PplWare Mobile

USB Killer: estudante destrói dezenas de computadores em universidade


Imagem: The Verge (via)

Fonte: Justice.gov

Autor: Micael Pires


  1. cmatomic says:

    Agora também poderá ir cumprir a sua pena numa prisão privada .

  2. Dinamico says:

    “chega mesmo a orgulhar-se do feito ao proclamar “Vou matar este tipo (computador), fazendo-o sempre com a USB Killer. ”

    Só pode comer gelados com a testa.

  3. Sergio J says:

    com 27 anos, como estudante já não é jovem. 🙂

  4. helder says:

    Universidade privada nos EUA, onde para frequentar universidades publicas precisam de emprestimos bancarios. Quer pagar os computadores que destruiu na ordem dos 60 mil dólares. Os pais têm dinheiro, vao pagar tudo o que for possivel para safar o menino mimado. GO USA!!

  5. Devsys says:

    Uma pena de até 10 anos de cadeia e 250 mil dólares de multa, isto para um estrago de 60 mil dólares e uns quantos computadores no lixo.
    Pela mesma proporção, qual será a pena para crimes financeiros de muitos milhões de dólares, com os consequentes efeitos nefastos na economia e na vida das pessoas, algumas a perderem casas, suicídios…
    Nunca vi um condenado a pena de morte por isso, sendo que a maioria afinal até bónus anual recebe.
    Cá é igual, o outro que rouba emails é notícia dia sim dia não, todos querem o rapaz preso por anos. O Joe Berardo (o artista tipicamente tuga) já vai em mais de 1000 milhões de dívidas (entre a sua fundação e empresas), diz ter apenas uma garagem, e está tudo bem, come bem, dorme em palácios, anda em bons carros. Os tipos que permitiram tais “empréstimos” têm boa carreira, são respeitados, são os “drs” lá do sítio, vão aparecendo como dignos, sabedores e responsáveis.
    É isto a justiça no mundo, só muda o local e a língua.

  6. security says:

    Essas pens assassinas não são novidade. Podem bem destruir dezenas de equipamentos numa simples tarde de passeio pelos shoppings.

  7. EC says:

    aqui esta uma compilação de malta a testar o usb killer
    https://youtu.be/X4OmkBYB4HY

  8. Paulo Santos says:

    “Ruis Silva” e outros como ele fazem cá falta, e muita.
    Imaginem as donzelas ofendidas dos clubes visados, se (e salvaguardando as respectivas diferenças e proporções) o Holocausto não tivesse sido denunciado. É uma questão de ética? Então e os lesados, não têm direito a saber? A nossa sociedade caminha para a legalização de todo o tipo de roubos, e só serão punidos em sentido único, nunca abrangerão todos os criminosos, porque as leis já são feitas com lacunas para os safarem
    Atrocidades, roubos, crimes graves importa como são divulgados?
    A questão não deveria ser mesmo como os denunciar e expor?
    Deixem lá o Rui em paz, isto é como a cabeça da Hidra, corta-se uma nascem 2 no lugar dela.

  9. Paulo Santos says:

    Não venho com isto desculpar o que este rapaz fez, isso é idiotice.
    Ninguém ganhou nada com os seus actos (a não ser talvez uns advogados e “shrinks” lá nos US of A)
    Isto nem é ser hacker, nem cracker nem sei lá o quê. É ser parvinho de todo.

  10. Z/OS says:

    Há uns anos atrás criei uma pen deste género sem querer. Bastou trocar uns fios na “banana” usb, liguei ao PC e adeus controlador usb da motherboard. Podia-se ter chamado “usb killer usb”.

  11. Blue Beast says:

    Palhaço,ainda por cima indiano,nem americano é !! E com 27 anos ainda estudante ?? Deixem-me rir !! Deve andar como muitos/as a passear os livros.Não me acredito que leve 10 anos de prisão,mas 1 ano de efectiva vai levar !! Depois quero ver quando estiver lá dentro quem lhe vai meter “certas USB Killers” pelo dito cujo acima !! Só merece isso !!

  12. MarioM says:

    pen USB Jedi
    a nova arma

  13. MarioM says:

    Tenho um portátil igual é um maquinão só um idiota queima um portátil destes para demonstrar uma pen,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.