Quantcast
PplWare Mobile

Pela primeira vez, AMD recorreu a uma empresa da Rússia para fabricar motherboards

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Fonte: GS-Group

Autor: Marisa Pinto


  1. anon says:

    deviam era de fazer placas gráficas a ver se acaba a vergonha de preços e falta de stock que já vai em meio ano, ou quase…

    • anon says:

      PS: e processadores

      • PGomes says:

        No mês passado aumentaram a produção de CPUs em 20%.
        Não vai resolver os problemas todos, mas vai aumentar a disponibilidade.
        Tendo em conta a dificuldade em conseguir produção nas foundries, já não é mau.

    • joao matos says:

      Logo acima encontra-se uma notícia com a palavra mágica ‘mineração’. Está aí o principal problema! Existem outras coisas para passar o tempo enquanto este problema da escassez de placas se verifica, tal como ler uns livros de literatura portuguesa ou fazer surf. Melhores dias virão…ou não! 😀

  2. Nuno Filipe Pinto says:

    Motherboards para usos governamentais e feitas na Russia? Depois admiram-se de um novo “Stuxnet”, nao nas centrifugadoras do Irao mas em locais governamentais do país que as use nos seus pc…

    Chama-se a isto dar a chave do galinheiro ao lobo…

    • TóSousa says:

      Será que são entidades governamentais russas?
      Estão de acordo com as especificações Ministério da Indústria e Comércio, de forma poderem ser distribuídas a instituições locais.
      Convinha ler as coisas como deve ser…

  3. Pérolas says:

    Certamente serão para consumo interno…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.