphones. Nas câmaras de fotografar, como vimos, não inovou muito, mas conseguiu colocar a melhor câmara fotográfica segundo algumas análises que fazem referencia a esse ponto. Não foi nada de outro mundo, inovou um pouco nesse campo.

        Depois, voltou a dar um passo em frente na oferta dentro de portas. Sabemos que não foi inovadora no que toca a ecrãs edge-to.edge mas dentro da sua oferta inovou, poderia não o ter feito, como muitas marcas não o estão a fazer e mais uma vez olhando para as imagens do S9 vemos que não houve nada que a Samsung tivesse retirado ao que já existia. O que é bom pode ser um trunfo continuar. Portanto, inovou um pouco neste campo também.

        No que toca à oferta de outras tecnologias, dentro da sua oferta de iPhones inovou ao disponibilizar carregamento rápido e sem fios, o que é um salto face a ao que oferecia antes e olha que nos topos de gama ainda só alguns poucos disponibilizam essa tecnologia.

        Colocou outras tecnologias interessantes, como o Knock On (embora seja algo simples e ainda só parte das funcionalidade, neste caso só liga o iPhone, é algo útil). Inovou no tipo de bateria que colocou num smartphone, o Tipo L de facto faz do iphone um dos que tem maior performance de bateria e no dia a dia sente-se. Mas não é nada de outro mundo é verdade.

        Inovou na forma como se usa um smartphone, os multigestos começar a fazer sentido e quem sabe, não serão um dia parte de um todo na utilização dos conteúdos dos ecrãs com multi-toque. Aqui também inovou um pouco e quem usa um iPhone X todos os dias dá bem conta disso, mas é algo que passa ao lado de quem não conhece essa realidade.

        Portanto, claro, tudo junto é algo que vale a pena, foi buscar uma tecnologia ali e melhorou-a, outra acolá e deu outro uso, colocou um óptimo processador e criou mais cenários de utilização. Atualmente, depois de passar por várias atualizações, a versão 11.2.5 está estável, faz uma boa gestão da bateria e parece estar limpa de alguns bugs que surgiram, isso também é importante contar, ter a empresa atenta.

        Quando usamos este gadget com o Apple Watch e com os AirPods… então tens uma conjugação de fatores únicos no mercado. A par disso, a Google fez uma atualização fantástica para as suas apps no X e tens ali o melhor da Apple, o melhor da Google e o melhor qu eo mercado do software tem para oferecer. Especialmente a Google fez um óptimo trabalho. 😉

        • Luis Santos says:

          Vitor é impressão minha ,ou é um iphone fan ?È que quase todas as “inovações” que fala já existe em outros aparelhos por menos de metade do preço .Por exemplo no iphone x ,para se ter carregamento rápido é preciso comprar um adaptador á parte ,coisa que eu até compreendia num aparelho de média gama ,totalmente incompreensível num aparelho que custa mais de 1200 euros .o que acho engraçado nos ifans ,é a capacidade de verem inovações onde elas não existem ,ou se existem ,são tão banais que até passam ao lado ,e as que realmente fazem diferença ,são apresentadas como grandes novidades ,e depois vai-se ver melhor ,e já existem em outros aparelhos á mais de um ano.
          Deixe lá de tentar arranjar justificações para a compra de um iphone .Porque a única justificação que existe ,é a pessoa querer ter um iphone ,seja por status ,ou outro motivo qualquer ,agora não digam é que se compra um iphone pelas inovações tecnológicas que ele trás

          • Vítor M. says:

            Além de ser fã da Apple, da Huawei, da Samsung e da OnePlus, gosto de bons equipamentos na generalidade. Mas, acima de tudo, porque tenho a possibilidade de os testar, de usar, de os ter no dia a dia para perceber o quanto são ou não bons para o que preciso dele. Disseste coisas e mais coisas mas no fundo o que querias dizer era algo sobre o preço. E já lá vamos.

            Sobre inovação… bom, tudo o que a Apple fez foi usar tecnologias que existem, como o Face ID e trazer para o mundo dos smartphones, como foi o caso, não existia no mercado dos smartphones o face ID, alias, como deves saber a Apple usa uma tecnologia que não é a mesma que certas aplicações usam para identificação facial. Por isso houve uma aposta de algumas marcas, como é o caso da Huawei, em desenvolver algo no mesmo patamar do Face ID.

