Quantcast
PplWare Mobile

iPhone: Ouvir música mais alta gasta mais bateria?

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Hugo says:

    Se gastasse mais com o som baixo é que era de estranhar 😛

  2. RuiB says:

    É perfeitamente lógico, som mais alto consume mais potencia eléctrica, ou seja, bateria. Basta ver que o que significa aumentar o som, significa que mais potencia eléctrica está a ser debitada na saída do circuito de audio. Tendo em conta ainda que a saída audio é analógica, não há volta a dar, preciso fornecer mais potencia eléctrica.

    • Antwin says:

      exacto. Mesmo só pensando na física do som, som mais alto implica logo ondas sonoras (vibração do ar) com maior energia associada, e assim sendo maior trabalho realizado nos auscultadores.

  3. Ajeiras says:

    Boas, quanto mais alto o som, mais CORRENTE (amperes) são necessários para dar essa potência, dai esgotar mais depressa a bateria.
    Em relação à utilização de fones diferentes, e haver consumos diferentes, falta aqui um dado, é a resistência dos fones, resistência em ohms, e não a impedância, como vulgarmente se diz.
    Resistência é o que faz consumir mais ou menos corrente, impedância é a “resistência” que uma bobina, (a dos fones) apresenta a uma determinada frequência.
    Neste estudo faltam aqui muitos dados, um deles a temperatura ambiente por exemplo, também influencia muito.

  4. Super Mario says:

    No Android acontece a mesma coisa?

  5. BRUNO CERQUEIRA says:

    Sinceramente, a única coisa pouco lógica neste artigo é alguém achar pouco lógico que o som mais alto gaste mais bateria.

  6. Tony says:

    É indiferente… no caso de auriculares Bluetooth 🙂

  7. Antwin says:

    O que é estranho não é gastar mais energia, é o artigo repetir várias vezes que não é lógico ou que não parece lógico que assim seja!

  8. José Mário Machado says:

    Sim, isto não é nenhuma novidade. Já nos leitores de MP3s quanto mais alto o volume mais bateria/pilhas gasta. E nos velhinhos Wallmans também: volume alto mais as pilhas esvaziavam 🙂

  9. Alberto says:

    Nada de nova já na altura dos Walkmans se as pilhas estivessem fracas e se aumentasse o som aquilo parecia que a musica estava a sar da lama lololol

    por isso que descoberta incrível, se puxa mais por algo a bateria tem que sofrer ÓBVIO

  10. Marco Castro says:

    P=V*I logo se aumentamos a voltagem, mantendo a impedância, aumentamos a corrente I e logo a potênvia W … e isto è apenas senso comum
    ..

  11. Vlad says:

    Pensava que o termo “dá mais potência”, que às vezes usamos para pedir a alguém aumentar o volume, que indicava isso mesmo. Mas parece que afinal para alguns isso têm pouca lógica.

  12. isad says:

    Estes Berlins descobriram a pólvora! ha ha

  13. Limbus says:

    Qual é a novidade/noticia?!

  14. Nada disso says:

    Por acaso ainda alguém se lembra de uns posts do pplware, de tótós para tótós, sobre um suposto ataque de força bruta às contas de celebridades do iCloud – utilizando software desenvolvido por um tal iBrutus ? 😉

    http://appleinsider.com/articles/16/07/04/second-hacker-pleads-guilty-to-role-in-celebrity-icloud-gmail-phishing-scheme

  15. André says:

    “uma nova realidade (…) que pode até parecer pouco lógica” – Até tem bastante lógica…

  16. Francisco Franco says:

    última hora: aumentar o brilho do visor também gasta mais bateria!

  17. :) says:

    Tipo, tao a ver, uma cena que também pode parecer pouco lógica, é que quando acelero mais no carro, ele gasta mais gasolina e perde autonomia.

    Ainda bem que nao sou o único a ter epifanias.

  18. Nuno Almeida says:

    Normal……..
    Quem não se lembra de jogar game boy sem som para as pilhas durarem mais?

  19. Rui Pedro says:

    Ainda não havia Iphones ou mp3 e já no tempo dos Walkmans de 1978 já se sabia isso. Que titulo da treta. O Pplware ja teve dias melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.