            Quando dizes:

            È que quase todas as “inovações” que fala já existe em outros aparelhos por menos de metade do preço .

            Deixa lá essa tua verdade, é só tua. Alias, por isso é que tens os topos de gama da Samsung, Huawei, Google entre outras a preço perto do do iPhone. Se te convenceram de algo diferente desta verdade, não acredites que te vais desiludir.

            Por exemplo no iphone x ,para se ter carregamento rápido é preciso comprar um adaptador á parte ,coisa que eu até compreendia num aparelho de média gama ,totalmente incompreensível num aparelho que custa mais de 1200 euros .

            Sim é verdade que não traz, mas então tu conheces alguma marca que traz uma base de carregamento sem fios junto com o telefone? E não são caros esses? São opções verdade? Mas isso não invalida que tenha uma bateria fantástica, a nova bateria em formato L. Este tipo de bateria conhecias nos mais diversos smartphones? Hmmm pela tua expressão, já vi que não sabias disso.

            Agora diz-me um processador que tenha o mesmo desempenho do A11 Bionics? Não tens. Em muitas coisas é fantástico ver o seu desempenho. OK OK percebo que para ti não seja inovador, mas olha que é e faz muita diferença no uso de certas tecnologias.

            Mas mau mesmo é essa tua “coisa” sobre o status. Essa de usar o status status status status…. dá aspeto de estigma, de complexo de inferioridade caro Luís. Deixa lá isso porque não tem nada de status, as pessoas que compram um iPhone ou um outro qualquer querem porque para si é o que funciona e como são tão diferentes no aspeto de utilização há sim escolhas de experiências no modo de utilizar.

            Traz de trazer tem a ver com o conjunto. Se me dizes que é muito caro… sim é verdade, está um bom bocado acima do que será o justo para o equipamento neste mercado atual, mas ao que vejo um Google Pixel 2 XL, que é outra grande máquina, ajuda a mostrar que a tendência parece ser essa.

            Mas uma coisa é certa, há muita oferta, marcas como a Huawei estão fortíssimas e com equipamentos incríveis e ligeiramente mais baratos que, para muita gente será o apropriado, para outros demasiado e para outros ficam aquém.

            Abraço.

          • Luis Santos says:

            Respondi a mim mesmo porque o Post do Vitor não tem link para dar resposta
            Bem agora pela tua resposta é que vi mesmo que és fã da apple .
            Caro Vitor ,comprei recentemente um mate 10 PRO por METADE do valor do iphone x .Se para ti metade do preço ,é ligeiramente mais barato ,ok ,mas para mim 680 euros ainda é dinheiro .

            Felizmente podia comprar um iphone x a PRONTO ,e não é como muitos dizem que criticam o iphone porque não podem comprar um .
            O meu telemovel ,não tem carregamento sem fios ,se tivesse ,optimo ,mas dou mais valor ao fast charge ,como dizes são opções.

            Adiante , teoricamente ,o processador da apple terá o melhor valor benchmark ,mas numa utilização real ,alguém vai notar isso ,por exemplo relativamente a um mate 10 pro que custa metade do preço ? tenho muitas duvidas disso .
            E sim, não tenhas duvidas que 80% da malta que compra um iphone ,é só para dizer que tem um iphone ,e quanto mais caro for melhor ,não estou a dizer que é o teu caso .
            E reafirmo :
            ” não digam é que se compra um iphone pelas inovações tecnológicas que ele trás”

            Fica bem Vitor abraço

        • António Fagundes says:

          Isso tudo traduz-se num nada Vitor.
          O X é a pior coisinha à face da terra, e se se mativer sem outras opções, largo o iOS.

          • Vítor M. says:

            Não é verdade… de todo. Alias, quem não conhece o mercado, os equipamentos e, acima de tudo, o ecossistema Apple diz isso que tu disseste, mas é por puto desconhecimento, desinformação sobre o equipamento. Aposto que se conhecesses os equipamentos no seu dia a dia terias uma opinião completamente diferente. Alias, basta termos um desempenho tão fluído e uma resposta do equipamentos tão apurada que se percebe que é um extraordinário smartphone. Tenho falado com vários utilizadores deste equipamento e há uma unánime certeza, o equipamento proporciona uma experiência de utilização muito boa… mesmo muito boa. Depois, como eu já por várias vezes constatei de comparativos face a alguns outros bons equipamentos do mercado, entre eles os Galaxy, o Xiaomi ou os OnePlus 5t, o iPhone X destaca-se muito desse tipo de resultados. Nos muitos equipamentos que temos disponíveis, todos eles fantásticos e que qualquer um proporciona uma utilização de qualidade, diga-se, o iphone X em muitos dos pormenores que fazem a diferença ºé realmente muito melhor.

            Se vale os quase 1400 euros… eu diria que o equipamento, este que uso de 256GB, está uns 300 euros acima do que deveria custar. Depois outra crítica que faço depois de vários meses a utilizar é que é o mais sensível equipamento que a Apple colocou no mercado. Se não tivermos muito cuidado o seu aro facilmente fica com marcas e o ecrã é mesmo muito sensível. É tão sensível como bom. Fora este dois pontos… o iPhone X destaca-se dos restantes em muitos pontos, provavelmente na maioria dos que fazem a diferença. Mas, como sempre, não é o melhor para todos, cada pessoa tem a sua escolha, os seus métodos de uso, as suas necessidades e requisitos para uma máquina. Como sempre refiro, uma medida nunca servirá a todos.

            Agora, tu ao dizeres que é a pior coisinha à face da terra, só mostras o quanto desconheces do que falas. 😉

          • Luis Santos says:

            Não vamos ser extremistas a esse ponto ,o que disse não corresponde á verdade .O problema do x ,é custar mais do dobro do valor real dele .
            O Iphone x ,é a escolha mais irracional do mercado .Apenas destinados a fans que não vêm mais nada a não ser iphone ,e quanto mais caro melhor Se o iphone x custa-se 650 euros no máximo ,aí sim, possivelmente teríamos o melhor telemóvel do mercado.Agora ,a mais de 1200,só um fan incondicional ,ou alguém que desconhece completamente as outras ofertas que há no mercado ,Actualmente tenho um huawei mate 10 pro ,e vim de um 950 xl (por queda ),e dos 3 SO´s existentes ,o WM10 dá 10 a 0 a qualquer um dos concorrentes ,em tudo ,exceto no app gap .Infelismente ,por necessidade,não posso ter um dumbphone ,porque nem o android nem o IOS )por custo beneficio),me enchem as medidas

          • Sujeito says:

            Luís Santos, todos custam mais do dobro do valor.

          • António Fagundes says:

            Vítor, eu cheguei a andar com um X, e odiei a experiência, sei bem do que falo, tive o meu primeiro mac em 1998 um G3 e tenho passado pelos produtos e UIs todas desde aí, este X foi um completo tiro no pé, algo que pura e simplesmente não me vejo a usar, além de começar a ficar farto das tretas da apple, não me interessa o preço do device, interessa-me a usabilidade dele, e este modelo correu mesmo muito mal, claro que é um exagero dizer que é a pior coisa, simplesmente não gosto da sua usabilidade nem nunca irei usar algo do género, mil vezes o Hello do W10.

        • PBatista says:

          Bem, resumindo tudo aquilo que foi dito pelo Vitor…. Inovou o quê afinal?!

          Quase tudo o que foi dito, no fundo já está implementado há muito mais tempo noutros modelos de outras marcas… e muito bem implementado, com qualidade bastante superior.

          Grande parte dos fans da Apple confundem a “Inovação” com o disponilizar de uma tecnologia, já disponibilizada pelos outros concorrentes, no seu leque de oferta. Isto não é inovação!!!! Ponto!

      • iDespairing says:

        Cada um compra o que pode e gosta. Tenho um X no presente porque posso e pago a pronto e porque estou no Ecossistema IOS desde 2008. Normalmente e troco de equipamento de 3 em 3 anos. Temos droids aqui mas por mais que digam que são melhores nisto oi aquilo. Desculpem mas a experiencia de utilização sempre me deixa frio especialmente em muitas apps idênticas. Mas a gritaria aqui sobre Apple e caso habitual de. “Same shit different day”.

        • Luis Santos says:

          lógico que cada um compra o que quer e o que gosta ,nem é isso que está em causa .O problema aqui é os ifans meterem o iphone num pedestral ,como se aquilo fosse a ultima bolachinha do pacote ,coisa que não é .
          E frases como esta ,retirada do texto :”A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes” até dá vontade de rir.A apple já se esqueceu o que é que inovação significa á muito tempo .

          • iDespairing says:

            Ler abaixo e pensem.
            Inovação significa criar algo novo.[1] A palavra é derivada do termo latino innovatio, e se refere a uma ideia, método ou objeto que é criado e que pouco se parece com padrões anteriores. Hoje, a palavra inovação é mais usada no contexto de ideias e invenções assim como a exploração econômica relacionada, sendo que inovação é invenção que chega no mercado.[2] Atualmente, a separação entre inovação e produção é considerada fraca, às vezes tendendo a se mesclar e confundir com o passar do tempo.[3]

            De acordo com Christopher Freeman, inovação é o processo que inclui as atividades técnicas, concepção, desenvolvimento, gestão e que resulta na comercialização de novos (ou melhorados) produtos, ou na primeira utilização de novos (ou melhorados) processos.[4]

            Inovação pode ser também definida como fazer mais com menos recursos, por permitir gamas de eficiência em processos, quer produtivos quer administrativos ou financeiros, quer na prestação de serviços, potencializar e ser motor de competitividade.

            A inovação, quando cria aumento de competitividade, pode ser considerada um fator fundamental no crescimento econômico da sociedade.

            Inovação é um processo criativo, transformador, que promove ruptura paradigmática, mesmo que parcial, impactando positivamente a qualidade de vida e o desenvolvimento humano.

            Para Werebe (1995) a expressão inovar, por vezes, possui caráter valorativo, na medida em que signifia – mudar para melhor, dar um aspecto novo, consertar, corrigir, adaptar a novas condições – algo que está superado, que é inadequado, obsoleto, etc.

            Segundo o Manual de Olslo2 (1990-1992-1997), inovação é a introdução de algo novo em qualquer atividade humana. A diversidade de significado de inovação dá-se pela abrangência de sua aplicação como vetor de desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida.

            […] inovação não é uma simples renovação, pois implica uma ruptura com a situação vigente, mesmo que seja temporária e parcial. Inovar faz supor trazer à realidade educativa algo efetivamente novo, ao invés de renovar que implica fazer aparecer algo sob um aspecto novo, não modificando o essencial (CARDOSO, 1992, p.1).

            … capacidade de mudar um cenário, de revolucionar, por mais simples que seja a ideia inovadora, se ela for capaz de revolucionar trará um ganho imenso para aquele que executou a inovação e permitirá a este ter uma melhor posição no espaço em que ele convive (VASCONCELOS, 2009).

            Entendemos que a inovação requer uma ruptura necessária que permita reconfigurar o conhecimento para além das regularidades propostas pela modernidade. Ele pressupõe, pois, uma ruptura paradigmática e não apenas a inclusão de novidades, inclusive as tecnológicas. Nesse sentido envolve uma mudança na forma de entender o conhecimento.

          • Nando says:

            E a Huawei é um poço de inovação.
            Espera lá a Huawei vai ter uma tecnologia tipo “face id” a onde é que eles foram buscar a ideia? Se calhar foram ao Android 4.4 onde introduziram o face unlock via imagem.

            Deixem de ser haters, não existe nada perfeito.

          • Nando says:

            E mais, para o preço que deste pelo mate 10 pro, mais valia comprar um 1+ 5T.

    • Sujeito says:

      Parece que não sabes o que é uma monocelha.

  3. AiOGajo says:

    Sem o Windows10 mobile não sei onde é que a apple vai copiar…

    Se calhar a próxima grande coisa será o iContiniuum, que inventou agora, onde o telefone faz de PC de secretária.

  4. Pulsar says:

    A inovação é sempre no preço! O restante é balelas.

  5. André says:

    E para quem não gosta de ecrãs grandes??

    • Vítor M. says:

      Deverá haver uma oferta na casa das 5 polegadas, será o novo SE? Bom, o iPhone X posicionou-se bem entre o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus e parece ter corrido bem. Vamos ver o que a Apple poderá trazer. Faz sempre falta uma oferta mais pequena, há um grande mercado industrial que tem preferência por tamanhos menores (e não só claro).

  6. Fantasti says:

    O Iphone X vai andar para trás em especificações?

  7. Somebody says:

    Realmente… Fiquei a pensar de onde é que poderá vir a a afirmação 🙂
    “A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes… “

  8. Daniel says:

    Não sei se estes rumores vão ser verdade, contudo não me agrada muito que fossem, 3 modelos com ecrã grande e muito semelhante em tamanho, em particular se o novo ipone se tiver apenas 4.
    Existir um 5,8 sucessor do Ipone X e um de 6,5 com tamanho do 8 plus parece-me normal. Ter um outro de tamanho 6,1 acho estranho Já que seria claramente maior que o Ipone 8 atual. seria mais lógico ter entre 5 e 5,5.
    Tal poderia fazer algum sentido se o novo Iphone se tivesse um ecrã maior, de 4,5 ou 4,7, mas como deve ser lançado até maio, duvido que mexam no ecrã para não canibalizar o Ipone 8.

    SE a apple lança-se o ipone se apenas em setembro, poderia lançar assim 4 modelos com tamanhos de 4,5 a 4,7, 5 a 5,5, eos mais evoluídos e caros de 5,8 e 6,5. era uma oferta abrangente em tamanhos e preços que agradaria a quase todos.

  9. Belmiro says:

    “o sucessor do iPhone X, com 6,1 polegadas e ecrã LCD”

    Tanto quanto li:
    – a versão LCD vai ser não o sucessor do iPhone X mas o sucessor do “SE” e a preço do SE
    – os dois OLED substituem o “8” e aí preço deste
    – não existirá sucessor do X. Vou uma edição “limitada” a alto preço e não terá sucessor (no preço)

    • Vítor M. says:

      Sim, já se fala de muita coisa, é altura de saírem os rumores, e como sabes alguns desses serão verdadeiros 😉 como o passado nos ensinou. Assim, a Apple deverá trazer um iPhone X plus (amanho dentro das 6 polegadas, aproveitando o espaço criado pelos Plus anteriores), deverá lançar um substituto ao SE (mas aqui ainda tenho dúvidas que seja com ecrã OLED, muitas dúvidas, mas… e deverá ser dentro das 5 polegadas). Poderá ser de facto LCD mas com alguma tecnologia colocada no iPhone 8.

      Mas porque razão a Apple terminará o iPhone X? Pessoalmente não acredito, acredito mais numa evolução deste, até porque a partir de agora e com o investimento que fez na LG, os ecrãs ficando mais baratos faz todo o sentido lançar a evolução mas a um preço mais convidativo e, provavelmente, terminar o desenvolvimento do iPhone LCD. Mas é esta informação ainda incógnita que vai alimentar a curiosidade dos haters e dos seguidores da Apple. Vamos ver já o que a Samsung lançará no fantástico e inovador S9 para percebermos o rumo do mercado até meados de 2018. Depois descobrimos o que o mercado poderá trazer na segunda metade de 2018.

      Mas, tal como referes, o preço poderá ser uma coisa a mexer.

  10. Hugo Gomes says:

    Reduz as specs reduz o preço

  11. V.T. says:

    A sua inovação??? Desculpem, mas qual inovação? A sério???

  12. Celso says:

    “A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes…”

    Menos pplware, menos…

    O iphone X tem algumas características excelentes, mas também alguns pontos a melhorar…

  13. B@rão Vermelho says:

    Já está a parecer uma cópia da Samsung, começa a vir telefones às carradas.
    Já antes me parecia que esta aposta em lançar o X e o ( ao mesmo tempo era um tiro nos pés, e agora querem ainda lançar mais modelos.

    • Sujeito says:

      Sempre foi óbvio a lógica de trazer mesmo aspeto/linguagem de design a todos os modelos. Portanto não vão lançar mais modelos. Vão começar transitar aos poucos, como já começaram.

  14. Rafael Cardoso says:

    Parei de ler em “A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes”.

  15. José Fernandes says:

    Eu só posso dizer que passei de um Iphone X para um Google Pixel 2 e a única coisa que podem dizer é não ter o FACE ID e um ecrã completo. Porque em termos de autonomia e camara bate o X que tinha. Velocidade simplesmente fantástico. Foi a melhor troca que fiz, já que o X foi algo feito à pressa para comemorar os 10 anos e vê se bem o que saiu dali. Agora cada um usa o que quiser é claro. O Sr. Vítor M. diz que é fã de x e y marcas, mas só vejo a escrever largos testamentos relativos à Apple. Para um blog de tecnologia um pouco mais de isenção não era mau. Mas já é algo que estamos habituados e nada vai mudar.

  16. Pedro says:

    Deixem-se de rumores e esperem pelas informações oficiais. E mais não digo

  17. Ricardo says:

    Em finais de 2017, a Apple confirmou as suspeitas de muitos utilizadores dos iPhones e admitiu que condiciona o desempenho dos modelos mais antigos, de modo a incentivar a compra de um novo. Esta prática ficou conhecida como a “obsolescência planeada” e causou prejuízos consideráveis na imagem de uma das maiores empresas do mundo, que agora faz os possíveis para minimizar os estragos.
    A Apple nunca vai recuperar disto, pelo menos da minha parte. Já sabia que era assim, não tinha era como provar. Que venha o S9 rápido. Ou o novo note.

  18. mavidoor says:

    “A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes,…”
    Ridiculamente falso,deve ter havido algum engano,só pode.
    Devem querer dizer que foi um grande salto dentro da Apple,aí sim sem duvida.

  19. ATsok says:

    “A sua inovação está acima de todos os restantes concorrentes” Podiam disfarçar um pouco a vossa pancada pela empresa da maça, mas esta frase opah muito bom, obrigado pplware por me lembrares porque é que eu já cá não vinha ler á um tempo valente………

  20. VB says:

    A questão em torno da palavra inovador, é apenas uma jogada de venda/marketing (atractivo à noticia). A meu ver e com tudo isto, deu origem a muitas visualizações e comments é o que interessa para gerar interesse (é a palavra chave).

    Como escreveu um user ali mais acima. Inovador, é algo que é implementado como novo e não um upgrade de algo já inventado.
    Atenção não sou fã de uma marca em especial, serei sempre comprador de qualquer dispositivo, desde que me agrade a nível de design e tenha qualidade de construção.

    Agora a Apple tornou-se no que se tornou, dado o protagonismo que lhe foi dado, pela imprensa e não só, produto Americano por norma é o melhor do mundo, se é bom, tem de ser falado e melhor ainda, se for a nível mundial…coisa que os Americanos, até nem sabem fazer, elevar o seu produto ao expoente máximo (mesmo que não o seja)…e assim chegou à Europa.

    Aliás, não tiro o mérito à Apple, por ver que a nível de qualidade de construção, são realmente bons. Tanto em PC´s como Smartphones.

    Apenas vejo que falaram tanto no IPX como o melhor de todos os tempos e depois lê-se que há um pedido de abrandamento na produção do mesmo. Sim e não venham dizer que é do preço o motivo para tal, porque não é para qualquer um! Até porque hoje em dia, há muita facilidade e ofertas no mercado de créditos, que qualquer pessoa pode ter quase tudo o que quiser!

    Volto a repetir, não sou fã de qualquer marca que exista, já passei por muitas marcas e o último que vendi, até foi o IP6 (porque adquiri o S8+) enquanto não houver uma mudança significativa nos smartphones da Apple, não irei mudar certamente.

  21. Carlos Sá says:

    Já que se falou em inovação nas câmaras e no reconhecimento facial como sendo das principais inovações. Eu vejo bastante mais meritório o que a google conseguiu fazer no Pixel 2 XL. A capacidade fotográfica e as potencialidades que conseguiram atingir, com uma única camara traseira. Brutal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.